Desculpem a falha | Assunção Medeiros

busca | avançada
54332 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Elísio Lopes Jr comanda oficina gratuita de dramaturgia nesta sexta-feira (27)
>>> Livro aborda Perícia Grafoscópica de forma acessível para profissionais de diversas áreas
>>> Textos reunidos de Adorno sobre indústria cultural ganham tradução revigorada
>>> Jornalista Silvana Salerno mostra como escrever de forma criativa elementos externos ao livro
>>> Websérie ‘Extremos’ estreia em dezembro com atores contracenando de cidades diferentes do país
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
Colunistas
Últimos Posts
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um tweet que virou charge
>>> Lugar de mulher é...
>>> 27 de Março #digestivo10anos
>>> Remix Narrativo
>>> Asia de volta ao mapa
>>> A Era do Gelo
>>> As cartas de Dostoiévski
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> 9 de Abril #digestivo10anos
>>> Solidão Moderna
Mais Recentes
>>> Lolita de Vladimir Nabokov pela Biblioteca Folha (2003)
>>> Negrinha de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1994)
>>> Mad Maria de Marcio Souza pela Circulo do Livro
>>> Negação Extrema de David Morrell pela Rocco
>>> Toda Poesia de Paulo Leminiski pela Companhia das Letras (2013)
>>> Sidarta de Hermann Hesse pela Record
>>> A Décima Profecia de James Redfield pela Ponto de Leitura (2009)
>>> Pilatos de Carlos Heitor Cony pela Companhia das Letras (2001)
>>> A Décima Profecia Aprofundando a Visão de James Redfield pela Objetiva (2001)
>>> Nau Capitânia: Pedro Álvares Cabral Como e Com Quem Começamos de Walter Galvani pela Record
>>> Um Toc na Cuca de Roger Von Oech pela Livraria Cultura
>>> Madame Bovary de Gustave Flaubert pela Circulo do Livro
>>> Adalgisa Nery de Ana Arruda Callado pela Relume Dumara (1999)
>>> Grandes Enigmas da Humanidade de Luiz C. Lisboa e Roberto P. Andrade pela Círculo do Livro
>>> Gerência Descomplicada de Richard S. Sloma pela Circulo do Livro
>>> A Cor da Ternura de Saritah Barboza pela Ftd (1996)
>>> Vida Secreta do Senhor de Musashi de Tanizaki Junichiro pela Companhia das Letras (2009)
>>> Um Desafio para Cross de James Patterson pela Rocco (2008)
>>> Na Trilha da Cura de Padre Léo; Scj pela Canção Nova (2006)
>>> Natal, o Presente de Israel Belo de Azevedo pela Prazer da Palavra
>>> Zátopek ... Se Não Aguentar Mais, Acelere! de Jan Novák Jaromir pela Nd
>>> Nas Ruas do Brás de Drauzio Varella / Ilustrações Maria Eugênia pela Companhia das Letras (2000)
>>> A Convidada de Honra de Irving Wallace pela Record (1989)
>>> Na Próxima Dimensão de Carlos A. Baccelli; Inácio Ferreira pela Leepp (2003)
>>> The Winter King de Bernard Cornwell pela Penguin Uk (1996)
>>> The Wedding Girl de Sophie Kinsella pela Black Swan
>>> Não Verás País Nenhum de Ignácio de Loyola Brandão pela Codecri
>>> The Maze of Bones de Rick Riordan pela Scholastic Press
>>> Aconteceu... de Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho pela Petit
>>> Não Tenha Medo de Ser Chefe de Bruce Tulgan pela Sextante (2009)
>>> Relógio de Pandora de John J. Nance pela Record
>>> Não Há Silêncio Que Não Termine de Ingrid Betancourt pela Companhia das Letras (2010)
>>> Um Conto de Duas Cidades de Charles Dickens pela Nova Cultural (2002)
>>> A Constituiçao Divina de Richard Simonetti pela Ceac (1997)
>>> A Conspiração Fransciscana de John Sack pela Sextante
>>> A Consciência de Zeno de Italo Svevo; Ivo Barroso pela O Globo (2003)
>>> Não Conte a Ninguém (nova Ortografia) de Harlan Coben pela Arqueiro (2014)
>>> Corpo Vivo de Adonias Filho pela Circulo do Livro
>>> A Confraria de John Grisham pela John Grisham (2000)
>>> Um Amor para Recordar de Nicholas Spark pela Arqueiro (2019)
>>> Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei de Paulo Coelho pela Rocco (1994)
>>> Quando Passado e Presente Se Encontram de Denise de Oliveira pela Fabricando Idéias (2004)
>>> Usain Bolt: Mais Rápido Que um Raio - Minha Autobiografia de Usain Bolt pela Planeta Brasil (2014)
>>> A Cidade e as Serras de Eça de Queirós pela Martin Claret
>>> A Cidade e as Serras de Eça de Queiroz pela Clube do Livro
>>> Dom Quixote de Miguel Cervantes Saavedra pela Abril
>>> Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei de Paulo Coelho pela Planeta do Brasil (2006)
>>> Howard Hughes a Face Oculta de James Phelan pela Círculo do Livro
>>> Vinte Mil Léguas Submarinas de Júlio Verne e Walcyr Carrasco pela Moderna (2012)
>>> Turma da Mônica Jovem Primeira Série Volume 3 (6, 7, 8) de Mauricio de Sousa pela Panini (2017)
COMENTÁRIOS

