Um Oscar para Stallone | Luís Fernando Amâncio | Digestivo Cultural

busca | avançada
24586 visitas/dia
890 mil/mês
Mais Recentes
>>> Palavraria Conversa e Versa
>>> Supercombo no Templo Music: Tour “Adeus, Aurora'
>>> Barracão Cultural estreia montagem de rua a partir de livro de Eva Furnari
>>> Marina Peralta lança novo EP, 'Leve'
>>> Dan Stulbach faz ensaio aberto de Morte Acidental de um Anarquista para alunos da Escola Wolf Maya
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
>>> Carta ao(à) escritor(a) em sua primeira edição
>>> Paris branca de neve
>>> A cidade e o que se espera dela
>>> De pé no chão (1978): sambando com Beth Carvalho
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Como medir a pretensão de um livro
>>> Nenhum Mistério, poemas de Paulo Henriques Britto
>>> Nos braços de Tião e de Helena
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 3
>>> Juntos e Shallow Now
>>> Dicionário de Imprecisões
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
Últimos Posts
>>> Efervescências
>>> Justoresoluto
>>> Em segundo plano
>>> A ver navios
>>> As esquinas dos amores
>>> Pelagem de flor I: VERMELHO
>>> Idade Mídia
>>> Quando a alma é visível
>>> A MECÂNICA CELESTE
>>> Diagnóstico falho
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O discreto charme dos sebos
>>> O assassinato de Herzog na arte
>>> Animismo
>>> Para tudo existe uma palavra
>>> Lendo Virgílio, ou: tentando ler os clássicos
>>> Entrevista com André Fonseca
>>> Google: utopia ou distopia?
>>> Como medir a pretensão de um livro
>>> A Casa do Saber no Rio de Janeiro
>>> Marcel Proust e o tempo reencontrado
Mais Recentes
>>> Sherlock Holmes - The complete facsimile edition de Arthur Conan Doyle pela Wordsworth Classics (1989)
>>> Pride and Prejudice and Zombies - The Graphic Novel de Jane Austen, Seth Grahame-Smith pela Quirk Classics (2010)
>>> Eating Animals de Jonathan Safran Foer pela Hamish Hamilton (2009)
>>> O desejo da escrita em Italo Calvino: para uma teoria da leitura de Rita de Cássia Maia e Silva Costa pela Companhia de Freud (2003)
>>> Lacrimae rerum: ensaios sobre cinema moderno de Slavoj Zizek pela Boitempo (2009)
>>> Ideografia dinâmica: para uma imaginação artifical? de Pierre Lévy pela Instituto Piaget (1997)
>>> Harry Potter and the Half-Blood Prince de J. K. Rowling pela Bloomsbury (2005)
>>> Orlando de Virginia Woolf pela Wordsworth Classics (2003)
>>> History of the Peloponnesian War de Thucydides pela Penguin Classics
>>> Manual do Roteiro de Syd Field pela Objetiva (2001)
>>> O mundo assombrado pelos demônios de Carl Sagan pela Companhia de Bolso (2016)
>>> Romeo and Juliet - Original + Inglês contemporâneo de William Shakespeare pela Lorenz Educational Publishers (2003)
>>> A hora da estrela de Clarice Lispector pela Rocco (1999)
>>> Guia Prático da Tradução Francesa de Paulo Rónai pela Nova Fronteira (1983)
>>> Reparação de Ian McEwan pela Companhia das Letras (2002)
>>> The Child in Time de Ian McEwan pela Vintage (1992)
>>> O Senhor dos Anéis - As Duas Torres de J. R. R. Tolkien pela Martins Fontes (2000)
>>> O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel de J. R. R. Tolkien pela Martins Fontes (1999)
>>> 1984 - em inglês de George Orwell pela Penguin/Signet Classic
>>> Diary de Chuck Palahniuk pela Random House (2003)
>>> Pigmy de Chuck Palahniuk pela Anchor Books (2009)
>>> Tell-All de Chuck Palahniuk pela Anchor Books (2010)
>>> Damned de Chuck Palahniuk pela Anchor Books (2011)
>>> L'arrache coeur de Boris Vian pela Livre de Poche (1976)
>>> Musashi - Vol. 1 de Eiji Yoshikawa pela Estação Liberdade (1999)
>>> Tim Burton de Antoine de Baecque pela Cahiers du Cinéma (2011)
>>> O Jardim das Ilusões de Susan Trott pela Círculo do Livro (1992)
>>> Hermenêutica e Unidade Axiológica da Constituição de Glauco Barreira Magalhães Filho pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2004)
>>> Elizabeth Levanta Vôo de Elizabeth Taylor pela Círculo do Livro (1988)
>>> O Verão de Katya de Trevanian pela Círculo do Livro (1983)
>>> Dias na Birmânia/ Capa Dura de George Orwell pela Círculo do Livro (1988)
>>> Os Monstros da Alma de Athur Thompson pela Bruguera (1965)
>>> Changing Their Skies: Stories From Africa - Oxford Bookworms Stage 2 de Steve Chimombo (...) Retold By Jennifer Bassett pela Oxford University Press (2008)
>>> Changing Their Skies: Stories From Africa - Oxford Bookworms Stage 2 de Steve Chimombo (...) Retold By Jennifer Bassett pela Oxford University Press (2008)
>>> Changing Their Skies: Stories From Africa - Oxford Bookworms Stage 2 de Steve Chimombo (...) Retold By Jennifer Bassett pela Oxford University Press (2008)
>>> Changing Their Skies: Stories From Africa - Oxford Bookworms Stage 2 de Steve Chimombo (...) Retold By Jennifer Bassett pela Oxford University Press (2008)
>>> Direito Constitucional da Educação de José Luiz Borges Horta pela Decálogo/ Belo Horizonte (2007)
>>> Direito Constitucional da Educação de José Luiz Borges Horta pela Decálogo/ Belo Horizonte (2007)
>>> Direito Constitucional - Tomo I/ Capa Dura de José Luís Quadros de Magalhães pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> Diários do Vampiro - Reunião Sombria de L. J. Smith pela Galera Record (2011)
>>> Acima de Qualquer Suspeita de Scott Turow pela Record (1987)
>>> Poder Constituinte e Patriotismo Constitucional de Marcelo Cattoni pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2006)
>>> Acima de Qualquer Suspeita de Scott Turow pela Altaya/Record (1996)
>>> Enterrem-me de Botas (Tóxicos o sub-mundo dos tóxicos visto e vivido por uma adolescente) de Sally Trench pela Paulinas (1979)
>>> O Supremo Tribunal Federal e as Constituições Brasileiras de Luís Carlos Martins Alves Jr. pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2004)
>>> As Aventuras de Tom Sawyer (Grandes Sucessos) de Mark Twain pela Abril Cultural (1980)
>>> O Assassino Dentro de Mim de Jim Thompson pela Paulicéia (1991)
>>> A Era da Incerteza de John Kenneth pela Universidade de Brasil (1980)
>>> A Ideologia do Trabalho de Paulo Sérgio do Carmo pela Moderna (1993)
>>> A cabana do Pai Tomás de E. B. Stowe (Tradução Mario Gardelin) pela Paulinas (1966)
COLUNAS

