Blogueiros vs. Jornalistas? ROTFLOL (-:> | Lisandro Gaertner | Digestivo Cultural

busca | avançada
36970 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Blogueiros e Jornalistas

Quarta-feira, 23/4/2008
Blogueiros vs. Jornalistas? ROTFLOL (-:>
Lisandro Gaertner

+ de 6300 Acessos
+ 5 Comentário(s)

atematica Pensando no que escrever sobre o conflito entre Blogueiros e Jornalistas.


Blogar ou não Blogar. Há questão?
posted by Lisandro Gaertner ― April 19, 2008 14:05

Recebi um convite direto do JD Borges do Digestivo para escrever sobre o pretenso conflito entre Blogueiros e Jornalistas. A primeira coisa que me passou pela cabeça foi se o conflito é entre em Blogueiros e Jornalistas ou entre Blogs e Jornais? Será uma briga de classes (profissionais ou não) ou uma incompatibilidade entre preceitos relativos a formatos e conteúdos?

No primeiro caso, a discussão é meramente um caso de um grupo emergente ameaçando o outro. O questionamento a respeito de quem tem mais credibilidade é besta. Os únicos blogueiros que se preocupam com isso são os que fazem jornalismo ou algo similar usando blogs. Os argumentos levantados por ambos os lados não atingem a maioria dos blogueiros formados por pré, atuais ou pós-adolescentes que escrevem KKKKK e têm fotologs, bem descritos por Mr. Mason do Cocadaboa como blogs de analfabetos.

O segundo caso refere-se a um problema de distribuição, o que torna a discussão ainda mais estéril.

Será que vale a pena discutir o assunto?

Comments (0)

atematica Is Blogging per se a dying art? http://tinyurl.com/2xgdeo


Eu não consigo mais postar
posted by Lisandro Gaertner ― April 19, 2008 19:37

Não sei por que me meti nessa. Discutir a relação ou falta da mesma entre jornalistas e blogueiros não tem nada a ver. Nem pra papo de bar serve. Além disso, eu mesmo estou abandonando relutantemente o meu blog. Desde agosto do ano passado, já se tornou uma constante eu apagar todos os meus posts, mudar o template e começar tudo de novo com cada vez menos convicção.

A verdade é que eu simplesmente eu não consigo me encaixar ou me encontrar no modelo. Sou preguiçoso demais para fazer um blog jornalístico, reservado demais para fazer um confessional e humilde ao extremo para torná-lo promocional. Além disso, a variedade e popularização de blogs e das ferramentas de micro-blogging me deixa confuso a respeito dos leitores. Quem são eles? O que esperam?

Será que a diferença entre blogueiros e jornalistas está na postura? Para blogar ou, valha me Deus, escrever literatura, em contraposição a fazer jornalismo, é preciso acreditar nesse tipo de coisa?

9- O que você escreve vai deslocar o eixo do planeta terra. Você está indo onde nenhum homem jamais esteve. Seja um lunático e não se questione por isso.
10- Esqueça sua família, mulher e amigos. Você não precisa ser responsável, evitar temas ou preservar ninguém na hora de escrever um livro. Não tenha medo de ser encarado como um sociopata. Quem te conhece, conhece. Quem não te conhece, não importa. Quem te conhece, também não.
11- Esqueça leitores, editores, críticos e filiações literárias.
12- Você não escreve para eles.
13- Você não escreve para eles.
Será que devo me preocupar com a profissionalização dos blogs como os do Interney? Ou devo me opor a isso e me alinhar ao movimento do AD-FREE Blog?

Quando os blogueiros começam a ganhar por seu "trabalho" eles se tornam jornalistas, articulistas e deixam de ser blogueiros? Ou será necessário criar uma nova categoria? Quem sabe devemos chamá-los de bloguistas... Putz! Onde é que eu fui me meter?

Comments (0)

Tudo é notícia... pra alguém
posted by Lisandro Gaertner ― April 19, 2008 22:19



A situação se complica.

Comments (0)

atematica Aos 15 anos, fiz iniciação científica em Jornalismo. Aprendi a tempo que odiava a atividade. Não passo mesmo de um blogueirinho bissexto.


A (ir)responsabilidade de jornalistas e blogueiros
posted by Lisandro Gaertner ― April 20, 2008 17:19

Da Wikipedia:
Em 26 de dezembro de 1929, a primeira página de Crítica trouxe o relato da separação do casal Sylvia Serafim e João Thibau, Jr. Ilustrada por Roberto e assinada pelo repórter Orestes Barbosa, a matéria provocou uma tragédia. Sylvia, a esposa que se desquitara do marido e cujo nome fora exposto na reportagem invadiu a redação de Crítica e atirou em Roberto com uma arma comprada naquele dia. Nélson testemunhou o crime e a agonia do irmão, que morreu dias depois.
Um blogueiro tomaria um tiro em nome da sua "missão"?

Um blogueiro foi espancado até a morte por um grupo de inspetores municipais por tê-los filmado agredindo manifestantes durante um protesto na China, (...)

No último domingo (13/01), o blogueiro Wei Wenhua, gerente de uma companhia de construção na cidade chinesa de Tianmen, passou por um tumulto entre guardas municipais e moradores do local.

Wei usou seu celular para filmar o protesto, mas foi visto e cercado por um grupo de cerca de 50 fiscais, conhecidos como 'Chengguan', que exigiram que ele apagasse a filmagem. Quando Wei se recusou a fazer isso, foi espancado por cerca de cinco minutos, mesmo tendo entregado o telefone.

"Wei é o primeiro 'jornalista comunitário' a morrer na China pelo que ele estava tentando filmar. Ele foi espancado até a morte por fazer algo que está se tornando cada vez mais comum e que era uma forma de expor oficiais da lei que continuam a passar dos limites", manifestou-se a organização Repórteres Sem Fronteiras, segundo o site vnunet.com. (mais...)
Sim. Comprometimento, seriedade, credibilidade são atributos de uma profissão? Essa diferença é um caso de vida ou de morte?

Comments (0)

Cartas dos leitores
posted by Lisandro Gaertner ― April 20, 2008 21:53

Da Wikipedia:

Jornalismo é a atividade profissional que consiste em lidar com notícias, dados factuais e divulgação de informações. Também define-se o Jornalismo como a prática de coletar, redigir, editar e publicar informações sobre eventos atuais.
Para se adaptar aos "novos tempos" (afinal de contas, que diabo é isso?) jornais publicados na internet estão sucumbindo ao modelo bloguístico imediatista, curto (o que não significa objetivo) e personalista, através dos blogs dos seus contratados.

Os ganhos alardeados são um maior contato com os leitores e a possibilidade de construção de um diálogo que enriqueça o relato dos fatos. Minha opinião? Besteira.

Me lembro do meu pai abrindo o jornal pela manhã na seção de cartas dos leitores.

― Meu filho ― ele me dizia ―, prum cara escrever uma carta e botá-la no correio para comentar uma notícia de jornal ele tem que ser muito doido.

Depois de rir com as cartas dos "loucos", ele arrematava:

― Pior sou eu que leio as cartas dos malucos.

A ferramenta, o modelo de blog, facilitou o trabalho dos loucos. E o pior é que, desde a época da carta, quem comenta nunca se preocupou com o que leu, mas sim em expressar a sua própria opinião. Como dizia Fran Lebowitz, "O oposto de falar não é escutar, é esperar".

Comments (0)

Ponto final
posted by Lisandro Gaertner ― April 21, 2008 08:44

Essa discussão não merece a minha atenção. Credibilidade é coisa conquistada, não um direito adquirido com diplomas ou CNPJs. O leitor é o árbitro dessa contenda. Quem merece o meu crédito? Nelson Rubens ou William Bonner? Blogueiros ou jornalistas? Nenhum dos dois.

A Globalização nos aproximou de assuntos que realmente não pesam em nossa vida. Tibete livre? É pra perder o sono com isso quando o porteiro comenta que uma gangue de viciados em crack se mudou pra minha esquina? Me importa a veracidade dos fatos? Um país inventado seria menos real para mim se devidamente noticiado?

O escopo de jornalistas e blogueiros pode ser diferente, mas a qualidade e relevância (ou falta dela) sou eu que determino. Se ainda tem gente que acredita numa terra chata, quem sou eu pra entregar o bastão da verdade pra alguém?

Sei que não dá pra cair no relativismo babaca que faz um filósofo chorar toda vez que alguém diz que "tudo é relativo", mas a briga entre blogueiros e jornalistas é simplesmente a busca por um pré-conceito que garanta credibilidade a priori para uma classe ou outra. Coisa que para o próprio jornalismo tem menos de um século. Enquanto isso, os ditos blogueiros sérios tem que arcar com a (má) companhia de milhares de emos ocupando banda com KKKKKKKKK e letras de músicas depressivas. Credibilidade, relevância, consciência de classe? Cá entre nós, dá pra se preocupar com isso?

Um amigo meu deu o recado. Ao comentar que uma conhecida tinha um blog, ele foi categórico:

Blog é coisa de gente carente.

Ele tem razão. Mas quem não é carente? Aposto que os jornalistas também o são.

Pensando bem, isso até que dá um bom post.

Comments (0)

atematica Apagar posts. Mudar template. Recomeçar blog. Repeat. Ad Infinitum!


atematica Sim. Eu sou carente, mas, como dizia o Tavares, "Sou, mas quem não é?"


Lisandro Gaertner
Rio de Janeiro, 23/4/2008


Mais Lisandro Gaertner
Mais Acessadas de Lisandro Gaertner
01. E Viva a Abolição – a peça - 1/6/2006
02. Cuidado: Texto de Humor - 28/7/2006
03. A História das Notas de Rodapé - 3/1/2002
04. Orkut: fim de caso - 10/2/2006
05. Blogueiros vs. Jornalistas? ROTFLOL (-:> - 23/4/2008


Mais Especial Blogueiros e Jornalistas
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
23/4/2008
09h13min
Credibilidade é coisa consquistada (até pra si próprio). Conflito é inerente. Polêmica é provocada. Burrice é de berço... Só iguais se digladiam... senão é massacre! Os analfabetologs, ou cyberasnos, ou infostúpidos nem percebem essa "guerra"!
[Leia outros Comentários de Guto Maia]
23/4/2008
09h29min
"E o pior é que... quem comenta nunca se preocupou com o que leu, mas sim em expressar a sua própria opinião". Será que esta frase não explica tudo? Ou, pelo menos, é um bom começo de discussão? Enquanto o jornalismo moderno se pauta pela impessoalidade/imparcialidade, o blog não seria justamente o terreno da expressividade particular/pessoal? Não seria por isso que boa parte dos blogs (e muito do que se faz na Internet) ser feita em primeira pessoa? O texto escrito na primeira pessoa não é bem mais atraente ao leitor, justamente porque este pensa encontrar no autor um "amigo", um "companheiro de infortúnio", e não um "professor" (embora textos informativos/impessoais não sejam necessariamente didáticos)? Talvez seja isso que o leitor quer: a expressão confessional disfarçada de opinião. Coisa que o jornalismo moderno há muito restringiu aos "cadernos" especiais. Talvez, então, não haja briga, talvez apenas um complementando o outro. Vamos esperar.
[Leia outros Comentários de Gildo Staquicini Jr.]
23/4/2008
11h40min
Ainda não li a declaração de guerra dos blogueiros, mas já testemunhei a disposição belicista de alguns jornalistas, estou tentando saber onde se dará o conflito? Imaginei que aconteceria na internet e não sei se jornalistas que escrevem em blogs são invasores ou espiões, de qualquer lado. Depois dei uma espiada nas colunas de leitores dos jornais e então percebi a coerencia do diálogo que a internet tornou possível. O jornal envelheceu e está sem norte para se reinventar, a velocidade e interatividade que a internet oferece aponta para uma nova relação. Esta guerra é mais dos sectários que não conseguem contextualizar o fenômeno internet sem fazer uma afirmação absoluta. A vida e a história são dinâmicas e se constroem a cada minuto, toda definição é um conceito e também uma notícia velha, como esta idéia de guerra, uma alegoria limitada e uma figura anacrônica; típica de mentalidades dicotômicas que só enxergam bom e mau, ou certo e errado. Lisandro, ótimo texto, além de oportuno.
[Leia outros Comentários de Carlos E. F. Oliveir]
23/4/2008
13h32min
Caro Lisandro: a questão não é sobre quem tem mais credibilidade ou quem é mais ético. Os blogs jamais farão frente aos jornais. Aliás, não vejo nenhum conflito entre jornalistas e blogueiros. O que acontece é que, através dos blogs, sejam eles analfabetos ou não, o povo tem voz e vez e pode discorrer sobre qualquer assunto, dos mais banais aos mais sérios como, por exemplo, a forma como é feito jornalismo no Brasil. Hoje, existem os blogs que contestam as matérias tendenciosas, o "shownarlismo" da mídia mercantilista que deu lugar ao jornalismo de qualidade, sério, transparente e ético. Eu acredito em Papai Noel, ainda creio na resistência.
[Leia outros Comentários de carlinhos medeiros]
5/5/2008
19h57min
Essa discussão nos leva a pensar o jornalismo atual e nos faz lembrar em quanto espaço existe nesse mundo, para todos, mas só o deixam para alguns. O copo vazio ainda está cheio de ar, de novos ares, de novas tendências, só não sei se são novos os pensamentos enraizados em tantos preconceitos. A intolerância continua sendo intolerável.
[Leia outros Comentários de Solange de Paula]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O TESTAMENTO
JOHN GRISHAM
ROCCO
(1999)
R$ 7,90



COMO EMPLACAR CEM ANOS 7711
MARIO FILIZZOLA
O CRUZEIRO
(1968)
R$ 15,00



O VELHO POÇO DE ÁGUA
JUNJI MIYAURA
SEICHO-NO-EI DO BRASIL
(2010)
R$ 4,00



O RETORNO
VICTORIA HISLOP
INTRINSECA
(2010)
R$ 33,00
+ frete grátis



A EUROPA FÁCIL: UM GUIA PARA TODOS
CATHERINA CATSA
CONTEXTO
(1999)
R$ 33,00



O LIVRO DOS ESPIRITOS
ALLAN KARDEC; EVANDRO NOLETO BEZERRA
FEB
(2013)
R$ 15,00



OS ANTIGOS HABITANTES DO BRASIL
PEDRO PAULO A. FUNARI
UNESP
(2019)
R$ 31,90



HISTÓRIA UNIVERSAL - VOLUME 5
CÉSARE CANTU
DAS AMÉRICAS
(1958)
R$ 35,90
+ frete grátis



FINANÇAS PÚBLICAS UMA INTRODUÇÃO
CARLOS ALBERTO LONGO
IPE USP
(1984)
R$ 9,00



SCANDALS BRIDE
STEPHANIE LAURENS
PIATKUS
(2007)
R$ 8,11





busca | avançada
36970 visitas/dia
1,4 milhão/mês