Temos toda uma vida | Daniela Castilho

busca | avançada
77520 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Museu de Arte Sacra de São Paulo | Salão Paulista de Arte Naïf
>>> UM JOÃO DO RIO INÉDITO
>>> Alma Despejada com Irene Ravache tem temporada no Teatro WeDo! com 24h de acesso
>>> OSGEMEOS participam de bate-papo do MAB FAAP
>>> Minicômios e Do observatório eu vi
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
Últimos Posts
>>> Mostra Curtíssimas estreia sábado (26) no YouTube
>>> Fiel escudeiro
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Apenas manter a loja
>>> Livros, brinquedos, bichos de estimação e imagens
>>> Confissões do homem invisível, de Alexandre Plosk
>>> Panorama Literário de 2006
>>> Outra América é Possível
>>> Lira da resistência ao futebol gourmet
>>> Meu destino é pecar
>>> Nem memórias nem autobiografia, mas Saramago
>>> O papel do escritor
>>> Aniversário
Mais Recentes
>>> O Discurso Secreto de Tom Rob Smith pela Record (2010)
>>> A Loira de Concreto de Michael Connelly pela Best Seller (1994)
>>> Mémorias de um revolucionário de Piotr Kropotkin pela Ccs (2021)
>>> Punhalada no Escuro de Lawrence Block pela Companhia das Letras (2001)
>>> O Pecado dos Pais de Lawrence Block pela Companhia das Letras (2002)
>>> O Ladrão Que Estudava Espinosa de Lawrence Block pela Companhia das Letras (2002)
>>> O Ladrão no Armário de Lawrence Block pela Companhia das Letras (2007)
>>> Três Obras Didáticas (Teatro brasileiro/Educação/Pedagogia) de Luiz de Assis Monteiro pela Confraria da Paixão (2021)
>>> O Vendido de Paul Beatty pela Todavia (2017)
>>> Lolita - Coleção o Globo de Vladimir Nabokov pela Globo (2003)
>>> As Brumas de Avalon a Senhora da Magia Livro 1 de Marion Zimmer Bradley pela Imago (1985)
>>> O Ideiador - Poema da Independência de Luiz Paiva de Castro pela Bonde (1972)
>>> O Fim de Tudo de Luiz Vilela pela Record (2016)
>>> Homens São de Marte Mulheres São de Vênus de John Gray pela Rocco (1996)
>>> A Última Delegacia de Patricia Cornwell pela Companhia das Letras (2005)
>>> Blocos uma História Informal do Carnaval de Rua de João Pimentel pela Relume Dumará (2002)
>>> O Poder do Pentagrama de Zaiplad Hcer pela Imprensa Livre (2001)
>>> A Moreninha de Joaquim M. de Macedo pela Cultrix (1968)
>>> A Terra dos Meninos Pelados de Graciliano Ramos pela Record (2006)
>>> A Morte de Artemio Cruz de Carlos Fuentes pela Abril Cultural (1975)
>>> Apelo às Trevas de Dennis Lehane pela Companhia das Letras (2003)
>>> Teresa Filósofa - Clássicos Libertinos de Anônimo do Século XVIII pela L&pm (1991)
>>> Gastão de Orleans de Alberto Rangel pela Cia Ed. Nacional (1935)
>>> Casa de Pensão 13 - Obras Imortais da Nossa Literatura de Aluisio de Azevedo pela Três (1973)
>>> 1919 de John dos Passos pela Abril (1983)
COMENTÁRIOS

Domingo, 12/3/2006
Comentários
Leitores


Temos toda uma vida
Darling, eu adoro as suas colunas e lamento vê-lo entrar em um período de silêncio. Pena. Agora, permita-me discordar apenas de uma passagem do seu texto: eu não acredito que ninguém esteja pronto e cristalizado aos vinte anos de idade. Somente quem aceita como verdade essa afirmação. É possível nos transformarmos a cada dia, sermos novas pessoas, novos universos e estarmos a vida toda nos transformando em algo diferente - melhor ou pior. Um brinde a sua coluna, sua falta será sentida.

[Sobre "Quase uma despedida"]

por Daniela Castilho
12/3/2006 às
11h27 200.162.242.90
(+) Daniela Castilho no Digestivo...
 
Muito Bons Anos Incríveis
Pessoal, é bom demais anos incriveis, é uma historia que é muito envolvente, que deixa sempre um gosto de quero mais e assim vai... Isso aqui é muito bom me identifico muito.

[Sobre "Anos Incríveis"]

por William Gonzaga
11/3/2006 às
19h52 200.234.107.59
(+) William Gonzaga no Digestivo...
 
Duchamp perdeu para Bin Laden
Parafraseando Hamlet: "Há qualquer coisa de podre no reino da Dinamarca". Hoje na dita "arte contemporânea" é a cultura do surf, onde só está em evidência quem está na onda, na moda. O humano está reduzido à máquina, ao lixo, ao horror. Se Arte é para chocar, a intervenção urbana do 11 de Setembro foi a performance do século (Stockhausen), deixando para trás tudo que foi feito pelos netinhos de Duchamp.

[Sobre "O valor da arte contemporânea"]

por Marcos Ribeiro
11/3/2006 às
16h01 200.226.22.161
(+) Marcos Ribeiro no Digestivo...
 
Jô sabe tudo?
Que nada. Sempre que se mete a falar de coisas que eu, por exemplo, sei mais que ele (ciência), vejo o desserviço que ele presta ao conhecimento. Muitas vezes ele só sabe superficialmente, impede o entrevistado de falar, e fica cozinhando perguntas idiotas... Mas tudo bem, já faz muitos anos que o show dele é uma vergonha... Sinceramente, o Jay Leno é um bilhão de vezes melhor e o David Letterman, ao menos, tem o mérito de ter revolucionado o formato. As piadas do Jô não têm sofisticação alguma. Num programa como o do Jay Leno (que também anda um porre), ao menos as piadas tentam criar alguma sofisticação... E, finalmente, para toda genialidade do Jô Soares, me digam por que ele copiou tintim por tintim o formato americano? Só porque o New York Times elogiou, não quer dizer que é bom... Até porque tem critico do NYT que ja' elogiou cada coisa ruim por puro posicionamento político!

[Sobre "Anti-Jô Soares"]

por Ram
11/3/2006 às
06h09 69.181.208.255
(+) Ram no Digestivo...
 
Continuação (Itália&Portugal)
Li um comentario falando que se a Italia fosse boa, por que nossos ascendentes vieram para cá? Uma pergunta dessas vindo de qualquer um que seja brasileiro chega a ser ridícula, afinal, se portugueses estão aqui, não foi porque Portugal era um lugar maravilhoso para se morar! O mesmo vale para Espanha, Japão, etc. O Alexandre ainda tenta falar de programas de auditório. Sei lá, eu nunca me dei ao luxo de assistir a um programa de auditório italiano, mas imagino que não deve ser pior que um tal Fausto "SILVA", ou ainda de um Silvio Santos (Tá, esse não vale a piada, mas não é italiano). E querer discutir arte com italiano é chato, chato. Leonardo da Vinci já bate toda a geração de artistas portugueses, que foram e que ainda virão. Ir para o Barroco já perde a graça...

[Sobre "Grandes Carcamanos da História"]

por Antonio Panizzi
10/3/2006 às
21h53 200.227.136.157
(+) Antonio Panizzi no Digestivo...
 
Portugal é uma padaria
Isto soou como uma magoa, sei lá, foi trocado por algum italiano? A probabilidade é grande, mas vamos ao que interessa: Portugal. O que leva alguém a ir a Portugal? Visitar Portugal é tão excitante quanto visitar uma padaria. Aliás, Portugal é só isso: uma padaria a céu aberto cheia. Não tem nada. O lugar é feio. Mas não vou cometer a monstruosidade de colocar as mazelas estéticas de Portugal ao lado das paisagens italianas pois seria covardia. Vamos às mulheres. Gostos são gostos, sei lá, eu encararia uma portuguesa como encararia uma italiana, mas prefiro as hungaras. Gostos. Literatura. Fernando Pessoa eu não posso bater, gosto dele, mas Éca? Ele é aquele cara que passou a vida copiando um amiguinho francês, um tal de Flaubert, e para não deixar na cara, maqueou as obras com peidos, arrotos e outras nojeiras. Camões é gênio, mas é fruto da renascença italiana. Nem aquela história de potência naval dá para engolir, já que quem descobriu a América (pelo que consta) foi um italiano...

[Sobre "Grandes Carcamanos da História"]

por Antonio Panizzi
10/3/2006 às
21h40 200.227.136.157
(+) Antonio Panizzi no Digestivo...
 
pesquisa sobre os blogs
Oi, Julio: como disse a Janethe, tem brasileiros escrevendo sobre o assunto, principalmente relacionado a blogs educacionais. Eu, por exemplo, analiso a linguagem e os tipos de interação em blogs educacionais. Em conseqüência, já produzi uma monografia e um artigo que foram apresentados em congressos de informática educativa, publicado em anais, e classificado como o 5º melhor trabalho no Congresso da SBIE. Pena, que, como disse nossa colega, educador não é famoso prá ter livro publicado. Abraços

[Sobre "Digestivo nº 269"]

por Fátima
10/3/2006 às
17h52 201.8.130.163
(+) Fátima no Digestivo...
 
O Jô pensa que o show é dele
Moro nos EUA e assisto ao Jô pela Globo Internacional. Tenho acesso aos programas do David Letterman e Jay Leno. Acho que o programa do Jô é como a questão dos carros. Os americanos, ingleses e alemães, fizeram os primeiros. Mas pelo menos aqui nos EUA se alguém vai comprar um carro pensando em investir, provavelmente compra um carro japonês. O Jô é de longe melhor do que os dois americanos citados. Concordo que já assisti a entrevistas em que ele foi descortês e falante compulsivo. Sua cultura geral é inegável, mas é ofuscada pelo fato de não enxergar que a estrela deve ser o entrevistado. Afinal, se na chamada ele anuncia que vai entrevistar um cientista e eu decido assistir, é porque quero ouvir o que o cientista tem a dizer e não o que o Jô sabe sobre o tema. A habilidade do entrevistador está no fato de ele saber explorar o máximo o asssunto e o entrevistado. O problema começa quando vc põe num programa o nome do apresentador. Ele passa a achar que o show é ele.

[Sobre "Anti-Jô Soares"]

por Lawrence Husby
10/3/2006 às
17h11 66.193.215.45
(+) Lawrence Husby no Digestivo...
 
Servindo bem... servir sempre
Quanto ao texto sobre o iPod, bom como sempre! Um cordial abraço.

[Sobre "E eu comprei um iPod; e a minha vida mudou"]

por dilamar santos
9/3/2006 às
19h33 200.193.110.111
(+) dilamar santos no Digestivo...
 
Orkut: aiaiai...
Estou procurando coragem pra deletar o Orkut! A vontade é grande, mas fico com receio de pensar que posso querer fazer outro perfil daqui a um dia, como vc da 1a vez, ou, quem sabe, em um mês... e tb penso nas pessoas q reencontraria...

[Sobre "Adeus, Orkut"]

por Gabi
9/3/2006 às
12h18 201.27.228.37
(+) Gabi no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Lecole de Chateaubriand À Proust
Jérome Leroy (une Anthologie Presentée)
Librio
(2000)



Diet Book Junior
Lara Natacci Cunha
Mandarim
(2000)



Escrevendo pela Nova Ortografia - 3ª Edição
Instituto Antonio Houaiss
Publifolha
(2009)



Elite da Tropa
Luiz Eduardo Soares
Objetiva
(2006)



Sítio do Picapau Amarelo Conforme na Tv (capa Verde)
Baseado na História de Monteiro Lobato
Rio Gráfica Ed



Sartre A-t-il un Style?; Remarques Sur Lanalyse Textuelle
Cahiers Danalyse Textuelle, Nº4 de 1962
Les Belles Letres
(1962)



O retrato de Dorian Gray
Oscar Wilde
Penguin Companhia
(2015)



Inflation and the Use of Indexing in Developing Countries
Gustav Donald Jud (capa Dura)
Praeger (ny)
(1978)



Crimes Tropicais
Ricardo Alcântara
Escrituras
(2009)



Metodologia Científica
João Álvaro Ruiz
Atlas
(1979)





busca | avançada
77520 visitas/dia
2,7 milhões/mês