A terra da bruma, de Arthur Conan Doyle | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Promessa da Política, de Hannah Arendt
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Luciano do Valle (1947-2014)
>>> Por que as velhas redações se tornaram insustentáveis on-line
>>> Ação Social
>>> Dá-lhe, Villa!
>>> forças infernais
>>> 20 de Abril #digestivo10anos
>>> Pensando sozinho
>>> Minha casa, minha cama, minha mesa
Mais Recentes
>>> Sade em Sodoma de Flávio Braga pela BestSeller (2008)
>>> Curso de Filosofia em Seis Horas e Quinze Minutos de Witold Gombrowicz pela José Olympio (2011)
>>> O pequeno Principe de Antoine de Saint Exupery pela Agir (2009)
>>> Zoloé e Suas Duas Amantes de Marquês de Sade pela Record (1968)
>>> Expressões Diante do Trono de Ministério de Louvor Diante do Trono pela Diante do Trono (2003)
>>> A separação dos amantes - uma fenomenologia da morte de Igor Caruso pela Cortez (1989)
>>> Os Titãs / A Saga da Família Kent (Volume V) de John Jakes pela Record/ RJ.
>>> A Universidade em Ritmo de Barbárie de José Arthur Giannotti pela Brasiliense (1986)
>>> A Mulher Só de Harold Robbins/ (Tradução) Nelson Rodrigues pela Record/ RJ.
>>> Dependência e desenvolvimento na América Latina - ensaio de interpretação sociológica de Fernando Henrique Cardoso e Enzo Faletto pela Zahar (1970)
>>> Tubarão de Peter Benchley pela Nova Cultural (1987)
>>> O Titã de Fred Mustard Stewart pela Record
>>> O Beijo da Mulher Aranha de Manuel Puig pela Codecri/ RJ. (1981)
>>> A Traição de Rita Hayworth/ Capa Dura de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1993)
>>> Boquitas Pintadas/ Capa Dura de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1988)
>>> Kit De Estudo Para Concursos: Só concursos (3 CDs + Folheto) + Guia do Concurseiro + Redação para Concursos de Equipe Mundial Editorial pela DCL - difusão cultural do livro (2016)
>>> Numa Terra Estranha de James Baldwin pela Rio Gráfica (1986)
>>> 1934 de Alberto Moravia pela Rio Gráfica (1986)
>>> Mil Platôs Vol. 1 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2011)
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrínseca/RJ. (2007)
>>> Mil Platôs Vol. 2 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2011)
>>> Mil Platôs Vol. 3 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2012)
>>> Ajin - Demi-Human #01 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Ajin - Demi-Human #02 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Ajin - Demi-Human #03 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Incendio de Troia (capa dura couro) de Marion ZimmerBradley pela Circulo do Livro/ SP. (1994)
>>> Ajin - Demi-Human #04 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #05 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #06 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #07 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #08 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #09 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Nova Cultural (1987)
>>> Ajin - Demi-Human #10 de Gamon Sakurai pela Panini (2018)
>>> Ajin - Demi-Human #11 de Gamon Sakurai pela Panini (2018)
>>> Estratégia da Decepção de Paul Virilio pela Estação Liberdade (2000)
>>> Ajin - Demi-Human #12 de Gamon Sakurai pela Panini (2019)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1989)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Codecri (1981)
>>> Fort of Apocalypse #10 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Codecri (1981)
>>> Fort of Apocalypse #09 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #08 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Festa Sob as Bombas - Os Anos Ingleses de Elias Canetti pela Estação Liberdade (2009)
>>> Fort of Apocalypse #07 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #06 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #05 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #04 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Antologia da Poesia Parnasiana Brasileira de João Ribeiro Francisca Júlia/ Alberto Oliveira... pela Cia. Ed. Nacional/ Lazuli (2008)
>>> Antologia Poética de Ernesto Cardenal pela Salamandra (1979)
COLUNAS

Segunda-feira, 24/11/2014
A terra da bruma, de Arthur Conan Doyle
Ricardo de Mattos

+ de 2300 Acessos

"Olhos tão habituados às sombras, como os nossos, dificilmente conseguirão dizer se sua luz era a luz de uma vela ou a de um sol resplandecente. Mas tal avaliação objetiva me parece uma questão de importância secundária que pode ser seguramente legada à posteridade" (Hannah Arendt).

Perdoa-nos, leitor, por trazermos novamente a esta coluna a degustação de outra obra de cunho espiritual. Que podemos fazer si adentramos uma livraria e um livro está posicionado provocativamente à nossa frente? Ou si folheamos um jornal ou revista e uma resenha ou nota parecem laçar nossos olhos? Diversas vezes comentamos que, despertado nosso interesse sobre determinado assunto, livros e outros materiais de estudo caem sob nossa vista ou são colocados em nossas mãos. A exemplo disso, nos últimos meses, fizemos despreocupadas pesquisas sobre psicopatia. Caso fôssemos adquirir todos os livros com os quais já nos deparamos a respeito deste transtorno de personalidade, precisaríamos de uma renda com destinação específica. Esperamos que não seja um convite ao autoconhecimento...

Abrimos uma revista e lá estava a nota apresentando A terra da bruma, de Arthur Conan Doyle. O criador de Sherlock Holmes envolveu-se até o pescoço e além com o Novo Espiritualismo, doutrina espiritual semelhante ao Espiritismo. Embora as duas doutrinas compartilhem a convicção da sobrevivência do espírito à morte do corpo físico, há diferenças práticas e teóricas consideráveis. Primeiro, o Novo Espiritualismo desenvolveu-se nos países de língua inglesa, ao passo que o Espiritismo nasceu na França e consolidou-se no Brasil. Durante décadas do século XIX e XX, cremos que ambos disseminaram-se pela Europa sem grandes distinções conceituais, o que levou alguns estudiosos a denominarem espíritas aqueles que seriam mais simpáticos à corrente anglófona.

Fala-se em Novo Espiritualismo não apenas em oposição ao materialismo, como afirmou Kardec ao estabelecer o termo "Espiritismo", mas também pela intenção dos primeiros envolvidos de rever os dogmas e doutrinas das igrejas existentes - católica, luterana, anglicana - em consonância com as descobertas das então chamadas "pesquisas psíquicas". Ao contrário do Espiritismo, o Novo Espiritualismo não conta, até onde sabemos, com uma base doutrinária sistematizada - a Codificação de Kardec -, é indiferente à prática mediúnica profissionalizada e pretendeu formar igrejas. Sobretudo, a questão da reencarnação não é ponto pacífico entre os novos-espiritualistas. Estas diferenças parecem ter escapado à tradução, que do começo ao fim fala em "espíritas" e sequer menciona Allan Kardec. Não fazemos aqui uma crítica, mas apenas apresentamos a necessária distinção para que eventual recém-chegado possa escolher onde sentar-se.

Conan Doyle escreveu um livro bem amplo e completo a respeito dos movimentos baseados nas pesquisas psíquicas. Este livro ganhou duas traduções no Brasil. A mais antiga desconsiderou a diferenciação que apresentamos acima e intitulou sua tradução como A História do Espiritismo. Lançada no ano passado pela Federação Espírita Brasileira, a tradução recente é mais fiel: A História do Espiritualismo: de Swedenborg ao início do século XX. Nesta História, Kardec é apresentado no capítulo sobre o espiritualismo francês, alemão e italiano. Mencionamos outro opúsculo do autor, A nova revelação, meritória por ser uma apresentação resumida e por conter, na edição nacional, consistente apresentação biográfica e bibliográfica do criador do famoso detetive.

Embora Sherlock Holmes seja seu personagem mais famoso e suas histórias as mais divulgadas, Conan Doyle foi autor de vasta obra. Cinco trabalhos envolvem o irritadiço professor George Edward Challenger. Três deles acabam de chegar ao Brasil, sendo A terra da bruma o prato principal, acompanhado dos contos Quando o mundo gritou e A máquina de desintegração. Todavia, até onde pudemos verificar, o envolvimento de Challenger com o espiritualismo é tratado apenas n'A terra da bruma, sendo que os demais aproximam-se de Jules Verne.

A editora que trouxe Challenger ao público brasileiro é a mesma que já havia trazido a edição "definitiva" dos romances e contos em que Holmes e Watson são os personagens principais, edição organizada e anotada pelo advogado norte-americano Leslie Klinger. Não somos exatamente amigos das notas de rodapé, mas Klinger conseguiu fazer um trabalho excepcional e, inclusive neste aspecto, a editora manteve a qualidade do trabalho.

Excelente este livro de Conan Doyle, escrito em 1926. Realista e honesto, poderíamos acrescentar ainda o adjetivo "corajoso". Realista, pois apresenta o panorama bem amplo do movimento espiritualista iniciado no século anterior e já ramificado em vertentes no que diz respeito a aspectos práticos e teóricos. Honesto, pois dos lábios dos personagens saem não apenas loas à nova revelação, mas também os aspectos contestados e os argumentos dos opositores. Na verdade, a par dos críticos sistemáticos havia - e há - aqueles que apenas desejavam maiores e mais racionais evidências a respeito de temas tão impactantes relativos à existência humana. Corajoso, enfim, pois o público conquistado por Sherlock poderia dispersar-se em decorrência das obras espiritualistas.

Verificarmos que n'A terra da bruma o professor Challenger aparece esperneando no começo e depara-se com fatos incontestáveis no final. Com muito tato, Conan Doyle não leva a uma conversão teatral o personagem cujo ceticismo fora mencionado reiteradas vezes. Não se trata de um Abraham van Helsing, que mergulha de cabeça no assunto em busca de solução para aquilo que o instiga. Na verdade, o personagem mais atuante é o jornalista Edward Malone. Visando completar uma série de artigos sobre as religiões estabelecidas na Inglaterra, ele visita os locais onde o Novo-Espiritualismo desenvolvia-se e acaba envolvido pelo que presencia e para o que ele não encontra explicações científicas. É por meio do périplo de Malone que Conan Doyle apresenta ao leitor as sessões públicas de clarividência e de clariaudiência, com seus acertos e seus equívocos; as sessões particulares de materialização por meio do ectoplasma; a questão das casas assombradas; os abusos cometidos pelas pessoas, médiuns ou não, que visavam promover-se por meio de efeitos psíquicos ou de meras fraudes; as pesquisas realizadas no Instituto de Metapsíquica de Paris... Conan Doyle põe em cena autores cujas obras encontram-se em nossas estantes, como Flammarion, Lombroso e Richet, permitindo-nos imaginar, até mesmo visualizar, seu trânsito na época.

A terra da bruma impressiono-nos por mostrar que muitos pontos parecem ter sido apenas transportados da Inglaterra do final do século XIX e começo do século XX para nosso terreno atual. Primeiro, a contestação e rejeição genéricas da comunidade científica aos fatos, quase sempre sem presenciá-los nem deter-se sobre eles e sobre o que já foi estudado, hábito que conhecemos de leitura e de testemunho pessoal. Segundo, as dificuldades dos pesquisadores - leigos ou não - com pessoas que se apresentam como médiuns e que acabam ridicularizando algo de tamanha importância. Nossa experiência mesma faz-nos desconfiar que nossa Carmela seja médium de maior potencial que dois ou três indivíduos tendo chilique ao nosso lado. Contudo, diante de certas comunicações, temos certeza de que alguém nos acena do outro lado do "véu".


Ricardo de Mattos
Taubaté, 24/11/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O suicídio na literatura de Cassionei Niches Petry
02. O Subjuntivo Subiu no Telhado de Marilia Mota Silva
03. A poesia concreto-multimídia de Paulo Aquarone de Marcelo Spalding
04. Deus: uma invenção?, de René Girard de Ricardo de Mattos
05. Mini-cartografia do prazer gastronômico paulistano de Adriana Baggio


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2014
01. Memórias de um caçador, de Ivan Turguêniev - 17/3/2014
02. Lares & Lugares - 18/8/2014
03. As Vacas de Stalin, de Sofi Oksanen - 10/2/2014
04. Kardec, A Biografia, de Marcel Souto Maior - 6/1/2014
05. Do outro lado, por Mary del Priore - 27/10/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ESPAÑOL LENGUA VIVA 4 LIBRO DEL ALUMNO
SANTILLANA
SANTILLANA ESPAÑOL
(2013)
R$ 23,95



DICIONÁRIO PRÁTICO DE LITERATURA BRASILEIRA
ASSIS BRASIL
EDIÇÕES DE OURO
(1979)
R$ 20,00



PAGOS A DOBRAR
JAMES M. CAIN
LIVROS HORIZONTE
(1985)
R$ 17,70



GUIA PRÁTICO DO PORTUGUÊS CORRETO
CLÁUDIO MORENO
L&PM POCKET
(2006)
R$ 9,90



O ENIGMA DAS LETRAS VERDES
STELLA CARR
MODERNA
(2000)
R$ 4,90



A CAUSA DA SUPRESSÃO
L. RON HUBBARD
BRIDGE
(2005)
R$ 16,00



DEUS - UM DELÍRIO
RICHARD DAWKINS
CIA DAS LETRAS
(2007)
R$ 47,70



ALQUIMISTAS E QUÍMICOS -O PASSADO, O PRESENTE E O FUTURO
JOSÉ ATÍLIO VANIN
MODERNA
(1994)
R$ 4,30



ZEICHNEN IM KONSTRUKTIVEN INGENIEURBAU
RICHARD GOLDAU
BAUVERLAG
(1978)
R$ 250,00



DIREITO ELETRONICO
RENATO OPICE BLUM
EDIPRO
(2001)
R$ 33,76





busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês