Texto Definitivo | mauro judice

busca | avançada
70777 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Clube do Conto Apresenta: Criaturas, de Carol Bensimon
>>> Vancouver Animation School apresenta webinário gratuito de animação
>>> Núcleo Menos1 Invisível evoca novas formas de habitar o mundo em “Poemas Atlânticos”
>>> Cia O Grito faz intervenção urbana com peças sonoras no Brás
>>> Simbad, o Navegante está na mostra online de teatro de Jacareí
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> American Horror Story: Asylum
>>> Nos braços de Tião e de Helena
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> A semente da impunidade
>>> Não existem autores novos
>>> Have a Book in You?
>>> O desafio dos media-watching
>>> Gerald Thomas: arranhando a superfície do fundo
>>> Realismo fantástico
>>> Snoop Dogg - Ups & Downs
Mais Recentes
>>> Guias de Armas de Guerra - Destróieres Vol 2 de John Jordan pela Nova Cultural (1975)
>>> Guia de Armas de Guerra Tanques da Segunda Guerra Mundial Volume 1 de Nova Cultural pela Nova Cultura (1981)
>>> Det som tillhor mic de Anne Holt pela Pirat
>>> A Elite de Kiera Cass pela Seguinte (2013)
>>> The Fault in Our Stars de John Green pela Dutton Books (2012)
>>> Solidão Acompanhada de Ana Silva; Lauren Palma pela Globo
>>> Sintonia de Luz de Bruno J. Gimenes pela Luz da Serra (2011)
>>> O Poder do Adolescente Que Ora de Stormie Omartian pela Mundo Cristão (2006)
>>> Só o Coração Pode Entender de Américo Simões pela Paz de Espirito (2012)
>>> Manual de Linguagem Jurídica - 2ª Edição de Maria José Constantino Petri pela Saraiva (2009)
>>> Rua do Berro - Coração da Múmia de Tommy Donbavand pela Salamandra (2010)
>>> Barriga de Trigo de William Davis; Waldea Barcellos pela Martins Fontes (2013)
>>> Uma Vida Com Propósitos: Você Não Está Aqui por Acaso de Rick Warren pela Vida (2008)
>>> Paris For One de Jojo Moyes pela Penguin Books (2014)
>>> Aprendiz de Inventor de João Anzanello Carrascoza pela Ática (2003)
>>> El Gato Negro y Otros Relatos de Edgar Allan Poe pela Fontana (2011)
>>> Dicionário Larousse Inglês - Português Avançado de Larousse pela Larousse (2006)
>>> Viva à Sua Própria Maneira de Osho pela Academia
>>> Variações Sobre o Prazer de Rubem Alves pela Planeta (2011)
>>> Pedagogia Diferenciada - das Intenções à Ação de Philippe Perrenoud pela Artmed (2000)
>>> O Diário de Anne Frank - Contos do Esconderijo Col. Vira Vira de Anne Frank pela Best Bolso (2010)
>>> Herdeiros do Novo Mundo de André Luiz Ruiz pela Ide (2009)
>>> Espanhol Em 24 Passos de Escala pela Escala
>>> Dons Espirituais - 21 Dias Descobrindo e Ativando de Silvio Galli pela Amav (2014)
>>> A Caixa Maluca de Michele Iacocca; Flávia Muniz pela Moderna (2004)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 15/5/2007
Comentários
Leitores


Texto Definitivo
Luís Eduardo, sou escritor, como você já sabe (mas quero deixar registrado aqui no Digestivo este pequeno detalhe) e gostaria de afirmar que, em décadas de labuta literária, poucas vezes li um texto mais sincero e lúcido a respeito da cultura humana. Desejo que seus leitores saibam que não é nada fácil fazer declarações como as feitas por você, pois represálias haverá com certeza, por meio de portas fechadas em círculos literários ou comentários depreciativos por parte dos doutos. Estudo a possibilidade de me associar a um blog de teatro (sou dramaturgo também) e deixo registrado que este seu texto será uma espécie de epígrafe de minha seção. Forte abraço a você e a seus afortunados leitores.

