Não quero esquecer | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Cassio Scapin e artistas de grandes musicais fazem campanha contra o abuso sexual infantil
>>> Terça Aberta na Quarentena une teatro e a dança
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Jingle Bells
>>> Mano Juan, de Marcos Rey
>>> Relationships Matter
>>> Apesar da democracia
>>> Onze pontos sobre literatura
>>> A maçã de Isaac Newton
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Lucas vs. Spielberg
>>> Morando sozinha II
Mais Recentes
>>> Sociedade secreta de Tom Dolby pela Id Ed. (2010)
>>> Amor de Perdição -5F de Castelo , Camilo Castelo , Lafonte pela Lafonte (2018)
>>> A Felicidade: E Outras histórias -5F de Katherine Mansfield pela Lafonte (2020)
>>> Empreendedorismo: dando asas ao espírito empreendedor - 5F de Idalberto Chiavenato pela Manole (2012)
>>> Direito do trabalho para administradores - 5F de Roberto Machado Moreira pela Minha (2012)
>>> Estratégia de inovação: oportunidades e competências - 5F de Sérgio Takahashi pela Manole (2011)
>>> Curso introdutório de direito internacional do comércio - 5F de Andrea Limani Boisson Motta pela Manole (2010)
>>> O Xangô de Baker Street de Jô Soares pela Companhia da Letras (1995)
>>> Instrumentos da Noite de Thomas H. Cook pela Lacerda (2000)
>>> Como Se Tornar Um Grande Líder - Col. Sucesso Profissional -8E de Ken lawson pela Universo dos livros (2011)
>>> Gestão de vendas: uma abordagem introdutória - 8E de Idalberto Chiavenato pela Manole (2014)
>>> Gestão da produção: uma abordagem introdutória - 8E de Idalberto Chiavenato pela Manole (2014)
>>> Novos Desafios da Convivência. Desatando nos da Trama Familiar - 8E de Lidia Rosenberg Aratangy pela Bicho Esperto (2010)
>>> Empreender Em 100 Licoes. Mestre De Todos Os Tempos Dao Dicas Para Sua Empresa Brilhar - 8E de Jonathan Yates pela Gente (2010)
>>> Trabalhar por conta própria - 8E de José Augusto Minarelli pela Gente (2001)
>>> A Bíblia do empreendedor - 8E de Melinda F. Emerson pela Gente (2013)
>>> Iaiá Garcia de Machado de Assis pela Círculo do livro (1988)
>>> Atormentada de Jeannine Garsee pela Jangada (2013)
>>> A última música de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2011)
>>> As estranhas e belas mágoas de Ava Lavender de Leslye Walton pela Novo Conceito (2014)
>>> Um Lugar Perigoso de Luiz Alfredo Garcia-Roza pela Companhia das Letras (2014)
>>> Robinson Crusoe de Daniel Defoe pela Ediouro
>>> O pequeno Buda de Gordon McGill pela Círculo do Livro (1998)
>>> O Maior Homem que já viveu de Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados pela Sociedade Torre de Vigia (2020)
>>> Pequot de Vitor Ramil pela Artes e Ofícios (1995)
>>> Quando o espiritual domina de Simone de Beauvoir pela Record (1979)
>>> O resto é silêncio de Érico Veríssimo pela Globo (1998)
>>> Angústia de Graciliano Ramos pela Globo (2013)
>>> O Recurso de John Grisham pela Rocco (2015)
>>> Os doze mandamentos de Sidney Sheldon pela Record (2020)
>>> Direito Ambiental Positivo de Fabrício Gaspar Rodrigues pela Campus (2012)
>>> Mandado de Segurança de Luiz Fux pela Dir (2011)
>>> Lula: A opção mais que o voto de Cândido Mendes pela Garamond (2006)
>>> Latinomérica de Marcus Accioly pela Topbooks (2015)
>>> Levando a vida leve de Laura Medioli pela Justo Junior (2005)
>>> Les Filles du Feu / Les Chimères de Gérard de Nerval pela Garnier-Flammarion (1965)
>>> Revolucione sua qualidade de vida - Navegando nas ondas da emoção de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> Mulheres certas que amam homens errados de Kristina Grish pela Gente (2007)
>>> Pequenos Poemas em Prosa de Charles Baudelaire pela Nova Fronteira (1981)
>>> E de Evidência de Sue Grafton pela Ediouro (1999)
>>> M - O Homem Sensual de Record pela Record (1997)
>>> Verdura? Não! de Claire Llewellyn; Mike Gordon pela Scipione (2011)
>>> @s [email protected] de [email protected] York - as Senhoritas de Nova York de Daniel Piza pela Ftd (1999)
>>> 1 Real de Federico Delicado pela Pulo do Gato (2014)
>>> 1 Real de Federico Delicado pela Pulo do Gato (2014)
>>> 10 Anos Brasil MTV de MTV pela Mtv
>>> 10 Contos de Natal de Gilberto de Nichile pela Scortecci (2015)
>>> 100 Jogos para Grupos de Ronaldo Yudi K. Yozo pela Agora (1996)
>>> 100 Magias para Aumentar Sua Autoconfiança - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2004)
>>> 100 Magias para Ter um Supergrupo - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2002)
COLUNAS >>> Especial Terror nos EUA

