Montanhismos | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> Brandenburg Concertos (1 - 6)
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Christian Barbosa no MitA
>>> Obama e o oba-oba
>>> E se Amélia fosse feminista?
>>> O que é ser jornalista?
>>> Toda forma de amor
>>> O filósofo da contracultura
>>> Oderint Dum Metuant
>>> Beleza e barbárie, ou: Flores do Oriente
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> A fragilidade dos laços humanos
Mais Recentes
>>> Império do Café: a Grande Lavoura do Brasil (1850 a 1890) de Ana Luiza Martins pela Atual/ Sp. (1994)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Código da Vida - Fantástico Litígio Judicial de Uma Família de Saulo Ramos pela Planeta (2008)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1991)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Contabilidade introdutória de Sergio Iudicibus, Stephen e outros pela Atlas (1977)
>>> Language Its Nature - Development and Origini de Otto Jespersen, (Prof. Univ. Coppenhagen)./ pela George Allen & UnwinnLtd/London (1949)
>>> El Espejo y La Lámpara: Teoría Romántica y Tradición Clásica de M. H. Abrams pela Eitorial Nova/ Argentina (1962)
>>> Clause Sauf Encaissement de Casimir Pajot pela Librairie Nouvelle de Droit Et de Jurisprudence (1891)
>>> Catolicismo para Leigos de John Trigilio e Kenneth Brighenti pela Altabooks (2008)
>>> Estudos Sobre Sucessões Testamentária de Orosimbo Nonato pela Forense (1957)
>>> Los Caminos Actuales de La Critica (Encadernado) de René Girard/ G. W. Ireland/ Jacques Leenhardt... pela Planeta/ Barcelona (1969)
>>> Instituições de Direito Civil Portuguez de M.A. Coelho da Rocha pela Garnier Livreiro (1907)
>>> Régimen Argentino de la Propiedad Horizontal de José A. Negri pela Arayú (1953)
>>> Enciclopédia de Cultura de Joaquim Pimenta pela Freitas Bastos (1963)
>>> Direitos de Família de Lafayette Rodrigues Pereira pela Freitas Bastos (1945)
>>> Demarcação Divisão Tapumes de Alfredo de Araujo Lopes da Costa pela Bernardo Alves S.A. (1963)
>>> Consultor Civil de Carlos Antonio Gordeiro pela Garnier (1913)
>>> El Derecho de Familia en La Legislacion Comparada de Luis Fernandez Clerico pela Hispano Americana (1947)
>>> Estudos de Direito Civil de Manoel Martins Pacheco Prates pela São Paulo (1926)
>>> Direitos Reaes de Garantia de J.L. Ribeiro de SouSa pela C. Teixeira
>>> Obrigações de Pagamento em Dinheiro (Três Estudos) de Paulo Barbosa de Campos Filho pela Jurídica e Universitária (1971)
>>> Teoria e Pratica dos Testamentos de Manoel Ubaldino de Azevedo pela Saraiva (1965)
>>> Les Groupements D' Obligataires de Albert Buisson pela Librairie Générale de Droit et de Jurisprudence (1930)
>>> Novo Código Civil Anotado Volume II ( Direito das Obrigações) de J.M.Leoni Lopes de Oliveira pela Lumen Juris (2002)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 6 ) Direito das Sucessões de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1964)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 5 ) (Direto das Obrigações 2ª parte) de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1991)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 4 ) Direito das Obrigações de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (2019)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 3 ) Direito das Coisas de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1991)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 2 ) Direito Família de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1992)
>>> Curso de Direito Civil ( Parte Geral) Volume 1 de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1964)
>>> Usucapião de Imóveis de Lourenço Mario Prunes pela Sugestões Literárias S/A
>>> Instituições de processo Civil (Volume VI) de Caio Mário da Silva Pereira pela Forense (2007)
>>> Direito Civil Volume 6 de Silvio Rodrigues pela Saraiva (2004)
>>> O Pensamento Vivo de Einstein (Edição Ilustrada) de José Geraldo Simões Jr.: (Pesquisa e Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Direito Civil Volume 2 de Silvio Rodrigues pela Saraiva (2002)
>>> Posse o Direito e o Processo de Guido Arzua pela Revista dos Tribunais (1957)
>>> Estudo da Posse e das Acções Possessorias de Leopoldino Amaral Meira pela Livraria Academica (1928)
>>> Acção Possessória de J.M. de Azevedo Marques pela São Paulo (1923)
>>> O Direito de Ação e o Modo de Execê-lo de Ataliba Vianna pela Forense (1969)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Contratos de Seguro de Vários pela Juruã (1990)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Do Seguro Contra Fogo de J. Stoll Gonçalves pela Empreza Graphica (1926)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Seguros Legislação de Nilton Alberto Ribeiro pela Francisco Alves (1974)
COLUNAS

Quinta-feira, 9/7/2009
Montanhismos
Elisa Andrade Buzzo

+ de 3500 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Procura-se um texto assim: que seja tão cristalino quanto é esperar o ônibus numa manhã de inverno.

