Mediocridade que resolve | Marco Garcia

busca | avançada
51744 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Festival da Linguiça de Bragança retorna com expectativa de 70 mil visitantes
>>> O Buraco d’Oráculo leva dois espetáculos de seu repertório a praça em São Miguel Paulista
>>> Eleições 2022: Bolsonaro ganha no Nordeste e Lula no Sul e Sudeste, mas abstenções ganhará em todo o
>>> Paisagens Sonoras (1830-1880)
>>> III Seminário Sesc Etnicidades acontece no Sesc 24 de Maio nos dias 10, 11 e 12 de agosto.
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
>>> Leite, Coalhada e Queijo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Como ser uma webcelebridade
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> Techbits faz um ano
>>> The Cure Vídeos
>>> Alive and Kicking 1997
>>> Da preguiça como método de trabalho
>>> O Uso do Twitter no Brasil
>>> Górgias, de Platão, por Daniel R.N. Lopes
>>> Brothers Gather Round
>>> Poesia em Fibonacci
Mais Recentes
>>> Eramos Deuses Astronautas? Enigmas Indecifrados do Passado de Erich Von Däniken pela Melhoramentos
>>> Brincando de Matar Monstros de Gerard Jones pela Conrad (2022)
>>> Livro - Henrique Lage: o Grande Empresário Brasileiro Que, por Amor, Criou Um Parque de Clóvis Bulcão pela Record (2021)
>>> Livro - Vida Desinteressante de Victor Heinger pela Companhia das Letras (2021)
>>> Fundação - 3 Volumes de Isaac Asimov pela Aleph (2014)
>>> Livro - O Convênio do Café de 1976 - Estudos 71 de Celso Lafer pela Perspectiva (1979)
>>> Livro - Como Educar Meu Filho? - Princípios e desafios da educação de crianças e de adolescentes hoje de Rosely Sayão pela Publifolha (2003)
>>> Livro - Pedra Bruta de Paulo Levy pela Sesi-sp (2016)
>>> Livro - Livre-se das Dívidas - Como Equilibrar as Contas e Sair da Inadimplência de Reinaldo Domingos pela Dsop (2013)
>>> Livro - The Bed of Procrustes - Philosophical and Practical Aphorisms de Nassim Nicholas Taleb pela Randon House (2010)
>>> Box - Ragtime de E. L. Doctorow pela Record (2017)
>>> Livro - A Garota Americana de Meg Cabot pela Record (2004)
>>> Livro - Para Viver um Grande Amor-coleção Folha Grandes Escritores Brasileiros de Vinicius de Moraes pela Mediafashion (2008)
>>> Pólen: Fragmentos, Diálogos, Monólogo de Rubens Rodrigues Torres Filho pela Iluminuras (2001)
>>> Michel Foucault de Frédéric Gros pela Franche Comte, Pu (2010)
>>> Livro - A Grande Mudança: Consequências Econômicas da Transição Política no Brasil de Paulo Ribeiro de Almeida pela Códex (2003)
>>> Livro - O Caderno de José Saramago pela Companhia das Letras (2009)
>>> Livro - Tudo Pode Acontecer Em Apenas um Dia de Gayle Forman pela Novo Conceito (2014)
>>> Livro - Alma Armênia - Quem Se Atreve a Julgar um Amor? de Magda Tagtachian pela Vr
>>> Shakespeare's Romeo and Juliet in Performance: Traditions and Departures de Katherine L. Wright pela Mellen (1997)
>>> Livro - Voltar para Mim de Laura G. Miranda e Ellen Maria Vasconcellos pela Vr
>>> Livro - Conversando Sobre Endomarketing - um Ciclo de Entrevistas Com Saul Faingaus Bekin de Saul Faingaus Bekin pela Makron Books (1995)
>>> Nunca Lhe Prometi um Jardim de Rosas de Hannah Green pela Imago (1974)
>>> Livro - Terra à Vista - Descobrimento Ou Invasão? de Benedito Prezia pela Moderna (2002)
>>> Almanaque Abril - Brasil 2001 de Vários Autores pela Abril
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 2/5/2005
Comentários
Leitores


Mediocridade que resolve
Lucas, concordo com quase tudo o que o você escreveu sobre a festa da Globo e a despedida do Romário. Quanto à mediocridade do Parreira, vale resaltar o seguinte: mediocridade não é privilégio brasileiro não. Tirando o Mourinho do Cheusea, não sobra muita cabeça pensante à beira do campo. O problema é que desde a revolução do Hinnus à frente do Carrossel Holandês na copa de 74, o futebol mundial está carente de inovações nas quatro linhas. Os exemplos que tivemos de técnicos menos burocráticos como Wanderlei Luxemburgo e o próprio Leão - aclamado como unanimidade no meio - no comando da seleção não foram favoráveis. Até o Luis Felipe, que conseguiu o Penta, é tachado como retranqueiro. O fato é que o futebol apresentado nos últimos anos pela equipe brasileira não encanta, mas dá resultados. Afinal temos a única seleção com cinco títulos mundiais no planeta.

[Sobre "Seleção, minha desilusão!"]

por Marco Garcia
2/5/2005 às
17h00 200.207.126.115
(+) Marco Garcia no Digestivo...
 
Gritaria, não!
Não concordo com o dito "gritaria e barulheira infernal", sobre a participação de Lenine em Cambaio. Nem sou fã do cara, mas a questão é que as músicas ficaram aguçadas em relação ao espetáculo. Tá, música é música, mas tem tudo haver com a peça. Só não percebe quem não viu a mesma. E penso ser agressivo demais, pois a música não é, dizer que "...eu quero moça que me deixe maluco, procuro moça que me deixe cambaio..." seja uma gritaria... Sem mais. Renata Linhares

[Sobre "Digestivo nº 225"]

por Renata
4/5/2005 às
15h02 200.176.21.97
(+) Renata no Digestivo...
 
Misturas
Um fator a mais para a preponderancia de certos "tipos" de musica e a expectativa do que e musica brasileira no estrangeiro... Aqui nos EUA musica brasileira e' samba, e musica eletronica com loops de bossa, e tom jobim, e agora os funks e pagodes. O brasileiro que faz uma destas coisas imediatamente tem "reconhecimento" e mercado. Por outro lado, quem se dispoe a ser o Gershwin brasileiro? Afinal, Gershwin compos musicas com a cara dos EUA, morando por aqui e absorvendo justamente influencias locais, isso tudo num pais com mais dinheiro e educacao que o nosso... Talvez para o Brasil seja o Lenny Kravitz :).

[Sobre "A balela do Nacionalismo musical"]

por Ram
2/5/2005 às
10h36 68.127.149.98
(+) Ram no Digestivo...
 
nós, o povo.
Estou lendo pela primeira vez "Em busca do tempo perdido". Como ler na diagonal um livro onde cada frase guarda raciocínios extensos e, muitas vezes, complexos? Imagine se eu tivesse escrevendo uma tese! Essa coisa de quantidade é para norte-americanos, economistas e professores universitários empobrecidos. Nós, o povo, lemos devagar e compreendemos cada vez mais devagar, se é que compreendemos algo.

[Sobre "Leitura-tartaruga"]

por Flávio
2/5/2005 às
09h09 200.252.157.100
(+) Flávio no Digestivo...
 
Nacionalismos e Preconceito
Maior que o nacionalismo fora de órbita é absorver a musicalidade universal achando que é nossa, sem parâmetros culturais, sem referências. Concordo com você a respeito dos Axés, e outros que "fazem muito barulho por nada"... Maas as vertentes musicias que criaram o mangue beat tinham uma sonoridade que apetecia a criatividade e fazia bem aos ouvidos de quem entende de música na sua inspiração harmonica... Os instrumentos nunca estavam em demasia... É lógico que, com o seu criador (Chico Science) morrendo, o que sobrou? Nada... A Maria Rita é uma sombra de Elis e uma das que não refletem nem o por-do-sol nas águas do pântano... Mas acredito que a boa música está na capacidade criativa de cada um, não importa em que área do planeta esteja vivendo, só precisamos conhecer a música e sua referência nmusical.

[Sobre "A balela do Nacionalismo musical"]

por bete brácidas
2/5/2005 às
08h43 148.177.88.252
(+) bete brácidas no Digestivo...
 
O cenário é desolador
O fato que assombra é que a mídia não se ocupa dos desempregados "de diploma": é incrível a avalanche de informações tentando nos vender o aumento no nível de emprego! Que empulhação! Uma pequena variação na oferta de empregos na "base" da pirâmide salarial nos é vendida como retomada da economia! O país está parado, e continuará parado por um bom tempo, para desespero de bacharéis na faixa dos 35/45 anos que tiverem a desventura de se encontrarem desempregados. Com o país parado, só se gasta dinheiro com mão-de-obra o mais barata possível. E vale mais contratar 3 recém-formados do que um pai de família experiente. O cenário é desolador.

