O que te move? | Fabio Gomes | Digestivo Cultural

busca | avançada
61604 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
>>> Para não dizer que eu não disse
>>> Espírito criança
>>> Poeta é aquele que cala
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Precioso Livro da Miriam
>>> Perfil (& Entrevista)
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Aconselhamentos aos casais ― módulo I
>>> Violões do Brasil
>>> Heróis improváveis telefonam...
>>> A esquerda nunca foi popular no Brasil
>>> Na minha opinião...
>>> Amores & Arte de Amar, de Ovídio
>>> VOCÊS
Mais Recentes
>>> Palavras de Sempre de Helen Exley pela Eko
>>> Emprego de a a Z de Max Gehringer pela Globo (2008)
>>> A Agressão Humana de Anthony Storr pela Zahar (1976)
>>> Um Homem Chamado Luís de Roberto Brunelli pela Loyola
>>> Gerenciamento de Pessoas Em Projetos de Varios Autores pela Fgv (2010)
>>> Walking Dead, the - Rise of the Governor de Robert Kirkman pela St Martins Press (2011)
>>> Turma da Mônica Jovem - Número 22 de Mauricio de Sousa pela Panini / Planet Manga (2010)
>>> Blender 2. 6 Conception, Rendu et Animation de Décors et Scènes... de Matthieu Dupont de Dinechin pela Eyrolles (2012)
>>> Biologia para um Planeta Sustentável - Caderno de Revisão de Armênio Uzunian pela Harbra (2016)
>>> Periodontia - 3ª Edição Revista e Ampliada de Herbert F. Wolf; Edith M.; Klaus H. Rateitschak pela Artmed (2006)
>>> Cruzando Continentes de Richard Amante pela Pasavento (2017)
>>> Olhos de Espanto de Nina Schilkowsky pela Jaguatirica (2015)
>>> Marketing de Varejo de Eliane de Castro; Mauro Pacanowski e Outros pela Fgv Ed. (2008)
>>> Aforismos para a Sabedoria de Vida de Arthur Schopenhauer pela L&pm Pocket (2021)
>>> Madame Bovary de Gustave Flaubert pela Publifoha
>>> Musashi: o Livro dos Cinco Anéis (em Portuguese do Brasil) de Miyamoto Musashi pela Novo Seculo (2017)
>>> Lern-und Arbeitsbuch Entwicklungs-politik de Franz Nuscheler pela J. h. w dietz (1991)
>>> Blender 2. 5 Lighting and Rendering de Aaron W. Powell pela Packt (2010)
>>> A Vida Não Tem Preço de Eduardo Marafanti pela Libratrês (2006)
>>> Mediunidade Seus Aspectos Desenvolvimento e Utilização de Edgard Armond pela Aliança (1999)
>>> A Caçada de Steve Barlow; Steve Skidmore pela Rocco (2007)
>>> O Pequeno Príncipe (edição de Bolso) de Antoine de Saint-exupéry pela Caminho Suave / Edipro (2018)
>>> Bandeira do Divino de Edson Ubaldo pela Ed. do Escritor (1977)
>>> Previdência Complementar de Adacir Reis e Outros pela Rt (2017)
>>> Marcuse Em Quadrinhos de Nick Thorkelson; Angela Davis - Prefácio pela Veneta (2020)
COLUNAS

Segunda-feira, 29/5/2017
O que te move?
Fabio Gomes

+ de 3800 Acessos

Concluí meu artigo anterior -  intitulado Inquietações de Ana Lira - dizendo que a fala da fotógrafa pernambucana no Café Fotográfico da FotoAtiva (Belém, 20.2.17) me ensejara outra reflexão além das já mencionadas no texto. É chegado, pois, o  momento de compartilhá-la com vocês. 

Em dado momento do Café, Ana disse que procura fazer seu trabalho sempre com um propósito, que evita sair com a câmera para fotografar a esmo por aí. E ouvir isso me levou a questionar meu próprio trabalho/atitude, porque... eu costumo sair com a câmera e fotografar a esmo por aí! Evidentemente que Ana estava falando da sua própria atitude e não da minha, mas parar pra pensar nunca fez mal a ninguém, né? Aliás, muito antes pelo contrário! 



Mercado Ver-o-Peso, em Belém - 2.4.17


Pensei, pensei e acabei concluindo que, ao sair com a câmera para fotografar a esmo por aí, estou primeiramente me permitindo olhar/captar o que me cerca, e que a própria escolha dos motivos que merecerão meu clique e, posteriormente, meu endosso público (pois é isto que concedemos a tudo o que divulgamos) já constituem, por si só, um propósito. Senão, vejamos as principais linhas do meu trabalho, traduzidas aqui em meu blog Fabio Gomes - Foto & Cinema nas tags Belezas Culturais, Coisas do Mundo Belezas Naturais. Comecemos por esta última: a maior parte das cidades brasileiras é razoavelmente arborizada, ao menos nas áreas centrais, mas quantas vezes você deteve seu andar apressado pelas ruas da cidade para ver uma chimbuva? Ou uma mangueira

