O massacre da primavera | Renato Alessandro dos Santos | Digestivo Cultural

busca | avançada
28767 visitas/dia
851 mil/mês
Mais Recentes
>>> Livro narra a trajetória do empresário que transformou a história urbana de São Paulo
>>> TV Brasil destaca polêmica das fake news no Mídia em Foco desta segunda (22/10)
>>> Ruy Castro e Frei Betto em novembro, no IEL
>>> Operação Condor, Direitos Indígenas, Cine Nuevo e Economia serão temas do 36º EPAL/PROLAM
>>> Sidney Rocha lança seu novo livro, A Lenda da Seca
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Voto de Meu Pai
>>> A barata na cozinha
>>> Inferno em digestão
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> O artífice do sertão
>>> De volta à antiga roda rosa
>>> O papel aceita tudo
>>> O tigre de papel que ruge
>>> Alice in Chains, Rainier Fog (2018)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> A moral da dúvida em Oakeshott e Ortega Y Gasset
>>> Por um triz
>>> Sete chaves a sete cores
>>> Feira livre
>>> Que galho vai dar
>>> Relâmpagofágico
>>> Caminhada
>>> Chama
>>> Ossos perduram
>>> Pensamentos à política
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Apresentação
>>> Apresentação
>>> Um defeito de cor, um acerto de contas
>>> Cuidado: Texto de Humor
>>> O Oratório de Natal, de J. S. Bach
>>> My fair opinion
>>> Hitler e outros autores
>>> A alma boa de Setsuan e a bondade
>>> Cigarro, apenas um substituto da masturbação?
Mais Recentes
>>> On Love: A novel de Alain de Botton pela Grove Press (1994)
>>> Tarô dos Vampiros O Oráculo da Noite Eterna de David Corsi pela Madras (2010)
>>> Aptidao fisica-um convite a saude de Valdir j. barbanti pela Manole dois (2018)
>>> Science for all children de National academic press pela National academic press (2018)
>>> Restauraçao da mata atlantica em areas de sua primitiva ocorencia natural de Antonio paulo mendes galvao e antonio carlos de souza galvao pela Mapa (2018)
>>> O caminho para o amor de Deepak chopra pela Rocco (2018)
>>> O livro do juizo final de Roselis von sass pela Ordem do graal na terra. (2018)
>>> Meu anjo de Fausto de olveira pela Seame (2018)
>>> Perversas Famílias (um castelo no pampa 1) de Luiz Antonio de Assis Brasil pela L&PM (2010)
>>> Evoluçao consciente de Sergio motta pela Ediouro (2018)
>>> Carrie, a estranha de Stephen King pela Suma de Letras (2013)
>>> Pesquisa e planejamento de marketing e propaganda de Marcia valeria paixao pela Ibpex (2018)
>>> Pedra do Céu de Isaac Asimov pela Aleph (2016)
>>> A guerra se torna mundial--4. de Folha de sao paulo pela Folha de sao paulo (2018)
>>> A guerra se torna mundial--4. de Folha de sao paulo pela Folha de sao paulo (2018)
>>> Escola de cozinha--entradas de cozinha de Circulo do livro pela Circulo do livro (2018)
>>> Graos & cereais--coma bem,viva melhor de Readers digest pela Readers digest (2018)
>>> Lanchonete da cidade-novos sanduiches como antigamente de Romulo fialdini pela Dba (2018)
>>> Ossos,musculos & articulaçoes de Readers digest pela Readers digest (2018)
>>> Educaçao do filho de deus de Seicho-no-ie pela Seicho-no-ie (2018)
>>> Medicina preventiva de Kurt kloetzel pela Edart (2018)
>>> Medicina preventiva de Kurt kloetzel pela Edart (2018)
>>> The golden book of morocco de Bonechi pela Bonechi (2018)
>>> Galerie des offices-guide officiel toutes les ceuvres de Gloria fossi pela Giunti (2018)
>>> Novo manual-nova cultural-redaçao-gramatica-literatura-interpretaçao de textos-testes e exercicios. de Emilia amaral/secerino antonio/mauro ferreira do patrocinio pela Nova cultural (2018)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Record - Altaya (2002)
>>> Criação e Dialética: o Pensamento de Cornelius Castoriadis de Fernando César Teixeira França pela Edusp/Fapesp (1996)
>>> Juó Bananére: as Cartas d'Abax'o Pigues de Benedito Antunes pela Unesp (1998)
>>> Os investigadores de Daniel J. Boorstin pela Civilização Brasileira (2003)
>>> O essencial de Stephen King de Stephen J. Spignesi pela Madras (2003)
>>> Fundamentos da Filosofia - História e Grandes Temas de Gilberto Cotrim pela Saraiva (2006)
>>> Bilac, o jornalista 3 volumes de Antonio Dimas pela Edusp/Imprensa Oficial/Unicamp (2006)
>>> Introdução ao pensamento filosófico de Karl Jaspers pela Cultrix (1980)
>>> A Revolução de 30. Da República Velha ao Estado Novo de Manoel Correia de Andrade pela Mercado Aberto (1988)
>>> Manipulação da Linguagem e Linguagem da Manipulação de Claudinei Jair Lopes pela Paulus (2008)
>>> Mobilidade Religiosa: Linguagens, Juventude, Política de Pedro a Ribeiro de Oliveira, Geraldo de Mori Org pela Paulinas (2012)
>>> Em Sonho. uma Boa Conversa Entre o Romeiro Sebastião e Padre Cícero de Annette Dumoulin pela Paulinas (2017)
>>> Em Desnuda Oração de Paulo Gabriel pela Paulinas (2010)
>>> Santa Teresa Verzeri - Vida e Obra de Rosa Cassinari pela Paulinas (2008)
>>> Santa Teresa Verzeri de Rosa Cassinari pela Paulinas (2008)
>>> Educação para a Comunicação nos Institutos de Filosofia e Teologia de Cnbb pela Paulinas/sepac (2001)
>>> Educação para a Comunicação nos Institutos de Filosofia e Teologia de Cnbb pela Paulinas/sepac (2001)
>>> Lucíola de José de Alencar pela Ct (2001)
>>> Casa Velha de Machado de Assis pela Ct (2001)
>>> A Espada e a Pena. Como Atingir o Desenvolvimento Humano pelo Racional de Mauro Monteiro de Andrade pela Nobel (1999)
>>> Goethe e Barrabás de Deonísio da Silva pela Novo Século (2008)
>>> Umberto Eco - o Labirinto do Mundo de Daniel Salvatore Schiffer pela Globo (2000)
>>> Felicidade Em um Mundo Material de Gabriel Lafitte, Alison Ribush pela Fundamento (2009)
>>> Preludina de João Schiller pela Celebris (2002)
>>> Contos Consagrados de Machado de Assis pela Nova Fronteira (2014)
COLUNAS

