queria tê-lo conhecido também | Denise

busca | avançada
70300 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Livro ensina a lidar com os obstáculos do Transtorno do Déficit de Atenção
>>> João Trevisan: Corpo e Alma || Museu de Arte Sacra
>>> Samir Yazbek e Marici Salomão estão à frente do ciclo on-line “Pensando a dramaturgia hoje”
>>> Chá das Cinco com Literatura recebe Luís Fernando Amâncio
>>> Shopping Granja Vianna de portas abertas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 4 de Agosto #digestivo10anos
>>> I do not want this
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> La Guerra del Fin del Mundo
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Alfredo Bosi e a dignidade da crítica
>>> Pi, o [fi]lme, e o infinito no alfa
>>> Sábia, rubra, gorda (e gentil)
>>> Sol sem luz
Mais Recentes
>>> Lilith, A Lua Negra de Roberto Sicuteri pela Paz e Terra (1985)
>>> Elementos Fundamentais Para Uma Ampliação da Arte de Curar de Rudolf Steiner e Ita Wegman pela Antroposófica (2007)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Trabalho de Richard Carlson; Joana Mozela pela Rocco (1999)
>>> O Que Toda Mulher Inteligente Deve Saber de Steven Carter; Julia Sokol pela Sextante (2006)
>>> O Menino Que Falava Com Cães de Martin Mc Kenna; Rosemarie Ziegelmaier pela Leya Casa da Palavra (2015)
>>> Ginastica para a Mulher Moderna de Nair G Fischer pela Ediouro
>>> A Vida do Bebe - Edição Compacta de Dr. Rinaldo de Lamare pela Bloch (1993)
>>> Dr. Jekyll e R. Hyde, o Medico e o Monstro de R L Steveron pela Ediouro (1971)
>>> Oh Duvida Cruel de Priscila Arida Velloso pela Record (2002)
>>> Juízo Final de Sidney Sheldon; A. B. Pinheiro de Lemos pela Record (2011)
>>> Momentos de Amor Com Deus de A Santini pela Record (1991)
>>> Fundamento de Organizações e Métodos de Michael e Addison pela Zahar (1976)
>>> Manual de Engenharia de Produção- Padroes de Tempo de Maynard pela Edgard Blucher (1970)
>>> Como Cuidar da Sua Beleza, Com Mais de 100 Figuras de Vera Sterblitch pela Ediouro (1979)
>>> Quo Vadis de Henryk Sienkiewicz pela Paulinas
>>> Manual de Engenharia de Produção- Administração Salarial de Maynard pela Edgard Blucher (1970)
>>> Filha Mãe Avó e Puta de Gabriela Leite pela Objetiva (2009)
>>> Revenue Management Maximização de Receitas de Robert G. Cross pela Campus (1998)
>>> A Coisa Terrível que Aconteceu com Barnab Brocket de John Boyne pela Companhia das Letrinhas (2013)
>>> Os Criminosos Vieram para o Chá de Stella Carr pela Ftd (2001)
>>> A Outra Face História de Uma Garota Afegã de Deborah Ellis pela Ática (2012)
>>> O Ladrao de Sonhos e Outras Historias de Ivan Angelo pela Atica (1994)
>>> A Gang do Beijo de José Louzeiro pela Nova Fronteira (1984)
>>> Toko Ghoul nº2 de Sui Ishida pela Panini
>>> Bíblia de Aparecida para Crianças de Lois Rock pela Santuário (2010)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 8/11/2006
Comentários
Leitores


queria tê-lo conhecido também
Adorei tanto o texto quanto os comentários, principalmente o que está acima deste meu... Genet é fantástico, queria o ter conhecido também... "Conheci-o" através de um documentário que se passara em algum canal de TV a cabo, e fiquei fascinada por aquele gênio rebelde COM CAUSA. Completamente fascinada. Genet é TUDO.

[Sobre "Jean Genet no Brasil"]

por Denise
8/11/2006 às
23h05 200.184.8.114
(+) Denise no Digestivo...
 
Só as mães sabem como é...
Ana, só quem é mãe sabe como é... cuidar de todos, pensar primeiro neles e depois em nós... e, lá no fundinho, esperar não a retribuição, mas, pelo menos, o reconhecimento do carinho e dos cuidados prestados. Geralmente não vêm nenhum deles. Mas um dia, sem esperar, descobrimos que eles reparam, sim, que cuidamos deles. Mas mãe não precisa que digam isso... elas sabem. (Mas isso não impede que gostemos de um cuidado de vez em quando...) Adorei o texto (como geralmente adoro todos os seus textos, continue escrevendo!) Um abraço.

[Sobre "Cuidar, cogitar, tratar, amar"]

por Cristine
8/11/2006 às
20h45 201.93.218.192
(+) Cristine no Digestivo...
 
A incompetência é global
Impressionante é verificar como esta incompetência é global. No Brasil, onde a produção artística destacada pelo jornalismo cultural e pelas próprias instituições que promovem estes eventos se resume à cultura de rua e ações que são mais voltadas ao assistencialismo social, onde o presidente condecora os Racionais MCs como "cavaleiros da cultura", era de se esperar que tais fenômenos fossem motivo de atenção. Mas verificar que esta inversão de padrão cultural se promove na Europa é triste. Necessário seria investigar quais meios financiam essas manifestações, pois claramente há um fim comum nessas ações: a alienação total para a formação de castas controláveis por meio de suposta crítica sócio-cultural.

[Sobre "Crítico"]

por Paulo Castro
http://atelierpoese.blogspot.com/
8/11/2006 às
16h58 201.1.81.201
(+) Paulo Castro no Digestivo...
 
Voto com instrução
Vitor, de fato, é uma idéia sensata, a igualdade perante a lei, mas se for levada ao pé da letra, dá base para a menoridade penal, por exemplo, para uma crianca de 10 anos poder dirigir e poder ser presa. Se o argumento contra a menoridade penal for que uma criança não tem condições de dirigir ou de assumir responsabilidades, a mesma vale para o voto sem instrução. Vira uma questão de interpretação e dá margem para discutir a imunidade indígena, por exemplo. Ou cair nos direitos iguais, como o de todo cidadão cursar uma universidade pública sem vestibular, ter saúde e segurança de qualidade, e muitas outras coisas que são corretas, mas que não acontecem. O certo seria todos terem instrução para votar, mas infelizmente não é o que ocorre.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Edward Bloom
http://iaad.blogspot.com
8/11/2006 às
15h08 201.6.253.3
(+) Edward Bloom no Digestivo...
 
Direitos
Quero deixar claro que sou a favor do voto facultativo, mas absolutamente contra essa idéia de restringir o direito de voto a algumas faixas. Todos são iguais perante a lei, ou deveriam ser. Essa proposta nada tem de democrática. Quanto à sua crítica sobre os políticos, perfeito, é um direito seu, embora caia na generalização.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Vitor
8/11/2006 às
14h50 200.147.103.13
(+) Vitor no Digestivo...
 
Guga e Vitor
Que bom, voltamos a um debate interessante. Guga, de acordo. Instrução é o mínimo para se votar, e poderia dizer até que seria democrático, pois há gente instruída partidária de tudo que há para ser partidário. Vitor, gostei do seu questionamento sobre quem julgar essa aptidão para o voto, uma comissão de notáveis, no caso, que seleciona apenas quem os interessar. Mas não é isso que os políticos são? Que preenchem diretorias de empresas públicas com gente de seu partido, de seu escritório, de sua família? Que julgam leis e execuções conforme seus interesses, de seus partidos? Há uma explicação cabível aí, de que seria uma escolha de quem a sociedade elegeu para lhe representar, mas volto ao começo da conversa: não vejo ninguém no meio político que me representaria ou que tenha algum interesse senão em ser sustentado pelo Estado e com sorte arranjar um empreguinho pro sobrinho, pra cunhada, etc. E vejo como uma posição democrática válida e não uma inclinação ditatorial como você disse.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Edward Bloom
http://iaad.blogspot.com
8/11/2006 às
13h28 201.6.253.3
(+) Edward Bloom no Digestivo...
 
Novo método
Olá, Mr. Schultze. Escrevo o seu sobrenome porque quando a gente cita alguém em um texto deve nominar esse alguém. Tenho visão e audição ótimas, felizmente. E meus argumentos estão no espírito do debate. O problema é que alguns só lêem o que lhes convêm. Já disse aqui, por exemplo, que sou a favor do voto facultativo. Entendo que o voto deve ser um direito e não um dever. Eu iria às urnas do mesmo jeito, e se meu candidato perdesse não ficaria pelos cantos lamentando o resultado e procurando desvios de caráter no eleitorado. Aptidão? Quem seria o responsável pela aplicação dos testes? Uma comissão de notáveis? O bispo? O Dunga? Imagino a seleção pelo método Schultze. "Em quem o sr. vota?" "Em fulano ou no partido X", responde o cidadão. "Ah, não, o sr. não está apto." Assim, por esse método, teríamos a democracia seletiva. Sei não, mas acho que já registraram essa patente.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Vitor
8/11/2006 às
12h27 200.147.103.135
(+) Vitor no Digestivo...
 
Civismo mal disfarçado
Olá, Bloom, tenho acompanhado o debate... me parece que uma das partes não ouve direito porque contra-argumenta interpretando erradamente o argumento anterior... é uma técnica, na dura realidade das polêmicas. Bem, como fui o primeiro comentador da sua coluna me sinto meio no direito de fazer mais um comentário: fecho com você e penso que o direito de VETAR o poder instituído é tão importante quanto o de promover, por voto, esse poder. Todo mundo tem o direito de não votar, de votar nulo, de rabiscar obscenidades na urna, se fosse o caso. De mandar políticos pro inferno ou pra outros canais mais competentes. De ignorar o que quiser, se quiser. E o título de eleitor teria de ser conseguido como a carteira de motorista: com provas de aptidão. Quais os critérios de seleção? Não sei, mas posso pensar no caso e facilmente produzir um documento a ser aprovado por lei... não é nada difícil. O difícil é aguentar um autoritarismo mal disfarçado de civismo. Aguardo próximas colunas, véio. Abçs.

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Guga Schultze
http://gugasic.blogspot.com
8/11/2006 às
11h10 201.80.37.195
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
O causo foi devidamente rido
Muito bom, esse CAUSO. Foi contado, narrado, interpretado e rido dentro da sala. Obs.: existe a palavra RIDO, do verbo rir.

[Sobre "As ligações perigosas"]

por Charles Davidson
8/11/2006 às
10h13 201.58.242.144
(+) Charles Davidson no Digestivo...
 
Agente do Caos
Num processo de milhares de anos, a música é (ou era) o resultado de uma seleção cuidadosa. Um elixir laboriosamente preparado, ao longo do tempo, primeiramente identificando sons considerados os mais agradáveis entre os demais, daí selecionando os mais significativos, daí criando-se o conceito do que chamamos hoje de "notas musicais", daí tentando as combinações possíveis, daí fabricando engenhocas para produzir tais sons, daí todo um trabalho "intelectual" para formular processos cognitivos, etc. Alguns avatares, que na mitologia védica são manifestações da energia de Vishnu, o preservador (da ordem), vieram cimentar a cultira "musical". John Cage é um outro avatar, mas de Shiva, o destruidor (da mesma ordem). O enfoque místico é brincadeira mas, continunado, John Cage é um agente do caos. Acredito em sua declaração "não tenho ouvido para música" que, nele, é quase o mesmo que dizer: odeio música.

[Sobre "Sobre John Cage"]

por Guga Schultze
http://gugasic.blogspot.com
8/11/2006 às
02h08 201.80.37.195
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Markstrat 3: the Strategic Marketing Simulation
Jean-claude Larreche, Hubert Gatignon
South-western College Pub
(1997)



Flying is For the Birds - 62 Intermediate
Roberto Gardin
Ftd
(1994)



Alguns Contos & Fábulas de La Fontaine 2
Editora Paulus
Paulus
(2000)



Diccionario Secreto (dos) Segunda Parte
Camilo Jose Cela
Alianza Editorial Etc
(1974)



Mila: un Guide Intime
Michel Ragon
Autrement (paris)
(1987)



Grand-père
Marina Picasso
Denoel
(2013)
+ frete grátis



A Qualificação da Mão-de-obra no Comércio Internacional Brasileir
Danniel Lafetá Machado
Bndes
(1997)



Não Somos Humanos - Romance Bioético
Domingos Pellegrini
Nova Alexandria
(2005)



Fundamentos de Responsabilidade Social Empresarial
Eduardo Homem da Costa
Autor (rj)
(2007)



Noiva Mecânica
Boris Feldman
Gutenberg
(2014)





busca | avançada
70300 visitas/dia
2,6 milhões/mês