O dia do caçador | Rafael Azevedo | Digestivo Cultural

busca | avançada
40230 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Terror nos EUA

Sexta-feira, 21/9/2001
O dia do caçador
Rafael Azevedo

+ de 1900 Acessos

Daniela Mountian

“O fanático é alguém que não consegue mudar de idéia nem quer mudar de assunto.”
Sir Winston Churchill

“Maomé é o Mensageiro de Deus,
e aqueles que estão com ele são duros
contra os infiéis, e misericordiosos
uns com os outros.”
Corão, Triunfo 48:35 (ed. de Arthur J. Arberry, 1955)

A administração Bush está começando efetivamente nestes últimos dias; suas primeiras atitudes de relevância, tanto na política interna como na externa, estão sendo realizadas – com grande competência, diga-se de passagem; a visita dele a uma mesquita em Washington foi um golpe de mestre, com direito a declarações citadas em todos os jornais do Oriente Médio – e Colin Powell finalmente assume uma posição de relevância, ele que parecia ter desaparecido de cena totalmente, e que a revista Time perguntava, há alguns dias, por onde andaria. Bom, o “negão que só deu desilusão”, como cantava o Francis no Manhattan Connection, apareceu e está com a corda toda, dando seus ultimatos aos insanos Talebans. Dificilmente eles surtirão efeito; a tradição islâmica, principalmente naquela região da Ásia Central, dita que um hóspede jamais pode ser maltratado por seu anfitrião, muito menos sumariamente expulso; ainda mais quando esse hóspede doou milhões de dólares em armamentos e participou ativamente das lutas de independência do Afeganistão (com ajuda da CIA e da SAS, diga-se de passagem). contra os soviéticos, e financiou a tomada de poder do Taleban. Seria uma ofensa imperdoável da parte dos afegãos entregarem bin Laden “de bandeja” aos americanos, e algo que duvido que acabe ocorrendo. Enquanto isso, do outro lado da fronteira, a população do Paquistão – país tradicional e fervorosamente anti-americano, cuja população é dominada informalmente por muçulmanos radicais – revolta-se contra a decisão de seu líder político e militar, o General Pervez Musharraf, de auxiliar os EUA no sentido de pressionar o governo Taleban a entregar Osama. Não fosse ele um líder militar, de uma ditadura feroz, duvido que ainda estivesse no poder. E os americanos têm de tratá-lo a pão-de-ló; um eventual ataque ao Paquistão está completamente descartado, tanto pelo “efeito dominó” que isso poderia causar na opinião pública islâmica do mundo inteiro (e principalmente dos países vizinhos, todos correligionários), como pelo perigo que o exército paquistanês, detentor de armamento fortíssimo, inclusive nuclear, poderia oferecer mesmo aos mais raivosos marines.
Bush e Powell saíram-se muito bem até agora, no campo político, demonstrando firmeza sem intolerância e convicção sem destempero; a hora da ação militar, no entanto, se aproxima, e eles terão que demonstrar na prática essa firmeza e serenidade que aparentaram ter até o momento. Um ataque convencional ao Afeganistão dificilmente surtirá efeito em pouco tempo; o território é difícil, a altitude atrapalharia um ataque terrestre, o clima apresenta temperaturas e condições extremas. Os soldados afegãos, os mujaheddin da guerra contra os soviéticos, aliam táticas de guerrilha ainda mais sangrentas que as dos vietnamitas com um fervor suicida embasado na autorização que o Corão lhes dá para que cometam qualquer tipo de atrocidade na defesa de seu território. Armados pelos ocidentais, com mais o resto de armamento largados pelos russos quando de sua debandada, a perspectiva não é fácil para os americanos. Bin Laden, ainda por cima, não estará em local de fácil acesso, obviamente, nem em nenhum de seus esconderijos; especialistas especulam que ele estará refugiado em locais de alta concentração populacional, especialmente próximo à fronteira paquistanesa, onde ele poderá contar com a proximidade da TV para culpar os americanos por possíveis vítimas civis dos bombardeios que visam sua cabeça.

Na hora do vamo ver...
Diante do horror, do choque das imagens do World Trade Center desabando, e da revolta expressa nos meios de comunicação, Yasser Arafat, e os palestinos, apressaram-se em negar qualquer envolvimento com os atentados. Foi quase engraçado, se não fosse patético, ver a cara de medo (que a imprensa julgou “abatimento” e “choque”) do ex-assassino, ex-terrorista, ex-guerrilheiro Arafat indo à TV minutos após o ocorrido garantir que não tinha relações quaisquer com aquilo. Mulheres jordanianas aparecem em capas de jornais assinando condolências e depositando flores em homenagem às vítimas. Os aiatolás iranianos, e mesmo o sádico Saddam frisaram que nada tinham a ver com o assunto; e mesmo os obviamente culpados Taleban e Osama Bin Laden juraram de pés juntos que não sabiam de nada, não tinham visto nada, nada tinham ouvido. Queimar bandeiras americanas, e ofender o “Grande Satã” é fácil, mas na hora que a águia abriu suas asas, ninguém ousou ficar embaixo da sombra delas. Como diz o vulgo, tiraram rapidinho os deles da reta...

Troca de gentilezas
“Não há nada em nosso livro, o Corão, que nos ensine a sofrer pacificamente. Nossa religião nos ensina a sermos inteligentes. Sermos pacíficos, sermos corteses, obedecermos a lei, e respeitarmos a todos; mas se alguém colocar a mão em você, mande-o pro cemitério. Essa é uma boa religião.”
Malcolm X

“Maomé trouxe do céus e colocou no Corão não apenas doutrinas religiosas, mas também máximas políticas, leis civis e criminais, e teorias científicas. Os Evangelhos, por outro lado, lidam apenas com as relações gerais entre o homem e Deus e entre o homem e o homem. Fora disso, não ensinam nada e não obrigam as pessoas a acreditar em nada. Só isso, entre mil razões, é suficiente para mostrar que o Islã não conseguirá manter seu poder por muito nas eras de iluminismo e democracia, enquanto o Cristianismo está destinado a reinar em tais eras, como em todas as outras.”
Alexis de Tocqueville, Democracia na América.

Premonição
“Imagine aquele líder de todos os inimigos, naquela grande planície da Babilônia, sentado numa espécie de trono de chamas fumegantes, uma visão horrível e aterrorizante. Observe ele conjurar inúmeros demônios, para despachá-los a diferentes cidades até que o mundo inteiro esteja coberto, não esquecendo província ou lugar, nem estado ou indivíduo.”
São Inácio de Loiola, Exercícios Espirituais, “Segunda Semana”.


Rafael Azevedo
São Paulo, 21/9/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Radiohead e sua piscina em forma de lua de Luís Fernando Amâncio
02. Redescobrir as palavras, reinventar a vivência de Duanne Ribeiro
03. Impressões do jovem Engels de Celso A. Uequed Pitol
04. Tarantino, Quentin de Humberto Pereira da Silva
05. Livrarias, bibliotecas e outros paraísos de Ana Elisa Ribeiro


Mais Rafael Azevedo
Mais Acessadas de Rafael Azevedo em 2001
01. A TV é uma droga - 23/11/2001
02. Os males da TV - 6/7/2001
03. A primeira batalha do resto da guerra - 30/11/2001
04. Só existe um Deus, e Bach é seu único profeta - 2/11/2001
05. A Má Semente - 19/2/2001


Mais Especial Terror nos EUA
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O ÚLTIMO MAFIOSO
OVID DEMARIS
FRANCISCO ALVES
(1982)
R$ 11,00



ANÁLISE FINANCEIRA DE BALANÇOS - LIVRO DE EXERCÍCIOS - 3ED.
DANTE C. MATARAZZO - ARMANDO OLIVEIRA
ATLAS
(1995)
R$ 8,90



A CRIAÇÃO DOS FILHOS
R. R. SOARES
ED. GRAÇA EDITORIAL
R$ 5,00



OS ESCRITOS SECRETOS
SEBASTIAN BARRY
BERTRAND BRASIL
(2013)
R$ 13,00



3 VOLUMES - HISTÓRIA GERAL DA ARTE - ARTES DECORATIVAS
EDICIONES DEL PRADO
DEL PRADO
(1996)
R$ 40,87



VALE A PENA VIVER
DANIELLE STEEL
RECORD
(1993)
R$ 7,90



CAPITÃO SINGLETON
DANIEL DEFOE
GLOBAL
(1985)
R$ 11,00



UMA VERDADE INCONVENIENTE
AL GORE
MANOLE
(2008)
R$ 15,00



GEOGRAFIA 6º ANO PROJETO RADIX
VALQUÍRIA E BELUCE
SCIPIONE
(2011)
R$ 5,80



O ROMANCE DA TERRA
RUDOLF THIEL
LITERATURA ESTRANGEIRA
R$ 10,50





busca | avançada
40230 visitas/dia
1,3 milhão/mês