Terça-feira, 29/5/2018
O massacre da primavera
Renato Alessandro dos Santos

+ de 7000 Acessos

A rinha aconteceu no Théâtre des Champs Élysées, à noite, em Paris. “A estreia resultou no mais famoso escândalo da história da música”, diz Harold C. Schonberg, em A vida dos grandes compositores (2010). “Praticamente ninguém no público estava preparado para tamanha dissonância e ferocidade, tamanha complexidade e estranheza rítmica”. Durante a execução de A sagração da primavera, do camaleão Igor Stravinsky, a orquestra — superdimensionada nas madeiras e nos metais — parecia estar se apresentando a um grupo de irlandeses em um pub. A plateia xingava e gritava, rebelando-se contra a música e a dança, enquanto perdigotos davam piruetas antes de se esborrachar no chão. Era 29 de maio de 1913.

O público — esperando por mais um balé a deslizar no macio azul do mar — não estava preparado para o maremoto e a tempestade de A sagração da primavera e, claro, sentiu-se ofendido com o que viu e ouviu. E o pogo alastrou-se, dividindo os que apoiavam e os que vaiavam tanto a música descomunal como a arte cênica desconjuntada que Vaslav Nijinsky criou. Nunca é demais lembrar que o coreógrafo russo acertou ao dar à Sagração a mesma dose de ousadia que ela recebeu de Stravinsky. “Logo que o fagote terminou sua frase no registro mais alto, na abertura do balé, as risadas estouraram”, diz Schonberg. “Em seguida vieram os assobios e os apupos”.

Já reparou nos títulos que Stravinsky criou para A sagração? “A adoração da Terra”, “Dança das adolescentes”, “Jogo do rapto”, “Círculos místicos das adolescentes”, “Ação ritual dos ancestrais”, “Dança do sacrifício” e por aí vai. De onde vêm esses temas? Enquanto escrevia a música para o balé O pássaro de fogo, Stravinsky teve uma ideia: “eu sonhava com uma cena de um ritual pagão em que uma virgem escolhida para um sacrifício dançava até a morte.” Mas os parisienses não quiseram saber de nada disso.



O barulho era tanto que os bailarinos não conseguiam ouvir a música, corajosamente executada até o fim pelos músicos, atentos à partitura e aos ritmos infernais que tiravam dos instrumentos. Stravinsky escreveu mais tarde que, inconformado com a reação da plateia, levantou-se e foi para os bastidores, onde ficou atrás de Nijinsky, “segurando a cauda de seu fraque”, enquanto em cima de uma cadeira o coreógrafo gritava “os números da contagem da dança para seus bailarinos como se fosse um timoneiro”. As luzes da creche foram acesas e apagadas, sem resultado algum. “A condessa de Pourtalès levantou-se em sua frisa, brandindo seu leque e gritou: 'Esta é a primeira vez em setenta anos que alguém se atreve a fazer pouco de mim'”, conta Schonberg.

