Homens-máquina em autoconstrução | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
26396 visitas/dia
708 mil/mês
Mais Recentes
>>> Zé Eduardo faz apresentação no Teatro da Rotina, dia 30.05
>>> Revista busca artigos inspirados no trabalho de professores
>>> Cabelo faz finissage no BNDES Rio
>>> Palombar realiza temporada gratuita em Cidade Tiradentes durante o mês de Junho.
>>> VIVA NANÁ! homenageia o saudoso percussionista pernambucano Naná Vasconcelos no Sesc 24 de Maio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A Fera na Selva, filme de Paulo Betti
>>> Raio-X do imperialismo
>>> Cães, a fúria da pintura de Egas Francisco
>>> O Vendedor de Passados
>>> A confissão de Lúcio: as noites cariocas de Rangel
>>> Primavera para iniciantes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
Últimos Posts
>>> Greve de caminhoneiros e estupidez econômica
>>> Publicando no Observatório de Alberto Dines
>>> Entre a esperança e a fé
>>> Tom Wolfe
>>> Terra e sonhos
>>> Que comece o espetáculo!
>>> A alforja de minha mãe
>>> Filosofia no colégio
>>> ZERO ABSOLUTO
>>> Go é um jogo mais simples do que imaginávamos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista da Camille Paglia
>>> Primavera para iniciantes
>>> Batchan, elas são lindas...
>>> Batchan, elas são lindas...
>>> Meu cinema em 2010 ― 2/2
>>> Doente de tanto saber
>>> O último Shakespeare
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Figuras de linguagem e a escrita criativa
>>> Meu Tom Jobim
Mais Recentes
>>> Mundo dos sonhos realidade e imaginação
>>> A Literatura no Brasil- Volume 4
>>> A Literatura no Brasil- volume 6
>>> Eu, Christiane F., 13 anos, drogada, prostituída...
>>> Asterix Entre os Bretões- Número 4
>>> Apresentação de Jorge de Lima
>>> Rei Negro
>>> A Literatura no Brasil volume 5 Modernismo
>>> Miragem
>>> O Rajá do Pendjab - vol. 1
>>> A Aldeia Ancestral
>>> Inocência Heróica
>>> A Colheita
>>> -Inéditos - Revista volume 2
>>> A Literatura no Brasil Volume 3
>>> A Revolução das Moedas Digitais- Bitcoins e Altcoins
>>> O Menino de Capivari - Volumes I, II e III
>>> Por uma Geografia Nova
>>> Oriundi - os Italianos em Capivari
>>> Filosofia da Realidade e da Projeção
>>> Astrojildo Pereira - in Memoriam
>>> J. Prata - Belas Páginas
>>> Vida, Paixão e Poesia de Rodrigues de Abreu
>>> Vida, Paixão e Poesia de Rodrigues de Abreu
>>> Salomé e Outros Versos
>>> Salomé e Outros Versos
>>> Ensinar a Pensar -Teoria e Aplicação
>>> Na Escola que Fazemos - Uma reflexão interdisciplinar em edução popula
>>> Educação e Mudança
>>> Acompanhantes Terapêuticos e Pacientes Psicóticos
>>> A Beleza da Arte
>>> A Ronda das Ruas
>>> O Combate a Corrupçao Nas Prefeituras do Brasil
>>> Ciencias e Tecnologias Col. Pesquisas e Praticas Em Educacao
>>> Prática Pedagógica Competente: Ampliando os Saberes do Professor
>>> Os Segredos do Gerente 8020
>>> Excelência no Secretariado: A Importância da Profissão nos...
>>> Segurança E Medicina Do Trabalho
>>> Gestão de Investimentos - Pocket
>>> Plano de Negócios
>>> Marinheiros e professores: crônicas simples ade, construtivismo
>>> Jogo de Areia
>>> Pare de Dar Murro em Ponta de Faca
>>> Administração de Vendas
>>> A Grande História da Evolução. Na Trilha dos Nossos Ancestrais
>>> Terapia Intravenosa e Infusoes
>>> Terapia Intravenosa e Infusoes
>>> Terapia Intravenosa e Infusoes
>>> Os Verdadeiros Líderes da Mudança
>>> 50 Técnicas Essenciais Da Administração
COLUNAS

Quinta-feira, 27/12/2012
Homens-máquina em autoconstrução
Carla Ceres

+ de 2400 Acessos

As leis, por sua própria natureza, demoram a reconhecer a existência de fatos, instituições e até de seres com os quais nos deparamos no dia a dia. Ciborgues, por exemplo, existem aos milhares, mas apenas em 2004 um deles, o irlandês Neil Harbisson, obteve o reconhecimento de sua condição biônica e a permissão de aparecer em sua foto de passaporte usando a câmera que lhe possibilita enxergar cores. Neil nasceu com acromatopsia, uma espécie de daltonismo total, que só lhe permite ver o mundo em preto e branco. Aos 21 anos, começou a empregar um tipo de olho eletrônico preso adiante de sua testa. As cores captadas pelo sensor chegam a um chip que as transforma em sons. Cada nota corresponde a uma cor específica.

Músico e artista plástico, Neil Harbisson criou a Fundação Cyborg, cujo intuito é estimular e auxiliar pessoas a se tornarem ciborgues, quer como forma de reparar alguma deficiência, quer como maneira de ampliar suas capacidades naturais. Atualmente, além de "ouvir" todas as cores que o olho humano é capaz de perceber, Neil também "ouve" infravermelho e ultravioleta.

Como a palavra já diz, ciborgues são organismos com partes cibernéticas integradas a seus corpos. Portadores de marca-passos cardíacos e o RoboCop, por exemplo, entram para a categoria dos ciborgues. Já os robôs comuns, compostos de partes mecânicas e eletrônicas, ficam de fora, bem como os geeks que vivem conectados à internet através de aparelhos da moda. Pouco importa se você mal respira sem seu celular, ele precisaria literalmente fazer parte de seu corpo para você abandonar o status de mero ser humano.

Enquanto a medicina utiliza implantes cibernéticos a fim de reparar ou aperfeiçoar pessoas comuns, os militares tratam de criar animais ciborgues para espionagem e exoesqueletos para os soldados. Por sua vez, alguns cientistas fazem experiências em seus próprios corpos, testando, em primeira mão, nossos futuros superpoderes. Sem dúvida, os comitês de ética terão muito trabalho para decidir até onde seus pesquisadores-cobaias devem poder avançar. Dispositivos subcutâneos, de fácil remoção, para detectar campos eletromagnéticos, tudo bem? E que tal substituir só um dedinho biológico por uma versão que dispare choques de baixa letalidade? Vale lembrar que empresas independentes costumam pagar melhor e ter menos restrições éticas do que universidades.

Sempre alguns passos adiante das pesquisas, a ficção científica vem cumprindo seu papel de antecipar debates. Vários autores se perguntam qual será o futuro dos seres humanos. Borgs e Cylons à parte, uma boa obra sobre o assunto é Homem-Máquina, livro do australiano Max Barry, que aborda a questão em seu ponto de partida. Trata-se de uma sátira inteligente, chocante e cheia de humor negro, escrita sob medida para fãs de ficção científica e nerds em geral. O protagonista, Charles Neumann, um engenheiro brilhante, socialmente desajustado, cujo sonho de infância era ser um trem, cativa os leitores por suas fraquezas humanas à medida que se transforma em máquina.

Charles chefia um dos laboratórios da empresa armamentista Futuro Melhor. Por distração, perde parte de uma perna em um acidente. A má qualidade das próteses disponíveis leva-o a criar um modelo robótico bem mais aprimorado e a premeditar a perda da outra perna. Com carta branca da empresa interessada em transformá-lo em arma, ele prossegue com os experimentos para substituir outras partes de seu corpo.

Não há tórridas cenas de sexo nem exércitos biônicos combatendo nas páginas do livro, mas ação e um certo romance não faltam. A Mandalay Pictures percebeu o potencial da história e adquiriu os direitos de adaptação cinematográfica. Resta-nos torcer para que isto de fato resulte em um filme, o que nem sempre acontece.

Max Barry escreveu Homem-Máquina publicando partes da história a cada dia, em seu site e levando em conta as sugestões dos leitores para lhe dar prosseguimento. Um estudante de neurociência ajudou-o a compreender melhor as dores que ocorrem em membros fantasmas, outro leitor constantemente perguntava sobre o paradeiro da namorada do protagonista. Foram 37 semanas de escrita e colaboração para depois reelaborar todo o conteúdo e transformá-lo em um livro propriamente dito, sem as características que uma narrativa seriada na internet precisa ter para garantir o retorno dos leitores. Max retirou o excesso de ganchos, praticamente um a cada página, e a ação desenfreada com pouca reflexão. O humor e o amor à tecnologia tornam esse livro estranho um ótimo presente para qualquer geek que se preze.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. http://carlaceres.blogspot.com/


Carla Ceres
Piracicaba, 27/12/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia de Renato Alessandro dos Santos
02. Saudade de ser 'professor' de Filosofia de Cassionei Niches Petry
03. Claudio Willer e a poesia em transe de Renato Alessandro dos Santos
04. Precisamos falar sobre Kevin de Renato Alessandro dos Santos
05. Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto de Heloisa Pait


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2012
01. Na calada do texto, Bentinho amava Escobar - 8/11/2012
02. Memórias de ex-professoras - 8/3/2012
03. Liberdade de crença e descrença - 4/10/2012
04. O céu tornou-se legível - 3/5/2012
05. Dono do próprio país - 31/5/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




BOTÂNICA - 9ª EDIÇÃO
WALDEMIRO POTSCH
FAHXP
(1964)
R$ 7,00



TRATADO DE QUIROLOGIA MÉDICA
KRUMM HELLER
ROSACRUCIANA
(1950)
R$ 50,00



BR-050 COLEÇÃO CAMINHOS DO BRASIL A ESTRADA DE ANHANGUERA
KAREN CAMACHO; MARCELO MAZURAS
MINISTÉRIO DA CULTURA
R$ 139,00



CRIAÇÃO EM DEBATE
CLAUDIA AMIGO PINO
HUMANITAS
(2007)
R$ 25,00
+ frete grátis



MANDALAS PARA CRIANÇAS
MARIE PRÉ
VERGARA & RIBA
(2007)
R$ 14,79



VYGOTSKY E BAKHTIN - PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO
MARIA TERESA DE ASSUNÇÃO FREITAS
ÁTICA
(2002)
R$ 30,00



O CONGRESSO DOS ESTADOS UNIDOS
GERALD W. JOHNSON
RECORD
(1964)
R$ 7,00



INTRODUÇÃO AO MÉTODO TEOLÓGICO
JARED WICKS
LOYOLA
(1999)
R$ 20,00



TÁ GRAVANDO. E AGORA?
KÉFERA BUCHMANN
PARALELA
(2016)
R$ 9,00



PARIS UMA AGENDA DOS BONS ENDEREÇOS
BETH VANZOLINI DE PAULA MACHADO
EDIOURO
(1998)
R$ 8,75





busca | avançada
26396 visitas/dia
708 mil/mês