Olhos Cor de Chuva, de Felipe Machado | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
49722 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> OBMJazz: OBMJ lança primeiro clipe de novo projeto
>>> Serginho Rezende é entrevistado por Zé Guilherme na série EntreMeios
>>> TOGETHER WE RISE TRAZ UMA HOMENAGEM ÀS PESSOAS QUE FIZERAM PARTE DA HISTÓRIA DO GREEN VALLEY
>>> Instituto Vox realiza debate aberto sobre o livro O Discurso da Estupidez'
>>> A Arte de Amar: curso online desvenda o amor a partir de sua representação na arte e filosofia
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
>>> Meu reino por uma webcam
>>> Quincas Borba: um dia de cão (Fuvest)
>>> Pílulas Poéticas para uma quarentena
>>> Ficção e previsões para um futuro qualquer
>>> Freud explica
>>> Alma indígena minha
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma aula com Thiago Salomão do Stock Pickers
>>> MercadoLivre, a maior empresa da América Latina
>>> Víkingur Ólafsson toca Rameau
>>> Philip Glass tocando Mad Rush
>>> Elena Landau e o liberalismo à brasileira
>>> O autoritarismo de Bolsonaro avança
>>> Prelúdio e Fuga em Mi Menor, BWV 855
>>> Blooks Resiste
>>> Ambulante teve 3 mil livros queimados
>>> Paul Lewis e a Sonata ao Luar
Últimos Posts
>>> Coincidência?
>>> Gabbeh
>>> Dos segredos do pão
>>> Diário de um desenhista
>>> Uma pedra no caminho...
>>> Sustentar-se
>>> Spiritus sanus
>>> Num piscar de olhos
>>> Sexy Shop
>>> Assinatura
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nelson Freire em DVD e Celso Furtado na Amazônia
>>> Um caos de informações inúteis
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Parei de fumar
>>> Ford e Eastwood: cineastas da (re)conciliação
>>> Amor à segunda vista
>>> O Gmail (e o E-mail)
>>> Diogo Salles no podcast Guide
Mais Recentes
>>> A Forma da Água de 1andrea Camilleri pela Record (2000)
>>> Mantenha o Sistema de George Orwell pela Itatiaia (2000)
>>> Guiness World Records 2017 de Diversos pela Harper Collins (2016)
>>> O Segredo Judaico de Resolução de Problemas. de Nilton Bonder pela Imago (1995)
>>> Atlas Geografico FAE de Equipe Diata pela Fae (1984)
>>> Atlas Geografico FAE de Equipe Diata pela Fae (1984)
>>> Calvin & Haroldo - Yukon-Ho! de Bill Watterson pela Conrad (2008)
>>> Atlas da Historia do Mundo de Geoffrey Barraclough Editor pela Folha de Sao Paulo (1995)
>>> Astrorhythms de Mary Orser, Rick e Glory Brightfield pela Harper (1980)
>>> Art Recipes de Doris E. Foley pela F. A. Owen (1960)
>>> Arthur C. Clarke's Mysterious World de Simon Welfare e John Fairley pela AeW (1980)
>>> O Ópio dos Intelectuais (Nova Ortografia) de Raymond Aron pela Três Estrelas (2016)
>>> Monocle May 2017 - Design & Property Special de Diversos pela Monocle (2017)
>>> História do Calendário de Hernâni Donato pela Melhoramentos (1978)
>>> O Arquipelago de Erico Verissimo pela Globo (1961)
>>> Fronteira Gelada de Dra. Jerri Nielsen com Maryanne Vollers pela Rocco (2002)
>>> Monocle 2017 Fashion + Retail Special de Diversos pela Monocle (2017)
>>> Microsoft Frontpage Aprenda em 24 Horas de Andy Shafran pela Campus (1998)
>>> A Guerra das Estrelas de Carlos Chagas pela L & pm (1985)
>>> Monocle November 2017 Design Special - Swiss Survey de Diversos pela Monocle (2017)
>>> Apelo à Razão de Claudio Alves pela Nucleo3 (1986)
>>> A espiã de vermelho de Aline, condessa de Romanones pela Casa Maria (1988)
>>> Antologia Casseta Popular de Arthur Dapieve Organizador pela Desiderata (2008)
>>> Revista da Anpoll 24 de Andre Luis Gomes pela Anpoll (2008)
>>> Monocle September 2018 - Your Steps to Success de Diversos pela Monocle (2018)
>>> Drogas - Constituição - Democracia e Liberdade de Felipe Hasson pela Instituto Memória (2015)
>>> Revista da Anpoll 25 de Andre Luis Gomes pela Anpoll (2008)
>>> Monocle September 2019 This is the Way to Work de Diversos pela Monocle (2019)
>>> Curso de Direito Processual Civil = Vol. III de Humberto Theodoro Júnior pela Forense (2020)
>>> Monocle December 2019/January 2020 Japan Special de Diversos pela Monocle (2020)
>>> Curso de Direito Processual Civil = Vol. I de Humberto Theodoro Júnior pela Forense (1997)
>>> Comentários à CLT de Sérgio Pinto Martins pela Atlas (1998)
>>> Monocle Food & Entertainment Annual 2018 de Diversos pela Monocle (2018)
>>> Manual do Executivo = Organização Comercial de Dr. Aluízio Telles de Meirelles pela Novo Brasil (1987)
>>> Animal Jokes de Glen Singleton pela Himkler (2009)
>>> Amor e Humor de Camillo Filho pela Do Autor (1978)
>>> Monocle March 2019 - France Special de Diversos pela Monocle (2019)
>>> American Folk Tales and Songs de Richard Chase pela Dover (1971)
>>> Monocle The Escapist 2019 Go Further de Diversos pela Monocle (2019)
>>> Sonho e razão, Lucas Lopes, o planejador de JK de Rodrigo Lopes pela Arx (2006)
>>> Alô, Rapaziada de Bussunda pela Record (1995)
>>> Educação do Homem Integral de Huberto Rohden pela Martin Claret
>>> Verbo Cívico Visão Histórico-Sociológico da assembléia legislativa do estado do Ceará de Arnaldo Santos / Juarez Leitão pela Expert (2002)
>>> A Crise da Crise do Marxismo - Introdução a um Debate Contemporâneo de Perry Anderson pela Brasiliense (1987)
>>> Ame e dê Vexame. de Roberto Freire pela Guanabara (1990)
>>> Todos Contra Todos de Leandro Karnal pela Leya (2017)
>>> Em busca de Gabrielle de Vavy Pacheco Borges pela Alameda (2009)
>>> Origem E Evolução Das Cidades Rio Grandenses de Günter Weimer pela Arquiteto (2004)
>>> Almanaque Renascim 1991 de Osvaldo Silva Filho pela Laboratorio Catarinense (1991)
>>> Almanaque Monstruoso dos Zumbis de Yuri Vasconcelos pela Abril (2013)
COLUNAS

