Palácio dos sabores 5/5 | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
36466 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 10/12/2009
Palácio dos sabores 5/5
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2900 Acessos

Nesta altura, minha convivência em Bordeaux já havia mudado o modo como enxergava e degustava a comida. Uma vez que você experimenta alimentos frescos e bem temperados, perceberá que aquele macarrão de saquinho ou a lasanha congelada simplesmente não tem gosto de verdade, mas um alto teor de sal para que algum sabor enfim apareça. Ervas e especiarias são muito usadas pelos franceses para incrementar carnes, por exemplo, é o caso do alecrim ou do anis, que Gilles colocava no frango. O tempero, tão importante quanto o prato em si, geralmente aparece na descrição dos menus na culinária francesa. No inverno, o chef proporcionava aos clientes pratos mais substanciais, "copieux", dizia Coralie. O cordeiro ao leite vinha num prato fundo, forrado por uma guarnição de legumes cozidos e bastante caldo. O aroma da carne leitosa subia em movimentos de vapor tênue e me enchia de ânsia. Ainda assim, era encantador sentir aquele prato agradavelmente quente no inverno.

Voltemos ao tempo, Gilles Boulet entrou na sala em mangas curtas, era outono quando experimentei o gigotin de canard avec galette de pomme de terre et carottes (pato com batatas fatiadas e cenoura). Tornou-se meu prato preferido, embora na época o escolhi na expectativa de experimentar a carne mais apreciada do país: a do pato. Este nada tem a ver com o pato doméstico. É o pato-real, o mesmo que nada tranquilamente no lago do Jardin Public, facilmente reconhecido pelo colarinho branco e pescoço de um verde-escuro intenso. "Attention, c'est chaud!" (atenção, está quente), diz Coralie. Eis o prato alongado e branco como a tela de um artista. Naquele palácio de sabores, os sentidos ficavam a toda prova: o aroma da combinação dos ingredientes e a apresentação do prato culminavam na vontade de experimentar, enfim, aquela oferenda. O gigotin enrolado, enrijecido com um palito e recheado com ervas (mostarda, alecrim etc.) tinha um tom rosa-escuro, a carne era firme e saborosa. Ao lado, a batata ralada em finas lascas, formando uma treliça de casca crocante e interior suculento. Por fim, palitinhos de cenouras cozidas, que em contato com a língua desmanchavam numa entrega quase amorosa.

Antes, ao atravessar a porta de vidro do bistrot, Coralie apareceria saltitante "Bonsoir! C'est pour dînner?" (boa noite, vão jantar?), entenderia-se o chef na cozinha, o som do rádio inundando a sala, já não se sabia quando era o cantor ou sua voz fina cantarolando distraidamente os refrões. Era como se já nos esperassem, sim, era possível, tão vazio o restaurante à noite, aberto para o jantar apenas às sextas e sábados. Domingo fechava religiosamente, como a maior parte do comércio na França. Muitas vezes éramos os únicos e Coralie contava grandes histórias da Normandia, região de onde vinham, da filha única morando em Paris. Vez ou outra Gilles aparecia, os olhos azuis contraídos, e agradecia a presença. Um casal ou outro nos olhava pela vitrine, voltava-se para o cardápio e enfim se decidia a entrar, ou então desaparecia na rua mal iluminada. Em restaurante muito vazio ou muito cheio a gente se sente meio mal - acuado ou encurralado; muito à vista ou sobremaneira escondido, os garçons te olham demais ou nunca te atendem. Agora me ocorre que o Palais de Saveurs era bem frequentado à noite por casais, talvez tivesse mesmo feições de um ambiente privativo, pois a lotação era de apenas cerca de vinte pessoas. E também por gente solitária e tímida, que se afundava na poltrona, procurando a mesa mais longe possível das que estivessem ocupadas. No entanto, lá nós nos sentíamos em casa - admirando as reproduções nas paredes, envolvidos pelo aquecedor e pelo carpete, pelas mãos de Gilles e pela conversa de Coralie ―, como se fóssemos convidados estrangeiros tendo lições daquela civilização.

A noite gelada toma conta de meu corpo assim que deixo o Palais de Saveurs, não sem um último olhar à vitrine. Sua luminosidade amarelada deforma a silhueta do corredor de prédios na rua do Palais Gallien. É o amor que abala os sentidos e confunde as histórias, pois o palácio ― dedicado à Galiene, esposa de Carlos Magno ―, que dá nome a esta rua, nunca existiu. A não ser na imaginação e nas placas. Dobro a rua do Coliseu, aproximando-me da provável versão da história. Arcos decepados pelo tempo escapam das paredes em vestígios de tijolos. Destruída pelos bárbaros, a ruína se ergue hoje vitoriosa e protegida, ainda que mansa, servindo de morada a capim e pombos. Quiçá a plateia vociferava num espetáculo com leões e carne humana fresca, como tudo é naquele restaurante em pleno anfiteatro romano. Havia, sim, um outro palácio, afeito a outros quitutes, igualmente para saciar fomes.

Nota do Editor
Leia também "Palácio dos sabores 1/5", "Palácio dos sabores 2/5", "Palácio dos sabores 3/5" e "Palácio dos sabores 4/5".


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 10/12/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Digestivo e o texto do Francisco Escorsim de Julio Daio Borges
02. 50 anos a mil, a vida de Lobão de Jorge Wagner
03. O físico que era médico de Eduardo Mineo


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2009
01. Inútil, o filme e a moda que ninguém vê - 22/1/2009
02. USP: 75 anos de histórias várias - 12/2/2009
03. A Mulher Invisível ou a literatura como salvação - 20/8/2009
04. Polly - 28/5/2009
05. A profundidade aparente do concreto - 30/4/2009


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TRES RUSSOS E COMO ME TORNEI ESCRITOR
GORKI, MAXIMO
MARTINS
R$ 51,43



HITCHCOCK
RUY GARDNIER/ISMAIL XAVIER E OUTROS
CCBB/SESC
(2011)
R$ 145,00
+ frete grátis



AEROBICA MENTAL
STEVE SIMMS
MADRAS
R$ 12,00



USO DE LA GRAMÁTICA ESPAÑOLA JUNIOR INTERMEDIO
RAMÓN PALENCIA
ELDESA
(2008)
R$ 35,00



POETAS DIFÍCEIS? UM MITO
TERESA GUEDES
CAMINHO
(2002)
R$ 45,32



O CRISTIANISMO EM XEQUE
SÉRGIO OLIVEIRA
REVISÃO
(1996)
R$ 20,00



MATERIAIS ELÉTRICOS - VOLUME 1: CONDUTORES E SEMICONDUTORES
WALFREDO SCHMIDT
EDGAR BLÜCHER LTDA
(1979)
R$ 12,00



A MORENINHA
JOAQUIM MANUEL DE MACEDO
DCL
(2006)
R$ 8,00



O CORAÇÃO DE LEÃO VOLUME 3 DA SAGA PLANTAGENETA
JEAN PLAIDY
BESTBOLSO
(2008)
R$ 10,00



O RIO DE JANEIRO, CAPITAL DO REINO
ILMAR ROHLOFF DE MATTOS, LUIS AFFONSO SEIGNEUR DE ALBUQUERQUE, SELMA RINALDI DE MATTOS
ATUAL
(1997)
R$ 13,00





busca | avançada
36466 visitas/dia
1,2 milhão/mês