Modernidade | Guga Schultze

busca | avançada
34699 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> É nóis na foto...
>>> Niemeyer e a unanimidade
>>> Crônica em sustenido
>>> O cão da meia-noite
>>> O escritor pode
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> Os 60
>>> Tico-Tico de Lucía
>>> Abdominal terceirizado - a fronteira
>>> Cinema é filosofia
Mais Recentes
>>> Posthegemony: Political Theory and Latin America de Jon Beasley-Murray pela University of Minesota (2010)
>>> Come Together: The Rise of Cooperative Art and Design de Francesco Spampinato pela Princeton Architecture Press (2015)
>>> O Mundo Codificado de Vilém Flusser pela Cosac & Naify (2010)
>>> O Processo da Comunicação: Introdução à Teoria e à Prática de David K. Berlo pela Martins Fontes (1991)
>>> A Prosa do Mundo de Maurice Merleau-ponty pela Cosac & Naify (2014)
>>> A Transfiguração Do Político de Michel Maffesoli pela Instituto Piaget (2004)
>>> História dos movimentos e lutas sociais - A construção da cidadania dos brasileiros de Maria Da Glória Marcondes Gohn pela Loyola (2012)
>>> Amanhã Vai Ser Maior. O Levante da Multidão no Ano que não Terminou de Bruno Cava pela Annablume (2014)
>>> Afinal, quem faz os filmes de Peter Bogdanovich pela Companhia das Letras (2000)
>>> Signos, máquinas, subjetividades de Maurizio Lazzarato pela n-1 (2014)
>>> Design para um mundo complexo de Rafael Cardoso e Francisco França pela Cosac & Naify (2013)
>>> Politizar as novas tecnologias: o impacto sócio-técnico da informação digital e genética de Laymert Garcia dos Santos pela 34 (2011)
>>> Redes de indignação e esperança: Movimentos sociais na era da internet de Manuel Castells pela Zahar (2012)
>>> Consumidores e cidadãos de Néstor Garcia Canclini pela UFRJ (2005)
>>> Por Uma Outra Comunicação - Coleção Pensando Na Crise de Dênis de Moraes pela Record (2012)
>>> Os meios de comunicação como extensões do homem de Marshall Mcluhan pela Cutrix (2001)
>>> Como desenhar de forma errada de Peter Jenny pela Gustavo Gili (2014)
>>> Design em diálogo de Steven Heller e Elinor Pettit pela Cosac & Naify (2013)
>>> O Cinema e a Invenção da Vida Moderna de Leo Charney e Vanessa Schwartz pela Cosac & Naify (2001)
>>> Pensar o contemporâneo de Fernando Luís Schuller e Eduardo Wolf pela Arquipélago (2014)
>>> O Seminário, livro 6: O desejo e sua interpretação de Jacques Lacan pela Zahar (2013)
>>> Networks without a cause de Geert Lovink pela Polity Books (2011)
>>> Gênero, Patriarcado E Violência de Heleieth Saffioti pela Expressão Popular (2015)
>>> Sinopses Jurídicas 14 - Processo Penal Parte Geral de Alexandre Cebrian Araújo Reis e outro pela Saraiva (1999)
>>> Come Si Fa Una Tesi di Laurea - Le materie umanistiche de Umberto Eco pela Bompiani (2004)
>>> Historia de Dois Amores de Carlos Drumond de Andrade pela Record (1985)
>>> 1922 - Sangue na Areia de Copacabana de Hélio Silva pela Civilização Brasileira (1971)
>>> Quando o carteiro chegar. Fotografias de Mário Rui Feliciani pela Imprensa Oficial (2004)
>>> Kinfolk. Volume Twelve. de Diversos Autores pela Kinfolk Magazine (2014)
>>> A curva e o caminho. Acesso à saúde no Brasil de André François pela Imagemágica (2008)
>>> Curso Completo de Tarô de Nei Naiff pela BestBolso (2011)
>>> A Alma do Poeta (Vinicius de Moraes) de Revista Bravo - Janeiro 2009- Ano 11 - nº 137 pela Abril Cultural (2009)
>>> Jardim Botânico de São Paulo de Juan Esteves & Maria Guimarães pela Terceiro Nome (2012)
>>> Música Faz - vol. 1 - A arte musical na prática escolar - Ensino médio de Yara Alves- Larissa Vitorino pela Htc (2011)
>>> Teimosia da imaginação. Dez artistas brasileiros de Maria Lúcia Montes pela Martins Fontes (2012)
>>> Panoramas. A paisagem brasileira no acervo do Instituto Moreira Salles de Carlos Martins pela Ims (2012)
>>> Andanças de Um Cavaleiro e Outras Novelas de Tennesse Williams pela Espressão e Cultura (1970)
>>> Tributação de Bens Digitais: a Disputa Tributária ... de Tathiane Piscitelli/Fernando Rezende pela FGV Direito (2018)
>>> Caiapó Metutire. Os guerreiros pintados de negro. de Paulo Pinagé & Vito D'Alessio pela Dialeto (2004)
>>> Inglês Sem Mistério Para Concursos de Robson Machado pela Fortium (2005)
>>> Carnaval Brasileiro - O Vivido e o Mito de Maria Isaura Pereira de Queiroz pela Brasiliense/ SP (1992)
>>> Treinamento da Argumentação: Persuadir Em Vez de Contrariar... de Tom Werneck e Reinhard Grasse pela Ediouro/ RJ. (1982)
>>> O encanto das aves. The magic of birds de Ricardo Martins pela Fm (2009)
>>> Portoghese Dizionario essenzaiale Portoghese-Italiano - Italiano-Portoghese de Zanichelli pela Zanichelli (1997)
>>> Princípios de Organização Japoneses: Melhor Produtividade ... de Peter Engel pela Ediouro/ RJ. (1982)
>>> O Dom de Voar de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> O Dom de Voar de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> O Dom de Voar de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> Licença de Marca - Aspectos Jurídicos e Econômicos de Um Contrato ... de Thiago Jabur Carneiro pela Juruá (2012)
>>> O Aleijadinho Arquiteto e Outros Ensaios Sobre o Tema/ Inclui CD de André Guilherme Dornelles Dangelo (e outro) pela Ed. da Escola de Arquit. da UFMG./ Belo Hte. (2008)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 17/9/2007
Comentários
Leitores


