Ajustes | Yara Romero

busca | avançada
79202 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> 7ª edição do Fest Rio Judaico acontece no domingo (16 de junho)
>>> Instituto SYN realiza 4ª edição da campanha de arrecadação de agasalhos no RJ
>>> O futuro da inteligência artificial: romance do escritor paranaense Roger Dörl, radicado em Brasília
>>> Cursos de férias: São Paulo Escola De Dança abre inscrições para extensão cultural
>>> Doc 'Sin Embargo, uma Utopia' maestro Kleber Mazziero em Cuba
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
Últimos Posts
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Vestibular, Dois Irmãos e Milton Hatoum
>>> Circo Roda Brasil
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> O corpo-reconstrução de Fernanda Magalhães
>>> Contra os intelectuais
>>> Sem música, a existência seria um erro
>>> Orkut, um sonho impossível?
>>> Charges e bastidores do Roda Viva
>>> Pensamento do dia
>>> Por que votei nulo
Mais Recentes
>>> Ser Terapeuta - Depoimentos de Ieda Borchat - Paulo Barros pela Summus (1985)
>>> Coleção Tim Maia - 1970 - Livreto + CD de Abril - Tim Maia pela Abril (2014)
>>> Coleção Tim Maia V.3 - 1973 - sem o CD de Abril - Tim Maia pela Abril (2013)
>>> Aurélio - O Dicionário Da Língua Portuguesa - C/ Cd-rom de Aurélio Buarque De Holanda Ferreira pela Positivo (2004)
>>> C ++ Como Programar - sem Cd-rom de H.M Deitel - P J Deitel pela Bookman (2004)
>>> Fradim do Velho Nº 30 de Henfil pela Vozes (1980)
>>> Lobo de Ray-Ban - Revista da Peça - Raul Cortez - Christiane Torloni de Renato Borgui - José Possi Neto pela Tarot Pruduões - Ray-Ban (1991)
>>> O Heroi dos Tabuleiros - Col. Espelhos de Ricardo Criez pela FTD (2024)
>>> O Livro das Letras - um Alef Beit Místico de Lawrence Kushner pela Madras (2002)
>>> Box - Jornalismo Sitiado - [ 2dvds + Livro ] de Eugenio Bucci - Sidnei Basile pela Log on Cultura Marcas (2004)
>>> Ressignificando Sua Vida de Dr Mohamad Barakat pela Vital (2018)
>>> O Brincar E A Criança Do Nascimento Aos Seis Anos de Vera Barros De Oliveira pela Vozes (2010)
>>> Tua cor é o que eles olham (C/ autografo) de Sonia Euler Mororo pela H. P. Comunicação (2017)
>>> Lonely Planet Italy de Paula Hardy, Alison Bing, Abigail Blasi, Cristian Bonetto, Kerry Christiani, Gregor Clark, Joe Fullman, Duncan Garwood, Robert Landon, Vesna Maric pela Lonely Planet (2012)
>>> O Martelo Das Feiticeiras de Heinrich Kramer E James Sprenger pela Rosa Dos Tempos (2020)
>>> O Último Dia De Dava Shastri de Kirthana Ramisetti pela Astral Cultural (2023)
>>> A Economia Feminista: Por Que A Ciência Econômica Precisa Do Feminismo E Vice-versa de Hélène Périvier pela Bazar Do Tempo (2023)
>>> Abolicionismo. Feminismo. Já. de Angela Y. Davis; Gina Dent; Erica R. Meiners; Beth E. Richie pela Companhia das letras (2023)
>>> Imagens Do Além de Heigorina Cunha; Espírito Lucius pela Instituto De Difusão Espírita (2007)
>>> O livro mágico de aniversário com música e luzes de N/a pela Todolivro (2015)
>>> Wicca - Por Trás Da Bruxaria Branca de William Schnoebelen pela Proposito Eterno (2007)
>>> Quem se esconde na fazenda? de Debbie Tarbett pela Nobel (2018)
>>> From Immigrant to Ethnic Culture de Rakhmiel Peltz pela Stanford (1998)
>>> Revista Cinemin nº63 (5ª série) de Ebal pela Ebal (1990)
>>> Um Dono Para Buscapé de Giselda Laporta Nicolelis; Elisabeth Teixeira pela Moderna (2017)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 6/6/2002
Comentários
Leitores

Ajustes
Oie, Julio Achei o seu texto perfeito, você consegui expor de maneira muita clara as diferenças entre os dois programas. Acho que o Saia Justa possui altos e baixos, mas talvez isto seja resolvido com o tempo. Espero que este ainda exista tempo hábil para estes ajustes, pois sabemos que se algum programa começa a "derrapar" as emissoras e patrocinadores logo desistem de investir. Parabéns pelo texto.

[Sobre "Do Manhattan Connection ao Saia Justa"]

por Yara Romero
6/6/2002 às
17h51 200.181.172.128
(+) Yara Romero no Digestivo...
 
Zero pirata
Leandro, ou eu muito me engano ou essa revista era uma espécie de pirataria do Zero, ou seja, um personagem da mesma temática com nome parecido (do mesmo jeito que a Vecchi fez com Tex e Chet). Não me lembro de ter lido, mas arriscaria dizer que o material era 100% nacional. Também não recordo o nome.

[Sobre "50 Anos de Preguiça e Insubmissão"]

por Rafael Lima
6/6/2002 às
16h42 200.179.78.2
(+) Rafael Lima no Digestivo...
 
Obrigada, José Maria
Caro José, eu teria deixado esse fórum meio frustrada se não houvesse recebido sua resposta. Realmente, os públicos são diferentes, vide as diversas mensagens acima. Eu, por minha vez, gosto dos Beatles, aprecio uma que outra interpretação da Betânia, gosto muito de Legião Urbana... enfim, nada tenho contra rock ou música pop. Apenas não acredito que sejam produção cultural de alto valor. Também nada tenho contra as quatro apresentadoras. Apenas sinto ser errado o tratamento "especial" dado à elas, e mesmo ao programa como um todo, pelo fato de ser "feminino". A Marília Gabriela não faz um programa "feminino", faz um programa de entrevistas. A Lúcia não procurou as amigas "antenadas", mas com graça e seriedade enfrentou um programa onde teria de conversar de igual para igual com homens, e homens de peso. Não se saiu mal, e não contribuiu para a "cultura de gueto", onde mulheres recebem um espaço separado para brincar e se distrair, enquanto os homens fazem o "trabalho sério". É dessa mentalidade de gueto que não gosto no programa, e que acho tão errada quanto a mentalidade das 'popozudas' de plantão. A mulher não precisa de tratamento nem de espaço especial para brilhar, nem de um programa chamado "Saia Justa" (!!!) para justificar sua presença na televisão. Isso tudo é apenas um outro tipo de "cota", preconceito às avessas. A qualidade do programa achei mediana, mas, tendo entrado em contato com o PÚBLICO do programa aqui neste fórum, acho que ele devia ser rebatizado para "Turma da Mônica". Ou "Momento Pestalozzi". Foi muito bom te conhecer, e me despeço de você, do Eduardo e de todos que argumentaram e conversaram com civilidade e respeito aqui dentro. Beijos da Sue a todos estes.

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Assunção Medeiros
6/6/2002 às
16h08 200.184.36.185
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Dúvida
Rafael, você se lembra de uma revista que saía no final dos anos 70, com uma temática bem similar à do Zero? Era um recruta também, e as estórias se passavam em um quartel. Puxa, faz muito tempo, nao lembro nem o nome... Acho que era da RGE. Não sei nem qual era a origem daqueles quadrinhos (na época, eu estava recém aprendendo a ler, se tanto). Talvez fosse nacional. Desde já, obrigado.

[Sobre "50 Anos de Preguiça e Insubmissão"]

por Leandro
6/6/2002 às
16h14 161.148.246.95
(+) Leandro no Digestivo...
 
Por onde baba você
Vanessa, que começou com toda essa brincadeira, se cadastrou com e-mail falso ([email protected]) e sumiu. Mas também participou com o mesmo IP (200.228.23.130) de um fórum sobre dragões(!) com o nome de Tobias em "http://books.dreambook.com/titiamat/guestb.html".
Thompson já é mais criativo. Em "http://books.dreambook.com/titiamat/guestb.html", com o mesmo IP 200.199.13.251, ele assinou como Rodrigo; e, em "http://www.somdomangue.com.br/wwwboard/messages/13.html", preferiu ser meu xará, assinando Eduardo Oliveira.
Em um mural de Caruaru (http://www.somdomangue.com.br/wwwboard/messages/13.html), Ivete Lira assina Zion e, em vez de discutir a escultura do Mestre Vitalino ou a crítica literária do Álvaro Lins, digita sequências incompreensíveis de letras e palavrões.
É essa a gente que, em intermináveis ataques convulsivos sobre o teclado, tenta desqualificar o que escrevo. E que, babando na frente da televisão, assiste e aprova o Saia Justa.
Voltem para sua turma, sejam felizes, beijos e abraços,
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
6/6/2002 às
13h24 200.213.203.195
(+) Eduardo no Digestivo...
 
Que sejam os italianos!
Ana, que idéia boa!! O Alexandre poderia fazer um especial "Malucos" para o Digestivo, e a marca visual seria o Obelix comentando com o Asterix "Esses ........ são uns loucos!" Ah, faz, Alexandre!... Beijos da Sue.

[Sobre "Psiquiatra declara Japão Oficialmente Maluco"]

por Assunção Medeiros
6/6/2002 às
14h26 200.184.36.151
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
O próximo...
Alexandre, Não concordo com qualquer generalização. Talvez por que eu tenha muita dificuldade em enquadrar pessoas em grupos. Mas seu texto é tão bem escrito, que eu te perdôo. Quer dizer, perdôo depois que vc atacar o próximo "povo" da sua lista... :o) Abraços, Ana. PS: Conheço a Kelly Hatanaka e posso garantir: Ela é COMPLETAMENTE pirada... :o)))

[Sobre "Psiquiatra declara Japão Oficialmente Maluco"]

por Ana Salete Veras
6/6/2002 às
14h17 199.228.142.5
(+) Ana Salete Veras no Digestivo...
 
Mais do mesmo
Rafael, Gosto muito de ler o Digestivo, mas vez por outra, por uma razão ou outra, me "afasto" daqui... Sempre que retorno, depois de visitar os Digestivos do Júlio, vou ler sua coluna. Hoje foi um destes meus dias de "retorno". E renovei o prazer de ler o que vc escreve. Sempre elegante, inteligente sem afetação e, acho que esta é uma das suas principais virtudes, instigante. Já perdi a conta das coisas que resolvi conhecer melhor depois de ler uma coluna sua. É um prazer estar de volta e "encontrar" você. Beijos, Ana.

[Sobre "Música do acaso"]

por Ana Salete Veras
6/6/2002 às
13h57 199.228.142.5
(+) Ana Salete Veras no Digestivo...
 
A TV a cabo não está em crise!
Contando o número de intervenções sobre o "calcinha" concluo: o apoio do BNDES à TV a cabo é mesmo maracutaia. Tem assinante para dar com pau. Respondendo aos comentários da SUE: Eu comparei as ilustres senhoras do Saia Justa à Lucia Guimarães. Não devia. São públicos diferentes, interesses diferentes. Eu nunca encontraria as justas saias em um seminário sobre o Brasil, como encontrei a Lucia Guimarães. Elas não me indicariam a exposição G. Ritcher, como fez a Lúcia. Eu, por exemplo, não tenho nenhum imteresse em Beatles, nunca tive, em qualquer versão. Também não vejo aquele programa horrível da Marisa Orth (se ela é inteligente, o que faz lá, dinheiro?). Assisto aos "Normais", acho divertido exatamente em função da idiotia urbana dos personagens em um rítmo excelente, feito para TV. Isto não quer dizer que eu tenha interesse no que pensa a Fernanda. O marido era engraçado quando escrevia contos pornográficos no Planeta Diário (Com calor na bacurinha). A Mônica é boa... bem... prefiro o William Waack no Globo News Painel. Não gosto da Maria Bethânia, acho Gal irritante, assim como 99% da nossa música popular que "aparece", mas acho a Mônica Salmaso excelente, assim como a Beth Bruno e a Bel Padovani. Logo o problema da "editoria" do programa não me preocupa. Quando é chato, ruim, não assisto. Tendo público, parabéns. Vida longa. Um abraço cara Sue.

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Jose Maria
6/6/2002 às
10h16 143.106.37.196
(+) Jose Maria no Digestivo...
 
Maldição ou identidade?
Olá, amiga. Muito bom o artigo. Só gostaria de dizer que a seguinte frase é um verdadeiro pepino sociológico-filosófico: "Como pode um povo, com seu país na situação que está, às vésperas de uma eleição geral, parar tudo, chegar mais tarde no trabalho, para acordar de madrugada e assistir a um jogo de futebol?". Minha resposta inicial é: não sei como pode, mas sinto - do fundo de minha alma - que o fato de se poder fazer isso é algo positivo e não negativo. Pode não ser positivo pragmaticamente, pois seria mais eficiente e prático se o povo gastasse seu tempo pensando sobre os candidatos. Mas, humanamente, parece-me que essa atitude define a própria identidade cultural do brasileiro. E arrisco mais. Outro elemento que define essa identidade é a própria sensação de "primeiro dia de aula", em tudo que se faz. Beijos, Evandro

[Sobre "O Primeiro Jogo"]

por Evandro Ferreira
6/6/2002 às
09h31 200.167.235.206
(+) Evandro Ferreira no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro Literatura Estrangeira A Distância Entre Nós
Thrity Umrigar
Nova Fronteira
(2006)



Livro Infanto Juvenis Mais Crônicas de Avonlea Ciranda Jovem
Lucy Maud Montgomery
Ciranda Cultural
(2020)



A Tradição secreta da magia
Idries Shah
Bertrand Brasil
(1995)



Digam a Satã Que o Recado foi Entendido
Daniel Pellizzari
Companhia das letras
(2013)



Livro Infanto Juvenis A História da Galinha Coleção De: Criança Para: Criança
Nina Amarante
Global
(2002)



A Personalidade Neurótica de Nosso Tempo
Karen Horney
Civilização Brasileira
(1969)



Nick Raider agende de homicidios - O anjo exterminador
Michelle Medda
Mythos
(2018)



Noite na taverna e poemas escolhidos de lira dos vinte anos
Álvares de Azevedo
Moderna
(1994)



Graças Morais - Linhas da Terra
Antônio M. Ferreira
Arte e Artistas



XII Jornada Nordestina de Psiquiatria
Milena Pereira Ponde
Apb
(2008)





busca | avançada
79202 visitas/dia
2,3 milhões/mês