O verbo carpinejar | Andréa Trompczynski

busca | avançada
73422 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Minute Media anuncia lançamento da plataforma The Players’ Tribune no Brasil
>>> Leonardo Brant ministra curso gratuito de documentários
>>> ESG como parâmetro do investimento responsável será debatido em evento da Amec em parceria com a CFA
>>> Jornalista e escritor Pedro Doria participa do Dilemas Éticos da CIP
>>> Em espetáculo de Fernando Lyra Jr. cadeira de rodas não é limite para a imaginação na hora do recrei
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
>>> PoloAC retoma temporada de Os Doidivanas
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A escrita boxeur de Marcelo Mirisola
>>> Desorientação vocacional
>>> Flip 2006: um balanço tardio
>>> Flip 2006: um balanço tardio
>>> Flip 2006: um balanço tardio
>>> Montezano, do BNDES, sobre o marco do saneamento
>>> Leitor bebum começou com um gole
>>> Curtas e Grossas
>>> 12 de Agosto #digestivo10anos
>>> 11 de Fevereiro #digestivo10anos
Mais Recentes
>>> Os Chakras: e os Campos de Energia Humanos de Shafica Karagulla, M.D. e Dora Van Gelder Kunz pela Pensamento (1991)
>>> O Caminho da Tranquilidade de Dalai Lama pela Sextante (2000)
>>> Perdas & Ganhos de Lya Luft pela Record (2003)
>>> Minecraft Fortaleza Medieval de Mojang pela Abril (1500)
>>> Minecraft Guia de Criação de Mohang pela Abril (2017)
>>> Minecraft Guia de Exploração de Mohang pela Abril (2021)
>>> Salomé de Oscar Wilde pela Principis (2021)
>>> O Mercador de Veneza de William Shakespeare pela Principis (2021)
>>> Do Contrato Social de Jean - Jacques Rousseau pela Principis (2021)
>>> Kilmeny do Pomar de Lucy Maud Montgomery pela Principis (2021)
>>> A Mamãe é Rock de Ana Cardoso pela Principis (2019)
>>> Nos Bastidores Trinta Anos Escrava, Quatro Anos na Casa Branca de Elizabeth Keckley pela Principis (2021)
>>> O Conde de Monte Cristo de Alexandre Dumas pela Principis (2021)
>>> Romeu e Julieta de William Shakespeare pela Principis (2021)
>>> O Condenado de Camilo Castelo Branco pela Principis (2021)
>>> The secret Agent de Joseph Conrad pela Collins Classics (2012)
>>> Vandrad, o Viking a Contenda e o Feitiço de Joseph Storer Clouston pela Principis (2021)
>>> Helena de Machado de Assis pela Principis (2021)
>>> Utopia de Thomas More pela Principis (2021)
>>> Poliana de Eleanor H. Porter pela Tricaju (2021)
>>> Cause of death de Patricia Cornwell pela Warner Books (1997)
>>> Um Inimigo do Povo de Henrik Ibsen pela Principis (2021)
>>> The Da Vinci Code de Dan Brown pela Corgi Books (2004)
>>> Little Woman de Luisa May Alcott pela Signet Classics (2012)
>>> Prince of Thorns- Trilogia dos Espinhos Volume I de Mark Lawrence pela DarkSide (2013)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 21/4/2005
Comentários
Leitores


O verbo carpinejar
Fabrício... que dizer? Carpinejar é um verbo? Deveria ser. Carpinejaste as palavras.

[Sobre "Pais e filhos, maridos e esposas II"]

por Andréa Trompczynski
21/4/2005 às
09h08 200.181.234.4
(+) Andréa Trompczynski no Digestivo...
 
transportado p/ outra dimensão
Olá, Fabrício! Eu também tive medo... e tenho sido forçado a encarar o abismo. Eu até me acostumei a rir sozinho da minha queda sem previsão de choque com o solo. Às vezes até digo, para que meus ouvidos me ouçam, que a vida é horrorosamente bela. Mas eu não estou aqui para um desabafo, e sim para elogiar seu texto, que me transportou a outra dimensão, além do escritório. Um abraço!

[Sobre "Pais e filhos, maridos e esposas II"]

por Alessandro de Paula
20/4/2005 às
17h00 200.204.153.101
(+) Alessandro de Paula no Digestivo...
 
sensibilidade e coerência
Tenho todos esse medos citados acima, e já vivi alguns que me levaram a nocaute. O medo faz parte da nossa frágil condição humana, você soube absorver muito bem isso. Parabéns pela extrema sensibilidade e coerência de suas palavras. Abs.

[Sobre "Pais e filhos, maridos e esposas II"]

por Roberto Bezerra
20/4/2005 às
11h26 200.206.178.175
(+) Roberto Bezerra no Digestivo...
 
Uma obra-prima...
...que me tocou fundo, fez meus olhos marejarem, colocou o dedo sem dó na ferida, me deixou angustiado e com a sensação da urgência de correr aos braços de minha esposa, abraçá-la ternamente e olhar bem no fundo dos olhos, para que ela perceba o quanto a amo e sofro dos mesmos medos que você, Fabrício... jamais esquecerei este texto!

[Sobre "Pais e filhos, maridos e esposas II"]

por Marcelo Zanzotti
20/4/2005 às
10h30 200.206.72.162
(+) Marcelo Zanzotti no Digestivo...
 
O Retorno dos Arnold
Bom dia a todos. Realmente a série Anos Incríveis foi maravilhosa. Eu, particularmente, tive a oportunidade de assistir todos os 115 episódios. Por enquanto posso dar notícias: entrei em contato com a TV Cultura e fui informado de que no começo de maio de 2005 a série será reprisada desde o primeiro episódio. Ainda não foram definidos horários mas para quem quiser ligar na TV Cultura, na central de atendimento ao telespectador, segundo a atendente, a partir de segunda-feira, dia 25/04/05 os horários já serão divulgados.

[Sobre "Anos Incríveis"]

por Luis
20/4/2005 às
10h06 200.252.2.176
(+) Luis no Digestivo...
 
Demais!
O que dizer diante de um texto como esse? Faltam palavras. Sensibilidade detalhada, que perscruta o íntimo, vai até o que permanecia não dito.

[Sobre "Pais e filhos, maridos e esposas II"]

por Carla
20/4/2005 às
04h37 200.217.104.145
(+) Carla no Digestivo...
 
estudo no agostiniano mendel
eu agradeco a voces por este texto, pois graças a ele eu consegui entregar o trabalho pra minha profesorra de artes (todas as outras paginas que achei estavam em ingles...)

[Sobre "René Magritte"]

por talita arnaut seixas
19/4/2005 às
21h45 200.234.7.60
(+) talita arnaut seixas no Digestivo...
 
Dá-lhe conclave...
Que alívio! Se não houvesse outra utilidade (ôps, olha o utilitarismo consequencialista aí, gente!) para o Digest, eu já estaria muito feliz por perceber que não sou o único que já está farto de ver os noticiários do mundo todo perdendo tempo com o besteirol do Vaticano. Obrigado Andréa, Alessandro e Fernando por compartilharem da fumacinha - negra - que está saindo... da minha cabeça, para não falar coisa pior.

[Sobre "Das Virtudes do Papa e dos Vícios de Crumb"]

por Marcelo Zanzotti
19/4/2005 às
10h33 200.206.72.162
(+) Marcelo Zanzotti no Digestivo...
 
Romano???
Desde que avistei, de passagem, a capa dessa revista - masculina? - fiquei me perguntando por que cargas d´água o título era esse, o qual não remete absolutamente ao conteúdo da mesma. A maior loja virtual brasileira recebe o nome de submarino e, como comentou um amigo, tinha tudo para naufragar, mas está aí, lucrativa. A escolha do adjetivo designativo do habitante da capital italiana talvez contenha uma mensagem subliminar, coisa da semiótica. No passado beeeeem antigo, os romanos tinham um império, algo como esse que Bush quer criar à força. Roma era o centro cultural do mundo, logo os romanos eram cool como Beckham. Respeitada a extemporaneidade, talvez seja um bom título. Os romanos eram extremamente machistas: naquela civilização as mulheres eram relegadas ao segundo plano, a ponto das relações homosexuais masculinas serem bastante comuns. Toda a riqueza do império fluía naturalmente para Roma, o que permitia uma vida luxuosa e totalmente preenchida com lazer, já que os povos dominados se tornavam escravos, algo como o ideal do imaginário de cada um: muita diversão, luxo e nenhuma obrigação profissional. Os romanos comiam e bebiam deitados nas avós das chaise-longue atuais, além de fazerem sexo nos intervalos da comilança, seguida do regurgitamento, para então reiniciar o processo todo, nos famosos bacanais. Como se vê, o título é extremamente apropriado para um momento de supervalorização do lazer, um desencantamento com o patrimonialismo, uma verdadeira revolução de costumes masculinos, acuados que estamos ao vermos preenchidos nossos espaços por mulheres mais preparadas, insubmissas e independentes. Realmente, dá saudade de Roma.

[Sobre "Digestivo nº 223"]

por Marcelo Zanzotti
19/4/2005 às
10h23 200.206.72.162
(+) Marcelo Zanzotti no Digestivo...
 
Padrão global de design
Parabéns. Não tenho nada a acrescentar quanto ao ufanismo barato. Agora, quanto ao livro do Zeca Camargo, achei exatamente o oposto: um diário pessoal, mas interessante, mas uma programação visual vergonhosa. Tenta imitar o estilo de revista, intercalando páginas mal diagramadas de texto corrido com páginas de citações e "seções especiais" que só travam o fluxo de leitura. Me desestimulou um pouco... Padrão global de design, fazer o que...

[Sobre "A fantástica volta (blogueira) ao mundo"]

por David
17/4/2005 às
14h41 200.162.205.50
(+) David no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Psicosociologia das Relações Publicas
Candido Teobaldo de Souza Andrade (2ª Edição)
Loyola (sp)
(1989)



Guia Histórico do Espiritismo: o Centenário de Chico Xavier
Editora Sampa
Sampa



Regra Constituições Diretório da Ordem dos Mínimos
Cura Generalicia da Ordem de Roma (1986)
Delegação Geral do Brasil (sp)
(1995)



Um Jeito Bom de Falar Bem - Como Vencer na Comunicação
Reinaldo Polito
Saraiva
(2001)



Introduction À La Poésie Française
Thierry Maulnier
Gallimard
(1959)



Viva Com Esperança
Mark Finley / Peter Landless
Casa Publicadora
(2015)



Cancioneiro Vinícius de Moraes Orfeu Song Book
Antonio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes
Jobim Music
(2003)



Caprichos do Destino: Romance nos Anos Dourados
Affonso Taboza
Premius
(2014)



Escola e Desenvolvimento Humano
Roberto A. Algarte
Livre
(1994)



Concerto Duas para Vozes
Fernando Lara Michael Nicolau
Annablume
(2008)





busca | avançada
73422 visitas/dia
2,5 milhões/mês