Quinta-feira, 13/9/2001
Não quero esquecer
Adriana Baggio

+ de 3800 Acessos

Yara Mitsuishi

Hoje é terça-feira, 11 de setembro. Apesar de minha coluna ser publicada na quinta, meu dead line para entregá-la ao editor é hoje. Por isso, quando esse texto for lido, muita coisa já vai estar "passada". Peço ao leitor então que utilize sua capacidade de abstração, e tente imaginar esta colunista no dia de hoje, o dia em que os Estados Unidos foram atacados de uma maneira jamais vista.

Não tenho a pretensão de ter emoções ou observações mais originais que as das outras pessoas. Como todo mundo, fiquei chocada. A primeira imagem, de uma das enormes torres do WTC pegando fogo, já era inacreditável. Mas acompanhar o avião dirigindo-se deliberadamente para a outra torre foi além da minha capacidade de imaginar uma cena de terror. Pensei nas pessoas dentro do prédio, e num segundo momento, nas pessoas dentro do avião. Antes mesmo de ter a confirmação de que o avião tinha passageiros, não fazia sentido pensar o contrário, já que era o caso de um avião que havia sido seqüestrado para matar pessoas.

Depois, o ataque de parte do Pentágono mostrou a vulnerabilidade do país mais poderoso do mundo. Mas este é um aspecto que prefiro não abordar. Quero falar mesmo é do choque de saber de tanta gente morta, e de ver algumas pessoas morrendo, como os desesperados que se jogaram das torres em chamas. E o pior é que isso não foi uma catástrofe da natureza, como um terremoto, mas um ato deliberado, organizado, que partiu de seres tão humanos (no sentido biológico) como aqueles que foram mortos.

O paralelo pode até ser remoto, mas lembrei imediatamente da manhã em que o seqüestrador da filha de Silvio Santos entrou na casa do apresentador. Assim como da outra vez, estava no início do meu dia de trabalho, e alguém chegava com uma notícia que era difícil acreditar. O segundo passo, nos dois casos, foi ligar a TV e ficar acompanhando o desenrolar da história. As pessoas, incrédulas, não sabem muito bem como lidar com a situação. Percebem que os limites estão se expandindo cada vez mais, que em breve não haverá mais nada que nos proteja, ou princípios que sejam válidos. Por isso, fazem piadas com a tragédia, aparentando uma maneira quase histérica de conviver com o novo limite da tragédia.

No caso do ataque terrorista aos Estados Unidos aconteceu uma coisa pior. Devido à cota de acontecimentos inacreditáveis, carregados de um horror inédito, parece que depois de digerir o ataque à primeira torre do WTC as pessoas passaram a esperar por algo mais terrível ainda. Essa expectativa foi reforçada pela notícia de que haviam outros aviões seqüestrados que poderiam ser usados contra outros alvos. Dava a impressão de as pessoas estenderam seu limite de absorção de tragédias! O primeiro ataque já tinha ficado para trás, já não era mais tão chocante. Existem várias teorias para esse tipo de comportamento. Uma delas aponta a velocidade e o alcance da informação como os fatores responsáveis. Ter acesso fácil ao que aconteceu a milhares de quilômetros, ao mesmo tempo em que as pessoas que estavam passando por aquilo, de alguma maneira banaliza a tragédia, e torna-a mais palatável. E assim ficamos cada vez mais tolerantes.

