Lento e Eficaz | Sergio Fuentes

busca | avançada
66543 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Filó Machado encerra circulação do concerto 60 Anos de Música com apresentação no MIS
>>> Mundo Suassuna, no Sesc Bom Retiro, apresenta o universo da cultura popular na obra do autor paraiba
>>> Liberdade Só - A Sombra da Montanha é a Montanha”: A Reflexão de Marisa Nunes na ART LAB Gallery
>>> Evento beneficente celebra as memórias de pais e filhos com menu de Neka M. Barreto e Martin Casilli
>>> Tião Carvalho participa de Terreiros Nômades Encontro com a Comunidade que reúne escola, família e c
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Marcelo Mirisola e o açougue virtual do Tinder
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
Colunistas
Últimos Posts
>>> A melhor análise da Nucoin (2024)
>>> Dario Amodei da Anthropic no In Good Company
>>> A história do PyTorch
>>> Leif Ove Andsnes na casa de Mozart em Viena
>>> O passado e o futuro da inteligência artificial
>>> Marcio Appel no Stock Pickers (2024)
>>> Jensen Huang aos formandos do Caltech
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
Últimos Posts
>>> Cortando despesas
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Waldstein por Andsnes
>>> Festival de Inverno Ouro Preto
>>> Para gostar de ler
>>> Dos livros que li
>>> O legado de Graciliano Ramos
>>> Mané, Mané
>>> Ele é o Rei
>>> Corpos
>>> Dialogando com o público leitor
>>> O fim do futebol-arte?
Mais Recentes
>>> Textos Escolhidos de Condillac pela Abril Cultural (1979)
>>> Abragencia Dos Voos Poeticos De Avoante Do Cariri de Roberto Boaventura Da Silva pela Edufmt (2014)
>>> Sobre o infinito o universo e os mundos de Giordano Bruno pela Abril Cultural (1978)
>>> Dominando As Técnicas De Ensino de Joseph Lowman pela Atlas (2004)
>>> Curso de filosofia positiva de Auguste Comte pela Abril Cultural (1978)
>>> Investigações filosóficas de Ludwig Wittgenstein pela Abril Cultural (1979)
>>> Seu Madruga - Vila e Obra de Pablo Kaschner pela Mirabolante (2010)
>>> Mar Morto de Jorge Amado pela Círculo do Livro (1988)
>>> Mecânica Vetorial para Engenheiros: Estática de Ferdinand P. Beer; E. Russell Johnston Jr. pela Makron Books (1991)
>>> Marketing Global de Charles David Forte pela Copidart (2004)
>>> Escritos Políticos de Thomas Jefferson pela Abril Cultural (1979)
>>> O Que Todo Cidadão Precisa Saber Sobre Ideologia de Ciro Marcondes Filho pela Global (1985)
>>> Feng Shui Harmonia Dos Espacos de Nancy Santopietro pela Nova Era (2004)
>>> Não Sou Este Tipo De Garota de Siobhan Vivian pela Novo Conceito (2011)
>>> Guia da Vida do Yin-Yang no Universo 1 de Toru Lida pela Yacon (2002)
>>> Manual dos Escoteiros Mirins de Abril pela Abril (2016)
>>> Ocultismo Prático de H. P. Blavatsky pela Pensamento
>>> A Yoga da Disciplina de Swami Chidvilasananda pela Sem (2001)
>>> 20 Lições Essenciais Para Ganhar no Mercado de Ações de Vários Autores pela Saraiva (2007)
>>> Sete Contos De Fúria de António Bracinha Vieira pela Globo (2002)
>>> Tocaia de Amil Alves pela Do autor (1979)
>>> Yoga Prático Yoga Sádhana de Pedro Kupfer pela Sem (2000)
>>> Feng Shui Para Mudar a sua Vida de Nancilee Wydra pela Pensamento (2010)
>>> Arquivo Pessoal de Nelson de Senna de Nelson Coelho de Senna pela Apcbh (2000)
>>> Duluth de Gore Vidal pela Rocco (1987)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 14/5/2004
Comentários
Leitores

Lento e Eficaz
Olá, Julio! Muito bom seu depoimento. Na verdade são pequenas mudanças de hábitos, lenta e gradualmente, que têm o poder de mudar hábitos nocivos adquiridos por anos. O que não pode ocorrer é uma auto-cobrança exagerada, de querer mudar tudo hoje e se sentir culpado por não atingir objetivos imediatamente ou a curto prazo, o que pode levar a um sentimento de ansiedade e de incapacidade. Como você bem disse, cada um tem seu ritmo, e hábitos podem ser mudados um a um, gradativamente e conscientemente, como uma terapia: lenta, porém eficaz e definitiva. Parabéns, seu texto serve de incentivo e inspiração para uma vida mais saudável!

[Sobre "Mens sana in corpore sano"]

por Sergio Fuentes
14/5/2004 às
13h59 201.0.95.87
(+) Sergio Fuentes no Digestivo...
 
Inteligência é se cuidar!
Oi Julio, tudo bom? Você leu o livro do Nuno Cobra? Eu estou lendo (estou na metade), e é exatamente este o ponto tratado no livro dele e em seu texto. Inteligência é cuidar de nosso próprio corpo, para depois poder cuidar de todo o resto com saúde. Tem uma parte do livro em que ele comenta sobre os hábitos atuais de nosso sociedade, a vida noturna está cada vez mais tarde. Pra que isso? Sexta passada uns amigos me convidaram para comer pizza às 22h30. Oras, a esse horário eu já jantei faz tempo... Pra que comer algo pesado muito tarde e ir dormir com o estômago pesado, prejudicando o sono, o próprio corpo? É lógico que excessões podem e devem existir. Mas se alimentar bem, fazer um minímo de esporte e dormir 8hrs. por dia é a coisa mais inteligente que alguém pode fazer por si mesmo. Não quero ficar fazendo propaganda (já fazendo...), mas este livro "Semente da Vitória" realmente deve ser lido. E parabéns, Julio, pelo seu novo e ótimo estilo de vida.

[Sobre "Mens sana in corpore sano"]

por Fernanda Floret
14/5/2004 às
13h47 200.98.52.163
(+) Fernanda Floret no Digestivo...
 
Corpo e mente afinados
Sempre fiz exercícios físicos, pois a genética familiar tem sérias tendências obesas, dos dois lados... como nunca fui magra (imagina se eu não malhasse!!!) procurei sempre manter meu corpo saudável, que é pra ter uma mente saudável também. Não sou uma maníaca por malhação, mas o bem-estar que isso me proporcionou e proporciona ainda hoje, aos 35 anos, me faz ver que valeu a pena, apesar de gordinha, ter consciência do meu corpo. E confesso que me prefiro agora do que aos 18!

[Sobre "Mens sana in corpore sano"]

por Carol Aragón
14/5/2004 às
13h41 200.175.74.126
(+) Carol Aragón no Digestivo...
 
for here or to go?
Daio, gostei do texto! Concordo na teoria mas a vida pratica de muitas pesssoas ou ateh de um pais inteiro (no meu caso) esta bem longe disso. E a verdade eh que muitas vezes nao estah nas nossas maos viver uma vida saudavel. Quando vc fala pare para almocar lembrei da cena das pessoas por aqui mastigando no meio da reuniao, na frente da tv, no transito. Nao eh a toa que a primeira pergunta quando se compra uma comida eh "for here or to go?". Nao eh a toa que a obesidade virou problema tao serio. Mas a verdade eh que nao dah para fazer tudo ao mesmo tempo agora e as vezes queremos nos dar a oportunidade de viver uma fase de vida diferente onde as prioridades sao outras e estando dispostos a lidar com os "trade-offs" desta escolha tudo bem. Faz parte do processo da juventude testar seus limites, a tal sindrome da imortalidade...

[Sobre "Mens sana in corpore sano"]

por Carolina Borges
14/5/2004 às
13h34 148.177.1.213
(+) Carolina Borges no Digestivo...
 
Fome!!!
Tive fome lendo seu texto!!! Ainda bem que mantenho saudáveis barras de cereais estrategicamente colocadas na gaveta do escritório, para momentos assim. Digo estrategicamente, porque as outras opções poderiam ser mais calóricas, uma vez que trabalho em uma empresa de chocolates, sorvetes e outras guloseimas.

[Sobre "Mens sana in corpore sano"]

por Eduardo Trevizani
14/5/2004 às
11h28 207.117.33.134
(+) Eduardo Trevizani no Digestivo...
 
Entusiasmante!
Ainda não assisti o filme, mas depois de ler o texto do Petillo me identifiquei ainda mais com o estilo "Paulinho da Viola" e agora vou assistir e indicar a todos meus amigos. Parabéns pela matéria!!!

[Sobre "O Paulinho da Viola de Meu Tempo é Hoje"]

por André Luiz
14/5/2004 às
10h49 200.140.56.30
(+) André Luiz no Digestivo...
 
vida saudavel
Muito legal, Julio. Acredito que mantendo uma vida saudavel, todas as outras coisas acabam funcionando bem...

[Sobre "Mens sana in corpore sano"]

por Anita Schwarzwalder
14/5/2004 às
09h29 200.186.151.97
(+) Anita Schwarzwalder no Digestivo...
 
Love, love, love
Teoriza-se muito sobre o amor. Tudo já foi dito e explicado. Dissecaram o amor feito rã de laboratório. As mulheres -por exemplo- se tornaram tão obcecadas com esse "negócio" de amor e romantismo que perderam a essência de fêmeas que são, para se tornarem moçinhas casadoiras (como se diz lá em Portugal) com faro aguçado para enlaces financeiramente promissores. Esse troço de "Antropologia do Amor" é conversa pra boi dormir. O que todos nós queremos -Homens e mulheres- de verdade é descobrir os segredos da paixão. Ou seja, uma coisa bem diversa do amor.

[Sobre "Amar é..."]

por Gui
13/5/2004 às
14h50 201.0.233.201
(+) Gui no Digestivo...
 
Literatura e a dura realidade
Gostei de seu artigo e entendo perfeitamente a aflição que toma conta dos escritores, quando outras circunstâncias impedem de continuar escrevendo... lendo... escrevendo... lendo... E mesmo quando os mesmos se tornam "bichos estranhos", "alienígenas", que não seguem as regras dentro da normalidade social. Como casar, escolher certas profissões, ter filhos, usar roupas de grife e outros ornamentos da moda, enfim... uma infinidade produtos da indústria cultural, que os meios de comunicação nos empurram goela abaixo. E os sonhos e desejos de escrever nos jogam num abismo que não sabemos onde vai dar. Mas é um vício maravilhoso, que eu também não quero deixar e aprimorar cada vez mais. E, como no texto de Flaubert que você citou, cinema e literatura me fazem suportar a existência que me desvia de meus desejos mais secretos. Abraços, Nádia Costa

[Sobre "Escrever para não morrer"]

por Nádia Costa
12/5/2004 às
11h57 200.163.47.56
(+) Nádia Costa no Digestivo...
 
Roberto Carlos
Uriano, apesar de concordar que nos momentos mais cruéis da ditadura militar, de 1965 a 1974, Roberto Carlos compunha as melhores canções de seu repertório, não posso achar que ele fazia tudo que os mestres militares, com suas botas pisando duro em qualquer manifestação crítica ao regime, desejassem. Daí fazer uma comparação entre sua arte e o regime, vai uma grande diferença. Muitos músicos criativos na época também não faziam nenhuma menção à ditadura, como os próprios Mutantes, Jorge Ben e até a Elis Regina, que resolveu manifestar-se bem depois. Não é porque é um músico de sucesso que o sujeito precisa se manifestar politicamente. Até hoje o "Rei" é assim, nunca mostrou nenhum engajamento político. E como você colocou, foi o único a mostrar solidariedade através de sua arte, ao exilado Caetano Veloso, com uma linda canção, que, acredito, emocionou o remetente. Beijos, Nádia Costa (Assessora de Comunicação da Fundação de Saúde de Mato Grosso do Sul, Funsau/MS)

[Sobre "O Rei Roberto Carlos e a Ditadura"]

por Nádia Costa
12/5/2004 às
11h39 200.163.47.56
(+) Nádia Costa no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Cenas da Vida Brasileira 1930 / 1954
João Câmara Filho
Prefeitura de Recife Fundação Roberto Marinho Grupo Othon
(1980)



Negociando Para o Sucesso
Henrique Sergio Gutierrez Da Costa
InterSaberes
(2013)



Livro Turismo Guia Visual Folha de São Paulo Paris
Alan Tillier
Dorling Kindersley
(1995)



Vereda Digital. Geografia (em Portuguese do Brasil)
Nelson Bacic Olic
Moderna
(2012)



Princípios da Filosofia Cartesiana e Pensamentos Metafísicos
Bento de Espinosa
Autentica
(2015)



A Qualidade Desde o Projeto
J. M. Juran
Pioneira
(1992)



Sinal de Vida (Teatro brasileiro)
Lauro César Muniz
Global
(1979)



Livro Artes Tarsila Sua Obra E Seu Tempo
Aracy A. Amaral
34
(2003)



Slash com Anthony Bozza
Slash
Ediouro
(2008)



O Príncipe
Machiavel
Escala





busca | avançada
66543 visitas/dia
2,1 milhões/mês