Agosto, de Rubem Fonseca | Gian Danton

busca | avançada
65177 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Luiz Ruffato lança novo livro e estreia em nova editora
>>> Live commerce terá show exclusivo ao vivo para festejar o Dia Nacional do Samba
>>> Um Recital para Ariano - com Antônio Nóbrega
>>> Coletiva de Arte Naïf | Galeria Jacques Ardies
>>> Cia O Grito evoca os fantasmas do teatro em nova peça
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> Entre outros
>>> Entre o corpo e a alma, o tempo
>>> O tempo é imbatível
>>> Consciência
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Brasil pode ser um país de leitores?
>>> Claudio Galeazzi sobre a crise
>>> Millôr no IMS Paulista
>>> Can Google Stay Google?
>>> Breve Apresentação
>>> Star Wars
>>> As novas estantes virtuais
>>> Minha história com Philip Roth
>>> O momento do cinema latino-americano
>>> Jovens blogueiros, envelheçam
Mais Recentes
>>> Por Metodi Della Scienza Dal Rinascimento Ad Oggi de Carlo Felice Manara pela Vita Pensiero (1975)
>>> La Teoria de La Historia de Karl Marx una Defensa de Gerald A. Cohen pela Pablo Iglesias (1986)
>>> Crime na Catedral de Thomas Stearns Eliot pela Delta (1966)
>>> Infância e Modernidade - Ensaios de Filosofia e Educação (lacrado) de Martha Dangelo pela Ideias e Letras (2013)
>>> The Marine Power Plant de Lawrence B. Chapman pela Macgrawhill (1942)
>>> Science et Antiscience de Jean Lois Monneron pela Le Centurion (1981)
>>> O Brasil Francês (lacrado) de Andrea Daher pela Civilização Brasileira (2007)
>>> Ver esta Imagen Storia Dellastronomia da Talete a Keplero de John Louisdreyer pela Feltrinelli (1977)
>>> O Mundo Em Que Vivemos - História da Civilização Mundial (lacrado) de Max Savelle pela Villa Rica (1990)
>>> Cadernos de Direito da Cidade - Série II (lacrado) de Vania Aieta pela Lumen Juris (2014)
>>> Natureza e Política Em Nietzsche de Tadeu Rodrigues pela Livre Expressão (2010)
>>> Prazer, Sofrimento, Indiferença na Educação de J. P. Pourtois, Nicolo Mosconi pela Loyola (2007)
>>> Alguém Come Centopeias Gigantes? de Fabio Massari pela Ideal (2015)
>>> O Bicho Urucutum (lacrado) de Pedro Nava pela Ateliê Editorial (2003)
>>> La Conscience Expliquee de Daniel C. Dennett pela Odile Jacob (1993)
>>> Cartas a um Jovem Psicanalista de Marialzira Perestrello Tt8 pela Imago (1998)
>>> Connaissance et Intérêt de Jürgen Habermas pela Gallimard (1976)
>>> Imposto Sobre a Renda (lacrado) de Fernando Daniel de Moura Fonseca pela Fórum (2019)
>>> Malícias e Delícias (lacrado) de Tara Sivec pela Valentina (2015)
>>> Introduction Geometrique L Etude de La Relativite de Henri Marais pela Gauthier Villars (1923)
>>> O Brasileiro - a Formação da Identidade Nacional e a Questão Racial de Iara Andrade Senra pela Paco (2012)
>>> Hegels Philophy of Religion de Bernard M. Reardon pela John Hick (1977)
>>> Comentários à Nova Lei Antidrogas - Manual Prático de Jorge Vicente Silva pela Juruá (2006)
>>> Condicao Feminina e Formas de Violencia Mulheres Pobres 1890 1920 de Rachel Soihet pela Forense (1989)
>>> Idênticos de Scott Turow pela Record (2014)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 11/6/2007
Comentários
Leitores


Agosto, de Rubem Fonseca
Parabéns pelo texto. Simples, mas eficiente. Gostei especialmente da indicação de Agosto, de Rubem Fonseca, um desses livros que não conseguimos largar antes da última página (sei que essa é uma definição para livros populares, mas o que impede que algo seja popular e bom?). Vale lembrar que Agosto teve uma ótima adaptação numa minissérie da Rede Globo.

[Sobre "Um guia para as letras"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
11/6/2007 às
20h45 200.242.109.150
(+) Gian Danton no Digestivo...
 
espaço e tempo na internet
sim, perdemos tempo procurando coisas interessantes, mas também ganhamos tempo achando coisas que precisaríamos de anos para encontrar e espaços geográficos imensos para atravessar. mas seu comentário foi muito bom. obrigado. jardel

[Sobre "Livro fora e dentro do papel"]

por jardel
11/6/2007 às
18h44 201.93.204.249
(+) jardel no Digestivo...
 
Grande Gabo!
Prezado Julio, sou argentina e leio Gabo na nossa língua espanhola, desde meus 15 anos. Cresci com seus personagens; desde a Cándida Erendira passando pelo coronel, o patriarca, a saga dos Buendia, até o ancião de noventa anos, apaixonado pela ninfeta virgem. Nos meus melhores dias, no vilarejo onde me escondo, costumo mergulhar nos seu mundo e vé-lo através do seu olhar. Grande mestre Gabo! Único na sua espécie! Tua manifestação em relação aos tempos atuais me soa mais do que certeira. Apenas cem páginas, mas uma obra-prima, do grande e felizmente ainda vivo, Gabriel Garcia Marques.

[Sobre "Yo soy la que no buscas"]

por Marcela Baigorria
11/6/2007 às
14h49 201.28.17.199
(+) Marcela Baigorria no Digestivo...
 
Meu ANJO de Aracy bonita...
Que coisa! Li uma vez uma carta que Guimarães Rosa escreveu a sua mulher: Meu ANJO de Aracy bonita... A palavra ANJO me chamou a atenção... Agora já sei o porquê... Se alguém aí escrever um livro sobre a história dos dois, eu leio!!!

[Sobre "Aracy Guimaraes Rosa"]

por Cláudia Cortez Dias
11/6/2007 às
13h59 200.169.221.5
(+) Cláudia Cortez Dias no Digestivo...
 
Os livros virtuais
Jardel, seu texto está interessante. Dois aspectos poderiam também ter sido incluídos nele: a grande quantidade de lixo virtual e a perda de tempo em encontrar algo de qualidade na internet; o aspecto ecológico da diminuição da produção de papel quando os textos são virtuais. Além disso, também é um prazer passear pelas livrarias, em algumas delas parar para tomar um café e paquerar alguma leitora que aprecia livros do mesmo gênero que você. Só discordo de um ponto: ler um livro na tela de um computador é uma coisa muito chata, com apenas uma excessão que é ler livros de xadrez. Os livros virtuais de xadrez permitem que uma partida seja repassada na tela com alguns cliques do mouse, agilizando o processo de reprodução da partida sem ter que montar o tabuleiro e refazer lance por lance. Eles de fato, são mais práticos do que os livros de papel.

[Sobre "Livro fora e dentro do papel"]

por André
11/6/2007 às
09h57 200.169.33.98
(+) André no Digestivo...
 
Descartes explicado
É muito difícil explicar Descartes em 1.000 toques, mas vou tentar. Descartes começa duvidando dos sentidos, duvida que a pedra exista, duvida até da matemática, mas não consegue duvidar de que duvida, portanto ele existe (primeira certeza). Daí ele deduz a si mesmo como substância pensante (alma, res cogitans). Em seguida, ele se depara com a idéia de perfeição, e acha que, sendo uma alma finita, imperfeita, essa idéia de perfeição deve vir de um ser mais perfeito, em suma, DEUS (segunda certeza). Da existência de Deus, nosso criador, Descartes deduz que devemos ser dotados de intelecto veraz, capaz de compreender a matemática. A seguir, o filósofo encontra a certeza das coisas (das pedras, do mundo). Cito: "Porque, por natureza considerada em geral, não entendo agora outra coisa a não ser o próprio Deus, ou a ordem e a disposição que Deus estabeleceu nas coisas criadas" (Sexta meditação). Ou seja, a pedra existe, pois, assim como nós, tem sua realidade assegurada por Deus.

[Sobre "Penso, logo existo"]

por Renato Kinouchi
9/6/2007 às
20h13 201.74.117.129
(+) Renato Kinouchi no Digestivo...
 
Vai mudar muita coisa
Eugenia, obrigado pela leitura e comentário. concordo totalmente com suas palavras, embora veja uma rara possibilidade de acessar conhecimentos distantes através da internet. isso é novo na nossa história e vai mudar muita coisa. abraço, Jardel

[Sobre "Livro fora e dentro do papel"]

por Jardel
9/6/2007 às
18h02 201.68.64.23
(+) Jardel no Digestivo...
 
Meu eu lírico
Ana... Estava vivendo a cotidiana alienação diária nos meus livros da faculdade quando me indaguei se sabia o que eu-lírico significava ao certo.. Nem me pergunte porque pensei nisto, já tentei me analizar antes, contudo meu ego sempre acha ferramentas para me iludir e me contentar! Bom, ao ler seu texto creio que achei a solução para minha singela dúvida (só não esperava encontrá-la de maneira tão interessante). Espero que seus leitores tenham entendido seu recado... Creio que eu entendi! Abraço

[Sobre "Autor não é narrador, poeta não é eu lírico"]

por Bruno Garcia
9/6/2007 às
13h52 200.146.114.84
(+) Bruno Garcia no Digestivo...
 
A visceralidade do papel
Gostei muito de suas considerações, muito bem articuladas. Porém, acho que diante do livro, as reações são mais carregadas de sentido. Em ensaio anterior, você analisou a poesia de Saint-John Perse, por exemplo. Minha emoção maior é lê-lo em um volume que foi de meu pai, com trechos grifados à margem. Já caí na mesma tentação que você caiu: ter mais de um exemplar da mesma obra, só por causa da beleza de uma capa nova. Livros importados têm "cheiros" diferentes dos nacionais, assim por dainte. Não quero ser injusta: a Internet já me deu muita informação. Prazer - aquele a que se refere Clarice Lispector em "Felicidade Clandestina", da menina segurar o livro e sentir-se rica como a Rainha do Sabá (ou, mais tarde, da mulher tocar com as mãos o corpo do amado) -, só mesmo os livros.

[Sobre "Livro fora e dentro do papel"]

por eugenia zerbini
http://netasdaema.zip.net
9/6/2007 às
09h33 201.27.80.11
(+) eugenia zerbini no Digestivo...
 
oralidade e língua escrita
Julio, gostei do texto pra caramba!! Quem está no meio literário ou jornalístico, quem teve acesso a uma boa educação, quem quer escrever ou entender a língua, em toda sua grandeza, tem que saber a norma culta e usá-la adequadamente. O que me incomoda mais são aquelas pessoas (principalmente professores) que usam a linguagem culta para que sejam inalcançáveis, para condenarem seus discípulos às trevas eternas. E o pior: quando desvirtuam a norma culta, usam e abusam do gerundismo, usam "a nível de", "eu, enquanto professor", "vou estar elencando alguns temas.." Argh!! Socorro! Com a minha experiência em sala de aula, penso que nunca devemos desmerecer a linguagem do aluno(classe pobre), mas sim trazê-la para a classe e, a partir daí, mostrar que existem outros registros de língua mais valorizados, que eles precisam conhecer e dominar para terem novas possibilidades e melhores condições de enfrentar a realidade. Mostrar a diferença entre oralidade e língua escrita. Dá certo! Bj. Dri

[Sobre "Minha pátria é a língua portuguesa"]

por Adriana
8/6/2007 às
22h21 201.58.156.27
(+) Adriana no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Os Novos Moradores
Francisco Azevedo
Record
(2017)



Le Vocabulaire de Saint Augustin
Christian Nadeau
Ellipses
(2001)



Eine Urwaldgöttin Darf Nicht Weinen
Konsalik
Erstausgabe
(1973)



O Que é Português Brasileiro Coleção Primeiros Passos 164
Hildo H. do Couto
Brasiliense
(1994)



Persuasão na Publicidade: 33 Técnicas Psicológicas de Convencer
Marc Andrew
Gg
(2016)



O Aprendiz
Egidio Trambaiolli Neto
Ftd
(1999)



Equador
Miguel Sousa Tavares
Nova Fronteira
(2003)



Pollyanna - Coleção o Tesouro dos Clássicos
Eleanor Porter
Ática
(2007)



Uns papéis que voam
Flavio José Cardozo
Ftd
(2003)



Mistérios Desconhecidos - Seitas Secretas
Vários Autores
Time-life Books
(1989)





busca | avançada
65177 visitas/dia
1,9 milhão/mês