Especial Terror nos EUA | Digestivo Cultural

busca | avançada
36466 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
ESPECIAIS

Quarta-feira, 26/9/2001
Terror nos EUA
Colunistas



Telhado de vidro
>>> Os regimes democráticos caem reféns da ilusão de imparcialidade, de verdade cristalina, de ausência de interesses. Para mim, os meios de comunicação de massa fazem tanta propaganda política quanto fazem anúncio comercial. Sua propaganda pode não ser tão exagerada ou maquiavélica quanto a soviética ou a fascista. Por outro lado, por ser tão convincente em sua "transparência", é muito mais insidiosa.
por Daniela Sandler
Leia Mais

Paranóias Persecutórias
>>> No dia do atentado ao WTC, a Wal-Mart registrou um aumento substancial nas compras de água e gêneros de primeira necessidade. Cessados os estrondos, os itens campeões de venda, no dia seguinte, foram bandeirinhas e ornamentos de teor nacionalista. Dois dias depois, o que cresceu foi o consumo de armas. Um amigo meu fez, com raciocínio jocoso, a seguinte interpretação: “Primeiro, a gente se defende; depois, arruma uma boa desculpa para poder sair matando os outros”.
por Rafael Lima
+ 4 comentário(s)
Leia Mais

Origem do Terror
>>> O povo americano alienado e sem culpa - nem mesmo nas eleições de Bush, eleito pelos colégios eleitorais e não pelo voto direto - não faz idéia das atrocidades cometidas por seu país para atingir a confortável posição de império. Como bem disse um palestino em NYC: "As ruas eram uma versão exata de Kashmira, Kuwait, Teerã, Vietnã... pela primeira vez os americanos puderam ver em sua casa as atrocidades que cometem há décadas."
por André Pires
Leia Mais

O dia do caçador
>>> A tradição islâmica, principalmente naquela região da Ásia Central, dita que um hóspede jamais pode ser maltratado por seu anfitrião, muito menos sumariamente expulso; ainda mais quando esse hóspede doou milhões de dólares em armamentos e participou ativamente das lutas de independência do Afeganistão (com ajuda da CIA e da SAS, diga-se de passagem). Seria uma ofensa imperdoável da parte dos afegãos entregarem bin Laden “de bandeja” aos americanos, e algo que duvido que acabe ocorrendo.
por Rafael Azevedo
Leia Mais

A Arte de Odiar
>>> Desde terça-feira passada tenho pensado muito no ódio. Ele existe — não há como negar. Os neo-pentencostais afirmam que não é algo humano. É coisa do dito-cujo, do cramunhão, do esquerda, do incompreendido, do mentiro, do tacanho, do manco, do travesso, enfim. Qualquer pessoa que tenha dois neurônios, no entanto, sabe que o mal é apenas a face oposta do bem. Jung afirmava que, supondo o inconsciente infinito, poder-se-ia supor um bem infinito e, logo, um mal infinito, coabitando o infinito da mente humana.
por Paulo Polzonoff Jr
Leia Mais

EUA, Ano Zero
>>> Na ideologia reinante, a repetição monotemática das tevês serviu para reforçar o caráter de “divisor de águas” do ataque, para dar ainda mais grandiosidade ao evento e para intensificar o sentimento solene em relação ao futuro do país. Nós, espectadores, fomos cortados do resto do mundo. Quem confia em tevê aberta para ter notícias internacionais ficou sabendo apenas que tal ou tal país manifestou apoio aos Estados Unidos ou que, na Palestina, alguém comemorou o ato terrorista.
por Daniela Sandler
Leia Mais

A dor do inexplicável
>>> Desde o ano passado, que sinto enorme apreensão com a guerra no Oriente Médio. Eu tinha amigos morando lá e por meses só queria vê-los de volta ao Brasil. Passa o tempo e você “acostuma” a viver o risco de quem ama, mas a experiência me fez sentir ainda mais a dor que milhares de pessoas estão sofrendo nesse momento, com seus amigos e parentes desaparecidos. Acho que toda aquela apreensão que eu sentia mais latente no ano passado, ganhou forma na terça-feira.
por Vera Moreira
Leia Mais

O abismo olhou
>>> Essa guerra, da convivência entre opostos, do cotidiano civilizado, parece que já está perdida. Não que estivesse mais perto de ser ganha, mas o estado de Paz armada na Guerra Fria, ou de Pax Americana depois, enganava muito bem com sua impressão de segurança, contanto que certos limites fossem respeitados. Mas os assaltantes estão nos sinais, os canibais estão na sala de jantar, e os terroristas já derrubam os maiores prédios do mundo. É quando se olha para o abismo, e o abismo olha de volta.
por Rafael Lima
Leia Mais