(Blocos, excertos, papéis avulsos com garranchos e um desejo de organização do que as manhãs oferecem e a madrugada oculta. É o mesmo desejo que leva aos altos e baixos, sem ele não se dorme (à espera do amanhecer que virá), não se levanta (no aguardo da madrugada), não se apanha o ônibus (no desejo de chegar), nem se escreve.)

A manhã é o ponto de partida do eterno recomeço, quando o sol começa a aquecer a atmosfera, os lojistas sobem as portas de seu comércio. Sem titubeios o momento é, no entanto, fugaz. Agora é esperar pelo dia seguinte e as cenas recomeçarão ― com o tempo, pequenas alterações irão ocorrendo, a percepção de mudança será mínima.

O ônibus passa e o mendigo continua sentado no mesmo banco. Num dia tem barba, noutro, só se reconhece que o homem é o mesmo por estar lá. Sem barba.

Num dia se vê o cachorro, feliz, castanho-avermelhado como uma raposa. Noutro, o segurança brincando com ele, depois a casinha na garagem da casa. A história se completa e se acompanha com graça da janela do ônibus, não sem um pudor de invasão.

(Pegar o lápis, acompanhar as sombras de um corpo recém-descoberto, procurar um texto meio penumbra, cheirando a uma madrugada distante ― embora verdadeiros, tudo é momentos-mentira. Uma rua residencial com prédios baixos, belos postes em ferro decorado, mergulhados numa camada de folhas estridentes. O cenário desta peça é um pano que se levanta. Acostumar-se a esta constante troca e dela recolher frações, pedaços, restos de convivência noturna.)

Nesta manhã, ainda que a luminosidade tenha a aparência fraca de um convalescente, a imagem dos autos tremelicam na miragem causada pelo asfalto quente.

(A noite insiste em aparecer e entra num café-restaurante de garçonetes tristes e jazz, tamanho provincianismo numa capital sul-americana. O carpete verde-musgo aquece os pés, o salmão dado na boca é delicioso. Rico.)

Lapa-Barra Funda, esta é uma linha repleta de motoristas e cobradoras, mulheres. Por isso, mais simpática, conversadeira. Ou, então, quieta nos momentos de reflexão que as constantes subidas e descidas ocasionam.

(Preparar-se para subir, sempre, mesmo que para em seguida simplesmente descer, mesmo que as montanhas sejam outras e que certas alturas não tenham a virtude das cordilheiras.)

O ônibus alcança o topo da avenida, como é linda a poluição do céu e o delineamento crayon dos prédios. Ainda há alguma vegetação intocável na encosta, o vento revolve os cabelos compridos. Se estes morros estão ao alcance das mãos, basta estender os braços para sentir com que familiaridade essa cidade nos abraça.

(Cenário pontiagudo no papel, moldura de pedra margeando a cidade mais linda do mundo. Por isso, inalcançável.)

Um ônibus colorido e falante, se está, afinal, numa casa-rodante, subindo aos céus e descendo aos abismos da Nossa Senhora do Rosário de Pompeia. "Aqui tudo é passageiro, menos o motorista e o cobrador". Estamos no ápice do caos e, ainda assim, não há calmaria.

(Ela se insinua na fresta da noite, quase nua, apenas um manto branco recobrindo as curvas. Caligrafia tateada e neon terceiro-mundista clareando as noites ardentes destes outros cerros.)

Lá está o edifício Jaraguá, sobressalente como a última morada no topo de uma montanha, um bloco de concreto esculpido para olhos que, de tão dormentes, nem reparam que ele existe. Ao subir os últimos quarteirões da montanha se vê os fundos do prédio, quase todo em vidro. É subindo uma daquelas escadarias que assolam o centro da cidade ou os bairros montanhosos, como esse, que se tem acesso a ele.

