As sobras completas, poesias de Jovino Machado | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
46024 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Mastigar minhas relações
>>> Vaguidão específica
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
Mais Recentes
>>> Coleção para gostar de ler de Varios pela Atica (1985)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Cor e Pintura de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Meu pequeno fim de Fabrício Marques pela Segrac (2002)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Materiais e Ferramentas de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Livro Dicionário Enciclopédico Veja Larousse - Volume 1 de Eurípedes Alcântara , Diretor Editorial pela Abril (2006)
>>> O diário de Larissa de Larissa Manoela pela Harper Collins (2016)
>>> Corpo de delito de Patricia Cornwell pela Paralela (2000)
>>> A Arte da guerra de Sun Tzu pela Pé da letra (2016)
>>> O fio do bisturi de Tess Gerritsen pela Harper Collins (2016)
>>> A garota dinamarquesa de Davdid Ebershoff pela Fabrica 231 (2000)
>>> Uma auto biografia de Rita Lee pela Globo livros (2016)
>>> Songbook Caetano Veloso Volume 2 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> A Sentinela de Lya Luft pela Record (2005)
>>> O teorema Katherine de John Green pela Intriseca (2006)
>>> Louco por viver de Roberto Shiyashiki pela Gente (2015)
>>> A ilha dos dissidentes de Barbara Morais pela Gutemberg (2013)
>>> Sentido e intertextualidade de Emanuel Cardoso Silva pela Unimarco (1997)
>>> Mistérios do Coração de Roberto Shinyashiki pela Gente (1990)
>>> Interrelacionamento das Ciências da Linguagem de Monica Rector Toledo Silva pela Edições Gernasa (1974)
>>> Sociologia e Desenvolvimento de Costa Pinto pela Civilização Brasileira (1963)
>>> O Coronel Chabert e Um Caso Tenebroso de Honoré de Balzac pela Otto Pierre Editores (1978)
>>> O golpe de 68 no Peru: Do caudilhismo ao nacionalismo? de Major Victor Villanueva pela Civilização Brasileira (1969)
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
COLUNAS

Terça-feira, 15/12/2015
As sobras completas, poesias de Jovino Machado
Jardel Dias Cavalcanti

+ de 2800 Acessos


Jovino é um poeta do balacobaco. Sua poesia cria um espaço de diversão, nonsense e delírio que é raro entre a turma das letras. Coitado de quem espera aquela seriedade cozida em sofrimento, trauma ou perturbação emocional nos seu poemas. De romântico, o poeta só tem a verve boêmia. E essa verve (com sua filosofia de bar, não sisuda) está presente na maior parte de sua criação. Resumindo: Jovino está mais para Oswald de Andrade do que para Drummond e muito menos ainda para João Cabral.

Uma publicação, que o poeta chamou divertidamente de "Sobras completas", acaba de reunir 10 dos seus livros e mais 20 poemas, além de uma apresentação e parte da fortuna crítica. Em edição de apenas 450 exemplares, pela editora Guayabo, de Belo Horizonte, o livro recebeu incentivo da Lei Municipal de Incentivo à Cultura da Prefeitura de Belo Horizonte.

O livro cobre mais de 20 anos de produção poética, que vai de 1993 até 2015, traduzindo um recorte que organiza os 10 últimos livros do autor. O objeto gráfico que é o livro, em si mesmo, nos agrada. O livro tem um aspecto de diário, com sua capa rosa e seu recheio de um belíssimo azul antigo e aquele elástico que faz pensar nos cadernos de memória que podem ser fechados para impedir o olhar bisbilhoteiro. Apenas nonsense, pois o livro é um convite à comunhão de almas e quer mesmo é ser lido.

O caráter lúdico de sua poesia vai de página a página contaminando nosso humor. Saímos mais leves, menos graves, dispostos a brincar com a vida como ela brinca com a gente. Veja-se a pequena série "Coração 1, 2 e 3":

Coração 1

fechado para balanço

agradecemos sua preferência



Coração 2

aberto por motivo de luto

venha velar comigo



Coração 3

Permitida a entrada de pessoas estranhas



No "Poema dos trinta anos", quando se espera a desilusão como melancolia anunciada, o que temos é a vitória sobre cada idade: "aos sete perdi a infância/ não perdi a elegância// aos dezessete perdi a virgindade/ não perdi a dignidade// aos vinte e sete perdi a ingenuidade/ não perdi a vaidade// não perdi a fé/ gosto de café/ ando a pé.

A positividade não perde o pé, mesmo quando se anuncia toda uma tradição familiar perdida, como no poema "Antena", pois para o poeta seu caminho é outro: se seu pai foi queimado, seu avô castrado, seu bisavô ignorado, "eu sou sambista".

