Livro das Semelhanças, de Ana Martins Marques | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
38611 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 24/11/2015
Livro das Semelhanças, de Ana Martins Marques
Jardel Dias Cavalcanti

+ de 4900 Acessos


A poeta Ana Martins Marques lançou este ano, pela Companhia das Letras, "O livro das semelhanças", seu terceiro livro de poesia. Lançada inicialmente pela Editora Scriptum, com "A vida Submarina", de 2009, publicou ainda, pela Companhia das Letras, o livro "Da Arte das Armadilhas", em 2011.

O novo livro é dividido em várias seções, cujos títulos são "Livro", "Cartografias", "Visitas ao lugar-comum" e "O livro das semelhanças". Formam um conjunto interessante de poemas que dão conta daquilo que está proposto nas seções. Não sabemos se os títulos vieram antes dos poemas, ou se a existência dos poemas criou a necessidade de tais denominações.

As seções marcam uma pequena linha divisória sobre as preocupações da poeta, como no primeiro momento, que vai do interesse pelo formato do livro às consequências que se pode tirar de cada parte do seu formato, transposto agora para uma espécie de relação entre mundo pessoal/existencial e composição do objeto livro.

Na segunda parte, uma espécie de cartografia sentimental vai se delineando a cada poema, marcando a significação do encontro ou desencontro afetivo que tem como ponto de partida a ideia do mapa.

Na terceira parte, o afeto é ainda o leitmotiv da sua criação poética, onde rusgas e incertezas, com um certo pessimismo intravenoso, dominam quase todos os poemas.

Enfim, na última parte, que forma o maior conjunto de poemas, e onde também concentra-se a maior densidade do livro, é o momento da desconstrução da realidade pela palavra poética, onde, então, se realiza de forma mais pungente a inflexão do Ser diante da vida.

Todo leitor apaixonado por poesia, imagino, é também um apaixonado por livros, por sua feitura, sua aparência, enfim, seu design. Ana Marques vai além dessa paixão fetichista (e adorável) pelo objeto na primeira seção do livro. Da capa ao nome do autor, título, dedicatória, epígrafe, tipo de papel, primeiro e segundo poemas, índice remissivo até a contracapa, os poemas buscam perscrutar a alma de cada uma dessas partes, relacionando o autor ao receptor, fazendo da poesia um corpo expositivo das entranhas abertas dessa relação, com uma simplicidade aparente, mas onde cada poema guarda momentos de atenção para aquilo que criamos e para o qual não atentamos para o seu sentido, dada sua funcionalidade quase automática na nossa existência de amantes de livros.

Em "Nome do autor", por exemplo: "Impresso/ como parece estranho/ o mesmo nome/ com que te chamam." Ou em "Dedicatória": "Ainda que não te fossem dedicadas/ todas as palavras nos livros/ pareciam escritas para você". Algo próximo à perplexidade de uma criança que descobre pela primeira vez o funcionamento de algo que o interessa e o toca desde sempre.

Também pode-se pensar na constituição do livro, no andamento da criação de cada poema, como o lugar espacial longe dos atropelos da existência: "o dia: contas a pagar/ correspondência atrasada/ congestionamento/ xícaras sujas// aqui ao menos não encontrarás,/ leitor,/ xícaras sujas". Uma espécie também de ponto de encontro, onde o interior do livro, nas suas marcações (dobras, manchas, mapas, citações), se constitui em momentos para a poeta filosofar sobre a vida, como ao aproveitar uma ideia de Robert Walser: "privar-se de alguma coisa/ também tem seu perfume e sua energia". Ou no poema "Papel de seda", onde reflete sobre o sentido que outrora tinha o papel de seda nas divisões entre imagem e texto: "receavam a comunhão universal/ dos traços/ receavam que as palavras e as imagens/ não fossem vistas como rivais/ que são/ mas como iguais/ que são".

A seção "Cartografias" atende aos sentimentos amorosos, delineados como as próprias linhas do mapa, que costuram as diferentes configurações do afeto. São imagens líricas bastante simples que a poeta constrói para externar a profundidade do lugar que o amor ocupa na existência. Por exemplo: "E então você chegou/ como quem deixa cair/ sobre um mapa/ esquecido aberto sobre a mesa/ um pouco de café uma gota de mel/ cinzas de cigarro/ preenchendo/ por descuido/ um qualquer lugar até então/ deserto".

"Visitas ao lugar comum" não fica longe do exemplo anterior, embora aqui pareça se edificar um círculo vicioso do ir e vir, cortar e remendar, ficando no fim a existência (corriqueira ou afetiva) marcada pelas cicatrizes. "Cortar relações/ e depois voltar-se/ verificar se o que restou/ suporta/ remendo/ demorar-se/ sobre a cicatriz/ do corte". Ou, sob os auspícios da dúvida: "Amar/ profundamente/ mas testar/ volta e meia/ se ainda/ dá pé". Dúvida que não desaparece: "e ao fim/ arfante/ da corrida/ voltar-se/ para avaliar/ o traçado".