[Sobre "Diploma ou não diploma... não é esta a questão"]

por José Geraldo
2/5/2005 às
02h35 200.222.150.50
(+) José Geraldo no Digestivo...
 
bom, morri
aos poucos a gente se acumula de um tal desespero que nos faz desanimar de continuar a procurar saídas. de vez quando - de vez em sempre - dá a sensação de que pequenos sonhos são aqueles que se ocultam atrás do balcão da padaria, entre um quindim cozido demais e o último pedaço de pudim de pão. é verdade, pra quem gosta de certas merdas, cada dia sem é como afundar mais... na merda. não ter obriga a lembrar tanto que a presença dói. houve uma época (antes da tua) que eu jurava que podia vencer o mundo. aquela hipocrisia na qual se baseia a adolescência. depois piorou. a hipocrisia virou fé afetuosa de que ou eu conseguia ou seria melhor morrer. e depois? bom, morri. pelo menos o adolescente em mim morreu e restou o adulto estúpido e senhor de si que, apesar de ter largado todas as merdas, continua chafurdando. odeio dizer isso mas, como pode ver, ainda não tenho certeza se um amor estúpido é pior que nenhum amor. e do jeito que vou, acho que nunca vou saber.

[Sobre "A ponte para as formigas"]

por wilson h sagae
2/5/2005 à
00h10 200.192.248.125
(+) wilson h sagae no Digestivo...
 
a volta dos que nao foram....
Maravilha, Fabrício! Tbém tenho ouvido a mesma "maldicao" por aí e acho que estas afirmacoes sobre a "vida útil" de uma relacao escondem uma covardia sacana em achar que todas as pessoas desistem nas mesmas dificuldades ou funciona como sensata desculpa pra nem tentar. Estamos nao só com medo, mas tbém preguicosos, desistindo onde há chance de -enfim- amadurecer.

[Sobre "Pais e filhos, maridos e esposas II"]

por daniella zupo
1/5/2005 às
07h15 84.154.18.220
(+) daniella zupo no Digestivo...
 
Atama ga doriyoku hito desu
Amo me relacionar com pessoas inteligentes. Antes de sair do país a trabalho sempre me achei um pouco tupiniquim, pois achava que tudo de bom acontecia lá fora (no exterior). Permaneci por quase um decênio no arquipélago Japonês onde atuava como Jornalista "no fulltime" e, apesar da pouca experiência, pensava que, quando no Brasil, não teria dificuldade na área, porque o país é o único que faz tantas exigências (até parece que é sério): a primeira delas é o diploma, como foi postado (razão pela qual o desemprego impera)! Conforme acrescentou, nosso pateta-mor é conhecido lá fora como o único presidente do mundo que não sabe contar até 10. Quando no exterior me afirmaram que aqui não seria dificil trabalho, pois logo estaria encaixado, conversa! Há 4 meses estou sem atividade proficiente: o Brasil continua mais Brasil que nunca! Menos mal, porque somos considerados o primeiro país do mundo em corrupção! Tupiniquim com certeza!

[Sobre "Diploma ou não diploma... não é esta a questão"]

por Elio Gonçalves
30/4/2005 às
22h31 201.1.137.178
(+) Elio Gonçalves no Digestivo...
 
Como (não) comprar livros
Como não comprar livros e como comprar livros. É muito simples: eu vou à livraria e escolho vários livros que acho interessantes, ou curiosos, ou na moda. Para cada um dedico un tempo que varia de 10 minutos de leitura a 30 minutos. No final escolho um só livro para comprar: aquele do qual mais gostei. Concluindo: gosto de todos os livros que tenho em casa. Já li trechos de muitos livros, e conheço um pouco de muitos autores, mas os livros ficaram na loja. Como não comprar livros (ruins) e como comprar livros (bons).

[Sobre "Como não comprar livros"]

por Giuseppe Ferrua
30/4/2005 às
20h53 201.14.127.1
(+) Giuseppe Ferrua no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro - O Tempo e o Vento: O Continente 1
Erico Verissimo
Globo
(1995)



Guia o melhor da França
Marisa Carolina Tarrío
Abril
(2009)



Animal Spirits: How Human Psychology Drives The
George A. Akerlof, Robert J. Shiller
Princeton University Press
(2009)



História de Roma
M. Rostovtzeff
Zahar
(1977)



Hormonioterapia em Ginecologia e Obstetrícia
Joachim Ufer
Berlimed
(1974)



O Melhor do Cortella: Trilhas do Pensar
Mario Sergio Cortella
Planeta
(2018)



Antologia de Cordéis
Eurídice Alves
Estúdio P.
(2010)



Morte Súbita
J. K. Rowling
Nova Fronteira
(2012)



O Homem Que Matou Getúlio Vargas
Jô Soares
Companhia das Letras
(1998)



Eldorado - Garimpo Coragem
Paula Saldanha
Ftd
(1994)





busca | avançada
51744 visitas/dia
2,0 milhão/mês