Domingo, 2/6/2002
Comentários
Leitores


Desculpem a falha
Onde se lê "senso de ralidade", favor trocar por "senso de REALIDEDA" ops! RAELIDADE... REDALIDADE... ah, vocês sabem! :o)))

[Sobre "Psiquiatra declara Japão Oficialmente Maluco"]

por Assunção Medeiros
2/6/2002 à
00h48 200.184.36.161
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Para Karla
Karla, você mencionou meu nome, então acho que merece uma resposta. Veja bem, eu só mencionei certas coisas porque o Eduardo foi ACUSADO de não poder emitir opinião devido à sua idade e sexo. Então eu quis pular por cima de objeções deste tipo e dizer que me considero pertencente ao grupo mais capacitado para criticar o dito programa, ou seja, parte do público-alvo do mesmo. Não sou? Pois é, e acontece que eu concordo plenamente com o moleque de 22 anos (desculpa aí Eduardo) no que ele diz a respeito do programa. E nada do que você - ou as outras meninas que se enfezaram com ele - disseram mudou minha opinião. No seu primeiro comentário você diz: "Rita Lee (...) até quando não fala nada, é inteligente, interessante, moderna, culta, sábia..." (!!!!!!!!!) Realmente, essa frase dispensa comentários, mas por favor, medite sobre ela. Qualquer pessoa calada pode fazer cara de inteligente, neguinha... e quanto ao sábia, ela deve ser mesmo muito sábia por ter sido presa por porte de drogas e agitação quando estava grávida, de oito meses, se não me engano. Exemplo de sabedoria, se drogar durante a gestação! E eu não vi nenhuma atitude dela desde entã o que justifique o uso da palavra "sábia"!!!! Por favor, pense antes de escrever! Depois você diz que o Eduardo responde os comentários um a um , "como se fosem agressão". Pois eu só vi agressão contra ele, tirando os três primeiros comentários. Eu escrevi um texto aqui no DC, e meu pai quase colocou um comentário elogioso, mas ele é mais velho e experiente que as meninas, e achou que ia pegar mal... mas eu dou o direito das meninas gostarem do que o irmão escreveu e terem vontade de expressar isso. Teria tido muito orgulho em ter um comentário do meu pai no DC. Você não teria? No que isso invalida o comentário delas, ou o dele? E se é infantilidade dizer que a Rita Lee NÃO É um expoente de nossa música bom, tragam minhas jujubas! E se é tã oinfantil discutir aqui, o que faz uma tão madura e sábia mulher por aqui? vá assistir ao saia justa! Um abraço, Sue.

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Assunção Medeiros
2/6/2002 à
00h14 200.184.36.161
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Para Yara, novamente
Cara Yara, desculpe a demora da resposta, mas sabe como é feriado... não olhei o computador até hoje à noite. Bom (suspiro fundo) se eu for responder seu comentário com o cuidado que deveria, o MEU comentário vai ficar imenso. Deixa eu ver, então, o que eu posso fazer num espaço um pouco menor. Primeiro, se quiser ver o site do meu grupo de estudos, vá ao endereço www.brathair.cjb.net e olhe a nossa revista eletrônica. Se você também estuda história antiga e medieval com seriedade, vai gostar. Segundo, eu não tenho o hábito de fazer de conta que não conheço a dita "cultura popular" para me sentir mais elite. A televisão está lá, e invade nossa consciência. O BBB, o Casa dos Artistas, o Gugu, infelizmente são forças verdadeiras, que seria melhor que entendêssemos ao invés de ignorar. Terceiro, se a Rita Lee era responsável pelo lado criativo junto com três outras pessoas, então ela era no máximo 25% do poder criativo da banda. E eu acho que nem isso ela era. Eu não vou abanar o rabo e dizer "maravilhosa!" só porque ela é mulher. Conheço mulheres que são infinitamente superiores como instrumentistas e como compositoras. A Rita Lee é uma música medíocre, e sinto muito se isso ofende sensibilidades femininas. Quarto: quer um exemplo de pensamento de rebanho? Seu comentário "Diga isto às familias das pessoas que morreram e que foram torturadas durante a ditadura militar". Me diz uma coisa: quantas pessoas você acha que morreram durante a dita ditadura militar? E de que lado estavam? E que lado eram esses? Você já foi se INFORMAR a respeito, ou só gosta de repetir os slogans dos líderes do rebanho? Você não estava nem próxima de nascer quando tudo aconteceu, mas eu digo a você que o buraco é bem mais embaixo. Quinto, gostar do programa é direito seu, e acho que ninguém disse aqui que não se podia gostar dele. Eu gosto de jujuba, e sei que faz mal aos dentes e engorda, e tem pouquíssimo valor nutritivo. Mas eu gosto. O que eu estou dizendo é que concordo com o Eduardo quando ele fala "Porque a ignorância – especialmente quando disfarçada - é entediante." E que discordo quando as mocinhas gritam e dizem que ele é machista por falar isso. Você já reparou o quanto os homens se cobram e criticam OBJETIVAMENTE uns aos outros? Vamos largar essa coisa de feminino/masculino e julgar as coisas no seu sentido universal? Ou o programa é bom porque é bom, ou é ruim. Na mesma escala de valores de um programa "masculino" (eca! detesto ter de usar essa separação idiota). Um abraço, Sue. P.S.: Eu ADORO o programa da Ana Maria Braga, tiro receitas INCRÍVEIS de lá. Sua mãe tem bom gosto.

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Assunção Medeiros
1/6/2002 às
23h44 200.184.36.161
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
De médico e de louco...
Esse meu general é mesmo um artista! Parabéns, senhor!Mais uma obra prima de humor, jóia do mais fino witticism. Oscar Wilde bateria palmas de prazer! É um texto que merece centenas de exclamações!!!!! E o pior é que é verdade, mas não só para os japoneses. Se olharmos com um pouco menos de ternura para o nosso país, veremos que abundamos também de psicoses. Apenas somos uns maluquinhos mais divertidos que os japoneses, que não conseguem perder a rigidez de manual nem quando são malucos, coitados. Nós, nós somos malucos-beleza, com forte fixação anal, mais um tanto de necrofilia (veja os jornais do Rio/São Paulo), total ausência de senso de ralidade, e quase que total incapacidade de viver em sociedade. A diferença entre os malucos nipônicos e os malucos tupiniquins é que os primeiros trabalham até quebrar, e os segundos descansam até desmanchar... Beijos da Sue

[Sobre "Psiquiatra declara Japão Oficialmente Maluco"]

por Assunção Medeiros
1/6/2002 às
22h11 200.184.36.185
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
luz dos Açores
Pedroservio, achei curiosa a afirmação de que o Brasil ("tupinambaquistão" como talvez você prefira) foi invadido pelos colonizadores manés, da mesma forma que a Palestina o foi por colonos vindos da Europa. Tanto quanto o meu escasso gauchês me permite depreender, o termo "mané" se refere aos imigrantes açorianos que nos séculos dezoito e dezenove, com coragem e desprendimento, aportaram nos então insalubres e despovoados vales do que são hoje Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Se algum índio havia por lá na ocasião (e em que quantidade, o que até hoje é discutido), creio que foi é beneficiado com o alargamento de consciência trazido pelos históricos manés. Comparar o povoamento daquelas terras com o contexto político da Palestina do pós-guerra decididamente não se afigura razoável. Na verdade não desejo lhe convencer de nada, pois algum tipo de ideologia hegemônica parece que foi mais rápida... Acho apenas que um pouco de informação... ah, a informação, sempre ajuda. Um abraço.

[Sobre "Nas garras do Iluminismo fácil "]

por Toni
1/6/2002 às
18h31 200.154.144.165
(+) Toni no Digestivo...
 
