Stephen Walt e o imperialismo dos 'liberals' | Celso A. Uequed Pitol | Digestivo Cultural

busca | avançada
51300 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 24/9/2013
Stephen Walt e o imperialismo dos 'liberals'
Celso A. Uequed Pitol

+ de 2000 Acessos

Neste excelente artigo publicado em seu blog na "Foreign Policy", o cientista político e internacionalista americano Stephen Walt usa a expressão "liberal imperialist". Como é sabido, a expressão "liberal" tem nos EUA uso bem distinto do corrente no resto do mundo, inclusive no Brasil, e nem sempre tem correspondência exata no espectro político de grande parte dos países. Cumpre, então, defini-la. E para defini-la, nada melhor do que dar voz a dois autênticos liberals: John Kennedy e Paul Krugman.

Para Kennedy, um liberal é "alguém que olha para frente e não para trás, alguém que dá boas-vindas a novas ideias sem reações rígidas, alguém que preocupa-se com o bem-estar do povo - com a saúde, a habitação, as escolas, empregos, direitos e liberdades civis". E completa: "Se isso é o que entendem por 'liberal', eu tenho orgulho de dizer que sou um 'liberal'". Já Krugman prefere falar em primeira pessoa e usar a si mesmo como exemplo: "Eu acredito numa sociedade relativamente igualitária, amparada por instituições que limitam extremos de riqueza e pobreza. Eu acredito em democracia, liberdades civis e igualdade perante a lei. Isto me faz um 'liberal', e tenho orgulho disso". Como se vê, dois 'liberals' não apenas autênticos, mas com orgulho disso

Destas duas definições sublinhamos alguns pontos essenciais: progressismo, busca pela igualdade material através da intervenção do Estado, liberdades civis conjugadas com (e condicionadas à) garantia dos direitos sociais - em suma, aquilo que um brasileiro, assim como qualquer latino-americano ou europeu, facilmente identificará como propostas de esquerda. Desnecessário dizer que não se trata da esquerda revolucionária ou dos seus congêneres, mas sim da esquerda que chega ao poder dentro do paradigma democrático vigente e apresenta propostas de políticas públicas dentro deste paradigma. É o próprio Krugman quem esclarece: um liberal é mais ou menos o que os europeus chamam de social-democrata. Ou seja, um esquerdista.

Explicada a tradução da expressão, a surpresa é inevitável . Como assim, um imperialista de esquerda? Essas não são coisas da direita? Como podem estes autoproclamados bem intencionados senhores, preocupados com a saúde, a educação, os empregos, a liberdade e o bem estar da população - com os "direitos humanos", enfim - defender guerras que merecem, sem exagero algum, o título de genocidas? Como podem os liberals acabarem por cerrar fileiras ao lado de seus (em princípio) adversários, os neoconservatives? É o que Walt explica neste artigo, onde aponta dez características (que vão resumidas abaixo) de um imperialista de esquerda, definindo-o de uma forma que, acredito eu, entrará para os melhores e mais atentos commonplace books : Liberal imperialists are like kinder, gentler neoconservatives .

Vale a pena meditar um pouco sobre elas, em especial neste momento em que os liberals (e neoconservatives ) de todo o mundo estão apoiando uma intervenção no conflito na Síria:


1) Você frequentemente se pega defendendo que os Estados Unidos enviem tropas, drones, armas, forças especiais ou patrulhas de combate aéreo a algum país que você nunca visitou, cuja língua você não fala e ao qual você nunca prestou muita atenção até que coisas ruins começaram a acontecer ali.

2) Você tende a dizer que os Estados Unidos estão moralmente obrigados a "fazer algo" em vez de apenas manter-se longe de perigosas disputas.

3) Você pensa globalmente e fala globalmente. Você é rápido ao condenar violações de direitos humanos por outros governos, mas fecha os olhos para as violações americanas (como tortura, assassinatos seletivos, Guantánamo, etc) e a de aliados dos EUA.