Modernidade
O que faz com que os "bisões de Altamira", as pinturas rupestres com mais de dez mil anos de idade, possuam uma modernidade assustadora? Creio que é a ausência da passionalidade, da intenção do "sublime", o fator que mais caracteriza o que seja moderno, em pintura. Picasso, apesar da violação da forma e da cor, ainda deve muito ao barroco. É uma pintura pletórica demais, cheia de fantasmas barrocos, se é possível dizer assim. Van Gogh daria a outra orelha para pintar como Rembrandt - era um romântico incurável. A modernidade é mais evidente em Modigliani e Paul Klee, por exemplo. Ou seja, recusam o "deslumbramento" do observador; impõem uma distância, típica do modernismo, entre a obra e aquele que a observa. Mas, buscando um exemplo na música, pra variar, as duplas sertanejas que ainda pululam por aí atestam que a modernidade é muito rara.

[Sobre "Arte moderna, 100 anos"]

por Guga Schultze
17/9/2007 às
11h06 201.80.152.78
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Parabéns pelo texto.
Gostei do seu comentário, muito verdadeiro. Tive 4 livros aprovados numa editora pequena, que me pediu uma fortuna para me lançar. Respondi que se tivesse tal dinheiro colocaria na poupança e viveria de juros! O editor me disse que se eu fosse filho de (não vou citar nome) uma dupla caipira muito famosa ele editaria qualquer porcaria que eu escrevesse! Percebi, então, que o que importa a aguns editores não é muito o conteúdo, mas a fama do escritor, um nome famoso de familia e somente vender e vender e nada mais, sem a preocupação do conteúdo. A gente vê cada coisa editada que pensamos como alguém pode editar coisas assim. Então, tento me tornar conhecido, entro em concursos, posto meus escritos em sites, envio gratuitamente colaborações para rádios e jornais e quando envio algo para editoras tiro xerox de todas as minhas publicações mostrando que tenho um público, que tenho leitores. Parabéns pelo seu textos, muito verdadeiro e sincero. Atenciosamente Lucas Durand.

[Sobre "Os desafios de publicar o primeiro livro"]

por Lucas Durand
http://www.recantodasletras.com.br
17/9/2007 às
10h35 201.62.207.204
(+) Lucas Durand no Digestivo...
 
O melhor do cinema
O legal do humor, nos filmes, é que ele não tem que ser inteligente, nem grosseiro: tem que ser engraçado e é só. O que já é muito. Uma das melhores tomadas, segundo Kurt Vonnegut Jr., o escritor, é aquela em que uma mulher entra furiosa numa sala e diz umas "verdades" bem na cara de umas pessoas que estavam lá e, depois, faz uma saída triunfal pra dentro de um guarda roupa. Chega a fechar a porta atrás de si. Depois, é claro, tem que sair de lá, cheia de cabides pendurados nela. O tempo em que ela fica lá dentro, tomando coragem para sair, é toda a genialidade da cena. Impagável. Fico pensando se cenas como essa, afinal, não seriam a melhor coisa que o cinema pode oferecer. Os próprios franceses, cheios de caraminholas na cabeça, foram os primeiros a reconhecer Jerry Lewis como genial. Bergman me perdoe, mas eu vejo profundidade também em Beavis e Butt-Head. Eles são extremamente "reais". É só andar por aí. Ótimo texto.

[Sobre "Pastelão"]

por Guga Schultze
17/9/2007 às
10h06 201.80.152.78
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Rir é o melhor remédio.
Por que será tão difícil assumirmos que gostamos de algo tão bobo? Todo mundo ri em comédias pastelão, até o cara que só gosta de filme francês ri em alguma cena. Óbvio que nem todas, mas ele já quis imitar aquela cena de "Apertem os cintos..." em que todo mundo dá um tapa na cara da mulher histérica ou aquela contagem do número de mortos em Top Gang. Um dos meus pastelões preferidos é a Família Buscapé, choro de rir com aquela vó que cozinha esquilos.

[Sobre "Pastelão"]

por Bia Cardoso
http://groselha.wordpress.com
16/9/2007 às
10h20 201.14.122.238
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
Colou chiclete no dicionário.
E uma coluna que começou falando de chicletes, termina debatendo a guerra dos sexos no dicionário...rs. No meu Houaiss eletrônico existe a palavra "chiclete", definida como "goma de mascar". Mas nunca soube da sapota. Me contaram uma vez que chiclete era feito de uma parte nojenta do boi e que sua origem tinha a mesma explicação e folclore da origem das salsichas. Adoro chicletes, meu favorito atualmente é Trident Herbalfresh, mas o Bubaloo sempre viverá em meu coração e o abandonei pelo açúcar mesmo. Mas gosto de sabores diferentes, apesar de que os da linha Trident acabam com o gosto muito rápido: o de morango não dura nada, mas o de melancia me conquistou. E não vivo sem um chicletinho depois do almoço. Confesso que o uso como pasta de dente...rs. Quando algo dá errado na vida, é comum escutar ou lamentar: "ah eu devo ter colado chiclete na cruz". E tem expressão melhor?

[Sobre "Chicletes"]

por Bia Cardoso
http://groselha.wordpress.com
16/9/2007 às
10h03 201.14.122.238
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
Livros de ficção
A ficção é um belo exercício de imaginação, tanto para o escritor como para o leitor. Para o criador, é mais angustiante, e, como lembrou Albarus Andreos, terminar ou não terminar o romance tem seus dramas. Mas o leitor também sofre com a falta que alguns personagens fazem e, principalmente, com os finais dos livros. Ah...quantas vezes desejei finais diferentes ou que terminassem dez páginas atrás! É bom saber que o livro de ficção proporciona uma experiência única na vida das pessoas, as modifica e gera novos sentimentos.

[Sobre "Fim de um romance"]

por Bia Cardoso
http://groselha.wordpress.com
16/9/2007 às
09h28 201.14.122.238
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
Dividir os chiletes nem pensar
Eu, como mastigadora contumaz de chicletes, seja ele vindo de sapota ou de outra coisa estranha qualquer, me senti contemplada com o seu texto. Também não mastigo como vaca: sou mais discreta neste ato tão sublime. Mas, quando nos deparamos com aqueles mastigadores (ruminantes), realmente é bastante desagradável... Faltou um dado no seu texto. Parece que é senso comum, mas aqueles que fazem do chicletes parte de seu dia-a-dia não gostam muito de dividir tal preciosidade. Por algum motivo, oculto ou não, surpreendo-me às vezes escondendo que tenho alguns na bolsa ou colocando na boca assim, meio escondida. E já vi outros fazerem isso. Sou capaz de dividir e pagar uma conta grande de um bar, dar presentes caros que jamais compraria para mim, justamente por serem caros; emprestar dinheiro, roupas, bolsas, etc, etc. Mas, quando me pedem um chiclete, realmente, me dói o coração, principalmente se for o último. É o mistério da vida. Nem Freud explica.

[Sobre "Chicletes"]

por Adriana Godoy Ferrar
15/9/2007 às
19h51 201.58.164.68
(+) Adriana Godoy Ferrar no Digestivo...
 
A arrogância de Mano Brown
No país da Botocúndia, em que intelectuais tem um olhar alienado, dogmático até, para identificar resistência nos excluídos, não conseguem perceber que a apartação muitas vezes é requerida por quem está na posição de exclusão, para que os deveres não lhe sejam cobrados. A falta de oportunidades e a péssima distribuição de renda são justificativas para o discurso da marginalidade. Mano Brown, com a pouca disposição para a mídia e classe média, comporta-se com a típica arrogância totalitária como quem se acha porta-voz dos excluídos. Se não dialoga para outros grupos é porque lhe falta o mínimo senso democrático, termo com o qual ele está pouco interessado. Democracia afinal, é para os ricos, pobres estão além. Merecem mais, devem ser condicionados à levianidade. Este senhor é de uma boçalidade atroz. Se ele fosse filho da classe média não lhe trariam o menor interesse, e ficaria até estampada a sua arrogância. Mas como veio da periferia, conseguem enxergar “valor” em sua mediocridade.

[Sobre "Os manos Racionais"]

por Rodrigo Xavier
http://voosubterraneo,blogspot.com
15/9/2007 às
13h29 200.140.82.111
(+) Rodrigo Xavier no Digestivo...
 
Orwell jornalista
Li esse livro há pouco tempo. Se antes já era fã do Orwell ficcionista, me tornei ainda mais do Orwell jornalista. Na Pior é indispensável para quem, sabiamente, não crê em objetividade e tem colhões suficientes para rir de si mesmo.

[Sobre "Orwell na pior em Paris e Londres"]

por Jorge Wagner
http://cancaopobre.wordpress.com
15/9/2007 às
10h47 201.16.60.5
(+) Jorge Wagner no Digestivo...
 
Alma Barroca no nordeste!
Sou apreciador desse estilo, mas, infelizmente, a turnê não fará shows pelo nordeste. Mas valeu seu registro. Abraços.

[Sobre "Alma Barroca em BH"]

por Marcos França
http://culturanordestina.blogspot.com/
14/9/2007 às
16h44 189.23.38.212
(+) Marcos França no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MINHAS LEITURAS
OCATVIANO A. GAIARSA
PUBLIC
(2003)
R$ 53,00



WHY DOES THUNDER CLAP?
MICHAEL MCMAHON
CAMBRIDGE
(2010)
R$ 13,00



RECURSOS HUMANOS UMA ABORDAGEM INTERATIVA
ELIO VIEIRA
CEDAS
(1994)
R$ 7,00



UM ESTRANHO NO ESPELHO
SIDNEY SHELDON
RECORD
R$ 17,10
+ frete grátis



EM BANHO - MANEL, COMERES E BEBERES
MANUEL LUÍS GOUCHA
PUBLICAÇÕES DOM QUIXOTE
(1999)
R$ 19,97



O SUCESSO É SER FELIZ
ROBERTO SHINYASHIKI
ED. GENTE
(1997)
R$ 6,56



PERFUME DE JASMIN
MARIA CONCEIÇÃO OLIVEIRA LIMA
MADRAS
(2006)
R$ 18,00



A MORAL DE CRISTO, OS MARAVILHOSOS ENSINAMENTOS DO SERMÃO DA MONTANHA
WAGNER CUNHA
MATRIX
(2010)
R$ 15,00



CUPIDO E PSIQUE
PAULO SERGIO DE VASCONCELLOS
OBJETIVO
R$ 5,00



FREI CANECA E A RESISTÊNCIA PERNAMBUCANA
FRANCISCO M. P. TEIXEIRA
ÁTICA
(1991)
R$ 10,00





busca | avançada
34699 visitas/dia
1,0 milhão/mês