A boa educação | Carlos E. F. Oliveir

busca | avançada
74698 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projeto “Curtas de Animação” com estudantes da zona rural de Valinhos/SP
>>> Novos projetos do Festival de Dança de Joinville promovem atividades culturais para 120 alunos
>>> Toca do Morcego anuncia agenda primavera/verão 2022/2023
>>> Poeta Ivete Nenflidio lança obra 'Ataque - cale-se agora e para sempre'
>>> Alunos de Ribeirão Preto constroem maquete com trajetória das águas da cidade até o mar
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
Colunistas
Últimos Posts
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
Últimos Posts
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
>>> Singela flor
>>> O cerne sob a casca
>>> Assim é a vida
>>> Criança, minha melhor idade
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Quem vem lá?
>>> Dirty Dancing - Ritmo Quente
>>> Claro Enigma, de Carlos Drummond de Andrade
>>> O fim da obrigatoriedade do diploma no jornalismo
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Cinema em Atibaia II
>>> Bedroom Pop
>>> O jornal no iPad é uma frustração
>>> Raspas e restos de 2005
>>> Paulo Coelho para o Nobel
Mais Recentes
>>> O outro passo de dança de Caio Riter, Joãocaré pela Artes E Oficios (2014)
>>> O Descompasso Infinito do Coração 2 de Bianca Briones pela Verus (2015)
>>> Nações e Nacionalismo desde 1780 de Eric J. Holbsbawm pela Paz e Terra (1991)
>>> Curso de Economia Introdução ao Direito Econômico 299 de Fábio Nusdeo pela Revista dos Tribunais (2008)
>>> Física: Quinta Edição - Volume 1 de Paul A. Tipler e Gene Mosca pela Ltc (2006)
>>> Livro - A Ciência Revolucionária por Trás da Cura Espontânea de Dr. Jeffrey Rediger pela Fontanar (2020)
>>> Como Fazer um Planejamento Pastoral, Paroquial e Diocesano de José Carlos Pereira pela Paulus (2015)
>>> Livro - The Adventures of Tom Sawyer de Mark Twain pela Macmillan Education (2006)
>>> O Diário de um Mago 299 de Paulo Coelho pela Rocco (1990)
>>> Dinâmica de Grupos Populares de William Cesar Castilho Pereira pela Vozes (1998)
>>> A Família de Que Se Fala e a Família de Que Se Sofre de José Angelo Gaiarsa pela Ágora (1986)
>>> O Céu e o Inferno de Allan Kardec pela FEB (2015)
>>> Semente Antibullying 299 de Nelson Albissú pela Cortez (2011)
>>> A Rainha da Beterraba de Louise Erdrich pela Rocco (1989)
>>> Livro - Clássicos: Jane Eyre de Charlotte Brontë pela Penguin Companhia
>>> Livro - Il Deserto Dei Tartari - I grandi della narrativa de Dino Buzzati pela San Paolo (1997)
>>> The Pol Pot Regime de Ben kierman pela Silkworm books (2005)
>>> Crianças e férias na natureza 299 de Yara J. Lo Turco pela Giostri
>>> Historia da Riqueza do Homem de Leo Huberman pela Zahar (1976)
>>> Grilos de Celso Gutfreind pela Artes E Oficios (2005)
>>> Marés bárbaras (1500-600 A.C.) de História em revista pela Abril livros (1995)
>>> Livro - Mil Dias na Toscana de Marlena de Blasi pela Sextante (2010)
>>> Sistemas de Informação Gerenciais - 7° Edição de Kenneth C. Laudon e Jane P. Laudon pela Pearson (2009)
>>> Gotham - Dpgc: Alvos Fáceis de Ed. Brubaker e Greg Rucka Com M. Lark pela Panini Books
>>> Aura-soma - Terapia de Cor e Luz de Galaadriel Flammini/ Robert Hasinger pela Madras (2002)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 30/1/2008
Comentários
Leitores


A boa educação
Às vezes leio livros, noutras freqüento escritores e há momentos nos quais sou levado pela curiosidade em um determinado tema; também já fui hipnotizado por um livro e fiz uma leitura vertiginosa. Esta de pontuar literatices em roda de "intelectuais" é uma modalidade inédita, ao menos para meus fins. Tem aí muito de depressão, de solidão... Acho que a prescrição deveria ser auto-ajuda e o livro do Pierre Bayard. Não sei dizer se leio pouco, mas até onde vou é com o que leio. Penso nos simpatizantes do Método Bayard confundindo leitura com etiqueta social. Mais um simulacro para o molde do homo atual.

