Para não manchar o nome | Juliana Pereira

busca | avançada
71184 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Primeiro Roteiro
>>> Festival Cine Inclusão abre inscrições de curtas-metragens com o tema terceira idade
>>> Musical Guerra de Papel estreia dia 3 de setembro no Teatro Viradalata
>>> Monólogo Te Falo com Amor e Ira de Branca Messina ganha nova temporada
>>> Performer e dançarina Morgana Apuama apresenta a obra 'Risko'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poesia como Flânerie, Trilogia de Jovino Machado
>>> O mundo é pequeno demais para nós dois
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> O cheiro da terra
>>> Vivendo o meu viver
>>> Secundário, derradeiro
>>> Caminhemos
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A internet e o amor virtual
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Outra Praia, de Swami Jr.
>>> Minha formatura
>>> Sultão & Bonifácio, parte II
>>> O enigma de Lindonéia
>>> Paisagens Originais & Detalhes De Um Pôr do Sol
>>> Modernismo e Modernidade
>>> A extraordinária Nina
>>> Pensamentos & Pedidos
Mais Recentes
>>> Dark City Jogo de Gustavo Barreto pela Funbox (2021)
>>> Naruto Guia Oficial de Personagens o Livro Secreto da Formação de Masashi Kishimoto pela Panini (2021)
>>> O Pistoleiro a Torre Negra Vol I de Stephen King pela Objetiva (2004)
>>> Gabriela Cravo e Canela de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> Abc de Castro Alves de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> O Que as Mulheres Querem ? de Paco Underhill pela Campus (2010)
>>> Dona Flor e Seus Dois Maridos de Jorge Amado pela Martins (1970)
>>> Historia da criação do ensino superior no Acre de Áulio Gélio Alves de Souza pela Thesaurus (2006)
>>> O Mundo Fantástico dos Bonecos de Claudia Zarvos Consultoria e Design pela Sesc (2010)
>>> Médico de homens e de almas - a história de São Lucas de Taylor Caldwell pela Record (2018)
>>> Corpo Fala: A Linguagem Silenciosa Da Comunicação Não Verbal de Vozes pela Vozes (2021)
>>> Correio Fraterno de Feb pela Feb (2021)
>>> Um Longo Caminho para Casa de Danielle Steel pela Record Altaya (2001)
>>> Corrida Da Vida de Leader pela Leader (2021)
>>> Fora de Ordem de Woody Allen pela Agir (2007)
>>> A Ilusão de Scorpio de Robert Ludlum pela Rocco (1995)
>>> Cortázar de Dsop pela Dsop (2021)
>>> Cotidianos Educacionais de Autografia pela Autografia (2021)
>>> Falou e Disse de Francisco Cândido Xavier - Augusto Cezar Neto pela Geem (1978)
>>> Crepúsculo de Intrínseca pela Intrínseca (2021)
>>> Crepúsculo - Serie Branca de Intrínseca pela Intrínseca (2021)
>>> Criando Adolescentes de Fundamento pela Fundamento (2021)
>>> Garoto Linha Dura de Stanislaw Ponte Preta pela Círculo do Livro
>>> Criando Aulas Multimídia Com Visual Class de Giz pela Giz (2021)
>>> Criando moda de Ciranda Cultural pela Ciranda Cultural (2021)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 23/10/2007
Comentários
Leitores


Para não manchar o nome
Puxa, esse texto reflete toda a realidade que o recém-formado passa. Saber desses "detalhes" da profissão é muito bom para não cometer graves erros durante uma entrevista e não manchar o nome logo no começo da carreira. Dicas utéis que sempre devem ser lembradas.

[Sobre "A Arte da Entrevista"]

por Juliana Pereira
23/10/2007 às
10h20 200.198.42.178
(+) Juliana Pereira no Digestivo...
 
Fora ditadura
Ainda bem que o filme não se enquadra no gênero "filme da ditadura militar brasileira". Por mais que devemos nos posicionar politicamente em relação aos fatos, o cinema é um lugar para se contar histórias e já estamos cansados de tantos filmes sobre os guerrilheiros de não sei de onde, assim como não agüentamos mais adaptaçãoes cinematográficas de peças teatrais. Acho "O Ano" um filme bem original justamente por utilizar a ditadura como um pano de fundo e destacar a relação que Mauro estabelece com pessoas completamente estranhas a ele. A importância do futebol e a esperança de que com a chegada da Copa os pais retornem. Há cenas lindíssimas como aquela em que Mauro larga o jogo de futebol para correr atrás de um fusca. Os personagens são simples, sinceros e possuem essa fraternidade que o Clayton tanto citou. Quanto ao Oscar eu não sei, mas aí concordo com Arnaldo, comunidade judaica, criança e situação-limite têm boas chances.

[Sobre "O ano em que estou pouco me lixando para o Oscar"]

por Bia Cardoso
http://groselha.wordpress.com
23/10/2007 às
09h08 201.15.78.10
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
E voltou com poesia...
Salve, salve, Arnaldo! Sim, ele pode ser colocado lado a lado com Kamtchaka e Machuca, dois belos filmes latinos que também abordam a ditadura a partir do ponto de vista da criança (e nos três casos prevalecem os meninos, tendo Machuca uma dupla nos papéis principais). Isso, para mim, não o diminui. Mas acho que a maior riqueza de "O ano" é justamente extrapolar a questão meramente relacionada à ditadura, como muitas vezes fazem os filmes nacionais que têm esse tema como ponto de partida. "O ano" parte daí, mas não se encerra no assunto. Você citou Iracema e Pra frente Brasil (ótimos), mas não creio que "O ano" possa ser colocado lado a lado com eles. Vai em outra direção. A originalidade pode ter saído de férias, mas voltou cheia de poesia.

[Sobre "O ano em que estou pouco me lixando para o Oscar"]

por Clayton Melo
http://www.pontodefuga.jor.br
23/10/2007 às
06h35 201.1.153.48
(+) Clayton Melo no Digestivo...
 
A auto-reflexão de Holden
A leitura do livro de Salinger nos faz recorrer à mesma auto-reflexão feita por Holden. Talvez por conter tantos elementos de reciprocidade com os leitores, o livro seja tão válido a nós mesmos.

[Sobre "O apanhador no campo de centeio"]

por Nielly
22/10/2007 às
23h42 189.41.80.153
(+) Nielly no Digestivo...
 
O Google vai dominar o mundo?
É, parece que o Google quer dominar o mundo. Se conseguir atingir seu objetivo de criar o GPhone isso não ficará muito longe. Dominando a internet e a telefonia celular, o Google estará muitas e muitas vezes na capa e nas páginas da Economist.

[Sobre "O Google na capa da Economist"]

por Juliana Pereira
22/10/2007 às
22h17 201.78.162.98
(+) Juliana Pereira no Digestivo...
 
Bacana
Muito bom. Ótima relação entre os textos.

[Sobre "Os beijos de Tchekhov"]

por Juliana Pereira
22/10/2007 às
22h12 201.78.162.98
(+) Juliana Pereira no Digestivo...
 
Jabberwocky
Ei Guga, ótimo texto. Li até o final! Porém quando li aquele trecho do Jabberwocky quis desistir da profissão... quê que é aquilo?! Depois me passa - see ya!

[Sobre "O Leão e o Unicórnio II"]

por Claudia Serretti
22/10/2007 às
20h40 201.80.157.230
(+) Claudia Serretti no Digestivo...
 
Fogueira, não (II)
E plagiando Drummond: "e eu não sabia que a SUA história era mais bonita que a de Robson Crusoé"

[Sobre "Guga, para iniciantes"]

por Adriana Godoy
22/10/2007 às
19h46 201.80.157.230
(+) Adriana Godoy no Digestivo...
 
Fogueira, não
O que posso dizer, primo querido! A sua biografia literária é mais fiel a você, do que você mesmo. Cada palavra sua escrita aqui é uma verdade incontestável de si mesmo ou da imagem que ,pelo menos, eu tenho de você. Bicho, isso daria início a um belo livro, que jamais seria jogado na fogueira. Acho que você não foi abençoado só pela bruxa do oeste. Foi pela do leste, sul, norte, e todos outros pontos cardeais. Me emocionei de verdade. Isso não é uma biografia, mas uma história deliciosa que pode e deve ser continuada. Quero mais! Quero mais! Amei. Bj. Dri PS: Não jogue nada na fogueira. Tem pérolas demais. Seria uma maldade...

[Sobre "Guga, para iniciantes"]

por Adriana Godoy
22/10/2007 às
19h39 201.80.157.230
(+) Adriana Godoy no Digestivo...
 
A originalidade saiu de férias
Salve Clayton! O filme do Cao tem seus méritos, mas acho que ele acrescenta muito pouco ao gênero "filme da ditadura militar brasileira". Com raras exceções, como "Iracema, uma Transamazônica", o tema parte de um ponto de vista da classe média. Nenhum discurso à esquerda ou à direita, mas acabo me convencendo de que a ditadura foi uma questão importante para essa população, especialmente a urbana, ligada a atividades mais liberais. Os ricos se beneficiaram dela e os pobres não foram sequer considerados. Então achei que o filme carece de originalidade. E no que toca especificamente à relação ditadura x criança, ele lembra demaaaaais dois ótimos filmes latinos "Kanchatka" (Argentina), e Machuca (Chile). Sem falar no repeteco da idéia ditadura x futebol, de "Pra frente Brasil". Em resumo, tem poucos méritos para Oscar, salvo (sem nenhum anti-semitismo, pelamordedeus) o fato dos personagens judaicos serem muito bem recebidos pela Academia.

[Sobre "O ano em que estou pouco me lixando para o Oscar"]

por Arnaldo
http://www.arnaldocomin.com.br
22/10/2007 às
18h26 200.192.163.169
(+) Arnaldo no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Homem do Chapeu Vermelho
Hervé Guibert
Jose Olympio
(1992)



Mediunidade e Caminho
Carlos A. Baccelli
Ide
(2008)



Peripheral Vascular Disease
Alvaro Alonso / David D. Mcmanus
Jones and Bartlett



A History of Education in American Culture
R Freeman Butts/lawrence a Cremin
Henry Holt and Company
(1954)



Os Humanos - 1ªedição
Matt Haig
Jangada
(2016)



Para Ter um Bom Dia Hoje e Amanhã
Israel Belo de Azevedo
Hagnos
(2010)



Kalusha
Bruno Cattoni
7 Letras
(2002)



Pontes Brasileiras Viadutos e Passarelas Notaveis
Augusto Carlos de Vasconcelos
Pini
(1993)



Hp 12 C Owners Handbook and Problem Solving Guide
Hewlett Packard
Hp
(1982)



O curioso caso de Benjamin Button
Francis Scott Fitzgerald
Folha de S. Paulo
(2016)





busca | avançada
71184 visitas/dia
2,6 milhões/mês