Todo o texto que apresenta-... | Manoel Messias Perei

busca | avançada
32489 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> Brandenburg Concertos (1 - 6)
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Outsiders, de Howard S. Becker
>>> A fila sempre anda
>>> Na praia
>>> O Frankenstein de Mary Shelley
>>> Christian Barbosa no MitA
>>> Obama e o oba-oba
>>> E se Amélia fosse feminista?
>>> O que é ser jornalista?
>>> Toda forma de amor
>>> O filósofo da contracultura
Mais Recentes
>>> Estudos Feministas - v. 15, n. 1 (2007) de Vários pela Edufsc (2019)
>>> Estudos Feministas - v. 17, n. 3 (2009) de Vários pela Edufsc (2009)
>>> Mauá Empresário do Império de Jorge Caldeira pela Companhia das Letras (1995)
>>> Camilo - Señor de la Vanguardia de William Galvez pela Editorial de Ciencias Sociales (1979)
>>> Mutações Ensaios Sobre as Novas Configurações do Mundo de Adauto Novaes (Org.) pela Agir (2008)
>>> Síndrome da Violência de Hosmany Ramos pela Sequência Editorial (1984)
>>> Ame e Dê Vexame de Roberto Freire pela Guanabara (1990)
>>> À Sombra das Chuteiras Imortais - Crônicas de Futebol de Nelson Rodrigues pela Companhia das Letras (1993)
>>> A Solidariedade Antifascista Brasileiros na Guerra Civil Espanhola 1936-1939 de Thaís Battibugli pela Edusp (2004)
>>> Como Esmagar o Fascismo de Leon Trotski pela Autonomia Literária (2018)
>>> Como nasce e morre o fascismo de Clara Zetkin pela Autonomia Literária (2019)
>>> A aventura de contar-se - Feminismos, escrita de si e invenções da subjetividad de Margareth Rago pela Unicamp (2012)
>>> Pró: reivindicando os direitos ao aborto de Katha Pollitt pela Autonomia Literária (2019)
>>> A Revolução Ignorada: Liberação da Mulher, Democracia Direta e Pluralismo Radical No Oriente Médio de Dilar Dirik et al. pela Autonomia Literária (2015)
>>> Despindo Corpos Uma história da liberação sexual feminina no Brasil (1961 - 1985) de Gisele Bischoff Gellacic pela Alameda Editorial (2017)
>>> Erguer a voz: Pensar como feminista, pensar como negra de Bell Hooks pela Elefante (2019)
>>> Olhares negros raça e representação de Bell Hooks pela Elefante (2018)
>>> Feminismo no exílio: o Círculo de Mulheres Brasileiras em Paris e o Grupo Latino-Americano de Mulheres em Paris de Maira Abreu pela Alameda Editorial (2016)
>>> Relatar a si mesmo: Crítica da violência ética de Judith Butler pela Autêntica (2015)
>>> Quadros de guerra: Quando a vida é passível de luto? de Judith Butler pela Civilização Brasileira (2015)
>>> Trotski - O Profeta Banido de Isaac Deutscher pela Civilização Brasileira (1984)
>>> Nos Tempos de Getúlio: Da Revolução de 30 ao Fim do Estado Novo de Sonia de Deus Rodrigues Bercito pela Atual/ Sp. (1995)
>>> De Getulio a Getúlio: o Brasil de Dutra e Vargas (1945 a 1954) de Francisco Fernando Monteoliva Doratioto (e outro) pela Atual/ Sp. (1995)
>>> Indústria, Trabalho e Cotidiano: Brasil (1889-1930) de Maria Auxiliadora Guzzo de Decca pela Atual/ Sp. (1996)
>>> Indústria, Trabalho e Cotidiano: Brasil (1889-1930) de Maria Auxiliadora Guzzo de Decca pela Atual/ Sp. (1991)
>>> Império do Café: a Grande Lavoura do Brasil (1850 a 1890) de Ana Luiza Martins pela Atual/ Sp. (1995)
>>> Império do Café: a Grande Lavoura do Brasil (1850 a 1890) de Ana Luiza Martins pela Atual/ Sp. (1994)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Código da Vida - Fantástico Litígio Judicial de Uma Família de Saulo Ramos pela Planeta (2008)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1991)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Contabilidade introdutória de Sergio Iudicibus, Stephen e outros pela Atlas (1977)
>>> Language Its Nature - Development and Origini de Otto Jespersen, (Prof. Univ. Coppenhagen)./ pela George Allen & UnwinnLtd/London (1949)
>>> El Espejo y La Lámpara: Teoría Romántica y Tradición Clásica de M. H. Abrams pela Eitorial Nova/ Argentina (1962)
>>> Clause Sauf Encaissement de Casimir Pajot pela Librairie Nouvelle de Droit Et de Jurisprudence (1891)
>>> Catolicismo para Leigos de John Trigilio e Kenneth Brighenti pela Altabooks (2008)
>>> Estudos Sobre Sucessões Testamentária de Orosimbo Nonato pela Forense (1957)
>>> Los Caminos Actuales de La Critica (Encadernado) de René Girard/ G. W. Ireland/ Jacques Leenhardt... pela Planeta/ Barcelona (1969)
>>> Instituições de Direito Civil Portuguez de M.A. Coelho da Rocha pela Garnier Livreiro (1907)
>>> Régimen Argentino de la Propiedad Horizontal de José A. Negri pela Arayú (1953)
>>> Enciclopédia de Cultura de Joaquim Pimenta pela Freitas Bastos (1963)
>>> Direitos de Família de Lafayette Rodrigues Pereira pela Freitas Bastos (1945)
>>> Demarcação Divisão Tapumes de Alfredo de Araujo Lopes da Costa pela Bernardo Alves S.A. (1963)
>>> Consultor Civil de Carlos Antonio Gordeiro pela Garnier (1913)
>>> El Derecho de Familia en La Legislacion Comparada de Luis Fernandez Clerico pela Hispano Americana (1947)
>>> Estudos de Direito Civil de Manoel Martins Pacheco Prates pela São Paulo (1926)
>>> Direitos Reaes de Garantia de J.L. Ribeiro de SouSa pela C. Teixeira
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 5/4/2010
Comentários
Leitores


Todo o texto que apresenta-...
Todo o texto que apresenta-se muito cômico é bem mais sério do que espera-se, pois por tras do riso da ficção, está o desejo de uma realidade bem diferente de um presente.Encabule isto.

[Sobre "A alma boa de Setsuan e a bondade"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
5/4/2010 às
03h39 189.79.194.134
(+) Manoel Messias Perei no Digestivo...
 
O segredo do grão
Usei a busca do site para encontrar algo sobre "O segredo do grão" e encontrei uma rápida resenha-quase-uma-citação nesse texto. O filme merecia um pouco mais, na minha opinião. Nunca tinha visto a luz do sol ser utilizada de maneira tão explícita. A luz dos postes, de dentro de casa, das lâmpadas fluorescentes. A luz ambiente é a estrela do filme, e seu objetivo é iluminar os diálogos e as situações sem roteiro que vemos na tela. Sem luzes e efeitos especiais, a humanidade dos personagens, da economia, da política, da sociedade salta aos olhos. É preciso sobreviver, mas será preciso fazê-lo sem abrir mão de nossa dignidade, quando ainda há alguma? Talvez seja esse o segredo do grão.

[Sobre "O melhor de 2008 ― literatura e cinema"]

por arqpita
5/4/2010 à
00h18 189.1.128.85
(+) arqpita no Digestivo...
 
Valeu pela homenagem!
Valeu pela homenagem :) Abraços, força sempre!

[Sobre "O dia em que traduzi Renato Russo"]

por David Obadiah
http://www.twitter.com/legiaojovem
4/4/2010 às
21h01 189.71.122.229
(+) David Obadiah no Digestivo...
 
Nada de tão profundo
Não sei o que as pessoas veem de tão profundo: o garoto está de saco cheio e chutou o pau da barraca; como não sabia mais o que fazer, foi pra casa... Qualquer coisa além disso é invenção da cabeça de quem leu.

[Sobre "O apanhador no campo de centeio"]

por jonathan
4/4/2010 às
11h12 201.67.220.254
(+) jonathan no Digestivo...
 
É impossível encontrar a cura
Tão lindo de ler, tão triste de viver. Inútil buscar essa receita; impossível encontrar a cura... As lágrimas escorrem pelos poros e não existem palavras pra expressar a dor do fim do antigo maior amor do mundo. Marcelo, ótimo texto. "Porque o amor é a coisa mais triste quando se desfaz..." [Tom Jobim/ Vinicius de Moraes]

[Sobre "Receita para se esquecer um grande amor"]

por Isabela Muniz
http://presosnacontramao.blogspot.com/
3/4/2010 às
03h18 200.207.63.104
(+) Isabela Muniz no Digestivo...
 
Falta de tempo e dinheiro
Essa semana houve uma greve de professores em São Paulo. Folha e Estadão primeiro disseram se tratar de meia dúzia de gatos pingados. Outra manifestação, com centenas de professores indignados com a situação da educação no país e com sua própria situação. Folha e Estadão tentaram vincular a greve a grupos políticos adversários do governador Serra, e não ao salário de fome e às precárias condições dos mestres. Ok, ok, os professores são maus, o governador é um herói puro e bondoso e a Folha e o Estadão recebem vultosas quantias em publicidade estatal (como os professores poderiam pagar propaganda na mídia impressa?!). Com uma imprensa de tal modo vendida e corrompida por verbas publicitárias, como seria possível o povo brasileiro ler tanto jornal? Mesmo porque, lembremos, as políticas do PSDB, PT, PMDB etc, de empobrecimento e exploração do povo são cada vez maiores. Não sobra tempo nem dinheiro para ler jornal, como fazem os britânicos, franceses, alemães e norte-americanos...

[Sobre "Como os jornais vão sobreviver na era da internet?, por Hal Varian"]

por Luciano Pita
2/4/2010 às
12h24 189.1.128.85
(+) Luciano Pita no Digestivo...
 
Concordo plenamente
Concordo plenamente com o artigo. O filme é muito bonito, enche os olhos, tem um ritmo que respeita a inteligência humana, diferente do cinema USA - onde se tenta a todo custo esconder as deficiências e a precariedade de enredo e roteiro geralmente superficiais e moralistas. Mas "O Segredo..." tem um clima conservador pairando o tempo todo, e, embora citique a ditadura, acaba agindo como a mesma: perseguindo e pré-julgando, tornando a investigação policial em objeto fetichizado, voyerizado, suscitando sentimentos de justiça com as própiras mãos na plateia, despertando pena em vez de consciência crítica. Por trás de um verniz de arte se esconde a lógica e a ideologia de nosso tempo, sem contestação de suas mazelas, tão gritantes na Argentina e no restante da América Latina de nossos dias. O filme, ao ir na direção do Oscar, deixou de lado sua chance de reflexão e arte verdadeira, e essa influência, com certeza, será sentida, queira ou não, nas produções latinas que ainda virão.

[Sobre "Como se vive uma vida vazia?"]

por Luciano
2/4/2010 às
12h09 189.1.128.85
(+) Luciano no Digestivo...
 
A necessidade do verso
Engraçado você lincar tudo isso num texto tão irônico quanto este do Rogério Pereira e Paulo Polzonoff Jr. Aliás, quem são eles? O bom de ler um texto assim é que a gente percebe bem claro em que os rapazes sustentam suas opiniões (ironia). Sempre uma cobra mordendo o rabo, né? Pois não me proponho a discutir essas questões do gosto poético, mas me pergunto se tradutores tão profícuos que foram os concretos (a um incompetente é possível negar essa afirmação?) poderiam realmente ser considerados anacrônicos diante de pessoas que ainda sustentam que o verso é necessário à poesia.

[Sobre "50 anos de poesia concreta"]

por Marcelo
http://asapenaspalavras.blogspot.com
2/4/2010 às
11h37 187.27.1.196
(+) Marcelo no Digestivo...
 
Bons tempos!
"Escrevo-te estas mal traçadas linhas meu amor/ porque veio a saudade visitar meu coração/ espero que desculpes meus errinhos por favor/ nas frases desta carta que é uma prova de afeição" Primeiros versos de "A carta" (Erasmo e Roberto), regravada depois pela Legião, que revelam, um pouco, como funcionavam algumas egrenagens dos relacionamentos de outrora. Pelo menos, para os mais tímidos, ou para os que moravam longe do bem-amado. Guardo com carinho cartas que meus pais trocaram na mocidade. Surpeendentes! Guardo outras, frutos de correspondência assídua e empolgada com uma amiga querida da adolecência (hoje, minha amiga no Orkut!). Mudam-se os tempos, mudam-se os suportes, só não muda o desejo da comunicação, de saber como o outro está, se a vida anda boa, se anda disponível para um desabafo, um conselho, para um oi, que seja. Não sou propriamente uma epistológrafa, mas aprecio o gênero. Ana, viajei com seu texto. De repente, a tela do PC ficou com cheiro de naftalina. Good Times!

[Sobre "Cartas@de.papel"]

por Flavia
http://twitter.com/FlavitaCaetano
1/4/2010 às
22h36 187.43.124.38
(+) Flavia no Digestivo...
 
Acredito na coexistência
Faço parte daqueles que ainda veem magia e alegria de pinto no lixo quando pegam um vinil. Verdade que ainda não me deu coragem pra sair atrás dos últimos lançamentos em bolachas pretas. Os preços estão lá na estratosfera. Nem sei se vão baixar algum dia. Prefiro, por enquanto, ir atrás dos que ainda restam, espalhados por aí. Mas quanto aos livros de papel (parece-me que o Julio Daio já até decretou o fim deles, junto com as revistas e com os jornais - estes, então, coitados), embora o horizonte não esteja lá essa coca-cola toda, acredito que vão coexistir - não necessariamente em harmonia - com os e-books da vida. Também sou daqueles curiosos com os tais leitores digitais. Não prometo nada, porém, quanto a adquiri-los ou não, mas confesso que já ando olhando com outros olhos minhas 3 estantes onde dormem sempre atentos meus camaradas de longa data.

[Sobre "O futuro (incerto?) dos livros"]

por Pepê Mattos
http://www.pepemattos.zip.net
31/3/2010 às
20h07 189.59.10.98
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MUU - 8558
JANE SMILEY
ROCCO
(1996)
R$ 7,00



ESCRAVIDÃO NUNCA MAIS
HELDIA ROCHA PIRRA
ALQUIBOOKS
(1998)
R$ 4,50



ACAMPAMENTO ESPERANÇA
CARLOS PARRA DÍAZ
THOMAS NELSON BRASIL
(2011)
R$ 15,00



VARIABILIDADE DO NÍVEL DO MAR
ALESSANDRO FILIPPO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



NOSSO HOMEM EM HAVANA
HENRY GRAHAM GREENE
ABRIL CULTURAL
(1972)
R$ 20,00



25 MANEIRAS DE VALORIZAR AS PESSOAS
JOHN C. MAXWELL E LES PARROTT
SEXTANTE
(2007)
R$ 15,00



NOVO NOME DA PAZ
RUY MARTINS ALTENFELDER SILVA
PAX SPES
(2013)
R$ 4,25



EVOLUIR OU MORRER!
OMAR FRANCESCHI
MERCURYO
(1999)
R$ 5,20



O QUE É CULTURA POPULAR
ANTONIO AUGUSTO ARANTES
BRASILIENSE
(1983)
R$ 7,00



RELAXAMENTO COM CRIANÇAS (PEDAGOGIA)
MAGDA VILAS-BOAS
EDIÇÕES LOYOLA
(1996)
R$ 7,00





busca | avançada
32489 visitas/dia
1,0 milhão/mês