O problema de SP | Rafael Azevedo | Digestivo Cultural

busca | avançada
44557 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Politicamente Incorreto

Quinta-feira, 3/5/2001
O problema de SP
Rafael Azevedo

+ de 1900 Acessos

Tenho assistido atônito essa violência absurda em SP, desde que me conheço por gente; mas não me lembro da situação ter estado tão desesperadora, nem nos terríveis anos 80. O crime é um dos motivos (além do trânsito, da sujeira e da feiúra da cidade e da falta de educação das pessoas) pelo qual que não suporto mais viver nessa cidade, e todo fim-de-semana que posso fujo para o interior. É fácil então, numa situação como esta, cairmos na velha tentação de apontar culpados, delegar responsabilidades. Daí ao maniqueísmo é um passo, tanto o maniqueísmo ingênuo que prega a bondade de todos contra a maldade dos bandidos, quanto o maniqueísmo burro que prega o contrário, uma sociedade viciada e perversa que força os pobres e inocentes descamisados a tornarem-se Robin Hoods de nossos dias. Bobagem. A principal causa deste grande problema em São Paulo, não é a inépcia de nossos governantes, a corrupção desses pulhas que chamamos de vereadores e prefeitos, nem as agruras do injusto e excludente sistema capitalista; mas simplesmente a quantidade indiscriminada de gente que veio (e segue vindo) se instalar aqui, absolutamente despreparada e sem perspectivas de vida, fugindo da miséria em suas terras natais (leia-se Nordeste), e que acabam inchando de tal maneira a cidade, legando um nível de vida abaixo de quaisquer limites toleráveis para seus descendentes. Óbvio que houve a conivência da burguesia mal-acostumada que não dispensa a mão de obra barata - empregadas domésticas, motoristas, mordomos, serventes, e outros sub-empregos. Qual paulistano "quatrocentão" se disporia a trabalhar de lixeiro, ou de pedreiro para construir os prédios onde moramos? Ou limpar o chão das empresas e casas? Alguém trouxe essas pessoas pra cá, em primeiro lugar. E o pior é que a cada dia, a cada hora, mais e mais "retirantes" acabam chegando às rodoviárias desta cidade. Seus filhos e netos não terão empregos, nem educação, e como únicas alternativas lhes restará a mendicância e o crime. É muito fácil por a culpa nos políticos, dizer que "a sociedade é injusta, não lhes deu oportunidades"; mas nenhum governo ou prefeitura do mundo conseguiria lidar de modo satisfatório com uma sociedade que cresce no ritmo vertiginoso de S. Paulo. Cada qual que cuide do seu quinhão. Não é justo uns terem de arcar com os desmandos dos outros.

É urgente que se instale alguma política de controle migratório no Brasil, ou São Paulo e outras grandes capitais estarão fadadas a um dia parar completamente, pelo medo e pela pura e simples concentração absurda de pessoas num único espaço físico. A tendência é mundial; a Europa já não comporta mais africanos, albaneses e paquistaneses sem dentes e educação que chegam às pencas por lá, dia após dia. Não me refiro, obviamente, aos imigrantes minimamente qualificados, que poderiam contribuir para o país ou cidade para onde se mudam, de alguma maneira - direta ou indireta. Mas existem as hordas de "miseráveis", "refugiados", que contribuem somente para o aumento dos índices de desigualdade social em todos os lugares onde se instalam. Essas pessoas não querem migrar, e se o fazem é unicamente por necessidade, por falta de opção. E são esses que tem de ter seus níveis de vida melhorados, mas antes que se decidam a migrar. Deve-se esforçar para proporcionar-lhes essa opção, ao invés de simplesmente transferir o "problema" para outro lugar. No entanto, assim que se fala em fechar as fronteiras, ou pelo menos controlá-las, já se ouve a voz histérica da imprensa e dos defensores de "direitos humanos" alvoroçar-se em defesa dos pobres terceiro-mundistas. Só que assim como a Europa não quer pagar pelos erros dos governos incompetentes da África e Ásia, e acabar cuidando das populações deles, os paulistanos têm o direito de não quererem pagar pelos erros dos coronéis latifundiários de nosso norte-nordeste. Que se faça algo lá, na origem do problema, para que não sintamos mais cá, os seus sintomas.

Antes que qualquer politicamente correto se pronuncie, devo dizer que nada tenho contra os nordestinos; pelo menos não contra os pobres. Já os ricos... esta elite hereditária podre desse Brazilzão, resquício de nossa colonização, aqueles coronéis, ACMs e Sir Neys da vida, tenho que admitir que são um dos grandes males do Brasil, se não o maior.


Rafael Azevedo
São Paulo, 3/5/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Desdizer: a poética de Antonio Carlos Secchin de Jardel Dias Cavalcanti
02. A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri de Jardel Dias Cavalcanti
03. Correio de Elisa Andrade Buzzo
04. Casa Arrumada de Ricardo de Mattos
05. O tremor na poesia, Fábio Weintraub de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Rafael Azevedo
Mais Acessadas de Rafael Azevedo em 2001
01. A TV é uma droga - 23/11/2001
02. Os males da TV - 6/7/2001
03. A primeira batalha do resto da guerra - 30/11/2001
04. Só existe um Deus, e Bach é seu único profeta - 2/11/2001
05. A Má Semente - 19/2/2001


Mais Especial Politicamente Incorreto
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




INOCÊNCIA - COLECAO TRAVESSIAS
VISCONDE DE TAUNAY
MODERNA
(1998)
R$ 8,00



O ESPIÃO INVISÍVEL
MARK FOWLER
SCIPIONE
(1993)
R$ 8,88



85 VEZES SILVIO SANTOS AS MELHORES CARICATURAS DO REI DOS DOMINGOS
VÁRIOS AUTORES
ASTRAL
(2016)
R$ 27,44



GUIA PORTUGAL. O GUIA DE VIAGEM MAIS FACIL DE USAR
VÁRIOS AUTORES
PUBLIFOLHA
(2009)
R$ 70,00



A PSICOLOGIA DO ANORMAL E A VIDA CONTEMPORÂNEA
JAMES C. COLEMAN
PIONEIRA
(1973)
R$ 60,00



SEMPRE SERÁS LEMBRADA
JOSUÉ MONTELLO
NOVA FRONTEIRA
(1999)
R$ 7,48



MONTEIRO LOBATO VIDA E OBRA TOMO I
EDGARD CAVALHEIRO
COMPANHIA NACIONAL
(1956)
R$ 14,00



ESTORIAS PARA CRIANÇAS QUE OS ADULTOS DEVEM LER ESCONDIDOS
RICARDO BANDEIRA
DO AUTOR
(1977)
R$ 5,00



PAIXÃO E CRIME O PROCESSO DO DR. JACCOUD
CARLOS LACERDA
NOVA FRONTEIRA
(1965)
R$ 10,00



ECLIPSE
STEPHENIE MEYER
INTRÍNSECA
(2008)
R$ 34,90
+ frete grátis





busca | avançada
44557 visitas/dia
1,2 milhão/mês