4) Você é um entusiasta do direito internacional, exceto quanto ele é um obstáculo a "Fazer a coisa certa". Aí, você enfatiza suas limitações e explica porque os EUA não precisam segui-lo neste ou naquele caso.

5) Você pertence ao coro respeitável daqueles que saúdam o trabalho dos militares americanos, mas provavelmente desencorajaria seus filhos a tomarem uma carreira militar.

6) Mesmo que você não saiba muito sobre história militar, logística ou operações militares modernas, você está convencido que poder militar é capaz de obter resultados políticos com um custo relativamente baixo.

7) Você tem - a seu favor - simpatias por qualquer um que se opõe a um tirano. Infelizmente, você não costuma perguntar se rebeldes, exilados ou outras forças antiregime estão tentando obter a sua opinião favorável contando a você o que eles acreditam que você queira ouvir (duas palavras: Ahmed Chalabi)

8) Você está convencido que o desejo por liberdade está inscrito no DNA humano e que a democracia liberal ocidental é a única legítima forma de governo. Assim, você acredita que a democracia por triunfar em qualquer lugar - até mesmo em sociedades profundamente divididas que nunca foram democráticas - se alguém de fora ajudar.

9) Você respeita os argumentos daqueles que são céticos quanto a intervenções, mas você secretamente acredita que eles não se importam em salvar vidas humanas.

10) Você acredita que, se os EUA não tentarem parar um desastre humanitário, sua credibilidade como aliado será destruída e sua autoridade moral como defensor de direitos humanos será prejudicada, mesmo se não houver interesses estratégicos em causa.



Celso A. Uequed Pitol
Canoas, 24/9/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Apresentação: Ficção e Sociedade de Heloisa Pait
02. Apresentação - Luís Fernando Amâncio de Luís Fernando Amâncio
03. Guilherme Carvalhal de Guilherme Carvalhal
04. Predadores humanos de Gian Danton
05. O caso Luis Suárez de Humberto Pereira da Silva


Mais Celso A. Uequed Pitol
Mais Acessadas de Celso A. Uequed Pitol em 2013
01. De Siegfried a São Jorge - 4/6/2013
02. O tempo de Arturo Pérez-Reverte - 5/11/2013
03. Os burocratas e a literatura - 5/2/2013
04. A Vigésima-Quinta Hora, de Virgil Gheorgiu - 5/3/2013
05. O Direito mediocrizado - 26/3/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CATTURANDI - DE PROVENZANO AOS LO PICCOLO
IMD
BERTRAND BRASIL
(2012)
R$ 7,90



CÓDIGO DE PROCESSO PENAL E LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR
RENÉ ARIEL
FORENCE
(1986)
R$ 6,90



LA FONTAINE E O COMPORTAMENTO HUMANO
FRANCISCO DO ESPÍRITO SANTOS NETO
BOANOVA
(2007)
R$ 60,07



A CARÍCIA ESSENCIAL
ROBERTO SHINYASHIKI
GENTE
(1994)
R$ 5,00



NEGOCIOS DE FAMILIA
DOMINGOS PELLEGRINI
ATICA
(1994)
R$ 5,00



A VOLTA PARA MARILDA
OSWALDO FRANÇA JÚNIOR
NOVA FRONTEIRA
(1996)
R$ 6,90



OS TEMPOS QUE CORREM
MIGUEL VALE DE ALMEIDA
CELTA
(1996)
R$ 41,31



NEGÓCIOS EM BOLSAS DE VALORES
VALDIR LAMEIRA
ALAÚDE
(2005)
R$ 29,00



JAZZ: A AUTÊNTICA MÚSICA AMERICANA
JAMES L. COLLIER
JORGE ZAHAR
(2018)
R$ 20,00



O OPORTUNISTA
PIERS PAUL READ
CIRCULO DO LIVRO
R$ 5,00





busca | avançada
51300 visitas/dia
1,8 milhão/mês