A filosofia de boteco não deixa por menos. Quer exibir sua reflexão, e não é qualquer coisa que se anuncia, como se pode ver no mínimo poema "Nunca sempre":

deus não morre

deus não vive

Jovino trabalha com a quebra dos estados de humor. Quando o poema anuncia uma espécie de fechamento dramático, lá vem o poeta para desanuviar o ambiente e nos fazer pensar (filosofar), mas sem fazer drama, pois lhe parece que a vida, remendada ou não, consegue continuar, apesar dos pesares. O poema "Cind" é um exemplo disso: "amo a deus/ apesar das dores// amo o diabo/ apesar dos amores// amo você/ sem apesar".

A verve crítica do observador do humano e de sua tragédia pessoal também está presente no livro. Não se trata de sociologia da comédia humana, mas observação astuta, como no poema "Cor de cadáver":

a fumaça do cigarro

não esconde a sua beleza

sua tristeza não se afoga

no copo de cerveja

seu olhar é um fantasma

que, nu drible, oscila

entre a trave e o gol

no seu sorriso

vejo que você possui

apenas o que te falta



Na série "Inverno" segue uma dica de acompanhamento: "para ler ouvindo Brahmns". Ah! Essa música para liberar a delícia da energia livre!E o filósofo-poeta-boêmio se põe a tentar nos levar para uma certa gravidade que, sempre, no fim das contas, nos deixa com aquele sorriso maroto na cara. Conclusão: não é tão séria assim que ele queria que a vida fosse (nem a poesia também):

a vida não presta

quando eu adoro

e você detesta



a vida é uma bosta

quando eu amo

e você não gosta



a vida é vazia

eu vício

você vadia



a vida é neblina

eu enlouqueço

e você sublima



Já que seu bar é seu lar, como intitula um dos grupos de poemas, o ambiente propício para suas divagações é ali também: "o meu anjo/ beija o bar na boca/ sem cadeira tem colo/ intuição e sorte/ bom de cama/ ama egos e éguas".

Que silêncio deseja o poeta? Ah! Que poema mais contemporâneo o pequeno "Algodão nos ouvidos", nesse momento em que se grita tanto, se canta tanto, sem se dizer nada:

Dor de ouvido?

Não, dor de ouvir.

O percurso do poeta, suas andanças e vertigens pela vida, estão sintetizadas em todos esses poemas mínimos mais que máximos. Se é de amor, de dor, do calor sensual, da solidão fria ou do prazer vital que falam, é pela voz desse Lúcifer no cio, a poesia, que pode se transmutar em musa de minissaia só para seduzir a alma desse atrevido trovador, que nos leva junto para seu bar-livro-poema.


Jardel Dias Cavalcanti
Londrina, 15/12/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Quando amor e terra quase se confundem de Elisa Andrade Buzzo
02. Novos velhos e lagostas de Carla Ceres
03. Avatar 3D e as tecnologias visuais do novo milênio de Marcelo Spalding
04. O naufrágio é do escritor de Vicente Escudero
05. Comunicado importante: TV mata! de Pilar Fazito


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti em 2015
01. Daumier, um caricaturista contra o poder - 24/2/2015
02. Livro das Semelhanças, de Ana Martins Marques - 24/11/2015
03. Eu matei Marina Abramovic (Conto) - 17/3/2015
04. Fake-Fuck-Fotos do Face - 18/8/2015
05. Gerald Thomas: cidadão do mundo (parte I) - 2/6/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MANUAL DE DIREITO PENAL - VOLUME 2 - PARTE ESPECIAL
JULIO FABBRINI MIRABETE
ATLAS
(2003)
R$ 9,50



VENTO NOTURNO
CHARLES DICKENS
CLUBE DO LIVRO
(1975)
R$ 7,00



BIBLIORAMA BRINCANDO E APRENDENDO
SILVIO NAKANO
A D SANTOS
(2006)
R$ 10,00



COMISSÃO COORDENADORA DE ESTUDOS DO NORDESTE - ESTUDO 01
ARENA (ALIANÇA RENOVADORA NACIONAL)
SENADO FEDERAL
(1971)
R$ 19,82



ISTO É 2030 - MÉDIUNS
VÁRIOS AUTORES - REVISTA
TRÊS
(2008)
R$ 9,00



DETECÇÃO DE BATIMENTOS CARDÍACOS UTILIZANDO FPGA
ALEXANDRE TOMAZATI OLIVEIRA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 454,00



REVOLUÇÕES DE INDEPENDÊNCIAS E NACIONALISMOS NAS AMÉRICAS
MARCO A. PAMPLONA; MARIA E. MADER ORG - VOL 2
PAZ E TERRA
(2008)
R$ 15,00



CULTURA E OPULÊNCIA DO BRASIL
ANDRÉ JOÃO ANTONIL
PROGRESSO
(1955)
R$ 29,70



ATLÂNTIDA: O GENE
A. G. RIDDLE
GLOBO ALT
(2015)
R$ 9,00



CONHECIMENTO QUE CONDUZ À VIDA ETERNA
NAO CONSTA
WATCHTOWER
(1995)
R$ 4,90





busca | avançada
46024 visitas/dia
1,1 milhão/mês