Pausa. Vamos iluminar a condessa.

Toma um fósforo. Acende teu cigarro.

É engraçado pensar que, história afora, a condessa de Pourtalès hoje é mais lembrada não pela tradição de seus laços sanguíneos, ou por seu retrato pintado por Renoir, mas por não ter conseguido ficar em silêncio num momento em que seu coração palpitou mais forte. “Que sejam expulsas as putas setentonas!” — gritou Florent Schimitt, sem elegância alguma, do alto das galerias do teatro, comenta Eduardo Rincón em texto sobre A sagração da primavera. Não parece um ipê amarelo, observado por duas pessoas? Florent o acha lindo, mas condessa de Pourtalès lamenta o entulho que as flores deixarão. Passe a salada, por favor.

Não dá para não lembrar que houve a época em que a música de Beethoven pareceu agressiva ao público, com aquela ousadia, aquelas piruetas que parecem exigir uns dedinhos a mais dos músicos. "[Le sacre du printemps] significou para a primeira metade do século XX o que a Nona de Beethoven e Tristan significaram para o século anterior", diz Schonberg em seu livro. Mas a reação do público à coreografia e ao balé de Stravinsky, em termos comparativos, impressiona pela selvageria.

Já pensou estar ali, naquela noite de espírito transgressor por toda parte?

É sempre uma pena não termos um Delorean para nos levar lá, mas é possível assistir a dois DVDs que resgatam o espírito de A Sagração da Primavera: o primeiro é a recriação do que foi a pancadaria em Paris, como mostra o bom filme Coco Chanel e Igor Stravinsky (2009); o segundo é Stravinsky and the ballets russes (BelAir Classiques, 2009), DVD-tributo que recria as montagens de O pássaro de fogo e de A sagração da primavera,da forma mais fiel possível às apresentações de 1910 e de 1913, mas sem a algaravia da arquibancada. A gravação também não foi no Théâtre des Champs Élysées e, sim, no teatro Mariinsky, em São Petersburgo, em 2008, e traz os mesmos figurinos e cenários do espetáculo original. “Havia somente os testemunhos de críticos, público, músicos e outros envolvidos com aquela conturbada noite de 29 de maio de 1913”, escreveu João Marcos Coelho no jornal O Estado de S. Paulo. “Assistir a Sagração hoje tal como subiu ao palco (…) nos ajuda bastante a compreender o espanto e a intolerância da crítica e do público parisiense em 1913”. O grifo é nosso.

Só há uma palavra para descrever o que é Stravinsky and the ballets russes: sublime.

Nota do Autor:

Renato Alessandro dos Santos é editor do site tertuliaonline.com.br, onde este texto, originalmente, foi publicado em 2 de junho de 2013.


Renato Alessandro dos Santos
Batatais, 29/5/2018


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Ligações e contas perigosas de Ana Elisa Ribeiro


Mais Renato Alessandro dos Santos
Mais Acessadas de Renato Alessandro dos Santos em 2018
01. O massacre da primavera - 29/5/2018
02. Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba - 31/7/2018
03. Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia - 20/3/2018
04. A confissão de Lúcio: as noites cariocas de Rangel - 8/5/2018
05. Claudio Willer e a poesia em transe - 13/2/2018


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A GAROTA NA TEIA DE ARANHA
DAVID LAGERCRANTZ
COMPANHIA DAS LETRAS
(2015)
R$ 20,00



THE ACTS OF THE APOSTLES
WILLIAM BARCLAY
THE SAINTANDREW PRESS
(1969)
R$ 29,00



THE ROAD TO CIVIL WAR
BRIAN MICHAEL BENDIS
MARVE
(2007)
R$ 60,00



CAMINHOS DA LEI
JOHN GRISHAM
ROCCO
(2010)
R$ 7,00



HISTÓRIA DA ARTE - GRAÇA PROENÇA
GRAÇA PROENÇA
ÁTICA
(1990)
R$ 25,00



DELPHI - ENGLISH EDITION
BASIL CHR. PETRACOS
ATHENS ESPEROS
(1971)
R$ 15,00



POEMAS ANTOLÓGICOS DE SOLANO TRINDADE - 2ª EDIÇÃO
ZENIR CAMPOS REIS (SELEÇÃO E ADAP.)
NOVA ALEXANDRIA
(2011)
R$ 8,00



TEATRO DO OPRIMIDO E OUTRAS POÉTICAS POLÍTICAS - AUGUSTO BOAL
AUGUSTO BOAL
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1977)
R$ 20,00



SOBRE NATURAL - 1ª EDIÇÃO
ALOYSIO ALFREDO SILVA
CORREIO FRATERNO
(1996)
R$ 7,00



X FORCE
ADAM POLLINA
ABRIL
(1999)
R$ 8,00





busca | avançada
28767 visitas/dia
851 mil/mês