Lindo | Juliana Galvão

busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A casa da Poesia
>>> De Auschwitz a ClubMed
>>> À propos de Nice (1930)
>>> Sonhos olímpicos nos Lençóis Maranhenses
>>> Lifestyle Media
>>> A voz de Svetlana em Paraty
>>> São João del-Rei
>>> Convite para as coisas que não aconteceram
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Where I End and You Begin
Mais Recentes
>>> São paulo , políticas públicas e habitação popular de Celine sachs pela Edusp (1999)
>>> Cidade de muros de Teresa pires do rio caldeira pela Edusp (2000)
>>> Por que democracia? de Francisco c weffort pela Brasiliense (1985)
>>> Por que democracia? de Francisco c weffort pela Brasiliense (1985)
>>> Da totalidade do lugar de Milton santos pela Edusp (2012)
>>> Região : espaço ,linguagem e poder de Jean rodrigues sales pela Alameda (2010)
>>> Economia política da urbanização de Paul singer pela Contexto (1998)
>>> Pequena história da agricultura brasileira de Tamás szmrecsányi pela Contexto (1998)
>>> Amêndoa de Nedjma pela Objetiva (2004)
>>> Tatu - Balão de Sônia Barros pela Alegria (2014)
>>> Papai! (Livro infantil) de Philippe Corentin pela Cosac Naify (2014)
>>> Documentos historicos municipais de Valeria agra pela C E H m (2011)
>>> Jurisdição Comunitária de Marcelino Meleu pela Lumen Juris (2014)
>>> O Estado e a Revolução de Lenin pela Expressão Popular (2007)
>>> Pedagogia e estética do teatro do oprimido: Marcas da arte teatral na gestão pública de Dodi Leal pela Hucitec (2015)
>>> Constitucionalismo Latino-Americano: Tendências Contemporâneas de Antonio Carlos Wolkmer , Milena Petters Melo pela Juruá (2013)
>>> Qu'est-ce que la démocratie? de Alain Touraine pela Le Livre de Poche (1997)
>>> Sobre a questão judaica de Karl Marx pela Boitempo (2010)
>>> O direito dos oprimidos de Boaventura de Sousa Santos pela Cortez (2015)
>>> La domination masculine de Pierre Bourdieu pela Éditions du Seuil (2002)
>>> Le citoyen de Marie Gaille (Apres.) pela Flammarion (1998)
>>> Le langage silencieux de Edward T. Hall pela Éditions du Seuil (2000)
>>> O 18 Brumário de Luis Bonaparte de Karl Marx pela Escriba (1968)
>>> Citoyenneté et politiques sociales de Annick Madec; Numa Murard pela Flammarion (1995)
>>> Sociologie de la vie politique française de Michel Offerlé pela La Découverte (2004)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 8/2/2010
Comentários
Leitores


Lindo
Que texto lindo, Ana! Sei que pode parecer um comentário bobo, mas meus olhos ficaram bastante cheios d'água com o último parágrafo.

[Sobre "O menino mais bonito do mundo"]

por Juliana Galvão
http://chocolatesempre.blogspot.com
8/2/2010 às
18h44 189.26.201.222
(+) Juliana Galvão no Digestivo...
 
Coleção Para Gostar de Ler
Fui ler seu texto por achar que haveria referência a uma antiga coleção chamada "Para Gostar de Ler", onde havia contos de autores consagrados como Rubem Braga, Drummond, Fernando Sabino e Paulo Mendes Campos, voltados para leitores adolescentes. E foi através desta coleção que eu realmente comecei a "gostar de ler"... Você descobriu a poesia, eu, os contos. Onde foram parar essas pequenas joias que iluminaram minha infância/adolescência? Será que só eu sinto falta delas?

[Sobre "Para gostar de ler?"]

por Paulo Mauad
8/2/2010 às
18h34 201.18.18.104
(+) Paulo Mauad no Digestivo...
 
Ainda outra dúvida
Há propósito para a vida? A arte tem algum propósito? Aliás, há utilidade na arte? No entanto, o que pensar daquele que vive sem ela?

[Sobre "O menino mais bonito do mundo"]

por Paulo Mauad
8/2/2010 às
15h45 200.244.52.104
(+) Paulo Mauad no Digestivo...
 
Não existe melhor
Todos falam bem o português. A fala não é instância de controle gramatical. Tentar fazê-lo é preconceito linguístico. Da mesma forma, não existe melhor ou pior português escrito. Existe português mais ou menos adequado, dependendo da instância em que se está comunicando. [Brasília - DF]

[Sobre "Promoção: ABC da Língua Culta"]

por Denise Macedo
8/2/2010 às
13h12 189.10.81.180
(+) Denise Macedo no Digestivo...
 
A escola sempre leva a culpa
Haha. É mesmo incrível essa coisa dos pais com as palavras. O mais engraçado é que não prestam atenção ao que eles mesmos dizem. Especialmente quando brigam e discutem (ou quase se matam) na frente dos filhos. Depois não sabem onde aprenderam a se comportar desse ou daquele jeito. Educam com violência, batendo e gritando, depois não querem filhos violentos na adolescência - e como precisam encontrar um culpado, é a escola que está ensinando o que não presta. Eu acredito que o comportamento dos alunos na escola é apenas reflexo da educação que recebem em casa.

[Sobre "Palavrão também é gente"]

por Débora Carvalho
http://www.beeview.com.br
8/2/2010 às
13h12 189.110.214.196
(+) Débora Carvalho no Digestivo...
 
Leitura e conversa
Difícil dizer... Especialmente após as mudanças que nossa língua veio sofrendo nas últimas décadas com o surgimento da internet e o novo acordo ortográfico (para quem escreve). Eu continuo acreditando que quem melhor escreve ou fala o português hoje em dia é quem tem o bom hábito de leitura e quem gosta de conversar, também. Ler é uma reflexão onde o conhecimento é adquirido no silêncio do próprio eu. Assim como na leitura, também nas conversas, nos diversos contatos com os quais a pessoa pode trocar ideias todos os dias, é possível ampliar o vocabulário, deixá-lo mais rico (ou mais pobre também, mas depende da seleção que for feita). [Paulista - PE]

[Sobre "Promoção: ABC da Língua Culta"]

por Clara Albuquerque
8/2/2010 às
13h10 200.17.132.70
(+) Clara Albuquerque no Digestivo...
 
O mistério da vida?
O maior mistério que eu gostaria de ver decifrado é o mistério da vida. Porque: saber de onde viemos, o que fazemos aqui e para onde iremos são perguntas que não calam no íntimo de todas as pessoas. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção: Segredos de O Símbolo Perdido"]

por Rosangela Camara
8/2/2010 às
13h07 201.92.153.205
(+) Rosangela Camara no Digestivo...
 
Criticar o quê???
"Isso", nem filme é!

[Sobre "Lula, o filme"]

por Will
8/2/2010 às
11h01 201.92.153.94
(+) Will no Digestivo...
 
Outra dúvida
Será que todas as coisas têm de ter um propósito? Não poderiam apenas... ser?

[Sobre "O menino mais bonito do mundo"]

por Arthur
8/2/2010 à
00h26 200.157.150.2
(+) Arthur no Digestivo...
 
Chatos relativos
Antes de descrever o chato, devo dizer que o elegante nunca é chato, o famoso nunca é chato. Um cara mal vestido tentando assinaturas contra a matança de ratos não conseguiu uma só, dias depois o mesmo cara, bem trajado e no mesmo lugar, fez nova tentativa, conseguiu centenas de assinaturas, viram a diferença? Não mudei o assunto, é só para dizer que em todos os seguimentos é a mesma coisa. Às vezes um escritor que não tem a quem recorrer, tem mesmo que ser chato. É extremamente fácil uma pessoa que tudo caiu de paraquedas e no colo, dar certo, aí fica achando todo mundo um chato. Vejo escritores famosos chatos, mas ninguém ousa a chamar de chato. No Brasil tem um nordestino que é um mala, passou de chato e todo mundo acha o máximo. Quem já foi chato, tem mesmo é que ajudar o chato da vez.

[Sobre "Edmund Wilson e os chatos da literatura"]

por Candido Rubim Rios
http://candidorios.blogspot.com
7/2/2010 às
18h56 187.13.36.95
(+) Candido Rubim Rios no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Você é Demais Quando...
Carla Oliveira; Alexandre Bocci
Fundamento
(2002)
R$ 12,00



Meia-Noite em Pequim
Paul French
Fundamento
(2017)
R$ 49,80



Crime e Castigo
Dostoiévski
Nova Cultural
(2005)
R$ 50,00



Lanternas Verdes: Renascimento - Edição 2 Maio 2017
Dc Comics
Panini
(2017)
R$ 14,00



Living English Structure: a Practice Book For Foreign Students
W. Stannard Allen
Longman
(1974)
R$ 37,00



Projetos de 100 a 200 M2
Casa Dois
Casa Dois
(2000)
R$ 25,28



Ambiente Componentes e Interações - Ciências Vol. 2
Paulo Mauricio Silva S R Fontinha
Nacional
R$ 5,00



Madame Ex
Hervé Bazin
Abril
(1983)
R$ 10,00



Comentarios a Consolidaçao das Leis do Trabalho
Valentin Carrion
Saraiva
(2008)
R$ 5,13



O Viés do Acaso
Regina Moraes
Nova Era
(2010)
R$ 11,00





busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês