O Plaxil usa o Jardim Botânico | Ram

busca | avançada
53897 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Projeto Nascentes Criativas promove ações culturais gratuitas no interior de Minas
>>> Pekka Pylkkänen (FIN) - Brazil Tour 2024
>>> Domingo, 19, 17h, tem 'Canta Teresa' - Roda Cultural com os rappers Ramonzin e Emitê OG
>>> HOJE E AMANHÃ - JÁ ESTAMOS BEM - IMPROVISO DE DANÇA ABORDA ADOECIMENTO HUMANO E PLANETÁRIO
>>> Selvageria synth pop no Pantera Clube
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
>>> Pondé sobre o crime de opinião no Brasil de hoje
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Room Full of Mirrors no Royal Albert Hall (1969)
>>> Machado e a AR-15
>>> Religioso, mágico, sofisticado, profano
>>> O iPod por Da Vinci
>>> Gleiser, o cientista pop
>>> Faustão sobre protestos #full
>>> As sobras completas, poesias de Jovino Machado
>>> 7 que sigo
>>> Quem tem medo de Gerald Thomas? (Parte I)
>>> Os 33 mineiros e nossa visão limitada
Mais Recentes
>>> Alquimia - Introdução ao Simbolismo e à Psicologia de Marie-Louise Von Franz pela Cultrix (1993)
>>> Livro Infanto Juvenis 10 Anos Com Mafalda de Guino pela Guino (2010)
>>> Livro Literatura Estrangeira Terra dos Homens de Antoine de Saint-exupéry pela Nova Fronteira
>>> Livro Literatura Estrangeira As Brumas de Avalon A Senhora da Magia de Marion Zimmer Bradley pela Imago (1987)
>>> Livro Cerco De Jerico: O Caminho Da Vitória de Alberto Gambarini pela Ágape (2005)
>>> Livro Infanto Juvenis Projeto Desafio Os Três Porquinhos de Vários Autores pela Moderna (2013)
>>> Livro Infanto Juvenis Dicionário de Humor Infantil de Pedro Bloch pela Ediouro (1998)
>>> Livro Turismo Guia de Viagem Nova York de National Geographic pela Abril (2008)
>>> Livro de Bolso Literatura Estrangeira Mistérios Perdidos de Sir Arthur Conan Doyle pela Literatura Estrangeira (2020)
>>> Livro Infanto Juvenis Flauta Doce Método de Ensino para Crianças de Nereide Schilaro Santa Rosa pela Scipione (1999)
>>> Livro Story Of O de Pauline Réage pela Corgi
>>> Livro Literatura Brasileira Clarice e as Mulheres de Clarice Lispector e Outras pela Prefeitura de São Paulo (2020)
>>> Livro Literatura Estrangeira Meus Dias na Livraria de Morisaki Satoshi Yagisawa pela Bertrand Brasil (2023)
>>> Livro Literatura Estrangeira Às Cegas de Claudio Magris pela Companhia das Letras (2009)
>>> Livro Infanto Juvenis A Lua e a Princesa de Celi S Saito pela Brasil Seikyo (2007)
>>> Carreira Fiscal - Direito Administrativo - Vol.1 - Baseado Nos Editais Dos Concursos Para A Receita Federal Do Brasil de Jerson Carneiro Gonçalves Júnior pela Conceito (2010)
>>> Livro Literatura Estrangeira Médico Astronauta de Frank G. Slaughter pela Record (1970)
>>> Livro Literatura Estrangeira As Brumas de Avalon O Gamo Rei Livro 3 de Marion Zimmer Bradley pela Imago (2008)
>>> Livro de Bolso Religião O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Ide (2007)
>>> Livro Infanto Juvenis In My Pond de Sara Gillingham pela Concept (2009)
>>> Livro de Bolso Literatura Brasileira Memórias de um Sargento de Milícias de Manuel Antônio de Almeida pela Best Bolso (2010)
>>> Livro Infanto Juvenis Os Árabes na Época de Seu Esplendor de Mokhtar Moktefi Véronique Ageorges pela Augustus (1997)
>>> Livro Gibis Kare Kano As Razões Dele, Os Motivos Dela Volume 12 de Masami Tsuda pela Panini Comics
>>> Livro Literatura Estrangeira Fique Onde Está e Então Corra de John Boyne pela Seguinte (2024)
>>> Livro Infanto Juvenis Chapeuzinho Amarelo de Ziraldo Chico Buarque pela Jose Olympio (1997)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 12/7/2004
Comentários
Leitores

O Plaxil usa o Jardim Botânico
Tem um remédio americano, Plaxil, que usa o Jardim Botânico, a praia de Ipanema e outros locais cariocas, sem anuncia-los, num comercial. Os atores inclusive falam em inglês... Assim como você, não reconheci de cara, porque o local é anunciado como um genérico :)

[Sobre "Brasil em alemão"]

por Ram
12/7/2004 às
02h05 24.193.107.139
(+) Ram no Digestivo...
 
Bobby Fischer e o xadrez
Eu gosto muito de bobby fischer, e sempre achei ele um jogador fantastico, jogo xadrez por causa dele, li suas historias e me fascinei, ele é realmente um genio, era muito inteligente e resistente, estudava horas por dia praticamente o dia inteiro, e não se cansava, e so se dedicava ao xadrez. Pessoalmente ele foi o melhor enxadrista de que eu ja ouvi falar, o melhor de todos os tempos. Eu sou apenas um amador e certamente não tenho nivel pra julgar quem seja o melhor jogador, mais eu analiso pelas condições e pela sua epoca. Gosto dele pela sua forma arcaica de estudar, hoje em dia é quase impossivel encontrar alguem assim, que seja fanatico como ele era. Os jogadores conteporaneos tambem são muito bons, são otimos, mais para mim apenas bobby fischer merece o titulo de melhor jogador.

[Sobre "Quando éramos reis, bispos, cavalos..."]

por Roberto
12/7/2004 à
00h38 200.151.84.124
(+) Roberto no Digestivo...
 
o fator horário
É verdade que são poucos os brasileiros que trocariam um programa "fútil" (como, infelizmente, a grande parte dos programas que compõem a tv brasileira) por um mais ético, cultural, crítico. Porém acho que o fator horário conta muito. Se ao invés do Sessão da Tarde (filmes repetidíssimos), fosse transmitido um programa "cultural", mais interessante, como Os Maias o nível intelectual dos brasileiros aumentaria. Tudo é hábito! Cresceríamos habituados a assistir bons programas, ler bons livros, filmes, enfim... É uma pena que a tv brasileira priorize o velho ibope e esqueça do grande papel social que deveria exercer. Lamentar a falta de leitura não adianta, dar oportunidades é o principal.

[Sobre "Digestivo nº 182"]

por Isis Correia
10/7/2004 às
23h19 201.9.220.169
(+) Isis Correia no Digestivo...
 
o mundo é seu
Dani, há muito tempo não lia seus textos aqui no digestivo. Gostei muito da coluna e espero retomar o hábito de passar por aqui. Quer dizer que você está em Berlim!? É como o Fabinho disse no Orkut: o mundo é seu. Beijos, Duda

[Sobre "Brasil em alemão"]

por Duda Fleury
9/7/2004 às
16h05 201.1.60.80
(+) Duda Fleury no Digestivo...
 
a imagem do nosso País
Cara Daniela, embora me solidarize com seus sentimentos, sou forçado a lembrar que, infelizmente, essa imagem errada do nosso País foi/é criada/mantida por nós mesmos, com a nossa educação fundamental risível, a grade risível da progamação de nossas redes de televisão, a miopia da maioria de nossos políticos e o espiríto mafioso de parte de nossos governantes. Veja uma sitação interessante: morei quase minha vida toda em Fortaleza-CE. Quando comento esse fato, as pessoas elogiam a cidade, que é bonita, que cresceu, que isso, que aquilo. Ocorre que, faço sempre questão de registar, Fortaleza tem perdido cada vez sua identidade, ela não pertence mais aos seus moradores, mais ao "espírito global" de italianos, argentinos e agora portugueses, que "investem" na cidade, com restaurantes, hotéis, restaurantes, hotéis... Por que acontece isso? Pela pobreza do povo e pela falta de uma cultura local forte (coisa que não ocorre em Salvador ou mesmo em Recife). Um povo assim é presa fácil de qualquer outro povo, de qualquer negócio. Abs e parabéns pelos seus artigos, notadamente o do Dia D.

[Sobre "Brasil em alemão"]

por Bernardo B Carvalho
8/7/2004 às
13h34 200.181.49.139
(+) Bernardo B Carvalho no Digestivo...
 
Por Tutatis!
Puxa, Andréa, a sua descrição com os livros espalhados pela casa e com as histórias espalhadas na nossa memória me é tão familiar que nem sei o que dizer! Por Tutatis!

[Sobre "Por Tutatis!"]

por Heloisa Pait
8/7/2004 às
11h37 151.203.212.210
(+) Heloisa Pait no Digestivo...
 
+ um fã da Ana Elisa
Ana Elisa, peço licença e gostaria de fazer parte do fã clube que a Fabiana Carvalho sugeriu. Posso? Aurélio Prieto, São Paulo Capital

[Sobre "O amor e as prateleiras de livros"]

por Aurélio Prieto
7/7/2004 às
05h44 200.158.52.220
(+) Aurélio Prieto no Digestivo...
 
Filmes de saiote
Sérgio, o que me parece delicioso, estimulante como exercício de divagação (aplicável à criação ficcional), é imaginar como teriam sido as conversas íntimas entre Caio Júlio César e Cleópatra (Cleopatra, sem acento, certo?), por exemplo. Como teria sido o "approach"? Qual teria sido a atitude de um em relação ao outro, quando havia tanto a jogar, a perder e a ganhar? Como cada um dos peões nesse jogo político encarava o "affair" e dele partia para o discurso público, para a atuação política? Consta que o debilitado e decadente Napoleão Bonaparte, na iminência da derrota em Waterloo, teria dito isto aos seus ordenanças: "Reforços! Como esperam que eu lhes dê mais soldados? Esperam que eu possa... pari-los?". O Cinema "épico" ou "histórico" procura trazer ao público (tantas vezes de modo assumidamente desonesto ou apenas irresponsável) exatamente a maneira como personagens históricas agiam, interagiam, como se comportavam, como falavam, e principalmente qual era a força que movia ou motivava as suas vidas. Em um sentido mais abrangente, essas personagens notáveis ajudavam a traçar os parâmetros para um modelo de comportamento aplicável aos seus sucessores, quem sabe à posteridade. Um filme épico cujas falas e cuja atmosfera me pareciam mais elaboradas (The Warlord, direção de Franklin Schaffner), foi impiedosamente arruinado na edição, por imposição dos produtores, que pretendiam vender um filme "movimentado, um filme de ação". Toda vez que revejo esse filme verdadeiramente medieval, fico me perguntando como teria sido se tantas cenas e tantos diálogos não tivessem sido criminosamente eliminados. A lembrança da cena em que a Cleó(o)patra de Elizabeth Taylor faz sua entrada triunfal em Roma deve merecer o meu comentário bem particular. Desde ainda criança, fiquei extasiado, abismado com esse prodígio kitsch de Hollywood. Nenhuma cena poderia ser mais bombástica, majestosa, espetacular. Como se fosse uma alegoria carnavalesca em versão peso-pesado, dezenas de escravos musculosos carregavam nos ombros o peso de uma liteira descomunal em forma de esfinge. Dessa esfinge que parecia de chumbo, pontificava em traje de ouro puro a soberana do Egito, e de certa forma, naquele exato momento, a soberana da própria Roma. A música de Alex North para essa cena é inesquecível. Primeiro as trombetas anunciam em notas clamantes e triunfantes de fanfarra a chegada do séquito real do Egito. Flores são atiradas à passagem veloz dos carros de guerra, e tem iníci

[Sobre "Filmes de saiote"]

por Roberto Valderramos
6/7/2004 às
20h35 200.184.161.120
(+) Roberto Valderramos no Digestivo...
 
mini-séries da Globo
Sempre lamento o fato de a TV Globo transmitir seus melhores programas, que são as mini-séries, sempre tão tarde. Tenho certeza que muitas pessoas que precisam acordar cedo para trabalhar, como eu não, conseguem ficar vendo televisão até esse horário. Se programas primorosos, feito Os Maias, fossem transmitidos em horários mais acessíveis, provavelmente teriam muito mais telespectadores.

[Sobre "Digestivo nº 182"]

por Marilia Araujo
6/7/2004 às
13h56 169.252.4.21
(+) Marilia Araujo no Digestivo...
 
Cazuza: um anti-herói
É bastante confortável ver da poltrona do cinema um anti-herói politicamente incorreto se transformar em herói, de certa maneira nos indicando o que vale a pena na vida. Todavia, em seu texto gostei da percepção dessa inversão, que marca o filme e o determina.

[Sobre "Cazuza e o retrato do artista quando jovem"]

por Martinho Junior
6/7/2004 às
10h05 200.177.9.227
(+) Martinho Junior no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Renascimento do Império China 325
Cláudia Trevisan
Planeta
(2006)



Livro História Geral A Máscara da África
V.S. Naipaul
Companhia das Letras
(2011)



Livro Religião Visão Espírita do Evangelho
Rogério Coelho
Mythos Books
(2007)



A Orelha de Van Gogh 520
Moacyr Scliar
Companhia das Letras
(1989)



Pensar Com os Pés
Allan Percy e Marcelo Barbão
Sextante
(2014)



Livro Documentos A Noite Mais Longa
Miguel Pinheiro
A Esfera Dos Livros
(2014)



Heurística- A ciência do pensamento criador
V. N. Puchkin
Zahar
(1967)



Estudos de Saúde Coletiva - 5
Guilherme Rodrigues da Silva e Outros
Abrasco
(1988)



Livro Literatura Estrangeira O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares
Ransom Riggs
Leya
(2015)



Direito Meio Ambiente e Cidadania
Flávia de Paiva de Oliveira
Wvc
(2004)





busca | avançada
53897 visitas/dia
2,4 milhões/mês