No dia da invasão da casa de Silvio Santos uma pessoa morreu no metrô de São Paulo vítima de envenenamento por fumaça, que por sua vez foi causada por um princípio incêndio, se não me engano. Não sei como foi com a mídia local, mas nacionalmente essa tragédia não passou de uma notinha. Fiquei abismada! Classifico esse acidente como profundamente grave, digno da maior atenção, comoção e sensibilização! É inconcebível que uma pessoa morra dentro de um meio de transporte público, vítima do fogo! Da mesma maneira, o assassinato do prefeito de Campinas perdeu espaço. Claro, vocês podem dizer, em Campinas morreu uma pessoa, nos Estados Unidos morreram milhares! Concordo que a abrangência do fato determina sua importância, mas me pergunto se não começamos a achar muito normal coisas que antes nos pareciam horríveis, porque o parâmetro de horror já é outro.

Tento pensar em todas as pessoas mortas, naquelas que nem perceberam que morriam, e nas outras que viveram sabe Deus quantos minutos sabendo que iam morrer. Acho que esse caso é pior. Fico pensando naqueles que preferiram se jogar de uma altura de dezenas de andares. Imagina a outra opção que eles tinham, o quanto pior não era... Penso também naquele avião que caiu sem atingir seu alvo, porque talvez tenha sido derrubado pelos próprios americanos. Não consigo deixar de imaginar que tipo de situação faz com que a decisão seja entre matar umas cem pessoas ou correr o risco de permitir o assassinato de milhares de outras.

Quero ter bem claro em minha memória o dia de hoje. Mais tarde, quando tiver filhos, talvez, e eles estiverem estudando para uma prova de História, quero poder me lembrar exatamente do dia, do mês e do ano em que tudo isso aconteceu. Quero poder contar a eles quem foi, porque foi. Quero poder passar a eles todo o horror deste dia, toda a dimensão do sofrimento de saber de milhares de pessoas executadas sem culpa. Vou querer contar a eles a verdade, e não as mentiras que aparecem nos livros de História.


Adriana Baggio
Curitiba, 13/9/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Mosaico de Rancores, romance de Márcia Barbieri de Jardel Dias Cavalcanti
02. Desligando o Cartoon Network de Pilar Fazito
03. A morte do homem comum de Jonas Lopes
04. Um clássico! de Spacca
05. A volta do quadrinho nacional de Gian Danton


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2001
01. À luz de um casamento - 18/10/2001
02. O Segredo do Vovô Coelhão - 15/11/2001
03. Náufrago: nem tanto ao mar, nem tanto à terra - 25/3/2001
04. Marmitex - 1/11/2001
05. Aqui o sol nasce primeiro - 8/11/2001


Mais Especial Terror nos EUA
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TÉCNICAS DE GESTÃO DE EMPRESAS, OPERAÇÕES CONTABILÍSTICAS
JORGE BENZINHO E MARCOS RODRIGUES
ESCOLAR
(1995)
R$ 27,91



COSMO RAMA
HUBERTO ROHDEN
MARTIN CLARET
(1990)
R$ 15,00



TROCANDO GATO POR LEBRE OU MENINO POR VACA
ALBERTO YÁÑEZ
RHJ
(2009)
R$ 6,00



GRÉCIA - COLEÇÃO FOLHA COZINHAS DO MUNDO
FOLHA DE S. PAULO
FOLHA DE S. PAULO
(2017)
R$ 11,99



O MISTÉRIO DAS VIÚVAS
MARIA FAGYAS
RECORD
(1966)
R$ 12,00



PSICOLOGIA PERSONALIDADE E LIDERANÇA
GERMANO DE NOVAIS
ROTERMUND
(1977)
R$ 8,90



O PENSAMENTO VIVO DE CHAPLIN
MARTIN CLARET
MARTIN CLARET
R$ 5,00



OBSESSÃO PRIMA
JOHN DERBYSHIRE
RECORD
(2012)
R$ 50,00



A SOMBRA DO SILÊNCIO
MINO CARTA
W11
(2003)
R$ 6,90



O POVOADO
SYLVIO RABELLO
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1980)
R$ 15,00





busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês