O gueto dos ricos | Marta Barcellos | Digestivo Cultural

busca | avançada
37883 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> Espírito de porco
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nine Eleven
>>> E a bomba caiu!
>>> Arte é entropia
>>> Impressões sobre São Paulo
Mais Recentes
>>> Bala XXI - Casos, Crônicas, Piadas e Contos de Augusto José Vieira Neto pela Mandamentos (2000)
>>> Filhos Especiais Para Pessoas Especiais - O Milagre do Dia-a-dia de Neusa Maria pela Paulinas (2010)
>>> Pensées Étranglées de E. M. Cioran pela Gallimard (2014)
>>> Le Voyageur et son Ombre de F. NNietzsche pela Denoel (1979)
>>> Colder than Ice de David Patneaude pela Albert Whitman & Company (2003)
>>> Misericordiae Vultus / O Rosto da Misericórdia de Papa Francisco pela Paulinas (2015)
>>> Manual do Agricultor Brasileiro de Carlos Augusto Taunay pela Companhia das Letras (2001)
>>> O Ingenuo de Voltaire pela Dcl (2013)
>>> O Evangelho Segundo O Espiritismo de Allan Kardec pela Feb (1999)
>>> A Princesa de Babilonia de Voltaire pela Dcl (2013)
>>> A Campanha Abolicionista de Jose do Patrocinio pela Dcl (2013)
>>> Zollinger - Atlas de Cirurgia de E. Christopher Ellison, Robert M. Zollinger pela Guanabara Koogan; (2017)
>>> O Hobbit: A batalha dos cinco exercítos : guia ilustrado de Jude Fisher pela WMF Martins Fontes (2014)
>>> Radiografia da Alma de Pe. Hewaldo Trevisan pela Planeta (2010)
>>> Convênios e outros instrumentos de "Administração Consensual"na Gestão Pública do século XXI - Restrições em Ano Eleitoral de Jessé Torres Pereira Junior e Marinês Restelatto Dotti pela Fórum (2010)
>>> Estalos e Rabiscos - Mãos à Obra Literária de Walter Galvani pela Novaprova (2011)
>>> Distrito Federal Paisagem, População e Poder de Marília Peluso e Washington Candido pela Harbra (2006)
>>> Parto de Mim de Vera Pinheiro pela Pallotti (2005)
>>> Deuses americanos de Neil Gaiman pela Intrínseca (2016)
>>> A Ilha dos Prazeres de André Rangel Rios pela Uapê (1996)
>>> A pequena pianista de Jane Hawking pela Única (2017)
>>> Tradição e Novidade na Ciência da Linguagem de Eugenio Coseriu pela Presença- Usp (1980)
>>> Jovens Sem-Terra - Identidade em movimento de Maria Teresa Castelo Branco pela Ufpr (2003)
>>> Os Segredos das Mulheres Inteligentes de Julia Sokol e Steven Carter pela Sextante (2010)
>>> Lettres et Maximes de Épicure pela Librio (2015)
>>> Um Mundo a Construir de Marta Harnecker pela Expressão Popular (2018)
>>> Da RegenciaÀ Queda de Rozas (Rosas)/ Encadernado de Pandiá Calógeras pela Cia. Ed. Nacional (1940)
>>> Psicoterapia y Relaciones Humanas de Carl Rogers e G. Marian Kinget pela Alfaguarra (1971)
>>> O Vinho no Gerúndio de Júlio Anselmo de Sousa Neto pela Gutenberg (2004)
>>> Michel Foucault, Filosofia e Biopolítica de Guilherme Castelo Branco pela Autêntica (2015)
>>> Vidas Provisórias de Edney Silvestre pela Intrínseca (2013)
>>> Introdução À Arqueologia Brasileira: Etnografia e História de Angyone Costa pela Cia. Ed. Nacional (1938)
>>> A Glória de Euclides da Cunha ; Edição Ilustrada/ Brasiliana de Francisco Venancio Filho pela Cia. Ed. Nacional (1940)
>>> A Glória de Euclides da Cunha ; Edição Ilustrada/ Brasiliana de Francisco Venancio Filho pela Cia. Ed. Nacional (1940)
>>> Viñas, Bodegas & Vinos de Argentina de Austral Spectator pela Austral Spectator (2007)
>>> Alexandre, o Conquistador de Airton de Farias pela Prazer de Ler (2013)
>>> A Fiandeira de Ouro de Sonia Junqueira pela Positivo (2008)
>>> Feudalismo de Airton de Farias pela Prazer de Ler (2013)
>>> Alfabeto de Histórias de Gilles Eduar pela Ática (2008)
>>> As Obsessões de um Executivo Extraordinário: as Quatro Disciplinas... de Patrick Lencioni pela Record/ RJ. (2002)
>>> As Obsessões de um Executivo Extraordinário: as Quatro Disciplinas... de Patrick Lencioni pela Record/ RJ. (2002)
>>> As Obsessões de um Executivo Extraordinário: as Quatro Disciplinas... de Patrick Lencioni pela Record/ RJ. (2002)
>>> Marketing Nas Empresas Brasileiras: Organização de Vendas de Joaquim Carlos da Silva pela Record/ RJ.
>>> Dicionário da Língua Portuguesa de Malthus Oliveira de Queiroz pela Sucesso (2014)
>>> Salgueiro 50 Anos de Glória de Haroldo Costa pela Record (2003)
>>> Mitologia Grega de Pierre Grimal pela L&PM (2009)
>>> Além do Bem e do Mal de F. Nietzsche pela Escala (2005)
>>> La Muerte de la Familia de David Cooper pela Paidos (1974)
>>> La Tentation d'Exiter de E. M. Cioran pela Gallimard (1988)
>>> Os Pioneiros - a Saga da Família Kent- Vol. III de John Jakes pela Record/ RJ.
COLUNAS