Enquanto as Coisas do Mundo, ao destacarem aspectos curiosos, em especial do espaço urbano, podem ser consideradas uma continuidade do meu trabalho como cartunista (que foi desde que consegui segurar um lápis - risos - até, aproximadamente, 2002), as Belezas Culturais são, de certo modo, uma sequência de todo o trabalho que desenvolvi ao longo de mais de 25 anos de Jornalismo Cultural (iniciado em 1991). Sempre evitei ser mais um a falar dos mesmos temas que todos estavam abordando e, principalmente, evitei ir pelo caminho fácil da chamada "crítica destrutiva". Lembro de um colega de Porto Alegre que, nos primeiros tempos do site Brasileirinho (2002-16), me cobrou (o termo é este!) que eu fizesse um artigo contra a cantora Kelly Key, que emplacara em sequência os megahits "Baba" (2001) e "Cachorrinho" (2002), entre outros. Respondi pra ele que os temas do meu site eram samba e choro, então não só falar da artista fugiria ao tema do site, como se fosse pra falar mal o site passaria de ignorado a odiado pelos fãs dela. O colega encerrou o papo dizendo que eu não iria longe com esse "modelo de jornalismo bonzinho"....

Resumidamente, os principais temas de meu trabalho como jornalista cultural foram: o samba e o choro no já citado site Brasileirinho; a movimentação das artes em geral no Brasil, com ênfase em música, cinema e teatro no Jornalismo Cultural (no ar desde 2005, primeiramente como site, e posteriormente blog a partir de 2011); e a música da Amazônia no blog Som do Norte, criado em 2009, e que deu origem ao projeto As Tias do Marabaixo, com o qual desde 2014 destaco a memória da principal manifestação cultural do Amapá. Que traço é comum a todas essas iniciativas? O meu intuito de destacar artistas, produtos e movimentos culturais que entendo como positivos e merecedores de uma atenção maior - intuito estendido, no campo da fotografia, a aspectos da natureza e do espaço urbano. Incluindo-se nesse conjunto a beleza fora dos padrões (padrões estes que questionei neste artigo) das Modelos da Semana e das estrelas dos Ensaios do dia 23. E, não por acaso, estes mesmos elementos são pontos fundamentais nos meus filmes, ao lado de questões raciais e de gênero. 


Há um blog de Belém cujo nome contém uma metáfora que considero genial: é o Holofote Virtual, da jornalista Luciana Medeiros. Além de ser uma leitura altamente recomendada, o nome do blog traduz o que a Luciana faz e eu sempre procurei fazer: buscar colocar em evidência o que nos parece ser dela merecedor, como se apontássemos em sua direção um holofote (virtual por ser na internet). 

Esta vontade, pois, de colocar em evidência o que merece é que me move. É o meu propósito, para utilizar o termo usado pela Ana Lira. Eventualmente alguns dos meus trabalhos ou espaços na internet atingem uma grande repercussão, mas não é a busca da audiência que me move. Se assim fosse, haveria caminhos (aparentemente) fáceis a seguir. Por exemplo: ter aceito o recente convite que um site alemão me fez para eu me tornar um influencer no Instagram, adquirindo (sic!) algum dos planos que eles oferecem pra este fim (sic!!), com valores mensais a partir de 15 euros (sic!!!). Ou então, aderir a algum pacote oferecido no próprio Instagram para "bombar" meu número de seguidores - alguns desses pacotes, inclusive, oferecidos por perfis que ninguém segue...


Fabio Gomes
Macapá, 29/5/2017


Quem leu este, também leu esse(s):
01. De olho em você de Marilia Mota Silva
02. Renato Russo: arte e vida de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Fabio Gomes
Mais Acessadas de Fabio Gomes em 2017
01. O jornalismo cultural na era das mídias sociais - 11/9/2017
02. Noel Rosa - 2/10/2017
03. Longa vida à fotografia - 20/2/2017
04. Em defesa da arte urbana nos muros - 6/2/2017
05. O que te move? - 29/5/2017


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Tres Noites de Paixão
Luna Caliente
Geração
(2012)



Meu Livro de Histórias Bíblicas
Não Encontrado
Não Encontrado



Os Maiores Clássicos do Homem de Ferro - Volume 1
Marvel
Panini Comics
(1979)



Sempre Viva
Antonio Callado
Circulo do Livro
(1988)



Manual de Administração de Pessoal Relações Industriais
Flávio de Toledo
Atlas
(1960)



Poemas de Amor
Walmir Ayala
Ediouro
(1991)



Plantas de Interior - para Todas as Estações
Patrick Mioulane
Europa América
(1989)



Estado e Capital Ferroviário Em São Paulo
Guilherme Grandi
Alameda
(2013)



Técnico e Analista. Teoria Unificada - Coleção Concursos
Marcelo Tadeu Cometti
Saraiva
(2014)



O Apanhador no Campo de Centeio
J. D. Salinger
Do Autor





busca | avançada
61604 visitas/dia
1,8 milhão/mês