Num dos andares, um enorme cacto e um homem que fala ao telefone, a que se segue uma empregada uniformizada passando com uma bandeja prateada. Com espanto não se encontram portões de ferro, nem guardas, apenas uma fonte com um tímido esguicho, as portas de vidro.

Fingimos que não nos conhecemos, você e a paisagem são peças do mesmo jogo diário. Seria capaz de ensinar o trajeto aos motoristas novatos. A subida vai recomeçar, da montanhosidade dos bairros ou das cidades, não se escapa, se aprende a caminhar.

(Tela aberta no agora das janelas, ou tela retraída em montanhas percorridas, entre a sensação e o burilar da sensação racionalizada, assim vai se fazendo a escrita, essa matéria recriada do viver.)


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 9/7/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A confissão de Lúcio: as noites cariocas de Rangel de Renato Alessandro dos Santos
02. O jornalismo cultural na era das mídias sociais de Fabio Gomes
03. Longa vida à fotografia de Fabio Gomes
04. Que tal fingir-se de céu? de Ana Elisa Ribeiro
05. Na hora do batismo de Marta Barcellos


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2009
01. Inútil, o filme e a moda que ninguém vê - 22/1/2009
02. USP: 75 anos de histórias várias - 12/2/2009
03. A Mulher Invisível ou a literatura como salvação - 20/8/2009
04. Polly - 28/5/2009
05. A profundidade aparente do concreto - 30/4/2009


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
9/7/2009
23h22min
Tenho um problema psicossomático que me pede cuidar a respiração. Normal é não pensar em respirar. Se fico ansioso, minha tendência é travar o diafragma. Se minha atenção é despertada por admiração, lá está ele outra vez travado. Apurei para ler teu artigo. Precisei parar algumas vezes. A culpa não era do texto. É ruim para minha saúde não respirar. Reli. Não entendi o texto. Gostei demais da ousadia. Era pra não ter muito sentido direto mesmo, dando importância À escrita como arte de interpretação individual? Com licença, vou lá fora tomar um ar...
[Leia outros Comentários de Fernando MDB]
21/7/2009
17h13min
Pelo visto, não é só escrever um texto, mas esboçar, e desenhar uma obra arquitetônica na escrita. Elaborar, instrumentalizar e garantir a satisfação de quem ler. Isto é ótimo.
[Leia outros Comentários de manoel messias perei]
19/9/2009
20h47min
Oi, Elisa, volto por aqui e leio feliz a jornada de suas palavras ;-)
[Leia outros Comentários de gisele lemper]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NOVO CODIGO CIVIL PARA CONTADORES
VALMIR BEZERRA DE BRITO
IOB
(2004)
R$ 35,00



DIALETICA DA VERTIGEM - ADORNO E A FILOSOFIA MORAL
DOUGLAS GARCIA ALVES JÚNIOR
DIALÉTICA DA VERTIGEM: ADORNO E A FILOSOFIA MORAL
(2018)
R$ 34,00



OS SENHORES DO ARCO - VOLUME - 2 - O CONQUISTADOR
CONN IGGULDEN
RECORD
(2009)
R$ 30,00



O ALÇAPÃO
PEDRO CAVALCANTI
GLOBAL
(2011)
R$ 11,90



DIRECTRICES DE SEGURIDAD
J RAUL TEIXEIRA DIVALDO P FRANCO
FRATER
(1995)
R$ 15,00



O LIVRO E A VIAGEM SEM LIMITES - AS LETRAS PORTUGUESAS E O MUNDO
MARIA ALEXANDRE LOUSADA (COORD.)
CDP
(1997)
R$ 48,00
+ frete grátis



PROJETO E CÁLCULO DE ESTRUTURAS DE ACÇO
ZACARIAS CHAMBERLAIN RICARDO FICANHA RICARDO FABEA
MUNDIAL
(2015)
R$ 69,90



DIREITO E MEIO AMBIENTE REFLEXÕES ATUAIS
GRACIELLE CARRIJO VILELA MARINA RIEVERS
FORUM
(2009)
R$ 50,00



PIRATAS DAS ILHAS SANGUE DE DRAGÃO: O DIAMANTE DA MORTE
DAN JERRIS
FUNDAMENTO
(2011)
R$ 5,50



ARCA DE NOÉ III CLASSE ILUSTRAÇÕES LUÍS FILIPE DE ABREU
AQUILINO RIBEIRO
BERTRAND
(1989)
R$ 66,00





busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês