Incoerente | Eduardo Mineo | Digestivo Cultural

busca | avançada
14917 visitas/dia
954 mil/mês
Mais Recentes
>>> João da Cruz encerra temporada na Casa das Rosas
>>> 36Linhas lança Graphic Films Collection
>>> Em novo dia e horário, Trilha de Letras presta tributo a Darcy Ribeiro
>>> Teatro do Incêndio é indicado ao Prêmio Governador do Estado
>>> Nathalia Timberg é homenageada no Recordar é TV desta terça (20)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Digestivo e o texto do Francisco Escorsim
>>> Piada pronta
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba
>>> Claudio Willer e a poesia em transe
>>> Paul Ricoeur e a leitura
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto
>>> Dilúvio, de Gerald Thomas
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas
>>> Crônica de Aniversário
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 10. O Gerador de Luz
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
Últimos Posts
>>> Tatuagens eólicas
>>> Terra úmida
>>> Cidadão de 2ª Classe - Você se Reconhece Como Um?
>>> Espectros
>>> Bojador
>>> Inversões
>>> Estado alterado
>>> Templo
>>> Divagações
>>> Convicto
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha
>>> Nuvem Negra*
>>> Contos fantásticos no labirinto de Borges
>>> Ilustres convidados
>>> Por que comemorar o dia das mães?
>>> Poeira, pra que te quero?
>>> Notas de um ignorante
>>> Teoria do Buraco de Rua
>>> Soluções geniais para a escola e a educação
>>> Orkut, ame-o ou deixe-o
Mais Recentes
>>> A Doutrina de Buda
>>> Dívida de Sangue
>>> Com Maria, a Mãe de Jesus
>>> Leitura Dinâmica e Memorização
>>> Introdução à Morfologia
>>> Paulo Francis Nu e Cru
>>> Morte na Alta Sociedade
>>> Cupom Zero
>>> A Arte Cavalheiresca do Arqueiro Zen
>>> Caçada Mortal
>>> O Santo e a Porca e O casamento Suspeitoso
>>> Sociologia do Direito (O Fenômeno Jurídico como Fato Social)
>>> Azeite e azeitonas
>>> O Prazer Dos Aperitivos
>>> Cozinha Das Caraibas
>>> Cozinha Mexicana Sabores sedutores de uma cozinha , picante e temperada
>>> Ovos Sem Casca
>>> Tentação Da Culinária Frutas
>>> O Melhor Da Cozinha Portuguesa
>>> Cozinha Das Caraíbas
>>> Cozinha Mexicana
>>> Deliciosas Receitas De Peixe
>>> Arroz e arrozes
>>> A Mesa Com Burle Marx
>>> Flores De Jardim
>>> Ikebana
>>> Para Sempre Sua (3º Livro da Trilogia Crossfire)
>>> Profundamente Sua (2º Livro Trilogia Crossfire)
>>> Toda Sua (1º Livro da Trilogia Crossfire)
>>> Truques de Mágica
>>> Mondrian
>>> Realismo
>>> Salmo 119- O Alfabeto de Ouro
>>> O melhor Da Música Clássica
>>> Pollock
>>> Felino Selvagem Psicopata e Homicida
>>> O mundo é Mágico
>>> La Démocratie et Les Partis Politiques
>>> Sopas Receitas Caseiras
>>> Soja Receitas De Chef
>>> Tofu Receitas Chef
>>> The New Portuguese Table
>>> Receitas Do Castelo
>>> Um Rei A Mesa
>>> A Cozinha Antilhana
>>> A Cozinha Marroquina
>>> Cozinha Indonésia
>>> Pratos Basicos De Arroz
>>> Literatura, Cinema e Televisão
>>> The Bedford Reader
COLUNAS >>> Especial Deus tem futuro?

Segunda-feira, 31/3/2008
Incoerente
Eduardo Mineo

+ de 4200 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Devo ser o primeiro bobo alegre a discordar da sua própria coluna aqui no Digestivo, mas textos ateus são muito eficazes para me convencer de que é claro que Deus existe. Devo ser como o Otto Lara Resende, que não pode ser apresentado ao demônio pois sofre a tentação de entender as razões do adversário. E o adversário ― bom, sim, os que acreditam em Deus: o papa, o diabo, essa gente ―, as tem de monte. O primeiro ateu que contestar São Tomás de Aquino ou Santo Agostinho vai levar com a Bíblia na testa pra largar a mão de ser besta.

Enfim, eu me li comentando que não acredito em Deus. É bem verdade. Vejo garotas lindas pagando jantares para seus namorados e me é claro que Deus não existe ― um deus jamais permitiria este tipo de barbaridade. Mas, bom, também ouço os concertos de Mozart e fica difícil explicá-los sem uma intervenção divina e das bravas. Me recuso a acreditar que um mero ser humano, um bicho que foi condenado a usar uma privada para sempre ― provavelmente a forma mais baixa que Deus encontrou para nos mostrar quem é que manda aqui ―, pudesse conceber tamanha nobreza em pensamentos. Como Antonio Salieri diz em Amadeus, é óbvio que era Deus cantando através daquele serzinho pornográfico e insignificante.

Portanto, dá pra entender quem acredita em Deus. Por exemplo, lá pelas tantas no meu texto ― aliás, um texto muito simpático, muito agradável, muito leve, inteligente etc. etc. ―, eu falo em R.G.Ingersoll dizendo que o cristianismo valoriza mais a fé do que toda a vida das pessoas e que isso é um absurdo porque, onde já se viu, valorizar mais a fé que a vida das pessoas, oras, oras, oras... Mas é possível dizer em contrapartida que o bom comportamento ― ignoro a sua opinião sobre bom comportamento ― implica necessariamente em seguir as premissas de Deus ― porque, sei lá, ele é o próprio conceito de bondade, não é? ― e que, portanto, mesmo inconscientemente, aquele que vive, digamos, harmoniosamente, estaria agindo sob a força da fé em Deus.

Mas esqueçam, esqueçam isso. Está chato. Vamos falar sobre a igreja católica, esta instituição muito legal que admiravelmente continua a existir, mesmo com os padres se esforçando tanto para acabar com ela. No final do ano passado, fui a um casamento e o padre resolveu falar sobre sexo. Quase tive um troço. "Deus está presente na hora", me lembro do padre dizendo. Juro por Deus ― opa! Sinceramente, não imagino Deus sendo tão desagradável, tão bronco, tão perfeitamente sem educação a ponto de invadir este tipo de privacidade. Que andam ensinando nos cursos de teologia, será? Cadê aqueles padres que faziam os alunos rezarem com os joelhos sobre milhos porque não decoraram a tabuada ou algo do tipo? Pode ser rigidez demais, e talvez até seja, mas isso não me representa nada perto de alguém que acha normal discursar sobre qualquer coisa relacionada a pinto numa igreja.

Digo isso porque não consigo evitar em ter simpatia pela igreja católica e pelo que ela representa, não apenas na arte, mas mesmo nos costumes e valores. Óbvio que não estou incluindo aí a missa brasileira, que é um porre, convenhamos três vezes, uma ofensa a tudo no mundo em matéria de oratória. Os católicos se chateiam bastante quando digo isso, mas, poxa vida, estou mentindo? Sinceridade, os católicos me parecem ir às missas e tentar ler a Bíblia (sempre as piores partes, sempre) muito mais por um sentimento de obrigação que interesse verdadeiro e isto é, sorry, ridículo. Sei, ou suponho saber, que a missa tem algum tipo de significado espiritual e que o ritual, em si, é apenas um componente da coisa toda, mas, sem brincadeira, não podia ser melhorzinho? Preparar melhor aquela gente que fala lá na frente? Eu pagaria de bom grado se soubesse que a igreja estaria usando o dízimo para comprar livros do Padre Vieira, por exemplo. Outra coisa que sempre quis saber dos católicos: por que precisamos ficar nos levantando e sentando o tempo todo? Pra não dormir? Pra evitar a artrose? Ou por algum tipo de demonstração caipira de respeito a Deus? Provavelmente Deus se sentiria mais respeitado se conseguisse pelo menos focar direito nas pessoas que estão lhe visitando.