Nomes e cores
O nome dele é pela cor. Quando filhotinho, Ferrugem era quase ruivo. Hoje ele já desbotou um pouco, mas ainda chama atenção na rua. E o seu nome, também é pela cor ? :)

[Sobre "Eu & Ferrugem"]

por Adriana
31/5/2002 às
18h42 200.199.108.12
(+) Adriana no Digestivo...
 
verdades numa paródia
Prezado Evandro, por questão de personalidade (os da "terrinha" dirão que é meu destino, meu fado) sempre fui mais solitário do que gregário. E gente com esse meu perfil costuma olhar com fascínio (e também com alguma inveja) para os "enturmados" da vida. Foi sob essa perspectiva e com esse sentimento que li inicialmente sua crônica, mesmerizado com as "regras de interação social em boteco". É claro que o seu texto é antes de tudo uma paródia, bem humorada por sinal, dos tempos que correm, concentrando a artilharia no assim chamado "corpo docente". Por todos os motivos, parabéns pelo trabalho, boa sorte e tomara que pelo menos desta vez aquele primo chato não apareça!!

[Sobre "Da arte opiniática"]

por Toni
31/5/2002 às
17h24 200.154.144.165
(+) Toni no Digestivo...
 
eu tambem nao tenho pulgas !
olá adriana, poxa quer dizer que voce adora passear comigo, me leva pra todos os lados. rs... legal que voce tenha um animalzinho como amigo. ainda mais se parecendo comigo. só que eu nao faço xixi na sala, e nem estrago coisas; se quizer me levar tambem estou disponivel. bom sem brincadeiras, o nome dele é pela cor ou por minha causa? um beijo e parabens pelo amigo. ferrugem

[Sobre "Eu & Ferrugem"]

por ferrugem
31/5/2002 às
15h06 200.158.167.76
(+) ferrugem no Digestivo...
 
Homem hightech
Lembrei-me de um texto do Millor, que dizia mais ou menos o seguinte: trinfará a sociedade que mantiver congelado o último homem que souber fazer conta na ponta do lápis, pois quando todos os computadores entrarem em pane ele será descongelado e será o senhor do mundo. Me parece de uma estupidez imensa a tecnologia-pela-teconologia, o sujeito que quer o último modelo de computador portátil não porque o seu atual não lhe esteja servindo, mas porque o último é o mais recente. E acho que o japonês (não só ele, claro) representa muito bem esse papel do homem hightech, como se a teconologia não fosse apenas um meio, mas o paradigma a ser seguido e, nos casos extremos, incorporado, sob pena de exclusão do mundo dito "avançado".

[Sobre "Psiquiatra declara Japão Oficialmente Maluco"]

por Rogério Prado
31/5/2002 às
13h56 200.194.102.154
(+) Rogério Prado no Digestivo...
 
ai,ai,ai....
Ui...já encheu.Vão bater boca em outro lugar,bando de chatos.Não dá mais para aguentar.Que saudades das discussões interessantes.Que saudades daqueles que não precisam dizer quantos livros/mês ou livros/ano vale suas cabeças...Sérgio Augusto,onde está você?Venha ensinar sua adorável modéstia e deliciosa inteligência a essas crianças ranhentas...

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Andréa Trompczynski
31/5/2002 às
12h43 200.193.168.228
(+) Andréa Trompczynski no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




REVISTA PAULISTA DE MEDICINA VOL. 55 JULHO A DEZ
ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE MEDICINA
ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE MEDI
(1958)
R$ 35,02



UM OLHAR QUE TRANSFORMA: HISTÓRIAS DO MUNDO DO TRABALHO
JANUARIA CRISTINA
MERCURYO JOVEM
(2007)
R$ 6,90



AS MINAS DE PRATA TOMO 1 - CAPA DURA
JOSÉ DE ALENCAR
EDIGRAF
R$ 5,00



O ISSQN E A IMPORTAÇÃO DE SERVIÇOS
ALESSANDRA M. BRANDÃO TEIXEIRA
RENOVAR
(2008)
R$ 56,82



ALEGRES NA ESPERANÇA
CARDEAL PIRONIO
PAULINAS
(1979)
R$ 11,88



BRINCANDO COM AS CORES: ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO
TODOLIVRO
TODOLIVRO
R$ 5,00



UM PAÍS CHAMADO INFÂNCIA - VOLUME 18
MOACYR SCLIAR
EDITORA ÁTICA
R$ 20,00



FAMA: AQUI VOU EU!
CATHY HOPKINS
VERGARA E RIBA
(2007)
R$ 13,13



THE BEST OF SÃO PAULO - POCKET GUIDE
JOÃO CÂNDIDO GALVÃO (CAPA DURA)
MARCA DAGUA
R$ 9,28



A INDESEJADA APOSENTADORIA - 4ª EDIÇÃO
JOSUÉ MONTELLO
GRUPO ACHÉ
(1990)
R$ 7,00





busca | avançada
54332 visitas/dia
2,0 milhões/mês