[Sobre "Ah, essa falsa cultura..."]

por Carlos E. F. Oliveir
30/1/2008 às
23h34 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Livro ruim é livro ruim
O gosto é uma experiência particular que deriva da formação até a construção da personalidade, sempre sofisticada e complexa, daí cada um ter suas preferências. Delton, seu discurso nada tem a ver com literatura, é só uma retórica ideológica; e a literatura é só pano de fundo, como um oportuno e anacrônico Policarpo Quaresma. Todos devemos ler de tudo, senão ao menos tentar. No entanto, uns poucos serão eleitos modelares. Particularmente, gosto muito de Machado de Assis, mas sei que a sua leitura tem certos aspectos que não facilitam a atração de leitores em formação. Convenhamos que ler um panteão e não poder expressar o que realmente ele provocou é castrador e frustrante, logo a aceitação espontânea torna-se uma dificuldade em se tratando de Machado. Quanto ao valor dado à literatura nacional em seu comentário sobre os autores estrangeiros, fica um pouco complicado, porque livro ruim é ruim em qualquer idioma. Daniel um abraço e Delton leia um pouco do Salinger e do Burns.

[Sobre "Quem é Daniel Lopes"]

por Carlos E. F. Oliveir
30/1/2008 às
23h21 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Polaroid
Ana, um belo exercício de concisão. Gosto muito desta tua polaroid registrando impressões cotidianas e extraindo do ordinário um prenúncio de poesia. Estas "mínimas" nos situaram diante de mitos que nos revelam semelhanças e situações de reconhecimento, gosto do seu olhar atento ao que brota do cotidiano e fica registrado intensamente em nossas vivências. Penso sempre nestes pequenos episódios como a nossa conquista particular de identidade. Às vezes minha própria cidade se cansa de mim e se apresenta de modo a me confundir, e esta insegurança de não saber para onde ir é um estar vivo. Abraços.

[Sobre "Mínimas"]

por Carlos E. F. Oliveir
30/1/2008 às
22h58 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Paixão explícita
Percebe-se que você se apaixonou pelo filme "Frida", Julio, e sentiu necessidade de tentar justificar o encanto sentido. Aliás, paixão é uma palavra que pode definir as motivações dessa artista em relação à arte e à vida. Frida Kahlo era movida por paixão; podia não ser uma pintora genial, mas era uma pintora apaixonada, que se entregou à obra e ao mestre aparentemente com a mesma intensidade. E lutou contra todas as adversidades pelo direito de pintar. Algumas atividades são solitárias, se desenvolvem na solidão, como afirmou Goethe, apesar de serem alimentadas pelo contato com os outros, pelo social; o acidente que a deixou de cama, impossibilitada de andar durante um período, forçou Frida a estar sozinha, trabalhando a sua arte, amadurecendo o seu talento. Talvez o filme não agrade a muitos, pois o que representa para alguns pode não ser o mesmo para outros, mesmo próximos, que pensamos conhecer, saber dos gostos, antever as apreciações. Nossas paixões são subjetivas, surpreendem!

[Sobre "Frida Kahlo e Diego Rivera nas telas"]

por Cristina Sampaio
http://www.minhasvozes.blogspot.com
30/1/2008 às
22h13 189.70.202.138
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Já estou terminando
Já estou quase acabando de ler o livro pelas vias tradicionais, ou seja, palavra por palavra do início ao fim. Quem se deixar levar pelo título vai perder um excelente livro.

[Sobre "Ah, essa falsa cultura..."]

por Juca Azevedo
30/1/2008 às
18h41 189.2.184.40
(+) Juca Azevedo no Digestivo...
 
É bom olhar pro espelho
"Criminoso! Criminoso, sim!". Mas ele não foi preso? Não cumpriu a pena que a Justiça determinou para o caso dele? E se o cara não fosse "filhinho de papai" seria alguma garantia de que ele hoje se diria arrependido? Jeez. Olhem para as próprias vidas e vejam o tanto de besteira que certamente também já fizeram - todos fazemos.

[Sobre "Traficante, sim. Bandido, não."]

por Renato Pedrecal
30/1/2008 às
16h25 201.17.218.227
(+) Renato Pedrecal no Digestivo...
 
Um dia escreverei bem...
Como dizer de uma forma bonita ou menos dolorosa que levei um tapa lendo seus textos? Já li as 3 partes dele e, bom, foi o que aconteceu! Quero agradecê-lo por compartilhar conosco sua experiência. Parabéns!

[Sobre "Como escrever bem — parte 1"]

por Rúbia
30/1/2008 às
15h55 200.141.142.2
(+) Rúbia no Digestivo...
 
Apreciação do leitor
"Boas histórias e de verdade" é um texto agradável para ser lido por internautas mesmo que apressados. Gostei. Vou voltar a esse saite/blog noutra hora, com mais tempo. O que li foi suficiente para me ilustrar, quem sabe, para minha coluna no jornal "O Dia".

[Sobre "Boas histórias — e de verdade"]

por francisco miguel de
30/1/2008 às
14h55 189.12.177.81
(+) francisco miguel de no Digestivo...
 
A porta abre para os 2 lados
E imagina como os peruanos, por exemplo, se sentem quando os mineiros ficam se gabando de morar nas montanhas, bem aí do alto de um punhado de morrinhos mixurucas...

[Sobre "Mínimas"]

por Paulo Moreira
http://paulodaluzmoreira.blogspot.com
30/1/2008 às
13h36 76.219.88.23
(+) Paulo Moreira no Digestivo...
 
Até eu já escrevi
Qualquer biólogo, qualquer antropólogo, qualquer cronista, qualquer um ou mesmo qualquer blogueiro, se arroga o direito de filosofar sobre Deus. Até ateu fala sobre ele! (Existe ateu porque deve existir Deus, senão pra quê ateu?) Nietzsche e tantos outros foram simplesmente coadjuvantes no verdadeiro assassinato de Deus... Charles Darwin, com sua teoria da evolução, sim, colocou dúvida na existência divina. O Chefe Criador não deve ser mais do que uma Enorme Energia Cósmica; não tem gênero nem número, não é nem O nem A, não tem barba e muito menos é Branquinho como queria o Constantino e demais inventores, como Da Vinci, Michelangelo e Rubens, por exemplo. Os antigos escritores bíblicos, ignorantes pela própria natureza, escreveram uma monte de insanidades que hoje não podem mais serem suportadas... Todos falam; por isso até eu escrevi um ensaio sobre isso. Abraços!

[Sobre "Deus não é Grande, de Christopher Hitchens"]

por I. Boris Vinha
http://oslivros-iborisvinha.blogspot.com
30/1/2008 às
09h56 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Três Ensaios Sobre a Democracia
Noberto Bibbio
Cardim & Alario
(1991)



Uma Vez Ontem
Sérgio Mudado
Sografe
(1997)



O Outro Lado da Vida
Sylvia Browne
Sextante
(2000)



Avc Acidente Vascular Cerebral - Protocolos Gerenciados do Hospital Is
Zukerman/eliova e Outros
Manole



Flores e Ervas - Coleção Caras Zen
Caras
Caras
(2004)



Em Busca de Mim / 10ª Edição - Confira !!!
Isabel Vieira - Ilustrações Michele Iacocca
Ftd
(1994)



Hamlet
William Shakespeare
Lafonte
(2019)



Cabocla - Semi Novo
Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho
Petit
(2008)



Livro - Sentimento do Mundo - Bolso
Carlos Drummond de Andrade
Companhia de Bolso
(2012)



Controladoria Básica
Clovis Luis Padoveze
Thompson
(2004)





busca | avançada
74698 visitas/dia
1,7 milhão/mês