Esquadrão Classe A | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
82559 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Sugestão de pauta - Lançamento 'Presenças' de Millo Ribeiro
>>> Projeto 8x Hilda reúne obra teatral de Hilda Hilst em ciclo de leituras online
>>> Afrofuturismo: Lideranças de de Angola, Cabo Verde e Moçambique debatem ecossistemas de inovação
>>> Ibraíma Dafonte Tavares desvenda preparação e revisão de texto
>>> O legado de Roberto Burle Marx é tema de encontro online
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Kate Dias vive Campesina em “Elise
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> 1984, de George Orwell, com Fromm, Pimlott e Pynchon
>>> Hora de parar... ou de voltar!
>>> Do Comércio Com Os Livros
>>> Em Londres, à caça do mito elementar
>>> A poética anárquica de Paulo Leminski
>>> Sem nada para ler
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> 17 de Abril #digestivo10anos
Mais Recentes
>>> Apostila manual de peças e serviços Faet de Parcelias pela Parcelias (2006)
>>> Apostila Parâmetros Curriculares Nacionais. História - Geografia. de Ministério da Educação pela Mec (1997)
>>> Soul Mates: Honoring the Mysteries of Love and Relationship de Thomas Moore pela Harper Collins (1998)
>>> Apostila "A mais nova maneira de trabalhar em casa" de Vários pela Herba (2006)
>>> Apostila Sebrae "As relações Humanas no trabalho" de Sarah Araújo da Silva pela Sebrae (2001)
>>> Ciências Para Nosso Tempo 9° Ano de Washington Carvalho - João Alves - Laércio Caetano. pela Positivo (2011)
>>> Puer Aeternus: a Luta do Adulto Contra o Paraíso da Infância de Marie-Louise von Franz pela Paulinas (1992)
>>> A Era da Manipulação de Wilson Bryan Key pela Scritta (1993)
>>> Revista a Bíblia no Brasil n°257 ano 69 de Vários pela Sbb (2018)
>>> Relações humanas na família e no trabalho de Pierre Weil pela Vozes (1992)
>>> Alter Ego+ A1 - Cahier d'activités de Annie Berthet, Emmanuelle Daill, Catherine Hugot e Monique Waendedries pela Hachette (2015)
>>> Educar para um outro mundo possível de Moacir Gadotti pela Publisher (2007)
>>> Contabilidade 3D - questões comentadas FCC + teoria sintetizada de Sérgio Adriano pela Método (2012)
>>> Planejar gêneros acadêmicos de Anna Rachel Machado (coordenadora) pela Parábola (2009)
>>> Resumo de Anna Rachel Machado (coordenadora) pela Parábola (2010)
>>> Mobile A1 - Méthode de Français, com DVD de Alice Reboul, Anne-Charlotte Boulinguez e Géraldine Fouquet pela Didier (2013)
>>> Mobile A2 - Méthode de Français, com DVD de Laurence Alemanni e Caherine Girodet pela Didier (2012)
>>> A árvore do conhecimento de Humberto R. Maturana, Francisco J Varela pela Palas Athena (2001)
>>> Crer depois de Freud de Carlos Domínguez Morano pela Loyola (2003)
>>> O poder latente da alma de Watchaman nee pela Publicações pão diario (2019)
>>> A dispensacao do mistério de T. austin-Spacks pela Phileo (2015)
>>> Ainda existe Esperança. Solução para os problemas da vida. de Enrique Chaij pela Casa Publicadora Brasileira (2010)
>>> Reimaginando a igreja de Frank viola pela Palavra (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 22, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 20, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 19, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 18, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Da eternidade até aqui de Frank viola pela Palavra (2011)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 17, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 16, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 15, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 12, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 11, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Negritude sem etnicidade de Livio Sansone pela Edufba (2007)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 10, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 09, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 02, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Entre Campos: Nações, Culturas E O Fascínio Da Raça de Paul Gilroy pela Annablume (2007)
>>> Além da Ciência de Jhon Polkinghorne pela Edusc (2001)
>>> Coleção 70° Aniversário da II Guerra Mundial, volume 01, com CD de Abril coleções pela Abril (2009)
>>> Biologia e Conhecimento de Jean Piaget pela Vozes (1996)
>>> Mito do Eterno Retorno de Mircea Eliade pela Mercuryo (1992)
>>> Anjos Necessários de Robert Alter pela Imago (1992)
>>> A Mensagem Do Sermão Do Monte de John R. W. Stott pela Abu (1989)
>>> História da Teologia de Bengt Hagglund pela Concórdia Ed. ltda (1986)
>>> Evangelização Dinâmica de Luisa J. Walker pela Vida (1987)
>>> História de Moçambique: formação e popsição 1954-1918 Vol. I de René Pelissier pela Estampa (1987)
>>> O Segredo Azul - Coleção Baleia Bacana de Pedro Bloch pela Ediouro
>>> Ideal Espírita de Francisco Cândido Xavier - Autores Diversos pela Cec (1973)
>>> Fala Sério, Mãe! de Thalita Rebouças pela Rocco (2012)
COLUNAS

Segunda-feira, 21/6/2010
Esquadrão Classe A
Gian Danton

+ de 3400 Acessos

Hollywood vive de velhas ideias. Depois de fazer remakes de séries da década de 1960, como Missão Impossível e Perdidos no Espaço, parece que os produtores estão começando a se interessar até por temas mais recentes. O recente lançamento de O Esquadrão Classe A é exemplo disso.

O Esquadrão foi um dos seriados de maior sucesso em meados da década de 1980. No Brasil, passava no SBT e era um programa obrigatório para a garotada.

Em muitos sentidos, o Esquadrão era uma releitura dos Sete Samurais, filme clássico de Akira Kurossawa, no qual um grupo de samurais desempregados ajuda uma vila de agricultores atormentada por bandidos. Esse tema de heróis lidando com seus próprios problemas, mas encontrando tempo para ajudar pessoas necessitadas será a base de todos os episódios do seriado. Em todos eles, o grupo de soldados da fortuna é contratado por alguém com dificuldade com malfeitores.

Além da referência básica aos Sete Samurais, o Esquadrão trazia um contexto histórico. Veteranos da guerra do Vietnã, eles são condenados por um crime que não cometeram, conseguem fugir, mas têm sempre os militares em seus calcanhares.

O texto de abertura resumia bem o clima das histórias: "Em 1972 uma unidade especial das forças armadas foi condenada no tribunal militar por um crime que não cometeu. Esses soldados logo conseguiram escapar da prisão de segurança máxima, se estabelecendo clandestinamente em Los angeles. Hoje, procurados pelo governo, eles sobrevivem como soldados da fortuna. Se você tem um problema, se ninguém pode ajudá-lo e se você puder achá-los, talvez você possa contratar o ESQUADRÃO CLASSE A".

A estrutura narrativa era quase sempre a mesma: fugindo dos militares, os heróis chegam em um local e se deparam com pessoas sendo oprimidas, seja por patrões cruéis, bandidos ou políticos. Comovidos, resolvem ajudar, mesmo sabendo que essa ajuda poderá fazer com que sejam finalmente pegos, o que quase acontecia, em todos os episódios.

A equipe era liderada pelo Coronel John Hannibal Smith (George Peppard), um líder nato, fanático por charutos. Bom ator, Hannibal costumava protagonizar o início dos únicos episódios em que a estrutura era um pouco diferente: nestes, alguém tentava contatar o grupo de soldados da fortuna, mas se deparava com alguém inconveniente, como um vendedor de cachorros quentes muito chato. Era o coronel. A maquiagem fazia com que mesmo os telespectadores mais assíduos fossem enganados, de modo que uma das diversões do seriado era tentar descobrir quem era Hannibal disfarçado. O nome do personagem é uma referência ao general cartaginês que quase destruiu o exército romano. Assim como o seu homônimo histórico, o líder da equipe é um grande estrategista e seus planos mirabolantes eram uma das atrações da série.

Para concretizar seus planos, Hannibal conta com uma equipe bastante heterodoxa.

O Capitão H.M. Murdock é um especialista em pilotar qualquer tipo de aeronave, mas gastava a maior parte do tempo fazendo macacadas, conversando com a própria mão ou algo do gênero. Careteiro, Dwight Schultz, que interpretava o personagem, era um espécie de Jim Carrey da época e dava o toque humorístico ao seriado.

O tenente Templeton Cara-de-Pau , interpretado por Dirk Benedict, era o galã da série e o responsável por conseguir tudo necessário para colocar em ação os planos do Coronel. Com seu charme, ele conseguia tudo, mesmo que para isso precisasse trocar seus sapatos novos por uma bota de trabalhador.

Completando o grupo, havia o carismático Sargento Bosco Barracus ou B.A. (abreviação de Bad Attitude ou temperamento ruim), interpretado por Mr.T., um grosso de cabelos moicanos, mas que adorava leite, crianças e morria de medo de voar. Como em muitas missões era necessário embarcar num avião, ou num helicóptero, uma das atrações era tentar adivinhar que estratégia seria usada pelos outros para dopá-lo. Além disso, as brigas de B.A. com o Murdock criavam uma das grandes tensões do seriado, geralmente com resultados humorísticos. O personagem também era um gênio em mecânica e era essencial para colocar em prática os planos.

Como a televisão da época não podia mostrar nada mais violento que algumas explosões e pessoas saltando, os roteiristas tinham que inventar geringonças engraçadas, como uma máquina que atirava repolhos.

Mesmo com uma estrutura rígida e personagens estereotipados, o Esquadrão Classe A conseguia surpreender e dar uma grande lição: é necessário ajudar os outros, deixando nossos interesses em segundo plano.

É justamente esse o ponto fraco do filme dirigido por Joe Carnahan : a história é focada apenas na tentativa dos heróis em provar sua inocência. O filme esclarece alguns pontos que no seriado eram obscuros, como do que eles estavam sendo acusados ou porque BA tem medo de avião. Além disso, existem várias referências que vão agradar aos fãs, como o furgão preto, dirigido por B.A., que aparece logo nas primeiras cenas. Os personagens não são descaracterizados e, para quem assistiu ao seriado nos anos 1980, parece que eles estão renascendo na tela. Até mesmo Quinton Jackson consegue substituir o canastrão, mas simpático Mr. T. E Liam Neeson está perfeito como o Coronel Hannibal.

As cenas de ação são tão loucas quanto no seriado, embora haja menos foco na estratégia. Além disso, nem sempre os planos são tão geniais. Num roteiro de cinema, que permite muito mais elaboração do que a correria de um seriado, esperava-se planos realmente surpreendentes. Mas tudo isso é compensado pelas boas interpretações e boa direção.

O que estranha mesmo a falta do altruísmo do seriado. Com heróis mais preocupados em salvar suas próprias peles, parece que está faltando alguma coisa. Algo que ficou lá atrás, no ingênuo seriado de TV ou no filme clássico de Kurossawa.


Gian Danton
Goiânia, 21/6/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Feminista? Eu? Claro que sim! de Marta Barcellos
02. O balé dos coletivos de Elisa Andrade Buzzo
03. Entre mudanças e descartes de Vicente Escudero
04. Julie & Eu de Marta Barcellos
05. O ano em que estou pouco me lixando para o Oscar de Clayton Melo


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2010
01. Os dilemas da globalização - 8/11/2010
02. Glauco: culpado ou inocente? - 29/3/2010
03. 2009: intolerância e arte - 4/1/2010
04. Maria Erótica e o clamor do sexo - 25/10/2010
05. As fronteiras da ficção científica - 3/5/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Santa Maria Adelaide
D. Maria Adelaide de Sam José e Sousa
Do Autor
R$ 5,00



Loue Alexander - Simple Past Regular Verbs - Tales of Days Gone By 101
Israel Jelin - Rogério Soud
Ftd
(1996)
R$ 6,90



Direito Internacional Público ( Curso Elementar)
J F Rezek
Saraiva
(2002)
R$ 35,10



O Enigma da Casa de Vidro
Ganymédes José
Atual
(1993)
R$ 19,90



The Last of the Arctic
William Kurelek
Mcgraw Hill Ryerson
(1976)
R$ 9,90



Os Elementos Transurânicos Sintetizados pelo Homem
Glenn T. Seaborg
Edgard Blucher
(1969)
R$ 16,00



Historia Romana - Los Orígenes, Las Conquistas, El Imperio
A. Malet
Hachette
(1942)
R$ 10,00



Adoro Problemas
Michael Moore
Lua de Papel
(2011)
R$ 7,50



Noções Essenciais de Direito
Nelson Palaia
Saraiva
(2005)
R$ 20,00



Nas Brumas do Além
Lar Espírita Infantil Allan Kardec
Lar Espírita Infantil Allan K
(1995)
R$ 5,00





busca | avançada
82559 visitas/dia
2,4 milhões/mês