Temos toda uma vida | Daniela Castilho

busca | avançada
62542 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Poeta Ivete Nenflidio lança obra 'Ataque - cale-se agora e para sempre'
>>> Alunos de Ribeirão Preto constroem maquete com trajetória das águas da cidade até o mar
>>> Coletivo oferece eventos de danças angolanas em outubro e novembro
>>> Releitura de Ian Soffredini, O Pequeno Príncipe faz sessões em Santos
>>> 4º Edição Point BlackCultural
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
Colunistas
Últimos Posts
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
Últimos Posts
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
>>> Singela flor
>>> O cerne sob a casca
>>> Assim é a vida
>>> Criança, minha melhor idade
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Etapas da criação de uma pintura digital * VÍDEO *
>>> Separar-se, a separação e os conselhos
>>> Genealogia da Moral, de Nietzsche
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Como escrever bem — parte 1
>>> Lendo no Kindle
>>> 89 FM, o fim da rádio rock
>>> O do contra
>>> Tecnologia de Minority Report
>>> Filipe II da Espanha: homem e rei
Mais Recentes
>>> O Guardião da Sétima Passagem: A Porteira Luminosa de Rubens Saraceni pela Madras (2018)
>>> Eleanor & Park de Rainbow Rowell pela Novo Seculo (2019)
>>> Pedagogia Crítica Uma metodologia na construção do conhecimento de Maria rosa cavalheiro marafon pela Vozes (2001)
>>> Edgar Cayce On Atlantis de Edgay Evans Cayce pela Greenhouse Publications (1989)
>>> Actas e Actos do Governo Provisório de Dunshee de Abranches pela Memória Federal (1998)
>>> Currículo: Teoria e História de Ivor F. GOodson pela Vozes (1995)
>>> O amor nos tempos do cólera de Gabriel García Márquez pela Record (2009)
>>> A Arte do Johrei - Ensinamentos Meishu Sama de Johrei no waza pela Luxriens (2000)
>>> O segredo de Jasper Jones de Craig Silvey pela Intrínseca (2012)
>>> A Família Moskat de Isaac Bashevis Singer pela Francisco Alves (1982)
>>> Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo de Leandro Narloch pela Leya (2013)
>>> Sir Lancelote, Onde Esta Voce? de Kate Mcmullan pela Rocco (2006)
>>> O começo de tudo de Robyn Schneider pela Novo Conceito (2014)
>>> Livro Infantil? Projeto Gráfico Metodologia e Subjetividade de Guto Lins pela Rosari (2002)
>>> Ame e Dê Vexame de Roberto Freire pela Master Pop (2013)
>>> We - a Chave da Psicologia do Amor Romântico de Robert A. Johnson pela Mercuryo (1987)
>>> A Economia das Crises de Nouriel Roubini e Stephen Mihm pela Intrínseca (2010)
>>> A Mala de Hana de Karen Levine pela Melhoramentos (2007)
>>> Contos Folclóricos Brasileiros de Marco Haurélio; Mauricio Negro pela Paulus (2010)
>>> Geometria Analítica de Reis pela LTC (1996)
>>> Dropz de Rita Lee pela Globo (2017)
>>> O que Precisamos Saber Sobre Liderança? de James Kouzes^Barry Posner pela Elsevier (2011)
>>> A Meta: Um processo de melhoria contínua Ano 2013 de Eliyahu M. Goldratt ; Jeff Cox pela Nobel (2002)
>>> O Conto da Aia de Margaret Artwood pela Rocco (2019)
>>> Sala de Grupos de Carlos R. Briganti pela Minha (2010)
COMENTÁRIOS

Domingo, 12/3/2006
Comentários
Leitores


Temos toda uma vida
Darling, eu adoro as suas colunas e lamento vê-lo entrar em um período de silêncio. Pena. Agora, permita-me discordar apenas de uma passagem do seu texto: eu não acredito que ninguém esteja pronto e cristalizado aos vinte anos de idade. Somente quem aceita como verdade essa afirmação. É possível nos transformarmos a cada dia, sermos novas pessoas, novos universos e estarmos a vida toda nos transformando em algo diferente - melhor ou pior. Um brinde a sua coluna, sua falta será sentida.