Terça-feira, 1/3/2016
Um Oscar para Stallone
Luís Fernando Amâncio

+ de 1900 Acessos

Em 1992, eu tinha uma missão e Sylvester Gardenzio Stallone estava comigo. Eu contava cinco anos de existência e, basicamente, os consumira exclusivamente para brincar e ver TV. Era feliz assim. Até que a farra acabou e, naquele ano, meu desafio foi sobreviver à escola. A partir de então, eu teria que lidar com um ambiente hostil, manejando instrumentos de alta complexidade, como lápis de cor, tesoura sem ponta, cola... Não era o Vietnã, mas também era complicado.

Para o recreio, porém, eu tinha uma parceira: minha lancheira do Rambo que ostentava com orgulho. Afinal, além do herói estampado, ela me confortava com bolo e achocolatado. Um garoto não precisa de muito mais do que aquilo.

Passaram-se um bocado de anos e agora, em 2016, Sly Stallone está vivendo um momento especial em sua carreira. No próximo domingo, dia 28 de março, ele cruzará o tapete vermelho do Oscar para concorrer ao prêmio de melhor ator coadjuvante por Creed, sequência da série Rocky*. A atuação já lhe rendeu o Globo de Ouro neste ano na mesma categoria.

Aparentemente, a indicação pode não parecer algo tão glorioso. Inclusive porque Sylvester Stallone já ganhou a estatueta de melhor filme, em 1977, por Rocky, filme que o catapultou para o estrelato. Mas concorrer numa categoria de melhor atuação é um feito para um ator reconhecidamente limitado nos dotes cênicos – vencedor, aliás, de seis prêmios Framboesa de Ouro de “pior atuação”, sendo um como “pior ator da década de 1980”.

Porém, por mais que os deuses da atuação possam torcer o nariz, não tenho dúvidas de que haverá uma grande torcida pela vitória do Sly. Para minha geração, Stallone é quase um tio querido, alguém que nos acompanhou em nosso crescimento. Quando o aluguel de fitas de vídeo se popularizava no país, alugávamos as séries Rambo, Rocky ou víamos o personagem Cobra afugentar um criminoso dizendo “você é a doença e eu sou a cura”. Isso sem falar em Falcão, campeão dos campeões na queda de braço e na Sessão da Tarde.