A barbárie contra-ataca
>>> Diante do horror dos acontecimentos, vejo as imagens de refugiados palestinos no Líbano, comemorando freneticamente as explosões e mortes. É revoltante. Deveriam ser eles os mortos, deveriam ser aqueles bigodudos oferecendo tortas e cumprimentando-se, aquelas estúpidas crianças e seus sorrisos imbecis, aquela mulher horripilantemente feia, com seus dentes e óculos gigantescos envoltos por uma túnica negra. E não os inocentes que jamais desejaram mal a ninguém.
por Rafael Azevedo
Leia Mais

Idiotice Internacional
>>> Gostaria de rebater críticas de pessoas desinformadas que gostam de falar de países que mal conhecem. Em primeiro lugar, o Pentágono não é mais o centro principal de nada. Os principais estrategistas foram mudados para novas bases, anos atrás. Outra coisa: acho que os responsáveis pelo atentado não são americanos. Esses americanos de milícias locais querem sua liberdade para comprar e carregar armas a fim de caçar e proteger suas fazendas e famílias. E Bush é um deles.
por Juliano Maesano
Leia Mais

Não quero esquecer
>>> Não tenho a pretensão de ter emoções ou observações mais originais que as das outras pessoas. Como todo mundo, fiquei chocada. As pessoas, incrédulas, não sabem muito bem como lidar com a situação. Percebem que os limites estão se expandindo cada vez mais, que em breve não haverá mais nada que nos proteja, ou princípios que sejam válidos. Mais tarde, quando tiver filhos, vou querer contar a eles a verdade, e não as mentiras que aparecem nos livros de História.
por Adriana Baggio
Leia Mais

Nada de novo no front
>>> Eram onze da manhã aqui em Rochester, que fica a uma hora de vôo de Nova York. Todo mundo parou em volta de tevês. As notícias iam caindo como os aviões: Washington! Pittsburgh! O que virá depois? O país me pareceu extremamente frágil sob o céu aberto e devassado: quantos aviões ainda estão no ar? Eu havia acabado de dar aula. Discutíamos as falhas da arquitetura modernista. Liguei o computador. Tudo mudou. O aluno, a explicação e o livro sumiram.
por Daniela Sandler
Leia Mais

Do Caos, Dalí e os idiotas
>>> Nenhuma ideologia ou religião, sob qualquer justificativa, explica a morte de inocentes. Os ataques terroristas realizados nos Estados Unidos, sob a bandeira do anti-imperialismo, da anti-globalização, da resistência islâmica, são a marca de uma guerra que em muito extrapola o que se pode considerar "civilização". A guerra sempre fez parte da história da Humanidade. Mas um ataque não pode ser desferido sem uma declaração formal de guerra.
por Paulo Polzonoff Jr
+ 1 comentário(s)
Leia Mais

Mais Especiais
Julio Daio Borges
Editor
topo


Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




2ª MOSTRA ECOFALANTE DE CINEMA AMBIENTAL
INSTITUTO VOTORANTIN
INST. VOTORANTIN & OUTROS
(2013)
R$ 13,00



AS VINHAS DA IRA - OS IMORTAIS
JOHN STEINBECK
ABRIL
(1972)
R$ 13,46



PARADOXOS ENTRELAÇADOS
CÊÇA GUIMARAENS
UFRJ
(2002)
R$ 15,83



A PÁGINA VIOLADA
PAULO SILVEIRA
URGS
(2003)
R$ 390,00



CHAMADOS À COMUNHÃO DE CRISTO
PAULO REAL
GARIMPO
(2014)
R$ 30,00
+ frete grátis



AMISTAD
ALEXS PATE
MARCO ZERO
(1998)
R$ 7,19



OS POSSEIROS
MARIA ALICE BARROSO
RECORD
(1986)
R$ 14,99



O HOMEM, O TEMPO E OS FÓSSEIS
RUTH MOORE
CULTRIX
(1953)
R$ 10,00



PRINCIPLES AND PRACTICES OF INFECTIOUS DISEASES
GERALD L. MANDELL; JOHN E. BENNETT; RAPHAEL DOLIN
CHURCHILL LIVINGSTONE
(1990)
R$ 50,00



TEXTOS SACROS
DESCONHECIDO
ABRIL
(1973)
R$ 20,00





busca | avançada
36466 visitas/dia
1,2 milhão/mês