[Sobre "O desafio de formar leitores"]

por mauro judice
15/5/2007 às
13h22 201.7.59.155
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Caminhos de suplício
É interessante ler uma opinião de alguém que não gosta e não conseguiu ler uma obra que, para mim, é magnífica. Mas ainda bem que você falou que ele é um livro cansativo pelo menos pra você. Porque eu o li em um dia só, enquanto não cheguei ao final não consegui desgrudar. Talvez aquela loucura me fizesse enxergar a vida com outros olhos, ver que também nos comportamos assim, inocentes em certos aspectos enquanto outros querem comer o nosso fígado; fantasiando amores, quando estamos sós; encontrando um bobo para ser nosso escudeiro, a fim de termos com quem falar nesse deserto de vida; enxergarmos beleza e força, quando os outros só vêem um velho moinho de vento. Enfim, para mim foi arrebatador! Mas não há problemas, o dilema que você viveu tentando ler o Cavalheiro Andante, eu também vivi tentando ler Grande Sertão. Mas eu "vim, vi e venci", porque encarei como um desafio e depois de centenas de tentativas eu consegui lê-lo em alguns dias... e até que tirando as infinitas descrições.

[Sobre "Quixote que nada"]

por Fabíola Barreto
http://www.ladyfox.blogger.com.br
15/5/2007 às
11h19 201.4.119.9
(+) Fabíola Barreto no Digestivo...
 
Considerações ao léu
Fico pensando na quantidade de aspirantes a escritor que procuram o Digestivo em busca de uma "luz"... Talvez falte mercado para a literatura de entretenimento no país, como sugerem alguns. Fora da "grande" Literatura, eu prefiro perder tempo com filosofia, ciência, semiologia, fotografia ou coisas afins (em livros e na web). Entretenimento, também, é uma mercadoria e, como tal, dificilmente "consagra" alguém. Mesmo a consagração não significa autógrafos, money e uma vida à la Paulo Coelho (o que os aspirantes - interessante - mais parecem desejar). Talvez, penso, faltem críticos que ralhem mais, que digam na cara do estreante que ele não tem talento. Como dizem para alguém numa escolinha de base de Futebol ou, sei lá, de Tênis, que o sujeito não presta praquilo. Quantos, afinal, chegam no ranking mundial? E olha que Tênis dá mais dinheiro que Literatura...

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Rogério Kreidlow
http://rogerkrw.blogspot.com
15/5/2007 às
11h18 201.24.122.195
(+) Rogério Kreidlow no Digestivo...
 
Em Portugal também!
Gostaria de lhe dar os parabéns por ter escrito este texto. Apesar de ser portuguesa, não me parece que a nossa realidade, no que toca à leitura, seja muito divergente. Muitas pessoas se admiram e me criticam por ler os livros do Harry Potter, mas a verdade é que o importante é adquirir o gosto pela leitura e eu adoro ler. Não leio apenas esse género de livros, gosto de Fernando Pessoa, Eça de Queiróz, Júlio Dinis (apenas para citar alguns), o que significa que o facto de se ler estes livros não impede o nosso crescimento intelectual, pelo contrário, abre portas a um magnífico mundo novo...

[Sobre "O desafio de formar leitores"]

por Ana Pires
15/5/2007 às
11h14 83.132.48.98
(+) Ana Pires no Digestivo...
 
gostei muito de sair em livro
Bom texto, Julio. Concordo com voce em vários pontos, principalmente qdo disse que o blog pode ser um bom laboratório para o futuro escritor. Nao é a toa q vemos livros sendo editados como coletâneas de blogs. No meu caso, o caminho foi parecido. Publiquei charges atraves da internet durante anos e em 2006 lancei um livro (inteiro inédito) de charges e quadrinhos politicos. Não houve editora q se interessasse pelo meu livro, portanto publiquei sozinho, de forma independente. Já vendeu metade dos 2 mil exemplares, mas eu tenho um trunfo a mais q o escritor: os desenhos. Na livraria, o potencial leitor pode folhear o livro e visualizar a temática rapidamente, pois o traço dá esta dimensao e o leitor consegue saber do q se trata. Consegue atá fazer um julgamento se o livro é bom ou nao, se gosta do desenho etc. Eu gosto da internet, dos blogs e vou continuar nela pra sempre, mas não escondo q gostei mto de sair em livro. Foi uma experiencia nova e me levou para caminhos diferentes.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Diogo Salles
http://www.diogosalles.com.br
15/5/2007 às
10h47 189.33.33.250
(+) Diogo Salles no Digestivo...
 
em meio à selva urbana
Elisa, admiro de forma discreta a elegância e estrutura dos seus textos e hoje em especial o exercício de fluir partindo de uma direção cotidiana, tornando eventos de importância reduzida, devido a sua exaustiva repetição, únicos em seus significados mais insuspeitados. Caminhar em meio à selva urbana é interagir e fazer parte de sua fantástica estrutura é ser simultaneamente pergunta e resposta para os cruzamentos de todos os desejos que se perpassam. Dentre todas as imagens que seu texto ressalta o que mais me encanta é a espontaneidade com que constrói o subjetivo, transformando a matéria fortuita do cotidiano em conexões singulares com nossa essência.

[Sobre "Permitir-se"]

por Carlos E. F. Oliveir
15/5/2007 às
10h10 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Original ou cópia?
Interessante o texto "Sob o sol da crítica", do Edward Bloom. Recheado de ironia, o texto nos passa a impressão de que o autor escreve com propriedade, seguro de si. Parece, apenas. Afinal, como ele mesmo defende, quem garante que tudo o que se lê não são cópias maquiadas do que já foi escrito? Há muitos e muitos "escritores" mestres nessa arte. Repaginar, acrescentar parágrafos, incluir novos termos e mudar o título, mantendo a idéia central. Quantos já não utilizaram tal artimanha?

[Sobre "Sob o sol da crítica"]

por Remisson Aniceto
15/5/2007 às
09h48 200.168.76.219
(+) Remisson Aniceto no Digestivo...
 
Ler tudo, sem pudor
Admiro muito a precisão de seus comentários. Aos 9 anos conheci a coleção Vaga-lume. Iniciava a paixão pela literatura. Adolescente, sondava as prateleiras em busca de novos prazeres. Encontrei Sidney Sheldon, Danielle Steel e Ziraldo, lendo-os com um apetite voraz. Após anos de literatura técnica, retomei a necessidade furiosa da ficção, apaixonando-me por Machado de Assis e Fernando Sabino, percorrendo Clarice Lispector, C. Drummond, Guimarães Rosa, Lygia Bojunga (adoro literatura infanto-juvenil, para que possa indicar a meus filhos), Kafka e sim, Harry Potter, entre tantos outros. Concluo que temos que ler, sempre: clássicos ou folhetins; literaturas que nos ensinem ou que apenas divirtam. Sem medo. Sem pudor. Amando até a última linha. Meu filho de 9 anos já leu todos os livros do Harry Potter; todos do Sergio Klein; série Deltora; avança pela coleção Vaga-lume... e tenho certeza de que um dia chegará aos clássicos. No dia que os intelectuais entenderem isso, seremos livres para ler...

[Sobre "O desafio de formar leitores"]

por Ana Cristina Melo
15/5/2007 às
09h26 200.216.75.15
(+) Ana Cristina Melo no Digestivo...
 
Eu tenho o texto em PDF
O link não dá no texto disponibilizado gratuitamente; mas eu o obtive num outro endereço e colloco à disposição de quem desejar. Basta solicitar por aqui que terei prazer em atender.

[Sobre "Roberto Carlos:Detalhes em PDF"]

por Antonio Carlos
15/5/2007 às
09h14 200.252.157.100
(+) Antonio Carlos no Digestivo...
 
o que realmente sabemos
Parabéns, Gal Sol, pela brilhante defesa. Está certíssimo em sua afirmação, aliás devemos afirmar o que realmente sabemos, conhecemos, temos certeza.

[Sobre "Ratzinger, sexo e católicos"]

por Nelim Monti
http://ArteePoesiA.spaces.live.com/
14/5/2007 às
21h30 201.48.29.226
(+) Nelim Monti no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Praticamente Normal - uma Discussão Sobre o Homossexualismo
Andrew Sullivan
Companhia das Letras
(1996)



Core Servlets and Javaserver Pages Volume 1 - Core Technologies
Marty Hall / Larry Brown
Sun
(2002)



A Vida e o Sagrado - 9º Ano
Coleção a Vida e o Sagrado
A Vida é Mais
(2012)



Globalização e Socialismo (socialismo Em Discussão)
Maria da Conceição Tavares/emir Sader/eduardo Jorg
Perseu Abramo
(2001)



Olhar, Escutar, Ler - 1ª Edição
Claude Lévi-strauss
Companhia das Letras
(1997)



O Segredo do Ídolo de Barro
Elisabeth Loibl
Melhoramentos
(2000)



Emagreça sem segredos
Jeanne Lima
Literare Books International
(2018)



Como A Água Que Corre
Marguerite Yourcenar
Nova Fronteira
(1983)



Filosofia II - Volume Único Ensino Médio
Edson Bispo
Expoente
(2011)



Contabilidade Introdutória + Livro de exercícios
Equipe de Professores da FEA da USP
Atlas
(1985)





busca | avançada
70777 visitas/dia
2,4 milhões/mês