Sexta-feira, 20/3/2015
O gueto dos ricos
Marta Barcellos

+ de 2600 Acessos

A cena é comum no Rio de Janeiro: grupos de estrangeiros, reunidos em grandes jipes com pintura camuflada - como se fossem adentrar a selva - circulam por morros e favelas para exibir aos turistas a "exótica" pobreza carioca. Dentro dos jipões, os gringos se sentem protegidos e podem usufruir da experiência de observar de perto um curioso gueto, ambiente fechado e inacessível de outra forma.

A palavra gueto tem origem nas cidades européias onde os judeus eram obrigados a residir em bairros separados, evidenciando a sua "diferença", e suposta inferioridade, em relação ao resto da população. Comparativamente, a classificação seria aplicável às comunidades pobres do Rio, empurradas morro acima pela especulação imobiliária e pela falta de planejamento de bairros populares na cidade. Deu no que deu: samba, carnaval, tráfico de drogas, péssimas condições de vida, filmes famosos como Cidade de Deus. .

Imagino, porém, que nos últimos anos alguns turistas começaram a ficar decepcionados com o passeio. Urbanizada e com Mc Donalds na subida, a favela e seus moradores já não devem provocar o mesmo friozinho na barriga ansiado pelos turistas aventureiros. .

Já ao contrário, a visita tem potencial para muitas emoções e estranhamentos. .

Isso mesmo. Ao contrário. Imagine este pobre, que já não é tão pobre, entrando em um "gueto" de ricos, igualmente sem ser convidado: um condomínio de luxo no Rio ou o bairro parisiense de Champs-Elysées. Imagine-o com o mesmo olhar curioso, talvez até uma visão sociológica e antropológica possibilitada pelo maior acesso à educação, e sem a intimidação de uma minoria diante do poder vigente. Imagine que eles, os pobres não tão pobres, passaram a questionar o poder majoritário dos ricos. "Queremos entrar aí e observar como vivem", eles diriam. "Fazer algumas anotações para uma pesquisa que estamos realizando, ou quem sabe um documentário para mostrarmos na nossa comunidade." .

A primeira situação - jovens da periferia tentando fazer um filme em um condomínio de luxo no Rio - eu li na ficção, no engenhoso conto "Solar dos príncipes", de Marcelino Freire, parte do livro Contos negreiros. Em uma narrativa cheia de sutilezas ("Quatro negros e uma negra pararam na frente deste prédio", começa o texto) e pontos de vista intercalados (os jovens do Morro do Pavão que querem filmar o documentário, o porteiro, os moradores do prédio), a inversão de papéis acaba por satirizar a situação que seria considerada mais "verossímil": a exploração da miséria alheia por engomadinhos de prancheta ou câmera na mão. .

Mas se o conto de Marcelino parecer ao leitor inverossímil (a ficção não precisa necessariamente parecer verossímil, diga-se de passagem), eis que a inversão acontece na "realidade", na segunda situação à qual me referi acima. Ela aconteceu no "gueto" de Champs-Elysées: jovens da periferia de Paris, estudantes de primeiro ano de faculdade cursando metodologia da investigação sociológica, transformaram os ricos e seus estranhos rituais de socialização e consumo em objeto de pesquisa. .

Como no conto de Marcelino, "entrar" não foi fácil. Diante da esperada hostilidade para responder questionários, eles evitaram bater na porta dos moradores e concentraram suas enquetes e observações em butiques, hotéis cinco estrelas, bares e cafés do bairro. Como mostrou reportagem do correspondente Fernando Eichenberg, foram tratados com desprezo por vendedores, garçons e vigilantes, mas prosseguiram em sua metodologia e concluíram: gueto, mesmo, em Paris, é um bairro de ricos tão ricos. Pelo modo de vida tão específico, pela densidade de sua sociabilidade, pelas escolas, clubes e rituais comuns, a consciência de classe é mais aguda do que em outras classes sociais. .

Os estudantes, por exemplo, se surpreenderam com a observação de práticas sexistas, algo que se considera típico da periferia. Em vários círculos e clubes privados masculinos, mulheres não são aceitas, ou não podem participar de votações. Notaram também a diferença de tratamento em relação ao véu islâmico: enquanto na periferia ele simboliza hoje um conflito entre funcionários do Estado, principalmente nas escolas, e parte da população, nos Champs-Elysées mulheres de véu da Arábia Saudita e do Qatar são recebidas como clientes especiais nas lojas. .

"O oitavo distrito (Champs-Elysées) se constitui muito mais como um gueto do que Saint-Denis (a cidade dos estudantes)", afirmou Jordan Mongongnon, universitário de 23 anos que mora numa habitação popular e participou do estudo de campo."Saint-Denis está mais próxima da realidade geral da França." .

No Brasil, em geral os muito ricos são observados em suas excentricidades de duas formas: ou com indisfarçável admiração e deslumbramento, ou com um tom jocoso - mas, este, destinado apenas aos novos ricos. Somente em recentes iniciativas culturais nascidas nas periferias, este "olhar outro" (não o da mídia nem o da universidade dos ricos) começa a apontar o aspecto de gueto e "exotismo" dos muito ricos. .

Particularmente, mesmo sendo de classe média (e desta forma não conseguindo ter o mesmo afastamento dos moradores da favela), eu não consigo deixar de espantar com o gueto dos ricos. Um dia ainda subo no jipão, ou parto para a pesquisa sociológica, para mostrar quanto descalabro, num país ainda tão pobre. .



Marta Barcellos
Rio de Janeiro, 20/3/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A maldição da internet no celular de Gian Danton


Mais Marta Barcellos
Mais Acessadas de Marta Barcellos em 2015
01. Contra a breguice no Facebook - 5/6/2015
02. Uma entrevista literária - 11/12/2015
03. Dando conta de Minas - 7/8/2015
04. O gueto dos ricos - 20/3/2015
05. Quem é o abutre - 6/2/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E EDUCAÇÃO
VÁRIOS AUTORES
ZAHAR
(1967)
R$ 15,00



CIÊNCIA HOJE DAS CRIANÇAS - N. 172 - HÁ 100 ANOS, SANTOS-DUMONT INVENT
INSTITUTO CIÊNCIA HOJE
SBPC
(2006)
R$ 6,00



ALEGRES CANTEMOS
NÃO CONSTA
PAULINAS
(1978)
R$ 10,00



ENXUGANDO LÁGRIMAS
FRANCISCO XAVIER / ELIAS BARBOSA / ESP. DIVERSOS
INSTITUTO DE DIFUSÃO ESPÍRIT
(1990)
R$ 11,00



MAYA UND DAS FAULTIERKIND
HERMAN TIRLER
ERNEST HEIMRAN VERLAG
(1965)
R$ 35,78



LIÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO
EDGAR CARLOS DE AMORIM
FORENSE (RJ)
(1999)
R$ 19,82



O ELOGIO DA DOMINAÇÃO (RELENDO CASA GRANDE & SENZALA) - 1984
MARIA ALICE DE AGUIAR MEDEIROS
ACHIAMÉ
(1984)
R$ 10,00



O NASCIMENTO DA HUMANIDADE FUTURA 7144
TRIGUEIRINHO
PENSAMENTO
(1998)
R$ 10,00



A CRÔNICA ESCANDALOSA DO AMOR
PIERRE DE BOURDEILLE
LIVROBRÁS
(1970)
R$ 14,98



IT GIRL GAROTA INESQUECIVEL - VOLUME 4
CECILY VON ZIEGESAR
GALERA RECORD
(2009)
R$ 10,00





busca | avançada
37883 visitas/dia
1,3 milhão/mês