Fabio Weintraub, poesia em queda livre | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
Mais Recentes
>>> At Risk de Patricia Cornwell pela Little Brown And Company (2006)
>>> Gone For Good de Harlan Coben pela Na Orion Paperback (2007)
>>> When The Wind Blows de James Patterson pela Little Brown And Company (1998)
>>> Windmills Of The Gods de Sidney Sheldon pela William Morrow And Companhy (1987)
>>> If Tomorrow Comes de Sidney Sheldon pela William Morrow And Companhy (1985)
>>> Pearl Dakotah Treasures 2 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2004)
>>> Pearl Dakotah Treasures 2 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2004)
>>> Children Of The Lamp Book One de P. B. Kerr pela Orchard Books (2004)
>>> The Tale Of Despereaux de Kate Di Camillo pela Candlewick Press (2003)
>>> What She Left For Me de Tracie Peterson pela Bethany House (2005)
>>> Mulher (Trilingue) de Orestes Campos Barbosa pela Sografe, Belo Horizonte (2009)
>>> Mulher (Trilingue) de Orestes Campos Barbosa pela Sografe, Belo Horizonte (2009)
>>> A Christmas Carol de Charles Dickens pela Bendon (2014)
>>> A Christmas Carol de Charles Dickens pela Bendon (2014)
>>> Ruby Dakotah Treasures 1 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2003)
>>> Opal Dakotah Treasures 3 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> The 1999 - John Dinkeloo Memorial Lecture de Will Bruder pela The Univ. Michigan/ USA (1999)
>>> Não estamos abandonados de Eliana Machado Coelho pela Lúmen (2016)
>>> This Charming Man de Marian Keyes pela Penguin Books (2009)
>>> Anybody Out There de Marian Keyes pela Penguin Books (2007)
>>> The Undomestic Goddess de Sophie Kinsella pela A Dell Book (2005)
>>> A voz do fogo de Alan Moore pela Conrad (2002)
>>> The Innocent Man de John Grisham pela A Dell Book (2006)
>>> The Innocent Man de John Grisham pela A Dell Book (2006)
>>> Bluebonnet Belle de Lori Copeland pela Steeple Hill (1997)
>>> Bluebonnet Belle de Lori Copeland pela Steeple Hill (1997)
>>> Tratado de comunicação organizacional e política de Gaudêncio Torquato pela Cengage Learning (2011)
>>> Catálogo de Periódicos Brasileiros Microfilmados de Coord. Ana Fanda/ A. Romano de Sat' Anna:Presid. pela Biblioteca Nacional/ RJ. (1994)
>>> Vá em frente não deixe para depois de Zibia Gasparetto pela Vida e Consciencia (2016)
>>> Regimes de historicidade - presentismo e experiencias do tempo de François Hartog pela Autentica (2013)
>>> Amazônia: 20 Lendas e Mitos/ Legends And Myths from Amazônia (5 lín de Gea: Coordenadoria Editorial pela Graf. Ed. da Amazônia
>>> La Amada Inmóvil de Amado Nervo pela Soc. Edit. Latino- Americana (1950)
>>> Um (One) de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> Um (One) de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> Amando Uns aos Outros: o Desafio das Relações Humanas de Leo Buscaglia pela Record/ RJ.
>>> A força do entusiasmo de Prof.Gretz pela Viabilização de Talentos Humanos (2005)
>>> Legislação Penal Especial : Crimes Contra a Economia Popular.- Crimes Falimentares.- Crimes Contra a Liberdade de Imprensa de Manoel Pedro Pimentel (Min. Trib. Alçada Criminal / Sp) pela Revista dos Tribunais (1972)
>>> Os tomadores de decisão de Robert Heller pela Makron (1991)
>>> Farmácia de pensamentos de Sonia de Aguiar pela Relume Dumará (2000)
>>> Hipnotizando Maria de Richard Bach pela Integrare (2019)
>>> Tudo Sobre Finanças - Guia Prático de A a Z ( Exame) de Tim Hindle pela Nobel (2002)
>>> Estranho À Terra de Richard Bach pela Hemus
>>> Estranho À Terra de Richard Bach pela Hemus
COLUNAS

Terça-feira, 9/8/2011
Fabio Weintraub, poesia em queda livre
Jardel Dias Cavalcanti

+ de 3700 Acessos

O poeta Fabio Weintraub resolveu descer aos infernos. Seu livro Baque, editado pela Editora 34 letras em 2007, mergulha o leitor num conjunto de poemas que, no mínimo, desfiguram ou tratam da desfiguração da vida humana. Antes dele, Baudelaire já exigia dos poetas que deixassem sua auréola de criadores do sublime na lama. Não é sem sentido, portanto, a existência de um poema como "Carniça" do mestre francês. Rimbaud e Verlaine também ousaram criar juntos um soneto em louvor à baixeza, decifrando as entranhas físicas do olho do cu de cada um.

Weintraub, embora não partilhe do gosto romântico pelo dejeto, não faz outra coisa que transplantar para dentro de seus poemas a queda, esse baque que a vida sofre em várias situações, irreversíveis, muitas delas, e que revelam estragos nauseantes. Da descrição de um quisto maligno a impregnar um rosto carcomido pela destruição pútrida, que faz "moscas brotar do ar", ao golpe desfigurador que atinge um velho: "dois ou três golpes/ no cofre do crânio (...) Seu pensamento agora vaza/ entram barulhos,/ a brisa/ e toda sorte de insetos", sua poesia está tão dura quanto o peso de uma vida que se destrói em queda livre.

A poesia de Weintraub não se furta da dureza necessária ao entendimento do mundo "aqui perto". Porque a vida está dura, como no baque que a vida impõe a cada queda, sua poesia também despenca dura. Ela abraça o inusitado, sem reticências, e parece fria, cortante, como o bisturi a tentar expurgar doenças ou agulhas a remendar rostos atingidos "por canivetes ou tiro", nessa vida que "num átimo" vai deixar marcas indesejáveis: "meu rosto será desfigurado (...) talvez fique cego".

O mundo ao redor do poeta não cheira bem, e se é de pólvora e sangue que nossas narinas se alimentam, a poesia deverá transplantar para dentro de si os miasmas que vazam de gangrenas físicas e desfigurações sociais.

Mas Baque não é um livro de poesia social, não faz uso de um discurso raso de denúncia da "realidade". Ele não deixa, no entanto, de guardar no seu próprio vocabulário o desconforto quase tétrico dos baques, mas sem "nenhuma concessão sentimental" ao leitor, como disse Maria Rita Kehl na orelha do livro. Sem apelos chorosos humanistas, o poeta aproxima sua lente num terrível zoom sobre feridas, da alma e do corpo, numa sucessão de desamparos atordoantes colocados à nossa vista.

Quando a vida está por um fio, a poesia não pode e nem deve estar por menos. Weintraub assume que quer entrar na sombra. Onde qualquer olho rejeitaria olhar, ele olha. Da exaustão ao abatimento fatal, só os poetas mergulham sem medo nessas zonas de breu. Não como sociólogo ou psicanalista, pois a poesia não quer interpretar. O poeta vislumbra como imagem o que, ali mesmo, no cheiro da carne que se decompõe, deve ser o lugar da possibilidade da matéria sobre a qual sua arte se compõe.

Podemos pressentir na própria ordem dos poemas um andamento que vai do mal ao pior. Da violenta "paixão do alicate/ pelos mamilos da gorda", passando pela "dor aguda" que "piora com o calor/ a luz e os movimentos", atingindo uma atmosfera desoladora onde "tudo acabará/ num mero ricto grotesco-/ remendo horrendo/ para fundilhos".

As duas epígrafes do livro, uma de Beckett e a outra um provérbio grego, dão a pista para o andamento, como no segundo caso, que diz que "a pior parte é a maior".

Atravessar os poemas numa leitura direta e sem descanso nos deixa atônitos, pois nossos sentidos se atordoam numa viagem vocabular extremada e em sua conclusão fatal e básica: a vida está imprestável no tanto que a corrompe. O poema que dá título ao livro "Baque" resume em si mesmo o sentido de todo o livro: estes poemas são "um buquê de seqüelas/ em fratura imposta". Um poema que exemplifica a dureza das imagens desse livro é "Um balanço" que deixo ao leitor como antegozo (é justa essa palavra aqui?) para o resto do livro:

UM BALANÇO

do qual só restasse a trave
sem assentos
suspensos por corrente
sem crianças oscilando
de pernas abertas
em meio a risos e gritos
nem adultos
atrás empurrando
para frente
para o alto
cada vez mais
longe
mais forte
até o
crânio aberto entre cascalhos e bem-te-vis

Maria Rita Kehl chama atenção para o fato de que neste livro Weintraub abandona as paisagens interiores, comuns em outras de suas obras, para se encontrar com o outro, exterior ao poeta, mas partícipe do seu mundo, buscando, assim, "outra intimidade, inesperada, com o que restou de espírito aos homens e mulheres desprotegidos, expostos às vicissitudes das ruas, das doenças, da loucura".

Ao abandonar um certo subjetivismo, Weintraub abraça as formas do mundo como matéria e dor. Ao espectador a dor é palpável, pois esta poesia crava em nós o verbo como "cicatriz que se alastra". Se a vida só faz o pior, a poesia de Weintraub "não faz por menos". Vida in extremis, poesia in extremis.

Para ir além






Jardel Dias Cavalcanti
Londrina, 9/8/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo de Jardel Dias Cavalcanti
02. A Garota do Livro: uma resenha de Heloisa Pait
03. Transformação de Lúcifer, obra de Egas Francisco de Jardel Dias Cavalcanti
04. Redescobrir as palavras, reinventar a vivência de Duanne Ribeiro
05. Dando nome aos progres de Celso A. Uequed Pitol


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti em 2011
01. Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I) - 20/12/2011
02. A arapuca da poesia de Ana Marques - 22/11/2011
03. Wagner, Tristão e Isolda, Nietzsche - 13/9/2011
04. Vantagens da vida de solteiro - 23/8/2011
05. Discos de Jazz essenciais - 28/6/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CÉLULAS A COMBUSTÍVEIS
KELLEN CRISTINA MESQUITA BORGES, ROSANA F. GONÇALVES UND MARIO J. GODINHO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



AYRTON SENNA E A MÍDIA ESPORTIVA
RODRIGO FRANÇA (AUTOGRAFADO)
AUTOMOTOR
(2010)
R$ 24,00



USABILIDADE E ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO PARA ESTRUTURAÇÃO DE PORTAIS
THIAGO MARINHO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



AMOR A ROMA
AFONSO ARINOS DE MELO FRANCO
NOVA FRONTEIRA
R$ 41,00



SOLUÇÃO GRADUAL
CARL HONORÉ
RECORD - GRUPO RECORD
(2016)
R$ 46,20



MEMÓRIAS DA SAUNA FINLANDESA
MEMÓRIAS DA SAUNA FINLANDESA
34
(2010)
R$ 20,00
+ frete grátis



TAPETES E TAPEÇARIAS ARRAIOLOS NR 10 ANO 2 PUBLICAÇÃO TRIMESTRAL
CASA MIDÕES

R$ 24,88



ÊSSE CONTINENTE CHAMADO BRASIL
EDUARDO TOURINHO
JOSÉ OLYMPIO
(1964)
R$ 7,38



CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL - 05 DE OUTUBRO DE 1988
EQUIPE DA EDITORA ATLAS
ATLAS
(1988)
R$ 7,00



INSTITUIÇÃO E RELAÇÕES AFETIVAS
MARLENE GUIRADO
SUMMUS EDITORIAL
(1986)
R$ 70,00





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês