Paris branca de neve | Renato Alessandro dos Santos | Digestivo Cultural

busca | avançada
47547 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> ABERTURA DA EXPOSIÇÃO “O CAMINHO DAS PEDRAS'
>>> Residência Artística FAAP São Paulo realiza Open Studio neste sábado
>>> CONHEÇA OS VENCEDORES DO PRÊMIO IMPACTOS POSITIVOS 2022
>>> Espetáculo 'Figural', direçãod e Antonio Nóbrega | Sesc Bom Retiro
>>> Escritas de SI(DA) - o HIV/Aids na literatura brasileira
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Notas de um ignorante
>>> Alumbramento
>>> Por que o Lula Inflado incomoda tanto
>>> Rumos do cinema político brasileiro
>>> Black Sabbath 1970
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Manual prático do ódio
>>> Rhyme and reason
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Reinaldo Azevedo no Fórum CLP
Mais Recentes
>>> Reaprendendo o Português [Capa Dura] de Carlos Eduardo de Bruin Cavalheiro (org.) pela Edic (2010)
>>> Revista Conexão Geraes: Seguridade Social Ampliada n6 ano 4 de Taysa Silva Santos; Soraya Magalhães Pelegrini; Matheus Thomaz da Silva pela Crssmg (2015)
>>> Revista Conexão Geraes: A Dimensão Técnico-Operativa no Serviço Social n3 ano 2 de Kênia Augusta Figueiredo; Elaine Rossetti Behring; Ana Cristina Brito Arcoverde pela Crssmg (2013)
>>> Revista Conexão Geraes: Expressões socioculturais n5 ano 3 de Carlos Montano; Cézar Henrique Maranhão; Yolanda Demétrio Guerra pela Crssmg (2014)
>>> Revista Conexão Geraes: Relatório de Gestão n8 ano 6 de Luana Braga; Rosilene Tavares; Marisaura pela Crssmg (2017)
>>> Revista Conexão Geraes:30 Horas Lei é Para Cumprir n7 ano 5 de Ivanete Boschetti; Ricardo Antunes; Marisaura dos Santos Cardoso pela Crssmg (2016)
>>> Revista Conexão Geraes: Direito à Cidade n4 ano 3 de Maria Lúcia Martinelli; Duriguetto; Joviano Mayer pela Crssmg (2014)
>>> Saúde Mental no SUS: Os Centros de Atenção Psicossocial de Ministério da Saúde pela Sas (2004)
>>> Ensaios Ad Hominem 1: Tomo 3 - Política de J. Chasin pela Ad Hominem (2000)
>>> Revista Histórica de Contagem 102 Anos de Ciro Carpentieri Filho pela Fundac (2013)
>>> O Brasil Desempregado de Jorge Mattoso pela Perseu Abramo (1996)
>>> Caderno do Plano de Manejo Orgânico de Mapa pela Secretaria de Cooperativismo (2014)
>>> Manual de Arborização Capa Verde de Cemig pela Cemig
>>> Manual de Arborização de Cemig pela Cemig (1996)
>>> Mata Atlântica: Mapa da Área de Aplicação da Lei n 11.428 de Ibge pela Ibge
>>> MG Biota v. 11 n 1 de Biologia Floral; aposematismo pela Ief (2018)
>>> MG Biota v. 10 n. 2 de Anfíbios pela Ief (2017)
>>> MG Biota v. 10 n. 1 de Germinação; Capões de Mata pela Ief (2017)
>>> MG Biota v. 10 n. 3 de Recuperação de Áreas Degradadas pela Ief (2017)
>>> MG Biota v. 6 n. 1 de Cerrado; Vale do Jequitinhonha pela Ief (2017)
>>> Informe Agropecuário 244 de Áreas Degradadas pela Epamig (2008)
>>> Informe Agropecuário 285 de Déficit Hídrico pela Epamig (2015)
>>> Informe Agropecuário 287 de Agricultura Orgânica e Agroecologia pela Epamig (2015)
>>> Contos de Amor e Morte de Arthur Schnitzler; George Bernard Sperber (trad.); Wolfgang Bader (apr.) pela Companhia das Letras (1999)
>>> Um Jovem Americano de Edmund White; Augusto de Oliveira (trad.) pela Siciliano (1995)
COLUNAS

Terça-feira, 4/6/2019
Paris branca de neve
Renato Alessandro dos Santos

+ de 2800 Acessos





Ontem assisti a Medos privados em lugares públicos. Nunca havia visto nenhum filme de Alain Resnais (1922-2014). Acho. Deixa eu ver no Google. É, não mesmo. Nem mesmo Hiroshima, meu amor (que vergonha, Renato!) e muito menos O ano passado em Marienbad (sem comentários). Será que vi Fumar/Não fumar? Deixa eu ver de novo no Google. Não, também não vi, mas lendo sobre esse filme na internet, descubro que vou ter de correr atrás. Por quê? Veja o que diz um blog português que achei na rede, O homem que sabia demasiado: “É um filme aconselhável a fumadores e a não fumadores. Mas tratando-se de um filme de Alain Resnais, é muito mais do que isso: Smoking/No Smoking (1993) é um díptico (filme em duas partes) fascinante sobre uma mesma história, um mesmo cenário, os mesmos personagens, os mesmos intérpretes. Só que tudo muda em virtude de um personagem fumar ou não. Simples? Não. Viciante como o tabaco.”

Alain Resnais, decerto, conhecia muito bem Paris, cidade retratada em Medos privados em lugares públicos. No original, em francês, esse filme chama-se Coeurs, que significa “Corações”. Faz sentido. O nome brasileiro é baseado no título semelhante da peça em que o filme foi inspirado. Nunca vi Paris em outro filme como ela é registrada, aqui, neste Resnais. A neve cai sem parar durante todo a película. Mais do que nunca, as pessoas são solitárias. Todas as personagens do filme, de uma forma ou de outra, são sozinhas consigo mesmas e vivendo um dia após o outro, quando nada melhor há para se fazer. É um filme que prende a atenção do espectador e que, como na melhor literatura, faz a gente pensar. Ainda bem. Impossível decepcionar-se com a história desses personagens, que são retratados em sua insegurança e, mais do que isso, naquela situação desesperadora que a vida reserva àqueles que não têm muito o que esperar dela.



Há o casal insatisfeito: ela, em busca de um apartamento com três quartos, uma vez que o namorado quer um dos quartos transformado em escritório, mesmo sem saber muito bem o porquê de um escritório só para si: ele, sem trabalhar há meses e que, diante da vida morosa, só sabe beber, beber, beber. O atendente do bar, cujo pai precisa de enfermeiras para cuidar de sua saúde enquanto o filho trabalha; o problema é que o patriarca é irascível e, mais do que isso, trata as enfermeiras com bordoadas verbais que vão longe; uma delas, durante o dia, trabalha numa corretora de imóveis e, à noite, religiosa, dispõe-se a cuidar do homem, mesmo que isso signifique levar sua religião ao limite. Tierry é amigo dessa mulher, que lhe deu uma fita VHS para que assistisse a um programa religioso; ele concorda, educado, mas ao sentar-se para assistir ao programa, descobre ao final que há uma gravação anterior que mostra uma mulher libidinosa que se insinua para a câmera. Seria a própria moça religiosa? A irmã de Tierry, noite dessas, o surpreende assistindo obcecado ao filme, e ela não o perdoa: onde já se viu ver um filme pornô?

De qualquer forma, é este o cenário: uma Paris branca, repleta de neve a cair a toda hora, como se chovesse (neve) sem parar, o que poderia indicar alguma mudança em particular na vida desses personagens que se movimentam por lugares públicos, mas sempre levando solidão a toda parte. O título é horrível, não é? Mas o filme não é não: nem de longe o filme é ruim; ao contrário: entretém e faz pensar. O que mais se deve esperar de um filme?

Nas cenas finais, o ritmo aumenta, o que significa ver a neve caindo mais e mais vezes, uma vez que cada cena é marcada por essa neve que cai sem parar. Assim, há uma cena especial; isto é, quando a enfermeira religiosa descobre que seu paciente foi parar no hospital, após a noite em que, para se vingar desse velho enfermo mal educado, vestiu-se de dominatrix. Sem mais spoilers: será que um desalmado coração vai suportar a presença de uma mulher insinuando-se sexualmente ao dono de um corpo velho e rabugento? O filho, um homem de meia-idade que a contratara como enfermeira, conversa com ela sobre religião e infortúnios da vida. Há um suspiro e, na cena seguinte, os dois estão debaixo de muita neve e conversam. Ela quer lhe dar esperança e, confiante nisso, ao se despedir, deixa com ele a mesma fita VHS que deixara com Thierry. É um alento e uma forma de fazê-lo descobrir que há um recomeço e que, sem dúvida, tal recomeço é possível. É o que ela acredita.

Assim, enquanto neva em Paris, cinco ou seis corações solitários estão deixando a vida lhes levar, mesmo que não saibam muito bem para onde. É um filme que merece ser visto, mesmo que seja para ver uma Paris como nunca se viu igual.



Renato Alessandro dos Santos, 47, é autor de Todos os livros do mundo estão esperando quem os leia e de O espaço que sobra, seu primeiro livro de poesia (ambos publicados pela Engenho e arte).


Renato Alessandro dos Santos
Batatais, 4/6/2019


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A política como cinema: Lula lá de Lucas Rodrigues Pires


Mais Renato Alessandro dos Santos
Mais Acessadas de Renato Alessandro dos Santos em 2019
01. A forca de cascavel — Angústia (Fuvest) - 24/9/2019
02. Meu Telefunken - 16/7/2019
03. Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1 - 20/8/2019
04. Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva - 19/2/2019
05. K 466 - 26/3/2019


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Amor na boca do túnel
Edilberto coutinho
tempo brasileiro
(1992)



Metadologia da Pesquisa Juridica
Eduardo C B Bittar
Saraiva
(2002)



Consolidação das Leis do Trabalho Constituição Federal e Legislação
Rideel
Rideel
(2011)



Antologia Poética de Lêdo Ivp - Coleção Prestigio
Walmir Ayala
Ediouro
(1991)



Formaturas Infernais
Meg Cabot
Galera
(2009)



Amar é Servir
Isabel Lins
Construir
(2003)



Administração
Peter F Drucker
Pioneira
(1975)



Terra Espetacular
Seleções do Readers Digest
Readers Digest
(1997)



As Fúrias Invisíveis
Ricardo Ramos
Círculo do Livro



Galileu - Pensamento, Vida e Obra
Vários Autores
Ct
(2011)





busca | avançada
47547 visitas/dia
1,6 milhão/mês