Vida conjugal | Guilherme Pontes Coelho | Digestivo Cultural

busca | avançada
22804 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> FÁBRICA DE CALCINHA, PARTE DA MOSTRA CENA SUL, EM TRÊS APRESENTAÇÕES NO SESC BELENZINHO
>>> PROJETO MÚSICA EXTREMA, DO SESC BELENZINHO, TRAZ EM MARÇO A BANDA REFFUGO, DE DEATH METAL
>>> ESPETÁCULO DE DANÇA ENCHENTE, COM DIREÇÃO DE FLAVIA PINHEIRO (PE), EM TRÊS DATAS NO SESC BELENZINHO
>>> EU e MÁRIO DE ANDRADE Livro de Anotações para Viagens Reais e Imagin
>>> Atom Pink Floyd Tribute retorna ao Rio Grande do Sul
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva
>>> No palco da vida, o feitiço do escritor
>>> Um olhar sobre Múcio Teixeira
>>> Algo de sublime numa cabeça pendida entre letras
>>> estar onde eu não estou
Colunistas
Últimos Posts
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
Últimos Posts
>>> Prefácio
>>> Descendências
>>> Nem mais nem menos
>>> Profissão de fé
>>> Direções da véspera III
>>> Mirante
>>> In Albis
>>> Mulher, ontem hoje e sempre
>>> Amor, entre o céu e o fardo
>>> O Estranho Mundo Atual que Julgamos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Festival da Mantiqueira
>>> Eleições
>>> Portal dos Livreiros: 6 meses!
>>> Por que ler poesia?
>>> Entrevista com Miguel Sanches Neto
>>> Os superestimados da música no Brasil
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
>>> Quanto custa rechear seu Currículo Lattes
>>> Influências da década de 1980
Mais Recentes
>>> Análise Real: uma Introdução de A. J. White; Elza P Guimarães (coordenação) pela Edgard Blucher; Edusp (1973)
>>> Juventude e Revolução : uma Investigação Sobre a Atitude Revoluci de Hermes Zaneti pela Edunb (brasília) (2001)
>>> Ritos Mágicos e Ocultos de Idries Shiah pela Três (1973)
>>> Sócrates: os Pensadores de Nova Cultural pela Nova Cultural (1987)
>>> Da Revolução de 30 ao Terror do Estado Novo de J I Cabral de Vasconcellos Filho pela Cátedra (1982)
>>> Quo Vadis: a Ordem Mundial Perspectiva 2 de Alexander Zhebit pela Bennett (2003)
>>> Antologia Mitavaí: Poesia e Prosa da Oficina Literária Icp de Ivan Cavalcanti Proença pela Mitavaí (rj) (1986)
>>> Joana dos Santos de Ivan Bichara pela Bertrand Brasil (1995)
>>> Dictionnaire de La Bible de Andre Marie Gerard pela R Laffont (1989)
>>> Terapêutica Clínica - Segunda Edição de Paul G. Ramsey e Eric B. Larson & Cols. pela Artes Médicas (porto Alegre) (1995)
>>> Introduction to Opera (capa Dura) de Mary Ellis Peltz (editor) pela Barnes & Noble (1957)
>>> A Princesa e o Profeta de Shafique Keshavjee pela Ediouro (2004)
>>> Michelin Red Guide 1990: Main Cities, Europe de Michelin Travel Publications pela Michelin Travel Publications (1990)
>>> O Mandado de Seguranca e Outras Acoes Constitucionais Tipicas de Jose da Silva Pacheco (3ª Edição) pela Revista dos Tribunais (1998)
>>> Pedro Calmon de Luis Henrique Dias Tavares pela Fundação Cultural da Bahia (1977)
>>> Comandos do Ms-dos: Inclui Versão 4 e dos Shell de Van Wolverton pela Campus (1989)
>>> Ensayos Sobre Narrativa Francesa Contemporánea de Willi Hirdt pela Alfa (1984)
>>> A Filosofia da Medicina Oriental de Georges Ohsawa 5ª Edição pela Associação Macrobiótica (rs) (1977)
>>> La Muerte En El Alma - los Caminos de La Libertad III de Jean Paul Sartre pela Losada (1967)
>>> A Sociedade e o Crime de Luís de Carvalho e Oliveira pela Arcádia (lisboa Portugal) (1960)
>>> São José do Norte Aspectos Linguístico-etnográficos do Antigo Municípi de Heinrich A. W. Bunse (2ª Edição) pela Mercado Aberto (1981)
>>> Daemon de Daniel Suarez pela Planeta do Brasil (2011)
>>> Gustavo Cisneros: un Empresario Global de Pablo Bachelet pela Planeta (buenos Aires) (2004)
>>> Guia do Acervo do Arquivo Museu de Literatura Brasileira de Eliane Vasconcellos e Laura Regina Xavier pela Casa de Rui Barbosa (2012)
>>> Lista Vermelha de Animais Ameaçados de Extinção no Estado do Para de Márcia de Guadalupe, Olaf Mielke e Outros pela Sema; Piab (1995)
>>> Redigindo a Sentença Cível 5ª Edição de Elpídio Donizetti pela Lumen Juris (rj) (2008)
>>> Hip Hotels: Paris (em Inglês) de Herbert Ypma pela Thames & Hudson (2007)
>>> A Máquina de Xadrez - 2ª Edição de Robert Löhr pela Record (2007)
>>> Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (rename) de Ministério da Saúde - 5ª Edição pela Ministério da Saúde (2007)
>>> Quem Matou John Maynard Keynes? de W. Carl Biven pela Mcgraw Hill (1990)
>>> Química na Sociedade: Projeto de Ensino de Química Em um Contexto de Eliane Nilvana F. de Castro, Rogério S. Mol pela Unb (1998)
>>> Curso de Direito do Trabalho Aplicado. Parte Geral Vol 1 de Homero Batista Mateus da Silva 3ª Edição pela Revista dos Tribunais (2015)
>>> Antes Tempos Depois: Pequenos Ensaios de Roberto Cavalcanti de Albuquerque pela José Olympio (2007)
>>> Na Imprensa... Coletânea de Artigos (1987 - 2004) de Ives Gandra da Silva Martins (capa Dura) pela Do Brasil (2005)
>>> Antes Tempos Depois: Pequenos Ensaios de Roberto Cavalcanti de Albuquerque pela José Olympio (2007)
>>> Cultura del Renacimiento - Tercera Edicion de Robert F Arnold (capa Dura) pela Labor (barcelona Espanha) (1936)
>>> Reengenharia do Setor Público: as Bases para a Construção do Esta de Francisco Paulo de Melo Neto pela Quartet (1995)
>>> O Novo Oriente Médio de Shimon Peres pela Relume Dumará (1994)
>>> Expedições Militares Contra Canudos: Seu Aspecto Marcial de Tristão de Alencar Araripe pela Bibliex (1985)
>>> Petrobrás: um Monopólio Em Fim de Linha de Gilberto Paim pela Topbooks (1994)
>>> Estratégia Militar e Desarmamento de Nelson Freire Lavenère Wanderle pela Bibliex (1971)
>>> O Estado Super Desenvolvido de Gilberto Mathias e Pierre Salama pela Brasiliense (1983)
>>> Manual da Constituição - 2ª Edição de Themistocles Brandão Cavalcanti pela Zahar (1963)
>>> Jesus de Nazaré: Esplendor no Ocidente de Marco Aurélio Baggio pela Compos (bh) (2002)
>>> O Demônio da Barba Manchada de Rodolfo Gomes Pessanha pela Saint Paul (niterói) (1991)
>>> Três Faces de uma Cidade de José Aparecido de Oliveira pela Gdf (1987)
>>> O Problema do Trabalho de Alceu Amoroso Lima (2ª Edição) pela Agir (1956)
>>> O Homem do Gravador de Jean Jaques Abrahams pela Imago (1978)
>>> Fresno Contra o Mundo; o Passado Secreto do Nazismo no Brasil de Rolling Stone, Nº 51 de 2010 pela Spring (2010)
>>> Em Casa Com Deborah Secco; Keith Richards Arquivo Rs de Rolling Stone, Nº 53 pela Spring (2011)
COLUNAS

Quarta-feira, 27/4/2011
Vida conjugal
Guilherme Pontes Coelho

+ de 3000 Acessos

María Magdalena Cascorro desde sempre lutou contra a cafonice, a mesquinharia, a insensibilidade. Sua família, pais, irmãos e, principalmente, irmãs, María del Carmen e Maria Dorotea (esta, a pessoa mais ardilosa do mundo), representavam o que ela menos queria para si. Ela, tão sensível e tão aberta ao mundo cultural dos livros e das artes, jamais suportou o ambiente familiar primevo e continuaria, pelo resto da vida, a ter ojeriza à estreiteza de espírito dos parentes, inclusive por não respeitarem sua mudança de nome, pois nunca a chamavam de Jaqueline Cascorro, com a pronúncia afrancesada, Cascorrô, mas de María Magdalena mesmo, sem esconder, não sem uma pitada de zombaria, como uma mexicana como ela deveria se chamar.

Jaqueline, como ela mesma prefere, penou um bocado até chegar à faculdade. Mas chegou. Faculdade de Filosofia e Letras. Não que ela tenha nascido com o gene reflexivo dos filósofos nem com o talento criador dos escritores; mas, devo admitir, ela gostava daquilo. Gostava dos livros, do ambiente cultural, de conversar sobre arte. A intelectualidade tinha um efeito apotropaico sobre ela.

Ela tinha uma amiga, Mérgara Armengol, que criara uma espécie de academia, em sua própria casa, onde havia cursos e oficinas. História da arte, hermenêutica do romance, criação literária, essas coisas que sempre são objeto de cursos e oficinas. Pois Jaqueline sempre fora assídua freqüentadora da casa da amiga, onde já aconteciam reuniões sob a mesma pauta cultural, e depois aluna aplicada da tal academia, uma aluna que sempre anotava tudo direitinho e que sempre estava disposta a discutir a aula, debater os livros, apreciar as obras em estudo. Uma disposição que parecia nunca ter fim. Jaqueline era o tipo de aluna que rabiscava os cadernos de estudo, os guardava numa gaveta e nunca mais olhava para eles novamente. Um tipo de aluna capaz de fazer o mesmo curso várias vezes (os cursos na tal academia duravam em média dez meses) e com a mesma dedicação, porque não lembrava mais de nada estudado assim que o curso era concluído.

É inegável que o ar respirado em ambientes culturais fazia bem a ela e ela jamais poderia se abster desse remédio, porque, além de sua história pessoal a obrigar a querer se elevar culturalmente, seu casamento era extremamente infeliz. E seus amigos e colegas de curso sabiam disso (a família também sabia, mas a indiferença era mútua). Ela, sempre que podia, às vezes com a ajuda de um pouquinho de álcool, matraqueava alucinadamente com a primeira pessoa desavisada sobre como sua vida conjugal era infeliz, sobre como ela se decepcionou com o marido, sobre como o marido a tratava mal e a traia descaradamente com todas as mulheres do mundo (embora neste quesito ela estivesse longe da santidade). Jaqueline, tão carente, coitada, prestativa e boa aluna, não tinha fama de boa comensal.

Nicolás Lobato é o nome do marido. Eles se conheceram quando faziam faculdade. Ele estudava direito. Mas não concluiu o curso, e Jaqueline também não: casamento. As ambições dele, como algumas vezes ficou claro na história do casal, até que poderiam casar com as dela. Ela queria ser culta e articulada, instruída nas artes das conversas de salão e das reuniões regadas a champanhe, ao som de Bruckner, sob o signo de Choderlos de Laclos ou de qualquer outro escritor canônico o suficiente para ser discutido entre emergentes mexicanos da década de sessenta. Ele queria ser rico, magnânimo, chic, sofisticado, poderoso, influente. Num exercício imaginativo, como a própria Jaqueline faria numa ou duas ocasiões (só que com uma leve alteração de dramatis personae), seria possível vê-lo homem rico, um self-made man, soberano sobre sua própria riqueza, erigida no ramo do turismo, com hotéis e agências de viagem, e acompanhado por uma dama requintada, uma verdadeira patronesse, senhora das artes, de nome afrancesado.

Mas Sergio Pitol, autor de Vida conjugal (Companhia das Letras, 2009, 107 págs., tradução de Bernardo Ajzenberg), teve outras ideias para o destino do casal, ao escrever uma paródia do casamento, macabra e irônica, narrada num ritmo impecável.

Nicolás Lobato trabalhava muito. Não concluiu o curso de direito não só por causa do casamento, mas porque, conseguindo um pouco de dinheiro ali, contraindo dívidas acolá, viu seu personagem de empreendedor virar protagonista no palco high society local. Ele estava fazendo dinheiro e interpretando um papel convincente de mestre-de-cerimônias, sem fazer mistério algum à mulher dos bônus que essa vida microestelar proporcionava: mulheres.

Com toda tristeza, Jaqueline levava a vida, essa vida. Ela, que casara virgem e que compartilhava com o marido um passado miserável e uma ambição de crescer na vida.

No entanto, tudo "mudou de repente quando, ao quebrar com as mãos uma pata de carangueijo e ouvir uma garrafa de champanhe sendo aberta às suas costas, [Jaqueline] se deixou dominar por um pensamento que depois retornaria de modo intermitente, transformando-a, para sempre, numa mulher de ideias muito más".

Para ir além






Guilherme Pontes Coelho
Brasília, 27/4/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Quando amor e terra quase se confundem de Elisa Andrade Buzzo
02. Virando as Latas: o atleta brasileiro e o esporte de Heloisa Pait
03. O retrato da Cidade de Elisa Andrade Buzzo


Mais Guilherme Pontes Coelho
Mais Acessadas de Guilherme Pontes Coelho em 2011
01. A sordidez de Alessandro Garcia - 9/2/2011
02. Pequenos combustíveis para leitores e escritores. - 7/9/2011
03. Churchill, de Paul Johnson - 2/2/2011
04. Cisne Negro - 16/2/2011
05. Derrotado - 2/3/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




UMA AJUDA LÁ DE CIMA
CATHERINE LANIGAN
BUTTERFLY
(2007)
R$ 11,89



MÉTODO DE ANÁLISE DE INVESTIMENTOS EM AÇÕES
WAUILIAN SEIXAS
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



A NOVA DISCIPLINA DA CAPACIDADE CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS
MARIANA OLIVEIRA DE SÁ UND FERNANDA C. LOPES CARDOSO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 293,00



A LUA É DOS NAMORADOS
PAULO MOURA
PÉ DA LETRA
(2007)
R$ 10,00



250 RAÇÕES BALANCEADAS PARA SUÍNOS
CLAUDIO CID VALVERDE
AGROPECUÁRIA
(1997)
R$ 23,00



DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - SÉRIE GESTÃO DE PESSOAS - 2ª EDIÇÃO
HELENA TONET E OUTROS
FGV
(2010)
R$ 10,00



FARSA DE INÊS PEREIRA - AUTO DA BARCA DO INFERNO - AUTO DA ALMA
GIL VICENTE
MARTIN CLARET
(2008)
R$ 8,00



A RELÍQUIA - COLEÇÃO LIVROS O GLOBO Nº 2
EÇA DE QUEIRÓS
O GLOBO-KLICK ED.
(1997)
R$ 6,00



PERCEPÇÃO DOS CONDUTORES DE TRANSPORTE DE TORAS NA AMAZÔNIA LEGAL
FRANCIANE SCHIO UND MARIANA P. L. C. CARVALHO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



O MILAGRE DA MANHÃ - 1ª EDIÇÃO
HAL ELROD & MARCELO SCHILD ( TRADUÇÃO )
BEST SELLER
(2018)
R$ 31,95





busca | avançada
22804 visitas/dia
1,1 milhão/mês