Eram tempos diferentes. John Rambo, o ex-combatente que é uma máquina de matar, estrelou uma série de animação, que no Brasil foi exibida no Xou da Xuxa. A Rainha dos Baixinhos até cantou uma música para o personagem em seu segundo disco. Meus pais, que sempre foram muito zelosos com minha educação, não viram mal em me dar a metralhadora do Rambo, um dos meus brinquedos prediletos. Eles também não censuravam que eu visse, em plena tarde, o herói lançar flechas explosivas na Ásia e destruir praticamente um exército inteiro. Hoje, há mais cuidados nesse sentido, evitando exposição de crianças a produtos culturais violentos. Concordo. Mas, bem ou mal, sobrevivi àquela infância.

Creed não é um filme ruim. Ele cumpre aquilo que o público espera dele – ação, superação e triunfo. Soa, a bem da verdade, como um repeteco de Rocky, uma variação do mesmo tema. Mas duvido que alguém tenha ido ao cinema esperando algo diferente da produção.

Porém, para quem cresceu vendo Stallone no centro da ação, é diferente encontrá-lo quase septuagenário, como coadjuvante. Diferente da trilogia Os Mercenários, em Creed Sly vive um personagem que enfrenta a velhice, não a nega. Talvez por isso o destaque em sua atuação e a nomeação ao Oscar.

Para nós, espectadores oriundos dos anos 1980, fica a reflexão: o tempo passar até para os heróis que resolviam tudo do alto de seus músculos. Mas, convenhamos, a reflexão não é inédita. Pelo contrário, ela é a nossa realidade diária. Também não estamos rejuvenescendo. Bons os tempos em que uma lancheira do Rambo, com achocolatado e bolo, era o suficiente para nos encorajar nos desafios.

* Atualizado em 29/02/2016 - Não foi dessa vez que o Stallone teve uma atuação consagrada pela Academia. O vencedor na categoria "Melhor Ator Coadjuvante" do Óscar 2016 foi Mark Rylance (Ponte dos espiões). Ainda assim, a indicação já foi um feito, bem como a vitória no Globo de Ouro.


Luís Fernando Amâncio
Belo Horizonte, 1/3/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Natal de Charles Dickens de Celso A. Uequed Pitol
02. Sobre mais duas novelas de Lúcio Cardoso de Cassionei Niches Petry
03. A pérola do cinema sul-americano de Guilherme Carvalhal
04. Caindo as fichas do machismo de Marta Barcellos
05. Sarkozy e o privilégio de ser francês de Celso A. Uequed Pitol


Mais Luís Fernando Amâncio
Mais Acessadas de Luís Fernando Amâncio em 2016
01. Tricordiano, o futebol é cardíaco - 26/4/2016
02. Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão - 30/8/2016
03. Nos tempos de Street Fighter II - 31/5/2016
04. Radiohead e sua piscina em forma de lua - 28/6/2016
05. A futebolização da política - 29/3/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PLATÃO E O ORFISMO - DIÁLOGOS ENTRE RELIGIÃO E FILOSOFIA
ALBERTO BERNABÉ
ANNABLUME
(2011)
R$ 279,00



ADUBE SUA CARREIRA
GREG WRIGHT; ALAN A. VENGEL
GENTE
(2004)
R$ 15,00



HISTÓRIA DAS CIDADES BRASILEIRAS
ANTONIA TERRA
MELHORAMENTOS
(2012)
R$ 68,00



MALU E O PÔNEI DOS SONHOS - SUA MELHOR AMIGA NO MUNDO
ROS ASQUITH
FUNDAMENTO
(2010)
R$ 18,00



QUEM TEM MEDO DE VAMPIRO?
DALTON TREVISAN
ÁTICA
(2013)
R$ 9,78



MEDICINA PSICO-ESPIRITUAL (6517)
ANGELA MARIA LA SALA BATÀ
PENSAMENTO
(1980)
R$ 14,00



ARQUIVO DE CONDOMÍNIO: ESTUDOS NOS ACERVOS DOCUMENTAIS
TATIANE HELENA BORGES DE SALLES
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



RADIOCHEMISTRY
AN. N. NESMEYANOV
MIR PUBLISHERS
(1974)
R$ 186,00
+ frete grátis



POR QUE VOCÊ NÃO SE CASOU... AINDA
TRACY MCMILLAN
L&PM
(2012)
R$ 10,00



PROJETO DO TRABALHO HUMANO (430)
INGEBORG SELL
UFSC
(2002)
R$ 25,00





busca | avançada
24586 visitas/dia
890 mil/mês