Agora, o problema de se dizer que se tem simpatia pela igreja é que logo aparece um ateu enchendo o saco. Já ouviram um ateu resmungando sobre a igreja? É a coisa mais irritante do universo! Um ateu reclamando da Santa Inquisição justifica toda a Santa Inquisição. Tudo bem, a igreja pode ter realmente torturado garotinhas lindas e ateado fogo em cidades felizes e prósperas, mas só o teto da Capela Sistina já me parece argumento suficiente para relevarmos o extermínio de umas três galáxias de plebeus metidos a cientistas.

É claro que estou falando sério. Relendo o que escrevi no parágrafo de cima, pode até parecer que eu fui meio indelicado e, tudo bem, ranzinza, mas não consigo pensar em outra forma para explicar esta situação. Sacrificar uma vida para salvar milhões de outras nem sempre é bom negócio: vai depender de qual vida será sacrificada e de quais vidas serão salvas. Assim como esta tentativa já fracassada de me explicar sobre religião e Deus. Aqui, fugindo do comum, mas continuando nele, fico na mesma: depende.


Eduardo Mineo
São Paulo, 31/3/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A difícil arte de saber mais um pouco de Ana Elisa Ribeiro
02. A realidade, na verdade, é mentira de Ivan Bilheiro
03. Teste-se a si mesmo de Carla Ceres
04. Assim é... de Marta Barcellos
05. Sincretismo imprevisível de Elisa Andrade Buzzo


Mais Eduardo Mineo
Mais Acessadas de Eduardo Mineo em 2008
01. Dê-me liberdade e dê-me morte - 20/10/2008
02. Razoavelmente desinteressante - 18/2/2008
03. Bem longe - 4/2/2008
04. Incoerente - 31/3/2008
05. Não ria! - 21/7/2008


Mais Especial Deus tem futuro?
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
4/4/2008
13h08min
Depois de me divertir com o adorável Incoerente, principalmente quando fala do esforço (real) dos padres para acabar com a Igreja, ou dos movimentos para aliviar artroses, quero ler outros artigos rapidinho. Beijo da leitora do DF ;-)
[Leia outros Comentários de Gisele Lemper]
25/4/2008
11h51min
É verdade! Graças a Deus, existem pessoas que pensam (e escrevem!) como você, sobre o tema... É Deus no céu, pra você; e Lula na Terra, pro Diogo!
[Leia outros Comentários de Guto Maia]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




FISICA III - ELETROMAGNETISMO
YOUNG & FREEDMAN
ADDISON WESLEY
(2003)
R$ 45,00



SISTEMA PRESIDIAL: REINSERÇÃO SOCIAL
ROMEU FALCONI
ÍCONE
(1998)
R$ 29,00



ORTOPEDIA MAXILOFACIAL-CLINICA E APARELHOS VOL 3
JOHN W. WITZIG / TERENCE J. SPAHL
SANTOS
(1999)
R$ 50,00



O DOM DE CURAR - UM PODER QUE NÃO É NOSSO, O DOM DAS LÍNGUAS - NOVO PENTECOSTES
GEORGE MARTIN, AGNES SANFORD, SCANLAN, SHLEMON, BRENNAN, JARAMILLO, FORREST, GAVRILIDES
LOYOLA
(1976)
R$ 14,90



TEOLOGIA MORAL: A BUSCA DOS FUNDAMENTOS E PRINCÍPIOS PARA UMA VIDA FELIZ
ANTÔNIO MOSER
VOZES
(2014)
R$ 38,00



DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA E O VATICANO II
LUIZ GONZAGA SCUDELER
PAULUS
(2014)
R$ 17,00



20 POEMAS DE AMOR E UMA CANÇÃO DESESPERADA
PABLO NERUDA
JOSÉ OLYMPIO
(1978)
R$ 9,90



MAZE RUNNER - ORDEM DE EXTERMÍNIO
JAMES DASHNER
V&R - VERGARA & RIBA
(2013)
R$ 23,00



THETAHEALING AVANÇADO - UTILIZANDO O PODER DE TUDO O QUE É
VIANNA STIBAL
MADRAS
(2016)
R$ 41,90



REVISTA GRAÇA SHOW DA FÉ FRAUDE O CÓDIGO DA VINCI DESMASCARADO Nº 81
GRAÇA EDITORIAL
GRAÇA
R$ 3,00





busca | avançada
14917 visitas/dia
954 mil/mês