Ao pai do meu amigo | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
86662 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Nó na Garganta narra histórias das rodas de choro brasileiras
>>> TODAS AS CRIANÇAS NA RODA: CONVERSAS SOBRE O BRINCAR
>>> Receitas com carne suína para o Dia dos Pais
>>> Selo Anonimato Records chega ao mercado fonográfico em agosto
>>> Última semana! Peça “O Cão de Kafka” fica em cartaz até 1º de agosto
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Amor platônico
>>> 80 (Melhores) Blogs na Época
>>> Nordeste Oriental
>>> Entrevista com Flávia Rocha
>>> Clint: legado de tolerância
>>> Sultão & Bonifácio, parte I
>>> Nicolau Sevcenko & jornalismo
>>> 25 de Julho #digestivo10anos
>>> Hugo Cabret exuma Georges Méliès
>>> Jornais do futuro?
Mais Recentes
>>> Bíblia Sagrada Nova Versão Transformadora de Equipe Nvt pela Mundo Cristão (2016)
>>> A Mão e a Luva - Coleção Prestígio de Machado de Assis pela Ediouro (1987)
>>> Introdução à Teologia Fundamental de Rino Fisichella pela Loyola (2012)
>>> O Mulato - Coleção Prestígio de Aluísio Azevedo pela Ediouro (1987)
>>> Uma Lágrima de Mulher - Coleção Prestígio de Aluísio Azevedo pela Ediouro (1987)
>>> Filosofia Política e Liberdade de Roland Corbisier pela Paz e Terra (1975)
>>> Civilização e Cultura. Volume 1 de Luis da Câmara Cascudo pela Livraria José Olympio (1973)
>>> Antologia do Folclore Brasileiro - 2 Volumes de Luis da Câmara Cascudo pela Martins (1965)
>>> Alguém Que Anda por Aí de Julio Cortázar pela Nova Fronteira (1981)
>>> Revolução na América Latina de Augusto Boal pela Massao Ohno (1961)
>>> Arte de Amar e Contra íbis de Ovídio pela Cultrix (1962)
>>> História Concisa da Literatura de Alfredo Bosi pela Cultrix (1979)
>>> Por Que Almocei Meu Pai de Roy Harley Lewis pela Companhia das Letras (1993)
>>> A Filosofia de Descartes de Ferdinad Alquié pela Presença / Martins Fontes (1969)
>>> A . Comte - Sociologia de Evaristo de Moraes Filho; Florestan Fernandes pela Ática (1983)
>>> The Pedants Return de Andrea Barham pela Bantam Books (2007)
>>> O Ser e o Tempo da Poesia de Alfredo Bosi pela Companhia das Letras (2004)
>>> Thomas Hobbes de Os Pensadores: Hobbes pela Abril Cultural (1979)
>>> Introdução ao Filosofar de Gerd Bornheim pela Globo Livros (2003)
>>> O Caneco de Prata de João Carlos Marinho pela Global (2000)
>>> Berenice Contra o Maníaco Janeloso de João Carlos Marinho pela Global (1997)
>>> Conceptual Issues in Evolutionary Biology de Elliott Sober pela Mit Press (1993)
>>> A History Their Own Women in Europe - 2 Volumes de Bonnie S. Anderson; Judith P. Zinsser pela Harper & Rowpublishers (1988)
>>> Revelações de Uma Bruxa de Marcia Frazão pela Bertrand Brasil (1994)
>>> Eu, Malika Oufkir: Prisioneira do Rei de Malika Oufkir; Michèle Fitoussi pela Companhia das Letras (2000)
COLUNAS

Segunda-feira, 14/6/2021
Ao pai do meu amigo
Julio Daio Borges

+ de 900 Acessos

O Cris foi meu primeiro melhor amigo.

Nunca gostou da escola e não ia bem. Só que lia como ninguém.

Detestava os livros que a escola indicava, mas, graças a ele, comecei a ler Stephen King, de quem ele já havia lido tudo.

Penso que o importante, na adolescência, não é ler Machado de Assis - mas ler. Simplesmente.

Pois quem não adquire o hábito da leitura na adolescência ou na juventude, dificilmente adquire depois.

Ainda mais no mundo de hoje.

O nosso mundo já era o do videogame, do videocassete e do microcomputador. E a música era o centro da nossa vida. Mas nós líamos.

Além das mil aventuras da adolescência, obviamente, nunca vou esquecer o Cris por isso. Sem a influência dele, eu provavelmente não seria o leitor que acabei me tornando.

