Pelo meio de Os Sertões | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
26919 visitas/dia
957 mil/mês
Mais Recentes
>>> Circulação - Residência do Buraco d'Oráculo começa no território do grupo Rosas Periféricas
>>> SOLANO RIBEIRO LANÇA HOJE SUAS HISTÓRIAS DA MPB
>>> Gabriel Gorini apresenta Dorvatro e algumas canções
>>> Val Macambira lança CD Catharina no Brazileria (20/9) e Tendal da Lapa (21/9)
>>> Hospitais de São José dos Campos recebem apresentações de teatro gratuitas no dia 19 de setembro
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Gosta de escrever? Como não leu este livro ainda?
>>> Assum Preto, Me Responde?
>>> Os olhos de Ingrid Bergman
>>> Não quero ser Capitu
>>> Desdizer: a poética de Antonio Carlos Secchin
>>> Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba
>>> De quantos modos um menino queima?
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
>>> O Brasil que eu quero
>>> O dia em que não conheci Chico Buarque
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> O conservadorismo e a refrega de símbolos
>>> Ingmar Bergman, cada um tem o seu
>>> Em defesa do preconceito, de Theodore Dalrymple
>>> BRASIL, UM CORPO SEM ALMA E ACÉFALO
>>> Meus encontros com Luiz Melodia
>>> Evasivas admiráveis, de Theodore Dalrymple
>>> O testemunho nos caminhos de Israel
>>> UM OLHAR SOBRE A FILOSOFIA (PARTE FINAL)
>>> Os livros sem nome
>>> O mundo era mais aberto, mãe...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Conceitos musicais: blues, fusion, jazz, soul, R&B
>>> Amizade (1)
>>> Busca em tempo real no Google
>>> Déchirée
>>> Rápidos nas Letras
>>> Rápidos nas Letras
>>> Programação especial de 40 anos da TV Cultura
>>> O Facebook e a Alta Cultura
>>> A origem da dança
>>> Os dez mandamentos do leitor
Mais Recentes
>>> Temporada de Caça de Russell Banks pela Record (1998)
>>> O Movimento Negro e o Estado (1983-1987) de Ivair Augusto Alves dos Santos pela Cone (2007)
>>> Metodo Audio Visual Para: Charango de Mariano Llanos Herrera pela Viva la Musica
>>> Keyword: A Complete English Course de Arnon Hollaender e Sidney Sanders pela Moderna (1996)
>>> Lua Nova de Stephenie Meyer pela Intrínseca (2008)
>>> Eclipse de Stephenie Meyer pela Intrínseca (2009)
>>> Amanhecer de Stephenie Meyer pela Intrínseca (2009)
>>> Para Sempre Alice de Lisa Genova pela Nova Fronteira (2009)
>>> Toda Luz Que Não Podemos Ver de Anthony Doerr pela Intrínseca (2015)
>>> Chic: Um Guia Básico de Moda e Estilo de Gloria Kalil pela Senac São Paulo (2001)
>>> Pastoral de Nevil Shute pela William Heinemann (1957)
>>> A literatura brasileira através dos textos de Massaud Moisés pela Cultrix (1997)
>>> Interactions 1: Grammar de Elaine Kirn pela McGraw Hill (2002)
>>> Focus on Grammar - Volume B de Irene E. Schoenberg pela Longman (2000)
>>> Mudar de Flávio Gikovate pela Mg Editores (2014)
>>> Dicionário Escolar Latino-Português de Ernesto Faria pela Ministério da Educação e Cultura (1956)
>>> A Última Esperança Sobre a Terra de Richard Matheson pela Francisco Alves (1984)
>>> Imprensa Feminina de Dulcília Schroeder Buitoni pela Ática (1986)
>>> Tempestade Sobre as Multinacionais de Raymond Vernon pela Zahar (1980)
>>> Pensar É Transgredir de Lya Luft pela Record (2005)
>>> Rosinha, Minha Canoa de José Mauro de Vasconcelos pela Melhoramentos (1967)
>>> O Crime do Padre Amaro de Eça de Queirós pela Ática (2002)
>>> O Homem que Calculava de Malba Tahan pela Record (2001)
>>> A Imaginação de Marketing de Theodore Levitt pela Atlas (1995)
>>> O Último Merovíngio de Jim Hougan pela Planeta (1998)
>>> A Vida que Vale a Pena Ser Vivida de Clóvis de Barro Júnior e Arthur Meucci pela Vozes (2012)
>>> O Pistoleiro de Stephen King pela Objetiva (2002)
>>> O abraço do Samurai- O desafio Japonês de Dominique Nora pela Paz eTerra (2002)
>>> Você é insubstituível de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> Sociologia da Educação de Alberto Tosi Rodrigues pela Dp & A (2002)
>>> Great Expectations de Charles Dickens pela Heinemann (1998)
>>> O Pergaminho de Masada de Paul Block & Robert Vaughan pela Novo Conceito (2007)
>>> 500 Dicas para facilitar seu dia-a-dia de Nenzinha Machado Salles pela Record (1997)
>>> Cartilhas da Dominação de Marlene Rodrigues pela Ufpr (1991)
>>> A Magia dos Grandes Negociadores de Carlos Alberto Júlio pela Negócio (2008)
>>> Desafios da Prevenção de Carmen F e Alexandre do valle pela Idac
>>> Segredos de Família de Barbara Taylor Bradford pela Record (2005)
>>> O Código da Inteligência de Augusto Cury pela Ediouro (2008)
>>> Limites Sem Trauma de Tania Zagury pela Record (2001)
>>> Elucidario para Leitura e Composição de Brant Horta pela J R de Oliveira (1940)
>>> A responsabilidade dos pais para com os filhos de Marcio Rodrigues pela Nova (2000)
>>> Cara nova ou beleza pura. de Pedro bloch pela Do brasil
>>> Língua e Liberdade de Celso Pedro Luft pela Ática (2000)
>>> A cura pelas maos de Richard gordon pela Pensamento
>>> Pais brilhantes, Professores fascinantes de Augusto Cury pela Sextante (2007)
>>> La Parrocchiale Di Orta Dalle Origini ai Restauri del 1941 La Nuova Facciata de Renato Verdina pela Provera (1941)
>>> Amar, Verbo Intransitivo de Mario de Andrade pela Itatiaia (2002)
>>> A arte dos relacionamentos saudáveis e duradouros de José Augusto Lima Goldoni pela Celtic (2004)
>>> Cartas entre amigos--sobre ganhar e perder de Gabriel chalita e fabio d. mello pela Globo
>>> Uma Idéia Toda Azul de Marina Colasanti pela Global (1999)
COLUNAS

Quinta-feira, 12/12/2013
Pelo meio de Os Sertões
Carla Ceres

+ de 3100 Acessos

Alguns livros exigem tanto de seus leitores em termos de vocabulário, prática de leitura e bagagem cultural que chega a parecer pedantismo afirmar que gostamos deles. Isso acontece porque obras complexas costumam reunir, além se um seleto grupo de verdadeiros apreciadores, uma horda arrogante, que mal passou das primeiras páginas, mas jura ter lido, entendido e adorado cada vírgula.

O Ulisses, do escritor irlandês James Joyce, poderia disputar o record mundial na modalidade "reunião de falsos fãs". A literatura brasileira, porém, não deixa de contribuir com o fenômeno. Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa, e Os sertões, de Euclides da Cunha, já levaram muitos alunos do colegial à suspeita de que todo livro contendo "sertão" no título seja incompreensível e, como diria Euclides, aspérrimo. Certos professores, por sua vez, glorificam essas obras-primas das quais só conhecem trechos, resumos, versões simplificadas, adaptações para televisão, cinema ou quadrinhos.

Livros difíceis costumam deixar o leitor numa sinuca de bico. Se não leu, é um ignorante; se admite que começou a ler e desistiu, é burro; se diz que gostou, é mentiroso e/ou esnobe. Já passei por essas três situações com vários livros. Venho de uma família de leitores que me permitia pegar o que quisesse nas estantes de casa. Aos dez anos, saltei de Monteiro Lobato para A política, de Aristóteles. O aviso do meu pai foi "Esse livro é bom, mas você ainda vai precisar ler muitos outros antes de conseguir gostar dele. Claro que pode tentar ler agora, mas, se achar chato, troque por outro". Dito e feito: li um pouquinho, não entendi nada e guardei a filosofia pra depois, sem traumas.

Quem tentou enfrentar Os sertões e desistiu tem toda a minha simpatia porque fiz o mesmo algumas vezes, até entender que estava abordando a obra pelo trecho mais inóspito aos leitores modernos. O livro se divide em três partes: A terra, O homem e A luta. Começar pelo começo é pedir para desanimar. A terra parece mais um texto acadêmico a respeito do sertão do que um romance. Descreve em minúcias o relevo, o solo, a flora, a fauna, os ciclos das secas. Tudo muito novo e interessante para o leitor de 1902, ano em que Euclides lançou sua obra-prima.

Vale lembrar que, durante a Guerra de Canudos (1896-1897), nem o próprio exército brasileiro conhecia direito a região. A estrada do Calumbi, que encurtou em mais de um dia a marcha das tropas pelo sertão, só foi descoberta após milhares de mortes, graças a "informações de alguns vaqueiros leais". Acontece, porém, que o leitor atual vê imagens do semiárido nordestino desde a infância. Estudamos relevo, clima, vegetação e tipos humanos de todas as regiões do Brasil com a ajuda de filmes. Se quisermos saber como é um determinado traje típico, basta procurar na internet. Ninguém precisa descrevê-lo para nós nem nos explicar a função das peças que o compõem. Uma foto nos aviva a memória porque já vimos essas roupas em uso, em alguma telenovela regionalista ou de época.

Por esses e outros motivos, concordo com o antropólogo Darcy Ribeiro: "Para ler Os Sertões, salte a primeira parte, A Terra, ultrapassada, pretensiosa e chata, mas leia". Comece direto por O homem e vá se acostumando, aos poucos, com o estilo, o vocabulário e as teorias científicas atualmente descartadas que Euclides utilizou para contar a história da Guerra de Canudos.

Fiel à ciência de sua época mesmo diante de fatos que a contradiziam, o autor acreditava na existência de raças superiores e inferiores, bem como na de sub-raças retardatárias. Seu coração, porém, toma o partido dos sertanejos, "nossos patrícios retardatários", que, embora fanáticos e supersticiosos, demonstravam bravura, nobreza, inteligência, esperteza, força, lealdade e heroísmo. Encanta-se com os feitos dos jagunços "caçadores de exércitos" e ironiza os inúmeros erros das expedições militares que marcharam para combatê-los e falharam miseravelmente.

Mesmo começando pelo meio, Os sertões está longe de ser um livro fácil. Os termos técnico-científicos atrapalham; o texto, cheio de explicações dentro de explicações, desorienta; os superlativos eruditos desse escritor sapientíssimo tornam certas passagens acérrimas. Isso ainda não é motivo para desistir. A obra é excelente. Seria covardia abandoná-la sem luta. Além do mais, nós temos a internet, onde podemos, sem custo algum, ler o texto integral e, também, ouvi-lo em uma gravação LibriVox. Basta decidir por onde se deseja começar. Prefere ouvir desde o começo ou a partir de O homem (section 06)? Claro, nem todo mundo vai conquistar Os sertões, mas, se você já leu muitos livros, pode ser conquistado e se interessar até pela primeira parte.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. http://carlaceres.blogspot.com/


Carla Ceres
Piracicaba, 12/12/2013


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2013
01. Histórias de gatos - 4/4/2013
02. Um livro canibal - 9/5/2013
03. Autodidatas e os copistas da vez - 7/2/2013
04. Educando as velhas gerações - 28/2/2013
05. Brasileiros aprendendo em inglês - 17/1/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DESPERTAR DOS VAMPIROS 03 - MÉXICO
SEBASTIAN ROOK
FUNDAMENTO
(2011)
R$ 25,00



PASSES E RADIAÇÕES - MÉTODOS ESPÍRITAS DE CURA
EDGARD ARMOND
ALIANÇA
(1997)
R$ 15,00



BÓRGIA - SANGUE PARA O PAPA
JODOROWSLY E MANARA
CONRAD
(2010)
R$ 20,00



MEMORIAL DO AMOR & VACINA DE SAPO
ZÉLIA GATTAI
COMPANHIA DAS LETRAS
(2013)
R$ 29,50
+ frete grátis



ONDE O ESPORTE SE REINVENTA: HISTÓRIAS E BASTIDORES DOS 40 ANOS DE PLACAR
BRUNO CHIARIONI, MARCIO KROEHN
PRIMAVERA
(2010)
R$ 11,00



REVISTA SQL MAGAZINE ANO 4 Nº 48 ÍNDICES
EDITORA DEVMÉDIA
DEVMÉDIA
R$ 7,00



GLOBAL PRE-INTERMEDIATE WORKBOOK - SEM CD
JULIE MOORE
MACMILLAN
(2012)
R$ 19,90



08/15 À CASERNA
HANS HELLMUT KIRST
EUROPA-AMÉRICA
R$ 13,00



OS ES DA GESTÃO
DOBSON FERREIRA
SER MAIS
R$ 14,95
+ frete grátis



VISÃO DE TÚNEL
SARA PARETSKY
ROCCO
(2002)
R$ 21,00





busca | avançada
26919 visitas/dia
957 mil/mês