A terra da bruma, de Arthur Conan Doyle | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
68461 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Liberdade Só - A Sombra da Montanha é a Montanha”: A Reflexão de Marisa Nunes na ART LAB Gallery
>>> Evento beneficente celebra as memórias de pais e filhos com menu de Neka M. Barreto e Martin Casilli
>>> Tião Carvalho participa de Terreiros Nômades Encontro com a Comunidade que reúne escola, família e c
>>> Inscrições abertas para 4ª Residência Artística Virtual Compartilhada
>>> Exposição 'Mundo Sensível dos Mitos' abre dia 29 de julho em Porto Alegre
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Marcelo Mirisola e o açougue virtual do Tinder
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
Colunistas
Últimos Posts
>>> A melhor análise da Nucoin (2024)
>>> Dario Amodei da Anthropic no In Good Company
>>> A história do PyTorch
>>> Leif Ove Andsnes na casa de Mozart em Viena
>>> O passado e o futuro da inteligência artificial
>>> Marcio Appel no Stock Pickers (2024)
>>> Jensen Huang aos formandos do Caltech
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
Últimos Posts
>>> Cortando despesas
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A memória vegetal
>>> VergonhaBrasil
>>> Juditha Triumphans, de António Vivaldi
>>> A trilogia Qatsi
>>> A pata da gazela transviada
>>> dinosonic
>>> Entrevista com Claudio Willer
>>> E assim se passaram dez anos...
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> Sermão ao cadáver de Amy
Mais Recentes
>>> Livro Mulheres Dos Anos Dourados de Carla Bassanezi Pinsky pela Contexto (2014)
>>> Liveo Eclipse - Série Crespúslo de Stephenie Meyer pela Intrinseca (2009)
>>> 100 Camisas Que Contam As Historias De Todas As Copas de Marcelo Duarte pela Panda Books (2024)
>>> Speakout Advanced 2nd Edition Students' Book With Dvd-rom And Myenglishlab Access Code Pack de Antonia Clare, Jj Wilson pela Pearson Education (2018)
>>> Traits Writing Student Handbook Grade 4 de Ruth Culham pela Ruth (2024)
>>> Livro Do Queijo de Juliet Harbutt (org. ) pela Globo (2010)
>>> Scooby Doo And The Weird Water Park (scooby-doo 8x8) de Jesse Leon Mccann pela Scholastic Paperbacks (2000)
>>> Spider-man 2: Hurry Up, Spider-man! de Kate Egan pela Festival (2004)
>>> Spider-man 3: Meet The Heroes And Villains (i Can Read: Level 2) de Harry Lime pela Harper Trophy (2024)
>>> Bakugan: Finding Drago de Tracey West pela Scholastic Inc. (2009)
>>> Medicina Integrativa: A Cura Pelo Equilibrio de Lima pela Mg (2024)
>>> Bem-vindo, Doutor: A Construção De Uma Carreira Baseada Em Credibilidade E Confiança de Renato Gregorio pela 62608 (2024)
>>> Problemas Atuais De Bioética de Leocir Pessini pela Edições Loyola (2020)
>>> À Meia Noite Levarei Sua Alma - O Estranho Mundo do Zé do Caixão de Laudo pela Nova Sampa (1995)
>>> Inglês Em Medicina de Vários Autores pela Manole (2024)
>>> Firestone de Roberto, Firestone Tire And Rubber Company Bascchera pela Dezembro Editorial (2024)
>>> Guia Josimar Melo 2004 de Josimar Melo pela Dba Dória Books And Art (2024)
>>> O Que Todo Médico Deve Saber Sobre Impostos, Taxas E Contribuições de Fábio K. Ejchel pela Edgard Blücher (2009)
>>> Compass American Guides: California Wine Country, 5th Edition (full-color Travel Guide) de John Doerper, Constance Jones, Sharron Wood Fodor's pela Compass America Guides (2007)
>>> Professoras Na Cozinha. Pra Você Que Não Tem Tempo Nem Muita Experiencia de Laura De Souza Chaui pela Senac (2024)
>>> The Penguin Good Australian Wine Guide 2007 de Huon Hooke pela Penguin Books Australia (2007)
>>> Guia Ilustrado Zahar: Azeite - Eyewitness Companio de Charles Quest-ritson pela Jorge Zahar (2011)
>>> Vinho Sem Segredos de Patricio Tapia pela Planeta (2024)
>>> Sentidos Do Vinho, Os de Kramer pela Conrad (2024)
>>> Buyer's Guide To New Zealand Wines 2007 de Michael Cooper pela Michael (2024)
COLUNAS

Segunda-feira, 24/11/2014
A terra da bruma, de Arthur Conan Doyle
Ricardo de Mattos
+ de 4000 Acessos

"Olhos tão habituados às sombras, como os nossos, dificilmente conseguirão dizer se sua luz era a luz de uma vela ou a de um sol resplandecente. Mas tal avaliação objetiva me parece uma questão de importância secundária que pode ser seguramente legada à posteridade" (Hannah Arendt).

Perdoa-nos, leitor, por trazermos novamente a esta coluna a degustação de outra obra de cunho espiritual. Que podemos fazer si adentramos uma livraria e um livro está posicionado provocativamente à nossa frente? Ou si folheamos um jornal ou revista e uma resenha ou nota parecem laçar nossos olhos? Diversas vezes comentamos que, despertado nosso interesse sobre determinado assunto, livros e outros materiais de estudo caem sob nossa vista ou são colocados em nossas mãos. A exemplo disso, nos últimos meses, fizemos despreocupadas pesquisas sobre psicopatia. Caso fôssemos adquirir todos os livros com os quais já nos deparamos a respeito deste transtorno de personalidade, precisaríamos de uma renda com destinação específica. Esperamos que não seja um convite ao autoconhecimento...

Abrimos uma revista e lá estava a nota apresentando A terra da bruma, de Arthur Conan Doyle. O criador de Sherlock Holmes envolveu-se até o pescoço e além com o Novo Espiritualismo, doutrina espiritual semelhante ao Espiritismo. Embora as duas doutrinas compartilhem a convicção da sobrevivência do espírito à morte do corpo físico, há diferenças práticas e teóricas consideráveis. Primeiro, o Novo Espiritualismo desenvolveu-se nos países de língua inglesa, ao passo que o Espiritismo nasceu na França e consolidou-se no Brasil. Durante décadas do século XIX e XX, cremos que ambos disseminaram-se pela Europa sem grandes distinções conceituais, o que levou alguns estudiosos a denominarem espíritas aqueles que seriam mais simpáticos à corrente anglófona.

Fala-se em Novo Espiritualismo não apenas em oposição ao materialismo, como afirmou Kardec ao estabelecer o termo "Espiritismo", mas também pela intenção dos primeiros envolvidos de rever os dogmas e doutrinas das igrejas existentes - católica, luterana, anglicana - em consonância com as descobertas das então chamadas "pesquisas psíquicas". Ao contrário do Espiritismo, o Novo Espiritualismo não conta, até onde sabemos, com uma base doutrinária sistematizada - a Codificação de Kardec -, é indiferente à prática mediúnica profissionalizada e pretendeu formar igrejas. Sobretudo, a questão da reencarnação não é ponto pacífico entre os novos-espiritualistas. Estas diferenças parecem ter escapado à tradução, que do começo ao fim fala em "espíritas" e sequer menciona Allan Kardec. Não fazemos aqui uma crítica, mas apenas apresentamos a necessária distinção para que eventual recém-chegado possa escolher onde sentar-se.

Conan Doyle escreveu um livro bem amplo e completo a respeito dos movimentos baseados nas pesquisas psíquicas. Este livro ganhou duas traduções no Brasil. A mais antiga desconsiderou a diferenciação que apresentamos acima e intitulou sua tradução como A História do Espiritismo. Lançada no ano passado pela Federação Espírita Brasileira, a tradução recente é mais fiel: A História do Espiritualismo: de Swedenborg ao início do século XX. Nesta História, Kardec é apresentado no capítulo sobre o espiritualismo francês, alemão e italiano. Mencionamos outro opúsculo do autor, A nova revelação, meritória por ser uma apresentação resumida e por conter, na edição nacional, consistente apresentação biográfica e bibliográfica do criador do famoso detetive.

Embora Sherlock Holmes seja seu personagem mais famoso e suas histórias as mais divulgadas, Conan Doyle foi autor de vasta obra. Cinco trabalhos envolvem o irritadiço professor George Edward Challenger. Três deles acabam de chegar ao Brasil, sendo A terra da bruma o prato principal, acompanhado dos contos Quando o mundo gritou e A máquina de desintegração. Todavia, até onde pudemos verificar, o envolvimento de Challenger com o espiritualismo é tratado apenas n'A terra da bruma, sendo que os demais aproximam-se de Jules Verne.

A editora que trouxe Challenger ao público brasileiro é a mesma que já havia trazido a edição "definitiva" dos romances e contos em que Holmes e Watson são os personagens principais, edição organizada e anotada pelo advogado norte-americano Leslie Klinger. Não somos exatamente amigos das notas de rodapé, mas Klinger conseguiu fazer um trabalho excepcional e, inclusive neste aspecto, a editora manteve a qualidade do trabalho.

Excelente este livro de Conan Doyle, escrito em 1926. Realista e honesto, poderíamos acrescentar ainda o adjetivo "corajoso". Realista, pois apresenta o panorama bem amplo do movimento espiritualista iniciado no século anterior e já ramificado em vertentes no que diz respeito a aspectos práticos e teóricos. Honesto, pois dos lábios dos personagens saem não apenas loas à nova revelação, mas também os aspectos contestados e os argumentos dos opositores. Na verdade, a par dos críticos sistemáticos havia - e há - aqueles que apenas desejavam maiores e mais racionais evidências a respeito de temas tão impactantes relativos à existência humana. Corajoso, enfim, pois o público conquistado por Sherlock poderia dispersar-se em decorrência das obras espiritualistas.

Verificarmos que n'A terra da bruma o professor Challenger aparece esperneando no começo e depara-se com fatos incontestáveis no final. Com muito tato, Conan Doyle não leva a uma conversão teatral o personagem cujo ceticismo fora mencionado reiteradas vezes. Não se trata de um Abraham van Helsing, que mergulha de cabeça no assunto em busca de solução para aquilo que o instiga. Na verdade, o personagem mais atuante é o jornalista Edward Malone. Visando completar uma série de artigos sobre as religiões estabelecidas na Inglaterra, ele visita os locais onde o Novo-Espiritualismo desenvolvia-se e acaba envolvido pelo que presencia e para o que ele não encontra explicações científicas. É por meio do périplo de Malone que Conan Doyle apresenta ao leitor as sessões públicas de clarividência e de clariaudiência, com seus acertos e seus equívocos; as sessões particulares de materialização por meio do ectoplasma; a questão das casas assombradas; os abusos cometidos pelas pessoas, médiuns ou não, que visavam promover-se por meio de efeitos psíquicos ou de meras fraudes; as pesquisas realizadas no Instituto de Metapsíquica de Paris... Conan Doyle põe em cena autores cujas obras encontram-se em nossas estantes, como Flammarion, Lombroso e Richet, permitindo-nos imaginar, até mesmo visualizar, seu trânsito na época.

A terra da bruma impressiono-nos por mostrar que muitos pontos parecem ter sido apenas transportados da Inglaterra do final do século XIX e começo do século XX para nosso terreno atual. Primeiro, a contestação e rejeição genéricas da comunidade científica aos fatos, quase sempre sem presenciá-los nem deter-se sobre eles e sobre o que já foi estudado, hábito que conhecemos de leitura e de testemunho pessoal. Segundo, as dificuldades dos pesquisadores - leigos ou não - com pessoas que se apresentam como médiuns e que acabam ridicularizando algo de tamanha importância. Nossa experiência mesma faz-nos desconfiar que nossa Carmela seja médium de maior potencial que dois ou três indivíduos tendo chilique ao nosso lado. Contudo, diante de certas comunicações, temos certeza de que alguém nos acena do outro lado do "véu".


Ricardo de Mattos
Taubaté, 24/11/2014

Quem leu este, também leu esse(s):
01. A poesia de pedra de Beatriz Luz de Jardel Dias Cavalcanti
02. Os anos de chumbo de Gian Danton


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2014
01. Memórias de um caçador, de Ivan Turguêniev - 17/3/2014
02. Sobre a Umbanda e o Candomblé - 23/6/2014
03. As Vacas de Stalin, de Sofi Oksanen - 10/2/2014
04. Lares & Lugares - 18/8/2014
05. Por que o mundo existe?, de Jim Holt - 28/4/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Trapo
Cristóvão Tezza
Record
(2018)



-30
Donald Harstad
Le Cherche Midi
(1996)



General Chemistry
Linus Pauling
Dover
(1988)



The Maine Woods
Henry D. Thoreau
Yale University Press
(2009)



Metodologia de Projetos: uma Ferramenta de Planejamento
Heloísa Lück
Vozes
(2003)



O Herdeiro das Sombras
Sinval Medina
Mandarim
(2001)



Livro Cabeça de Vento
Meg Cabot Natalie Gerhardt
Galera Record
(2010)



Atlas Mundial - Meu Grande Livro de Perguntas
Yoyo Books
Yoyo Books
(2020)



Seu Dinheiro, Sua Decisão! 7º Ano
Silvia Azevedo
Harbra
(2018)



Reflexos do baile
Antonio callado
Paz e terra





busca | avançada
68461 visitas/dia
2,1 milhões/mês