O Teatro gaúcho pede passagem | Marcelo Spalding | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
Mais Recentes
>>> At Risk de Patricia Cornwell pela Little Brown And Company (2006)
>>> Gone For Good de Harlan Coben pela Na Orion Paperback (2007)
>>> When The Wind Blows de James Patterson pela Little Brown And Company (1998)
>>> Windmills Of The Gods de Sidney Sheldon pela William Morrow And Companhy (1987)
>>> If Tomorrow Comes de Sidney Sheldon pela William Morrow And Companhy (1985)
>>> Pearl Dakotah Treasures 2 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2004)
>>> Pearl Dakotah Treasures 2 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2004)
>>> Children Of The Lamp Book One de P. B. Kerr pela Orchard Books (2004)
>>> The Tale Of Despereaux de Kate Di Camillo pela Candlewick Press (2003)
>>> What She Left For Me de Tracie Peterson pela Bethany House (2005)
>>> Mulher (Trilingue) de Orestes Campos Barbosa pela Sografe, Belo Horizonte (2009)
>>> Mulher (Trilingue) de Orestes Campos Barbosa pela Sografe, Belo Horizonte (2009)
>>> A Christmas Carol de Charles Dickens pela Bendon (2014)
>>> A Christmas Carol de Charles Dickens pela Bendon (2014)
>>> Ruby Dakotah Treasures 1 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2003)
>>> Opal Dakotah Treasures 3 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> The 1999 - John Dinkeloo Memorial Lecture de Will Bruder pela The Univ. Michigan/ USA (1999)
>>> Não estamos abandonados de Eliana Machado Coelho pela Lúmen (2016)
>>> This Charming Man de Marian Keyes pela Penguin Books (2009)
>>> Anybody Out There de Marian Keyes pela Penguin Books (2007)
>>> The Undomestic Goddess de Sophie Kinsella pela A Dell Book (2005)
>>> A voz do fogo de Alan Moore pela Conrad (2002)
>>> The Innocent Man de John Grisham pela A Dell Book (2006)
>>> The Innocent Man de John Grisham pela A Dell Book (2006)
>>> Bluebonnet Belle de Lori Copeland pela Steeple Hill (1997)
>>> Bluebonnet Belle de Lori Copeland pela Steeple Hill (1997)
>>> Tratado de comunicação organizacional e política de Gaudêncio Torquato pela Cengage Learning (2011)
>>> Catálogo de Periódicos Brasileiros Microfilmados de Coord. Ana Fanda/ A. Romano de Sat' Anna:Presid. pela Biblioteca Nacional/ RJ. (1994)
>>> Vá em frente não deixe para depois de Zibia Gasparetto pela Vida e Consciencia (2016)
>>> Regimes de historicidade - presentismo e experiencias do tempo de François Hartog pela Autentica (2013)
>>> Amazônia: 20 Lendas e Mitos/ Legends And Myths from Amazônia (5 lín de Gea: Coordenadoria Editorial pela Graf. Ed. da Amazônia
>>> La Amada Inmóvil de Amado Nervo pela Soc. Edit. Latino- Americana (1950)
>>> Um (One) de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> Um (One) de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> Amando Uns aos Outros: o Desafio das Relações Humanas de Leo Buscaglia pela Record/ RJ.
>>> A força do entusiasmo de Prof.Gretz pela Viabilização de Talentos Humanos (2005)
>>> Legislação Penal Especial : Crimes Contra a Economia Popular.- Crimes Falimentares.- Crimes Contra a Liberdade de Imprensa de Manoel Pedro Pimentel (Min. Trib. Alçada Criminal / Sp) pela Revista dos Tribunais (1972)
>>> Os tomadores de decisão de Robert Heller pela Makron (1991)
>>> Farmácia de pensamentos de Sonia de Aguiar pela Relume Dumará (2000)
>>> Hipnotizando Maria de Richard Bach pela Integrare (2019)
>>> Tudo Sobre Finanças - Guia Prático de A a Z ( Exame) de Tim Hindle pela Nobel (2002)
>>> Estranho À Terra de Richard Bach pela Hemus
>>> Estranho À Terra de Richard Bach pela Hemus
COLUNAS

Quinta-feira, 29/1/2009
O Teatro gaúcho pede passagem
Marcelo Spalding

+ de 2900 Acessos

O verão de Porto Alegre é quente, muito quente, um calor abafado que nos joga em cima de um sofá, debaixo de um ventilador ou nos expulsa para o litoral. Mas há 10 anos um grupo de atores, entre eles o meio global Zé Victor Castiel, criou o Porto Verão Alegre, uma espécie de festival que é mais do que festival pela enorme abrangência, variedade e duração.

Durante dois meses, os meses quentes de janeiro e fevereiro, diversos teatros de Porto Alegre recebem diariamente belas montagens gaúchas a preços razoáveis, recrutando um público que não estava acostumado a frequentar teatro e movimentando todo o sistema cênico da capital. Para alguns, é a única oportunidade de encenar suas peças, e só isso já seria um mérito importante do festival, mas aos poucos se percebe que não, que o maior mérito é dar fôlego para que as produções locais não apenas surjam como cresçam, amadureçam e atravessem as estreitas fronteiras do Rio Grande do Sul. E é sobre alguns destes espetáculos que vou escrever, com a certeza de que em algum momento eles estarão na sua cidade, no seu Estado, e desejando com sinceridade que você os assista e descubra que há, nos palcos, vida inteligente fora do eixo Rio-SP.

Bailei na Curva é o caso mais bem-sucedido, pelo menos entre os espetáculos ainda em cartaz. Escrito por Júlio Conte há 26 anos, conta a história do Golpe Militar a partir do ponto de vista de crianças porto-alegrenses, abordando de frente um problema político e social importante sem se tornar em nenhum momento pesado ou superficial, arrancando da platéia gargalhadas e, ao final, a levando às lágrimas, numa raríssima bem-sucedida combinação de comédia e drama.

Por conta do sucesso da montagem, a atriz Patsy Cecato, casada com Júlio Conte e uma das atrizes da primeira montagem de Bailei..., é hoje sócia de uma das produtoras mais ativas da Capital, a Cômica Produtora, responsável por outros tantos espetáculos na programação do Porto Verão Alegre, como Se meu ponto G falasse e Manual Prático da Mulher Moderna. Mas aqui quero indicar outra montagem, Hotel Rosa-Flor, um texto simples, clássico (com início, meio e fim em ordem direta), que poderia ter sido transformado em conto, romance ou cinema, mas virou teatro dirigido por Júlio Conte. Apostando em cenário e figurino completos e grande elenco, a peça nos remete ao ambiente das produções cinematográficas sem abrir mão de um roteiro complexo, avesso a maniqueísmos ou estereótipos. Ano passado, por exemplo, Larissa Maciel atuou em Hotel Rosa-Flor, de onde decerto foi revelada para ser a Maysa da minissérie global.

Outro que começa a ganhar as telas do centro do país é Roberto Birindelli, ator e diretor do monólogo Il Primo Mirácolo. Neste espetáculo, Birindelli interpreta 21 personagens sem recursos de cenografia, figurino ou iluminação, desdobrando-se com versatilidade entre soldado e Rei Mago, anjo e estrela cadente, Jesus, Maria, José e Deus. O espetáculo, há 16 anos em cartaz, foi idealizado como projeto de graduação no Curso de Artes Dramáticas ― Interpretação Teatral da UFRGS, "sendo fruto de uma pesquisa centrada na presença cênica do performer e na relação ator-espectador, baseada em alguns princípios básicos da Antropologia Teatral", segundo consta no site do ator. O público, aliás, disposto ao redor de um quadrado onde a cena ocorre, é mais do que espectador, sendo chamado a participar cantarolando, respondendo, questionando e, talvez mais do que isso, emoldurando a cena, pois como as luzes estão acesas e as pessoas dispostas em quadrado, pode-se ver a reação dos outros espectadores, suas caretas, risadas e surpresas.

O texto de Il Primo Mirácolo é do italiano Dario Fo, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura em 1997. Curiosamente, há outro monólogo de sucesso na capital gaúcha, também em cartaz há mais de 15 anos, cujo texto é adaptado de Dario Fo. Trata-se de Pois é, Vizinha..., de Deborah Finocchiaro. Com mais de 500 apresentações e 200 mil espectadores, o espetáculo conta, através de muitos risos, a trágica história de uma dona-de-casa trancada em casa pelo marido no dia em que ela se depara com uma vizinha do prédio em frente e desabafa. O monólogo tornou Deborah uma figura conhecida entre os porto-alegrenses, e este respaldo permitiu que a atriz apostasse em trabalhos mais autorais, como Sobre Anjos e Grilos ― O universo de Mario Quintana e o recém-lançado Histórias de um Canto do Mundo ― Memórias de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul. Além disso, investiu na direção e está em cartaz com O Urso, uma inspirada montagem do texto de Tchekhov em que a multiplicação da protagonista em três atrizes, representando os três estados de espírito distintos da viúva, permite numa interseção de ações, falas e gestos que serve de contraponto cênico interessantíssimo para um texto tão cotidiano.

Cotidiano também é a marca do texto de Luis Fernando Verissimo, levado ao palco por Zé Victor Castiel, que interpreta o próprio escritor em O marido do Dr. Pompeu. Na peça, o universo de encontros, cantadas, coincidências, jantares, mentiras, equívocos, gemidos, farsas e decepções de Verissimo é transformado numa interessante história, muito bem costurada e interpretada por João França e Fernanda Carvalho Leite.

Fernanda que, ao lado da também talentosíssima Ingra Liberatto, também protagoniza Inimigas Íntimas, peça em que duas mulheres de meia idade, amigas de infância e adolescência, se reencontram depois de anos e marcam um jantar. O interessante da peça é que a partir desse conflito tão universal, atemporal e explorado pela literatura, pelo teatro ou pela televisão, Fernanda e Ingra conseguem fazer o público rir de suas próprias idiossincrasias, de seus próprios caprichos, e refletir sobre suas próprias amizades e suas próprias invejas.

São sete espetáculos, sete grupos distintos e sete histórias de sucesso do teatro local que começam a aparecer com frequência também nos palcos do centro do país. Porque não é fácil, e disso sabemos todos nós, fazer teatro sem estar na televisão, sem o plim-plim diário tornando o rostinho bonito mais e mais conhecido. Mas aqui em Porto Alegre tem se conseguido fazer, e se falo com orgulho dessa produção do meu Estado não é por bairrismo, mas porque tenho certeza que colunistas de outros estados do país poderiam fazer o mesmo, traçando assim um belo panorama do Teatro profissional brasileiro. Com T maiúsculo.


Marcelo Spalding
Porto Alegre, 29/1/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A poesia de D. Thomas e a profecia de Dostoiévski de Fabio Silvestre Cardoso
02. Espírito do Ódio de Arcano9


Mais Marcelo Spalding
Mais Acessadas de Marcelo Spalding em 2009
01. Quanto custa rechear seu Currículo Lattes - 5/3/2009
02. O melhor da década na literatura brasileira: prosa - 31/12/2009
03. Literatura para quê? - 17/12/2009
04. Era uma vez o conto de fadas - 2/4/2009
05. Aranhas e missangas na Moçambique de Mia Couto - 6/8/2009


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COMO DIZER NÃO ÀS CRIANÇAS
ROBERT LANGIS
CETOP
(1997)
R$ 47,70



O MONTE CINCO
PAULO COELHO
GOLD
R$ 4,00



O PARTIDO COMUNISTA NA SOCIEDADE SOCIALISTA
GUEORGUI CHAKHNAZAROV
ESTAMPA (LISBOA)
(1975)
R$ 32,28



MORCEGOS NEGROS
LUCAS FIGUEIREDO
RECORD
(2000)
R$ 10,00



COLEÇÃO SALVAT - INSTRUMENTOS MUSICAIS - BONGÔ - Nº 30
SALVAT
SALVAT
(2012)
R$ 16,00



O BALÉ QUEBRA-NÓS
CARLOS EDUARDO NOVAES
CIRCULO DO LIVRO
R$ 6,00



ANÁLISE COMPARATIVA DE DUAS VERSÕES DE A ILUSTRE CASA DE RAMIRES DE...
CARMELA MAGNATTA NUZZI
LELLO
(1979)
R$ 13,40



O SILÊNCIO DO GRIOT
HENRIQUE FERREIRA PACINI
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 454,00



CONTRIBUTOS DA TRADUÇÃO PARA A HISTORIOGRAFIA PORTUGUESA
IVO RAFAEL SILVA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



ESTATÍSTICA APLICADA
LARSON FARBER
PEARSON PRENTICE HALL
(2004)
R$ 40,00





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês