Coitado de você... | Vanessa Rosa

busca | avançada
53121 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projeto lança minidocumentário sobre a cultura do Gambá na Amazônia
>>> Cinema itinerante leva sessões gratuitas a cidades do Sudeste e do Sul
>>> Artistas abrem campanha de financiamento para publicação de graphic novel
>>> Projeto que une cultura e conscientização ambiental traz teatro gratuito a Minas Gerais
>>> Show da Percha com Circo do Asfalto
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Por uma arquitetura de verdade
>>> O criador do algoritmo do YouTube
>>> Cisne Negro: por uma inversão na ditadura do gozar
>>> Filosofia teen
>>> Extraordinary Times
>>> O melhor programa cultural
>>> As estrelas e os mitos
>>> Open Culture
>>> Conselheiros não se aconselham
>>> Sartre e a idade da razão
Mais Recentes
>>> A sabedoria de Stephen R. Covey (como novo) de Stephen R. Covey pela Bestseller (2013)
>>> Livro - Moderna Gramática Portuguesa de Evanildo Bechara pela Nova Fronteira (2009)
>>> Cultura na prática de Marshall Shalins pela Ufrj (2007)
>>> Magia Branca e Magia Negra ou a Ciência da Vida Finita e Infinita: Contendo Instruções Práticas para Estudantes de Ocultismo de Dr. Franz Hartmann pela Pensamento (2011)
>>> Livro - A Mulher Que Roubou a Minha Vida de Marian Keyes pela Bertrand Brasil (2015)
>>> Robinson Crusoé de Laura Bacellar pela Scipione (2002)
>>> Livro - Atrás do Balcão da Padaria de Vera Loyola pela Razão Cultural (1998)
>>> Livro - Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século de Italo Moriconi; Diversos Autores pela Objetiva (2001)
>>> Papai noel esteve aqui de Laís Carr Ribeiro pela Moderna (2002)
>>> Livro - Entre o Jardim e a Horta de Gil Felippe pela Senac Sp (2004)
>>> Livro - Desafios da Convivência de Lidia Rosenberg Aratangy pela Gente (1998)
>>> A divina comédia dos mutantes de Carlos Calado pela 34 (1995)
>>> Livro - Dicionário Básico de Mitologia: Grécia - Roma - Egito - Ilustrado de Luiz A. P. Victoria pela Ediouro (2000)
>>> Livro - Ass-holes: a Theory de Aaron James pela Anchor Books (2014)
>>> A Magia do Reiki: A Energia Dirigida para a Cura, Ritual e Desenvolvimento Espiritual de Christopher Penczak pela Pensamento (2013)
>>> Contos de Enganar a Morte de Ricardo Azevedo pela Ática (2006)
>>> Livro - A Casa da Mãe Joana - Curiosidades nas origens das palavras, frases e marcas de Reinaldo Pimenta pela Campus (2002)
>>> Livro - Dieta de South Beach Aditivada: Perca Peso Mais Rápido e Melhore Sua Saúde de Arthur Agatston / Joseph Signorile pela Sextante (2008)
>>> Livro - Brasil uma História de Eduardo Bueno pela Leya (2012)
>>> Livro - O Amigo Perdido de Hella Haasse pela Rua do Sabão
>>> Livro - Os Cem Melhores Poemas Brasileiros do Século de Italo Moriconi pela Objetiva (2001)
>>> International History of the Twentieth Century de Antony Best; Jussi M. Hanhimäki; Joseph A. Maiolo; Kirsten E. Schulze pela Routledge (2004)
>>> Livro - Ritual E Alta Magia Dos Salmos de Jorge Uriel pela Madras (2002)
>>> What it means to be human de Joanna Bourke pela Counter point (2011)
>>> Livro - O Mestre do Amor: Análise da Inteligência de Cristo Volume 4 de Augusto Cury pela Sextante (2006)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 4/11/2002
Comentários
Leitores


Coitado de você...
Como já afirmei em outro comentário nesse site, não sou patrulheira nem lulista de carteirinha, portanto minha opinião não se refere ao que vcs pensam sobre o Lula. O que me surpreende sobretudo - e de que já desconfiava muito antes das eleições... - é como vcs, colunistas do Digestivo Cultural, são pretensiosos e falsos intelectuais. Ou melhor, intelectuaizinhos. Confundem uma boa escrita e um par de idéias e gurus (como Olavo de Carvalho, ai, ai...) com o suficiente para serem grandes pensadores e críticos. Ai, essa vossa vida de intelectuais... Essa falta total de senso crítico fazendo... crítica! Incrível! Os verdadeiros críticos devem estar de cabelo em pé com esse site... Coitados de vocês... E até nunca mais, porque vou procurar coisa melhor na net e fora dela para ler...

[Sobre "Lula Já É Um Coitado"]

por Vanessa Rosa
4/11/2002 às
17h36 200.173.123.6
(+) Vanessa Rosa no Digestivo...
 
Da crítica rasteira
Eduardo, Eu concordo que Buenos Aires é uma das mais belas cidades do mundo e, talvez ao contrário de grande parte dos brasileiros, gosto muito do povo argentino e de seu país. Mas ante as premissas e afirmações gerais mais que aleatórias e anacrônicas que recheam todo o seu texto, fiquei espantada com esse artigo. Não acho incomôda a hipótese de a Argentina ser melhor do que o Brasil, mas acho incômodo e bastante triste ler um texto como esse num site que se pretende crítico e profundo, na medida possível do meio internet. Lamentável. A propósito, apesar de eu sempre acessar o site e apreciar muitos textos aqui pubicados, há tantos outros - como o seu - de um reacionarismo e de um superficialismo assustadores para serem de autoria de pessoas tão jovens que querem fazer um trabalho supostamente inteligente e de substância. Vanessa

[Sobre "Uma verdade incômoda"]

por Vanessa Rosa
4/11/2002 às
16h58 200.173.123.6
(+) Vanessa Rosa no Digestivo...
 
pior que tudo isso
Para mim, pior que tudo isso é a língua inglesa usada de maneira exagerada, principalmente por "micreiros" e economistas.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Nara
4/11/2002 às
12h07 200.219.132.20
(+) Nara no Digestivo...
 
Linha versus cor
Quero agradecer a oportuidade, que o Jardel me dá, de acrescentar mais algumas questões essenciais:A dificuldade em conceber uma linha e uma cor usadas como mesmo elemento provém da tradicional dicotomia entre o linear (desenho)e o pictórico(cor abudante não contida pelo desenho) estabelecido por Heinrich Wolflin, em Principles of Art History (1915). venezianos e florentinos são considerados em rígidos termos de história da arte como representantes dessas polaridades em fins do século XV. Do mesmo modo, os adeptos de Poussin versus os de Rubens, no século XVII; a ruptura entre clássicos e românticos simbolizada por Ingres e Delacroix, como bem enfatizou o Jardel, acima. Alberto Beuttenmüller.

[Sobre "Matisse e Picasso, lado a lado"]

por AlbertoBeuttenmüller
4/11/2002 às
11h40 200.158.28.226
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Quanta vulgaridade
"Válido" no sentido de razoável ou correta, como em "acho válido esse seu comentário". "Pegar" no sentido de considerar ou pensar. "Vamos pegar o exemplo do livro". "Encaminhamento" em vez de programa. "O encaminhamento do seminário de hoje vai ser o seguinte..." O uso de termos que enfraquecem a veemência com que se defende uma idéia, por medo de parecer arrogante, ou de não soar relativista como todo mundo. Por exemplo: sempre dizer que "acha" alguma coisa, mesmo quando se tem certeza. "Li tudo o que encontrei sobre o assunto, e eu acho que Fulano estava mesmo certo." Ou chamar uma idéia de "proposta". "A discussão estava num impasse, quando vieram Fulano e sua proposta." O uso do adjetivo "revolucionário" como um elogio. Ou para qualificar coisas que, afinal, não são tão "revolucionárias" assim. "Filme revolucionário". "Descoberta revolucionária". E, claro, "proposta revolucionária", que é especialmente aplicado a artistas. "Potencial" no sentido de capacidade. Geralmente precedido do imperativo "acredite". "Acredite no seu potencial". "Vocês precisam acreditar no potencial do nosso Brasil". "Estratosférico" para designar qualquer coisa grande ou alta. "Juros estratosféricos". "Poderes estratosféricos". Ao leitor José Maria da Silveira: "mulher" no sentido de "cônjuge do sexo feminino" é perfeitamente recomendável. O termo é abundantemente usado no Código Civil brasileiro de 1916, redigido por Clóvis Beviláqua e Rui Barbosa, numa época em que as leis ainda eram modelos de expressão portuguesa. "Esposa", rigorosamente, é a noiva e não a mulher.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Felipe Ortiz
4/11/2002 à
00h14 200.184.182.2
(+) Felipe Ortiz no Digestivo...
 
A NIVEL DE...
Pior que isso é o tal A NIVEL DE ... ! Aiiiiiiiiiiiiiii!!!!!

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Eleutério Langowski
3/11/2002 às
23h22 200.219.150.53
(+) Eleutério Langowski no Digestivo...
 
"estar .. fazendo"
Hummm... esta lista pode nao acabar nunca, do jeito como as coisas vao... Mas sinto um arrepio especial pelas expressoes "(fulana/o) nao se encontra" e pelo uso e abuso do anglicismo "estar .. fazendo" ('estarei fazendo sua reserva num instante", etc). e suas multiplas e igualmente deleterias variacoes ("eu estarei chamando.." "voce vai estar usando o mini-bar?" e, horror total "estar acessando". Ui!

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Ana Maria Bahiana
3/11/2002 às
22h41 66.166.212.66
(+) Ana Maria Bahiana no Digestivo...
 
Alexandre, o novo Marcelino
Caro Alexandrino, quantos minutos seriam necessários para detectar sua vulgaridade? Ou a minha? Pego o caso da Elis. Em um mundo em que Fafá de Belém, Joana, Ivete Sangalo são consideradas cantoras, por que a senhora do Uísque não deveria gostar de Elis, apesar do repertório em grande parte detestável? Ella também não gravou ruindades inomináveis? O problema da língua: normalmente apresentamos a esposa pelo nome, mas há situações em que "minha esposa" é mal menor, preferível a minha senhora, patroa e o pior: "minha mulher". Atores é jargão de sociologia, assim como agentes é jargão de economia. Em certas situações é preciso usar o termo. Global players tem um poder de síntese que jogador não tem. Curiso, faltou em sua lista: O sujeito é neoliberal, talvez a maior marca de vulgaridade dos últimos 10 anos.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por José Maria da Silvei
3/11/2002 às
15h22 143.106.37.196
(+) José Maria da Silvei no Digestivo...
 
Retificação
Retificação: Parassem e não paracem. Desculpem-me, na pressa escrevi errado.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Sidney Vida
2/11/2002 às
20h35 200.168.64.113
(+) Sidney Vida no Digestivo...
 
seus escritos são ótimos
Alexandre seus escritos são ótimos. Fui a uma palestra na FGV em SP e notei o quanto vulgar são as pessoas que se dizem "da elite empresarial e acadêmica". Poderia escrever milhares de linha sobre o que eu - infelizmente - presenciei. Mas... não tenho o seu talento. Gostaria que as pessoas paracem em falar coisas como: "Responsabilidade social"; "vazio ideológico que prevalece em nossa sociedade"; "...esta sociedade de consumo desvairada"; "economia solidária"; "capitalismo selvagem baseado neste modelo neo-liberal - este é o mais idiota de todos na minha humildde opinião - "um novo mundo é possível". Palavras de ordem tão repetidas sem a miníma reflexão. Será que em algum dia voltaremos a ensinar para os jovens como os antigos aristocratas ensinavam para os seus pares? Grego, Latim, História - sem ideologias - os clássicos: Aristóteles, Platão, Sto Agostinho e etc? Fica a pergunta no ar.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Sidney Vida
2/11/2002 às
20h22 200.168.64.113
(+) Sidney Vida no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Coleção Revistas Traços
Não informado
Secretaria de Cultura Distrito Federal



Quando o Passado é Mais Forte
Maurício de Castro
Lúmen
(2014)



O Que Conta é o Maravilhamento
Vários
Giorni
(2002)



Quase Tudo - Memórias
Danuza Leão
Companhia das Letras
(2005)



Milagres Já
Gabrielle Bernstein
Best Seller
(2014)



O Assassinato de Roger Ackroyd / 14ª Ed
Agatha Christie
Globo
(2001)



A Reencarnação sem mistérios
José Carlos de Camargo Ferraz
EBm
(2012)



Uma Família Inglêsa - 1º Volume
Júlio Diniz
Saraiva
(1960)



Atrás do Tempo Seguro
Phelippe Cassab
Boa Viagem
(1978)



O Bispo - a Historia Revelada de Edir Macedo
Douglas Tavolaro
Larousse
(2007)





busca | avançada
53121 visitas/dia
2,0 milhão/mês