Livros no Google | Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
42881 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 18/5/2009
Livros no Google
Wellington Machado

+ de 2600 Acessos

Robert Darnton é professor da Universidade de Harvard e atualmente diretor da biblioteca da instituição, a quinta maior do mundo, com 15 milhões de volumes. É também autor de Edição e sedição, dentre outros livros. O professor levanta uma questão fundamental, de caráter urgente, em um ensaio na revista Serrote (n.º1): o futuro dos livros e a sua relação com o site de buscas Google.

O ensaio faz uma analogia entre o tempo em que vivemos (grande aparato tecnológico disponível) e o ideal iluminista. Para o autor, "o século 18 [Iluminismo] imaginava a República das Letras como um reino sem polícia, sem fronteiras e sem desigualdades, exceto a determinada pelo talento". Segundo Darnton, com o processo de digitalização dos livros teríamos uma concretização do Iluminismo que não chegou a ocorrer. "A democratização do conhecimento agora parece estar na ponta dos dedos. Podemos dar vida ao ideal do Iluminismo na realidade", conclui.

Mas a grave questão levantada, segundo o autor, está justamente nesse processo de digitalização, envolvendo uma empresa americana conhecida como Book Rights Registry (representante dos detentores de copyright) e o Google. Está sendo amarrado um acordo suspeito e obscuro entre as duas empresas para a digitalização de várias obras ― em sua maioria científicas, que estão fora de catálogo. O acordo poderá resultar na maior biblioteca do mundo (ainda que virtual), considerando-se os livros em domínio público (um milhão) que o Google tem atualmente em seu catálogo ― mais os que continuará digitalizando. O site venderia, assim, aos interessados na consulta de seu acervo, uma licença de consumo, e se encarregaria (honestamente!?) de repassar os devidos direitos autorais às editoras e autores.

Dentro dessa obscuridade do acordo levantada por Darnton, ainda há uma cláusula que rege que "os leitores não poderão imprimir nenhum texto protegido por copyright sem pagar uma taxa aos detentores dos direitos(...)". E há uma ainda pior, com nuances de monopólio: as editoras ou os autores que quiserem quebrar o acordo não poderão digitalizar novamente suas obras em outro site; terão de buscar este direito na justiça. Detalhe: atualmente só o Google tem a riqueza para digitalizar em escala.

Darnton termina o ensaio levantando uma questão: "o que acontecerá se o Google [que é uma empresa] privilegiar a lucratividade ao livre acesso?". E se o Google cobrar acima do preço justo? E eu completo com mais um ponto: e se o site resolver boicotar ou ideologizar o acervo?

Gostaria de extrapolar as ideias colocadas no ensaio. É inegável que temos, em se tratando de Ética/Política, um embate entre o setor privado (sempre voraz) e o público (sempre tentando conter essa voracidade em defesa do bem-estar coletivo). Só que neste caso há uma supremacia do privado (interesses do gigante Google, das editoras e dos autores) em relação ao público (as bibliotecas públicas e algum setor jurídico regulador, certamente ainda imaturo para tratar desta recente questão). Está-se delineando um cenário de monopólio, por enquanto restrito aos Estados Unidos, mas que pode se alastrar pelo resto do mundo.

Monopólio tem de ser tratado com esmero por instituições jurídicas especiais não só americanas, mas, se possível, por organismos internacionais. Sabemos bem que a velocidade do desenvolvimento tecnológico é infinitamente superior à sua regulação por instituições jurídicas. Um (possível) monopólio do Google certamente atingirá outros países em curtíssimo espaço de tempo. Se os demais governos ignorarem a discussão e não se manifestarem, poderá ser tarde demais. Tem de haver urgentemente uma intervenção internacional nessa discussão.

Mas há um problema anterior a toda essa polêmica. Mais do que digitalizar livros é importante colocarmos na pauta do debate a insuficiente democratização virtual e, por consequência, a restrição da disseminação cultural. Toda discussão acerca da informatização tecnológica ― que demanda custos razoáveis com equipamentos modernos e ágeis, provedores de acesso etc. ― inevitavelmente nos remete à elitização da informação. Nem nos países ricos há acesso à informação virtual planificada para todos ― quiçá no Brasil.

Qual seria a relação entre um pesquisador de universidade federal brasileira e a Big Biblioteca Google? Pesquisadores bolivianos, por exemplo, teriam condições materiais de acessar o acervo do site? Seria importante incluir, em qualquer negociação com megaempresas virtuais, contrapartidas sociais, buscando reduzir a desigualdade econômica-virtual de países periféricos, de universidades deficitárias, bibliotecas defasadas ou de pesquisadores carentes. Todo acordo de digitalização de acervos poderia, por exemplo, gerar a impressão e doação de livros para bibliotecas carentes, em centros estratégicos.

Faz-se necessário, portanto, uma mobilização internacional para acompanhar os movimentos comerciais do Google, pois já há setores tecnicamente monopolizados pelo site, que foram crescendo sem nossa percepção. Haja vista o rol de serviços prestados (Google Earth, Google Maps, Google Images etc.) que usamos frequentemente, sem nos darmos conta de que a megaempresa está por trás da publicidade atrelada a eles.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Wellington Machado de Carvalho mantém o blog Esquinas Lúdicas, onde o texto acima foi originalmente publicado.


Wellington Machado
Belo Horizonte, 18/5/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Virando as Latas: o atleta brasileiro e o esporte de Heloisa Pait


Mais Wellington Machado
Mais Acessadas de Wellington Machado
01. O poeta, a pedra e o caminho - 5/8/2015
02. A ilusão da alma, de Eduardo Giannetti - 31/8/2010
03. Enquanto agonizo, de William Faulkner - 18/1/2010
04. As pedras de Estevão Azevedo - 10/10/2018
05. Meu cinema em 2010 ― 1/2 - 28/12/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O MENINO DO TRIÂNGULO IMAGENS E HISTÓRIAS DE ARARAS
JOSÉ CARLOS VICTORELLO
NESTLÉ
(1996)
R$ 100,00



ENCICLOPÉDIA ILUSTRADA DA CIÊNCIA
VÁRIOS
GLOBO
(1993)
R$ 15,00



O LIVRO DOS ESPÍRITOS
ALLAN KARDEC
INSTITUTO DE DIFUSÃO ESPÍRITA
(1983)
R$ 5,00



ESTRUTURA ELETRÔNICA & LIGAÇÃO QUIMICA
DONALD K SEBERA
POLÍGONO
(1968)
R$ 18,00



A VAGA DE CALOR
URBANO TAVARES RODRIGUES
PUBLICAÇÕES EUROPA - AMÉRICA
(1986)
R$ 15,63



HISTÓRIAS SOBRE ÉTICA
MARISA LAJOLO (COORD)
ÁTICA
(2000)
R$ 30,00



O BUROCRATA E O PRESIDENTE
AFONSO OLIVEIRA DE ALMEIDA
GERAÇÃO
(2011)
R$ 21,00



AS AVENTURAS DO CAÇA-FEITIÇO - A MALDIÇÃO
JOSÉ DELANEY
BERTRAND
(2010)
R$ 45,00



A FADA AFILHADA
MÁRCIO VASSALLO; BEBEL CALLAGE
SALAMANDRA
(2001)
R$ 20,00



BEIJINHO BEIJA FLOR
ADEILSON SALLES
FEB
(2010)
R$ 12,00





busca | avançada
42881 visitas/dia
1,2 milhão/mês