Por que o mundo existe?, de Jim Holt | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
72442 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> MAB FAAP estará fechado nos próximos dois finais de semana, devido ao Plano SP
>>> Exposição de Pietrina Checcaci é prolongada no Centro Cultural Correios
>>> Escritora Luci Collin participa de encontro virtual gratuito
>>> Máscaras Decoloniais: Dança e Performance (edição bilingue)
>>> Prêmio Sesc de Literatura abre hoje inscrições para edição 2021
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Kate Dias vive Campesina em “Elise
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Van Halen 2013
>>> Treehouse
>>> Música em 2004
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Jornalismo em tempos instáveis
>>> Rasgos de memória
>>> História da leitura (II): o códice medieval
>>> Rufo, 80 II
>>> Jeitos de trabalhar
>>> The GigaOM Show
Mais Recentes
>>> Apostila workshop urbano curso perícias em avaliação de imóveis. de Caavi pela Caavi (2011)
>>> Stewardship: Choosing Service over Self-Interest de Peter Block pela Berrett-Koehler (1993)
>>> Fuvest 2000 - Literatura de Célia N. A. Passoni pela Núcleo (1999)
>>> Doze Contos Peregrinos de Gabriel Garcia Márquez pela Record (1992)
>>> Outeiro da Glória Marco na História da Cidade do Rio de Janeiro de Jorge de Souza Hue e Outros pela Artepadilla (2015)
>>> Le Voyageur et son Ombre de Nietzsche pela Mediations (1979)
>>> Avenidas da Saúde de Dr Haroldo Shryock pela Casa Publicadora Brasileira (1963)
>>> Livro Anne Whit An E Lucy Maud Bordando com as Estrelas de Lucy Maud Montgomery pela Ciranda Cultural (2021)
>>> O Flâneur - um Passeio Pelos Paradoxos de Paris de Edmund White pela Companhia das Letras (2001)
>>> Memórias de um Sargento de Milícias - Coleção o Globo de Manuel Antônio de Almeida pela O Globo (1997)
>>> O mulato de Aluísio Azevedo pela Ática (2000)
>>> Veneno Digital de Walcyr Carrasco pela Ática (2017)
>>> Uma Longa Jornada de Nicholas Sparks pela Arqueiro (2015)
>>> Um Olhar Sobre a Ciência: Desenvolvimento, Aplicações e Políticas de Eloi de Souza Garcia pela Interciência (2003)
>>> O Verão e a Cidade - Os Diários de Carrie de Candance Bushnell pela Galera Record (2011)
>>> O Cotidiano de um Deficiente de Patricia Vaitsman dos Santos pela Interciência (2001)
>>> Um Porto Seguro de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2012)
>>> Um Ano Inesquecível de Babi Dewet, Bruna Vieira, Paula Pimenta e Thalita Rebouças pela Gutenberg (2015)
>>> A Hora da Estrela de Clarice Lispector pela José Olympio (1978)
>>> A Terra dos Meninos Pelados de Graciliano Ramos pela Record (1983)
>>> A Linguagem e Seu Funcionamento - as Formas do Discurso de Eni Puccinelli Orlandi pela Brasiliense (1983)
>>> A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata de Mary Ann Shaffer e Annie Barrows pela Rocco (2009)
>>> Poesia Que Transforma de Bráulio Bessa pela Sextante (2018)
>>> O Livro de Ouro da Mitologia de Thomas Bulfinch pela Harper Collins (2018)
>>> Memórias Quase Esquecidas: Aqueles Olhos - Vol 1 de Alduisio M. de Souza pela Literatura Brasileira (2001)
>>> A Gênese de Allan Kardec pela Feb (1999)
>>> A Guerra Não Tem Rosto de Mulher de Svetlana Aleksiévitch pela Companhia das Letras (2016)
>>> Mais Coisas Que Toda Garota Deve Saber de Antônio Carlos Vilela pela Melhoramentos (2006)
>>> Engenharia genética - O Sétimo dia da criação de Fátima Oliveira pela Moderna (1995)
>>> O Ladrão de sonhos e outras historias de Ivan Angelo pela Atica (1999)
>>> Necronomicon: the Best Weird Tales of de H. P. Lovecraft pela Gollancz (2008)
>>> Um Dia "Daqueles": Uma Lição de Vida Para Levantar o Seu Astral de Bradley Trevor Greive pela Sextante (2001)
>>> A Cidadela do Caos de Steve Jackson pela Marques Saraiva (1990)
>>> O Calabouço da Morte de Ian Livinstone pela Marques Saraiva (1984)
>>> O Feiticeiro da Montanha de Fogo de Steve Jackson; Ian Livinstone pela Marques Saraiva (1991)
>>> Rostos da Portugalidade de Luís Machado pela Vega (2010)
>>> LIVRO NOVO! A Revolução dos Bichos de George Orwell pela Principis (2021)
>>> A Nave Espacial Traveller de Steve Jackson pela Marques Saraiva (1982)
>>> Norse Mythology de Neil Gaiman pela W. W. Norton & Company (2017)
>>> A Mão e a Luva de Machado de Assis pela Prazer de Ler (2016)
>>> Buda: na Floresta de Uruvella -vol. VI de Osamu Tezuka pela Conrad (2005)
>>> Buda. Em Busca da Iluminação. Vol. IV de Osamu Tezuka pela Conrad do Brasil (2005)
>>> Literatura Ao Sul de Luis Augusto Fischer pela Universidade de Passo Fundo (2009)
>>> Buda. a Outra Margem do Rio. Vol. III de Osamu Tezuka pela Conrad do Brasil (2005)
>>> O Cavaleiro da Esperança de Jorge Amado pela Record (1987)
>>> A Amiga Genial de Elena Ferrante pela Globo (2015)
>>> Passagens da Antiguidade ao Feudalismo de Perry Anderson pela Brasiliense (1987)
>>> O Não Me Deixes - Suas Histórias e Sua Cozinha de Rachel de Queiroz pela Arx (2004)
>>> George Sand de René Doumic pela Perrin (1922)
>>> Sybil de Flora Rheta Schreiber pela Círculo do Livro
COLUNAS

Segunda-feira, 28/4/2014
Por que o mundo existe?, de Jim Holt
Ricardo de Mattos

+ de 4600 Acessos

"Chega o momento em que o espírito prefere o que confirma seu saber àquilo que o contradiz, em que gosta mais de respostas do que de perguntas. O instinto conservativo passa então a dominar, e cessa o crescimento espiritual" (Gaston Bachelard).

Costumamos dividir os questionadores em duas classes não hierárquicas. A primeira apenas questiona e vive numa eterna promenade intelectual, acenando ocasionalmente para Sísifo. A segunda possui um ponto de partida e vai de estação em estação, cada interrogação expressando seu desejo de saber mais e melhor. A primeira classe não aceita simplesmente os caminhos já percorridos, mas periga andar em círculo. A segunda, si afina-se em demasia na trilha escolhida, deve cuidar para não transformar escolha em bitola. Há a estrada, mas há também a paisagem em volta.

Foram as perguntas que nos prenderam ao livro do jornalista e escritor norte-americano Jim Holt. Vivemos fase em que preferimos a companhia de quem pergunta e desconfiamos de quem dá respostas. Kardec foi um grande perguntador e Frankl, em suas Memórias menciona ocasião que percebeu ser melhor deixar de lado o que sabia para melhor ouvir. Karl Jaspers chega mesmo a recomendar esta postura nas paginas iniciais de sua monumental Psicopatologia Geral. O espírito humano ainda precisa lidar com limites inerentes ao corpo que habita e à época em que vive, mas a opção deliberada do indivíduo em entregar-se ao instinto conservativo identificado por Bachelard afigura-se-nos verdadeiro suicídio intelectual. Houve momento em que aos padres católicos era permitido ler os livros vetados pelo Index, com a finalidade de melhor combatê-los. Si participamos deste tipo de velhacaria em alguma encarnação, ignoramos. De qualquer forma, entrar em contato com aquilo que nos confronta ou que pede maiores explicações a respeito dos ideais que abraçamos representa-nos um exercício de crescimento espiritual.

Por que o mundo existe? - Um mistério existencial vem da ótima safra de livros do ano passado. Seu ponto de partida é a questão encontrada por Holt no livro Introdução à Metafísica de Martin Heidegger: por que existe algo e não apenas o nada? Mostra-nos Holt que esta pergunta, que não tem dez palavras - e que, na verdade, remonta a Leibniz -, originou páginas e mais páginas de artigos e livros, bem como debates e polêmicas. As respostas, fornecidas por teólogos, filósofos, físicos, astrônomos e matemáticos entre outros, variam da inexistência do Nada à conclusão de que nada existe. De permeio, o pensamento humano numa variedade e profundidade tão grande que o talento de Holt revela-se ao não deixar que o diálogo entre as posturas transforme-se em galimatias. A simples opção pelo artigo "o" antes de "nada" cria a distinção conceitual entre um substantivo - nada - e uma alternativa ontológica - o nada. A maior parte da sequência dos capítulos conta com interlúdios, textos avulsos e mais leves que refrigeram o motor antes de seguir viagem.

Como articulista, Holt dedica-se a escrever artigos sobre matemática teórica para o New York Times e para a The New Yorker. Não nos consideramos uma nulidade em Matemática apenas porque conhecemos as quatro operações básicas. A prova dos nove, por sua vez, é um mistério intransponível desde quarta-série primária. Outro destes mistérios é o jogo de truco. O autor, evidentemente compreendendo que poderia ser lido por especialistas e por toupeiras, consegue fazer-se inteligível a ambos, temperando tudo com humor elegante. Há, sim, trechos em que o avanço da leitura requer vagar e voltas. O terceiro capítulo, em que se discorre sobre a história do Nada, é um destes casos. Todavia, superável e sem prejuízo ao entendimento global. O leitor não precisa deixar o livro experto em filosofia, matemática, teologia e física, mas terá uma grande oportunidade de verificar que as palavras e conceitos por elas representados possuem amplitude muitas vezes inimaginável pelo senso comum.

Um destes conceitos é o de identidade ou autoidentidade, "relação que toda e qualquer coisa tem consigo mesma e com nenhuma outra". Holt não deixa de expressá-lo matematicamente recorrendo à fórmula: para cada x, x = x. Transponha-a para outros campos do saber e acender-se-á o rastilho para muitas e diversas especulações e observações a respeito da existência, do autoconhecimento, do ser e do não ser, do sentido, dos papéis e das máscaras, das sombras, etc. Acredita, leitor: não é algo superficial saber até que ponto "x" é realmente igual a "x".

Sobre a existência de Deus e Sua relação com a origem do Universo, equilibram-se argumentos contrários e favoráveis, ambos analisados pelo autor em suas falhas e em suas relações na história das ideias. Existe e está no começo de tudo, segundo Richard Swimburne, filósofo da ciência e da religião e cristão ortodoxo praticante. É uma palavra dispensável quando não se tem algo mais definido por trás, diz o físico Steven Weinberg. Qual, pois, seria o diferencial? O que pode definir a escolha da criatura pelo teísmo ou ateísmo? Ao falarmos em Fé, talvez o leitor pense em velhinhas de véu preto diante de altares ou em cruzados empalando mouros: como não quer ser como eles, desiste de prosseguir. Poucos lembrar-se-ão que a par da epistemologia está a gnosiologia - não falamos de gnosticismo. Ao lado da busca do conhecimento terreno encontra-se a busca do conhecimento espiritual e ambos compõem a busca do conhecimento das coisas divinas. Bastará, todavia, escolher entre ter ou não Fé e, a partir disto, orientar toda sua vida? Nossa experiência pessoal, que mal e mal é sobre a qual podemos falar, indica-nos algo profundamente enraizado, algo que nos orienta a aguardar as respostas que virão para as mais diversas perguntas - como já vieram algumas. Desta forma, em nós, a Fé deriva deste núcleo, desta fonte pessoal e última. Quem mandou os estudiosos darem tão grande atenção ao inconsciente freudiano e tão pequena ao inconsciente frankliano?

Kardec afirma que para todo efeito inteligente há uma causa inteligente. Não há como fazer uma leitura materialista da assertiva sem cair assim num panteísmo extemporâneo e confuso, ou em imbróglios teóricos. Conforme mostra Jim Holt, há quem o faça, como é o caso de matemático platônico cuja teoria faz a conexão entre um mundo físico, um mundo matemático e um mundo mental. Antes, porém, que alguém nos acuse de intercalar convicções pessoais à apreciação do livro de Holt - embora escrevamos para um veículo que não nos cobre neutralidade - observamos que o tema das experiências qualitativas - ou qualia - e outros a ela relacionados, como a subjetividade e a consciência, são gradativamente abordados a partir do "interlúdio" intitulado It from bit, culminando no capítulo O ego: eu realmente existo?. Holt observa que mesmo alguns pensadores admitindo ad argumentandum Deus como a causa de todas as coisas, ainda insistem na pergunta sobre quem O teria criado. Neste ponto, sim, cremos que se trata de opção pelo debate circular.

Efemérides
2014 é ano rico de datas "redondas". Quarenta anos de Julio Daio Borges. Cinquenta anos do golpe militar. Cem anos da primeira guerra mundial, do Jeca Tatu e do Tarzan. 150 anos do Evangelho Segundo o Espiritismo. Duzentos anos de desencarne do Marquês de Sade e dois mil do desencarne do imperador Augustus. Há outras.

Efemérides - Conclusão
Há vinte anos desencarnou Charles Bukowski. Embora ainda não tenhamos sentido vocação especial para seus livros, gostamos de uma frase que ele deixou: "O problema com o mundo é que as pessoas inteligentes estão cheias de dúvida, enquanto os estúpidos estão cheios de confiança".


Ricardo de Mattos
Taubaté, 28/4/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O homem-show da língua alemã de Franco Caldas Fuchs
02. O fantástico mundo de Roth de Daniel Lopes
03. A Soma de Todos os Medos de Gian Danton
04. Fazendo Amigos e Influenciando Pessoas de Vicente Tardin


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2014
01. Memórias de um caçador, de Ivan Turguêniev - 17/3/2014
02. Lares & Lugares - 18/8/2014
03. As Vacas de Stalin, de Sofi Oksanen - 10/2/2014
04. Kardec, A Biografia, de Marcel Souto Maior - 6/1/2014
05. Por que o mundo existe?, de Jim Holt - 28/4/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Um Mestre da Luz Tropical
Fernando Duarte
Cinemateca Brasileira
(2010)
R$ 20,00



O Paraiso é uma Questão Pessoal
Richard Bach
Ed. Record
R$ 6,90



Medicina Preventiva -saúde x Doenças
Alexandre Roberto Diogo de Oliveira
Biologia e Saúde
R$ 5,00



Primeiras Publicações Psicanalíticas 1893-1899
Sigmund Freud
Imago
(1987)
R$ 19,00



Um Ônibus do Tamanho do Mundo
J. M. Simmel
Nova Fronteira
R$ 5,00



Estórias e Lendas de São Paulo Paraná e Santa Catarina - Tomo 1
Alceu Maynard Araújo e Vasco José Taborda
Edigraf
R$ 8,90



Literatura: Textos e Técnicas
João Domingues Maia
Àtica
(1996)
R$ 5,00



Como Ter Sucesso Em Qualquer Dieta
Charles F. Wetherall
Record
(1994)
R$ 12,00



Propedêutica Pediátrica e Semiologia Infantil
José Martinho da Rocha Hugo Fortes
Livraria Atheneu
(1958)
R$ 81,34



O Machado Gentil
R N Morris
Planeta
(2007)
R$ 12,00





busca | avançada
72442 visitas/dia
2,4 milhões/mês