[Sobre "Quase uma despedida"]

por Daniela Castilho
12/3/2006 às
11h27 200.162.242.90
(+) Daniela Castilho no Digestivo...
 
Muito Bons Anos Incríveis
Pessoal, é bom demais anos incriveis, é uma historia que é muito envolvente, que deixa sempre um gosto de quero mais e assim vai... Isso aqui é muito bom me identifico muito.

[Sobre "Anos Incríveis"]

por William Gonzaga
11/3/2006 às
19h52 200.234.107.59
(+) William Gonzaga no Digestivo...
 
Duchamp perdeu para Bin Laden
Parafraseando Hamlet: "Há qualquer coisa de podre no reino da Dinamarca". Hoje na dita "arte contemporânea" é a cultura do surf, onde só está em evidência quem está na onda, na moda. O humano está reduzido à máquina, ao lixo, ao horror. Se Arte é para chocar, a intervenção urbana do 11 de Setembro foi a performance do século (Stockhausen), deixando para trás tudo que foi feito pelos netinhos de Duchamp.

[Sobre "O valor da arte contemporânea"]

por Marcos Ribeiro
11/3/2006 às
16h01 200.226.22.161
(+) Marcos Ribeiro no Digestivo...
 
Jô sabe tudo?
Que nada. Sempre que se mete a falar de coisas que eu, por exemplo, sei mais que ele (ciência), vejo o desserviço que ele presta ao conhecimento. Muitas vezes ele só sabe superficialmente, impede o entrevistado de falar, e fica cozinhando perguntas idiotas... Mas tudo bem, já faz muitos anos que o show dele é uma vergonha... Sinceramente, o Jay Leno é um bilhão de vezes melhor e o David Letterman, ao menos, tem o mérito de ter revolucionado o formato. As piadas do Jô não têm sofisticação alguma. Num programa como o do Jay Leno (que também anda um porre), ao menos as piadas tentam criar alguma sofisticação... E, finalmente, para toda genialidade do Jô Soares, me digam por que ele copiou tintim por tintim o formato americano? Só porque o New York Times elogiou, não quer dizer que é bom... Até porque tem critico do NYT que ja' elogiou cada coisa ruim por puro posicionamento político!

[Sobre "Anti-Jô Soares"]

por Ram
11/3/2006 às
06h09 69.181.208.255
(+) Ram no Digestivo...
 
Continuação (Itália&Portugal)
Li um comentario falando que se a Italia fosse boa, por que nossos ascendentes vieram para cá? Uma pergunta dessas vindo de qualquer um que seja brasileiro chega a ser ridícula, afinal, se portugueses estão aqui, não foi porque Portugal era um lugar maravilhoso para se morar! O mesmo vale para Espanha, Japão, etc. O Alexandre ainda tenta falar de programas de auditório. Sei lá, eu nunca me dei ao luxo de assistir a um programa de auditório italiano, mas imagino que não deve ser pior que um tal Fausto "SILVA", ou ainda de um Silvio Santos (Tá, esse não vale a piada, mas não é italiano). E querer discutir arte com italiano é chato, chato. Leonardo da Vinci já bate toda a geração de artistas portugueses, que foram e que ainda virão. Ir para o Barroco já perde a graça...

[Sobre "Grandes Carcamanos da História"]

por Antonio Panizzi
10/3/2006 às
21h53 200.227.136.157
(+) Antonio Panizzi no Digestivo...
 
Portugal é uma padaria
Isto soou como uma magoa, sei lá, foi trocado por algum italiano? A probabilidade é grande, mas vamos ao que interessa: Portugal. O que leva alguém a ir a Portugal? Visitar Portugal é tão excitante quanto visitar uma padaria. Aliás, Portugal é só isso: uma padaria a céu aberto cheia. Não tem nada. O lugar é feio. Mas não vou cometer a monstruosidade de colocar as mazelas estéticas de Portugal ao lado das paisagens italianas pois seria covardia. Vamos às mulheres. Gostos são gostos, sei lá, eu encararia uma portuguesa como encararia uma italiana, mas prefiro as hungaras. Gostos. Literatura. Fernando Pessoa eu não posso bater, gosto dele, mas Éca? Ele é aquele cara que passou a vida copiando um amiguinho francês, um tal de Flaubert, e para não deixar na cara, maqueou as obras com peidos, arrotos e outras nojeiras. Camões é gênio, mas é fruto da renascença italiana. Nem aquela história de potência naval dá para engolir, já que quem descobriu a América (pelo que consta) foi um italiano...

[Sobre "Grandes Carcamanos da História"]

por Antonio Panizzi
10/3/2006 às
21h40 200.227.136.157
(+) Antonio Panizzi no Digestivo...
 
pesquisa sobre os blogs
Oi, Julio: como disse a Janethe, tem brasileiros escrevendo sobre o assunto, principalmente relacionado a blogs educacionais. Eu, por exemplo, analiso a linguagem e os tipos de interação em blogs educacionais. Em conseqüência, já produzi uma monografia e um artigo que foram apresentados em congressos de informática educativa, publicado em anais, e classificado como o 5º melhor trabalho no Congresso da SBIE. Pena, que, como disse nossa colega, educador não é famoso prá ter livro publicado. Abraços

[Sobre "Digestivo nº 269"]

por Fátima
10/3/2006 às
17h52 201.8.130.163
(+) Fátima no Digestivo...
 
O Jô pensa que o show é dele
Moro nos EUA e assisto ao Jô pela Globo Internacional. Tenho acesso aos programas do David Letterman e Jay Leno. Acho que o programa do Jô é como a questão dos carros. Os americanos, ingleses e alemães, fizeram os primeiros. Mas pelo menos aqui nos EUA se alguém vai comprar um carro pensando em investir, provavelmente compra um carro japonês. O Jô é de longe melhor do que os dois americanos citados. Concordo que já assisti a entrevistas em que ele foi descortês e falante compulsivo. Sua cultura geral é inegável, mas é ofuscada pelo fato de não enxergar que a estrela deve ser o entrevistado. Afinal, se na chamada ele anuncia que vai entrevistar um cientista e eu decido assistir, é porque quero ouvir o que o cientista tem a dizer e não o que o Jô sabe sobre o tema. A habilidade do entrevistador está no fato de ele saber explorar o máximo o asssunto e o entrevistado. O problema começa quando vc põe num programa o nome do apresentador. Ele passa a achar que o show é ele.

[Sobre "Anti-Jô Soares"]

por Lawrence Husby
10/3/2006 às
17h11 66.193.215.45
(+) Lawrence Husby no Digestivo...
 
Servindo bem... servir sempre
Quanto ao texto sobre o iPod, bom como sempre! Um cordial abraço.

[Sobre "E eu comprei um iPod; e a minha vida mudou"]

por dilamar santos
9/3/2006 às
19h33 200.193.110.111
(+) dilamar santos no Digestivo...
 
Orkut: aiaiai...
Estou procurando coragem pra deletar o Orkut! A vontade é grande, mas fico com receio de pensar que posso querer fazer outro perfil daqui a um dia, como vc da 1a vez, ou, quem sabe, em um mês... e tb penso nas pessoas q reencontraria...

[Sobre "Adeus, Orkut"]

por Gabi
9/3/2006 às
12h18 201.27.228.37
(+) Gabi no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro Físico - Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil - Edição Ampliada
Leandro Narloch
Leya
(2009)



Authentic Games - a Batalha da Torre
Marco Túlio
Astral Cultural
(2016)



A Lição Final
Randy Pausch
Agir
(2008)



O Estrangeiro
Albert Camus
Livros do Brasil Lisboa



Missão Justiça - Coleção Crônicas de Elementia
Sean Fay Wolfe
Rocco Jovens Leitores
(2016)



O Futuro da Humanidade
Augusto Cury
Sextante
(2005)



China Tropical - 2ª Edição
Gilberto Freyre
Global
(2011)



Jesus, o homem mais sábio que já existiu
Steven K. Scott
sextante
(2010)



Juntos no Infinito
Álvaro Basile Portughesi
Feesp
(2012)



Lobo-guará, Meu Amigo
Assis Brasil
Contexto
(1989)





busca | avançada
62542 visitas/dia
1,7 milhão/mês