Infelizmente, perdi contato com o Cris quando mudei de escola, no colegial. Tinha notïcias dele, por amigos em comum, até a época do cursinho. E, nos anos da faculdade, só nos vimos uma vez.

Depois, brevemente, na rua Augusta - quando eu, recém-formado, era trainee do Itaú e, justamente, fazia um treinamento no Conjunto Nacional (de Visual Basic, se não me engano).

E, se não me falha a memória, a família dele tinha montado uma empresa de serviços gráficos, cuja sede era na Augusta. Eu avistava o Cris quando subia ou descia a pé, do estacionamento para o Conjunto Nacional - e vice-versa.

Trocamos mensagens nas redes sociais. No Orkut, imagino, e no Facebook. Mas aquela coisa rápida, breve, mais para saber como o outro está, sem se aprofundar ou encontrar.

Curiosamente, quem passou a comentar meus textos e a me cumprimentar, nos meus aniversários, foi o Mario, o pai do Cris. E acabamos desenvolvendo uma relação cordial, mesmo que à distância, passados tantos anos... Em 2021, trinta e seis anos.

Hoje soube pelo Giuliano, irmão do Cris, que o Mario se foi. (Ainda não consegui descobrir se foi Covid...)

Fiquei triste. Não é o primeiro pai de amigo que se vai. Quando eu soube que o pai de um grande amigo estava com um câncer terminal, aquilo me tocou fundo. Passei dias pensando nele (no pai do meu amigo).

Recentemente, quando soube que o pai do Bruno se foi - outro grande amigo meu -, a notícia igualmente me tocou. Até porque eu tinha encontrado ele - o pai do Bruno - na praça Vinicius de Moraes, rapidamente, quando ele veio me perguntar: “Ei, você não é o Julio?”

Na época do cursinho, eu concluí, com outro grande amigo, que, quando gostamos muito de alguém, gostamos, quase automaticamente, da família da pessoa (quando chegamos a conhecê-la).

Lembro do Mario, por exemplo, nos levando - eu, o Cris e o Giuliano - na Up&Down (uma “danceteria”, alguém se lembra? Na Pamplona).

Lembro também que o Mario gostava muito de cinema - e alugava tantas fitas de uma só vez... que alugava “por semana” na locadora. (Eu nem sabia que existia essa modalidade.)

O consumo de cultura, da família, me impressionava. (É verdade que meus amigos sempre gostaram muito de música - difícil eu me relacionar com alguém que não gostasse...)

Hoje, fui escutar, de novo, os áudios que o Mario me deixou, a cada mês de janeiro. Foi bom ouvir sua voz grave novamente, senti ele próximo, senti calor humano.

Para a minha surpresa, havia um último áudio, que ele havia me deixado este ano - e que eu não havia escutado (no turbilhão dos cumprimentos simultâneos)...

“Julio” - ele pontuou - “os amigos, a gente não esquece. Feliz aniversário!”

Não esquece mesmo, Mario.


Julio Daio Borges
São Paulo, 14/6/2021


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Soluções geniais para a escola e a educação de Ana Elisa Ribeiro
02. O fim da revista Bravo! de Rafael Rodrigues
03. Do abraço genital ao abraço virtual de Jardel Dias Cavalcanti
04. Foi apenas um sonho de Marcelo Spalding
05. A simplicidade do humano em Pantanal de Taís Kerche


Mais Julio Daio Borges
Mais Acessadas de Julio Daio Borges
01. Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges - 29/1/1974
02. Freud e a mente humana - 21/11/2003
03. A internet e o amor virtual - 5/7/2002
04. É Julio mesmo, sem acento - 1/4/2005
05. Frida Kahlo e Diego Rivera nas telas - 25/4/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Próximo Destino Marte
Marina Vigial
Panda Books
(2005)



Bicentenário de Campinas a Saga Que a Cidade Amou - Autografado
Rubem Costa
Komedi
(2013)



As Ostras Estão Morrendo
Walmir Ayala
Leitura
(2007)



Concepção de Frases Em Ninhos de água
Pedro Cezar
7 Letras
(2002)



A Cultura como Crença
J. Rogério Lopes
Cabral
(1995)



Umbanda Gira! - 1ª Edição
Gisela Darruda
Pallas
(2010)



Terapia do Ser Mulher
Karen Katafiasz
Paulus
(1998)



Osso - na Cabeceira das Avalanches - Autografado
Bruno Cattoni
7 Letras
(2005)



A culpa é das estrelas
John Green
Intrínseca
(2012)



Come and Get Me and Other Ghost Stories
Peter Bullard
Longman
(1983)





busca | avançada
86662 visitas/dia
2,4 milhões/mês