A parte final é "O livro das semelhanças", que retoma o título do livro. Aqui se adensam as experiências que são tratadas com certa leveza nas outras partes do livro. Esse adensamento não hierarquiza as partes do livro. Ana Martins é uma grande criadora de imagens rápidas, que dissolve as certezas sem que seja necessário precisar o antes, o entre e o depois das ações. O corte é rápido. Quase não dá tempo de perceber o tamanho do rasgo. Por isso voltamos aos poemas, precisando acreditar que aquilo que se anunciava como um verso singelo, guarda, na sua composição, o preâmbulo para o desalento.

Por vezes, ainda, o poema se constrói sobre o anúncio daquilo que virá sem dó nem piedade. Não precisa, a poeta, dizer o que virá, mas sua matéria, uma faca se afiando, não é mais que "cinzas/ por dizer". Vale ler o poema onde esse verso aparece:

Ainda é tarde

para saber

Ainda há facas

cruas demais para o corte



Ainda há música

no intervalo entre as canções



Escuta:

é música ainda



Ainda há cinzas

por dizer

Como um "acervo de acidentes", essa parte final do livro carrega uma certa melancolia. Não há ajustes que possam remediar perdas, como no poema "O que eu levo nos bolsos", onde a poeta pode até ter "teu nome/ anotado/ num papel dobrado", mas finaliza o poema com o significado que essa presença tem para ela: "meu deserto/ de bolso". O poema "O beijo" também faz transparecer essa ausência de doçura que o reino dos afetos parece prometer, mas que não consegue cumprir: "Ao me beijar/ esqueceu uma palavra em minha boca/ (...)/ É pequena e dura/ mais salgada que doce/ e amarga um pouco/ no fim."


O espaço de uma resenha é pouco para as variáveis que um livro de poesia possui. Ao se olhar o conjunto de poemas de "O livro das semelhanças" nota-se o apreço da poeta pela clareza das composições. Aqui não se quebra o pé do verso para um efeito especial. Quebra-se, isso sim, a possibilidade de se configurar uma realidade dócil e amena. E embora o afeto seja um tema recorrente, ele alegoriza, na sua própria precariedade, o sentido da existência. O convite da poeta não é o de um retorno ao parnaso, como se pode supor ao primeiro corte no nervo do leitor, mas o contrário: "vem/ escuta/ no meu peito/ o silêncio/ elementar/ dos metais".


Jardel Dias Cavalcanti
Londrina, 24/11/2015


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti em 2015
01. Daumier, um caricaturista contra o poder - 24/2/2015
02. Livro das Semelhanças, de Ana Martins Marques - 24/11/2015
03. Eu matei Marina Abramovic (Conto) - 17/3/2015
04. Fake-Fuck-Fotos do Face - 18/8/2015
05. Gerald Thomas: cidadão do mundo (parte I) - 2/6/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A TÉCNICA DO DIREITO VOL 3 - A TÉCNICA DA DEFESA CRIMINAL
GILBERTO CALDAS
BRASILIENSE
R$ 10,00



CERIMONIAL DO CASAMENTO - 4930
MARIA DE LOURDES DE FARIA MARCONDES WOLFF
WB EDITORES
R$ 10,00



COTIDIANO E ROTINA NA SALA DE AULA
MARLEI GOMES DA SILVA MALINOSKI
APPRIS
(2016)
R$ 34,00



NAU DOS DESEJOS
CREMILDA MEDINA
CJE / ECA / USP
(1994)
R$ 4,70



SEU FUTURO SEGUNDO OS TARÔS
GIOVANNI SCIUTO
NORDICA
(1992)
R$ 15,00



MANOEL JULIO VERA DEL CARPIO
MANOEL JULIO VERA DEL CARPIO
DIALETO
(2012)
R$ 55,00



ENSINO RÉGIO NA CAPITANIA DE MINAS GERAIS ,1772 - 1814
THAIS NIVIA DE LIMA E FONSECA
AUTÊNTICA
(2010)
R$ 40,00



A IMPORTÂNCIA DO RELACIONAMENTO COMERCIAL E CULTURAL...
VÁRIOS
SENADO FEDERAL
(1995)
R$ 8,58



O PRIMEIRO GUERREIRO - 2ª EDIÇÃO
ORLANDO PAES FILHO
ARX JOVEM
(2002)
R$ 10,00



ALICE DO 5O DIEDRO
LAURITA MOURAO
NORDICA
R$ 6,00





busca | avançada
38611 visitas/dia
1,4 milhão/mês