Segunda-feira, 5/5/2003
Olhos Cor de Chuva, de Felipe Machado
Jardel Dias Cavalcanti

+ de 9000 Acessos

"Pois vivemos na sedução
mas morremos na fascinação
".

(Jean Baudrillard - Da Sedução)

"Diz a lenda que, no início do mundo, todos os seres humanos eram hermafroditas, com quatro mãos, quatro pernas e dois rostos, virados cada qual para um lado. Esses seres eram tão poderosos e arrogantes que Zeus resolveu separá-los, numa metade masculina e outra feminina. A partir daí, cada parte viveria eternamente à procura da outra metade, numa busca incansável e na maioria das vezes frustrante."

Esta lenda da antiguidade grega é usada no livro Olhos cor de chuva, de Felipe Machado, editado pela editora Escrituras, para explicar a personalidade artística e amorosa eternamente insatisfeita de Alex, principal personagem do romance.

Alex é um escritor que escolheu viver uma vida de solteiro, estando sempre pronto para se entregar a qualquer aventura sexual que a noite ofereça. Sua família não partilha de bons sentimentos quanto à "vida de artista" de Alex, marcada por este "estilo de vida" flutuante. Alex também reprova o modus vivendi de sua família, ajustada ao mais medíocre status quo social.

Dentro deste quadro de tensão entre o escritor e seus parentes vai se desenvolvendo um inesperado número de fatos que abalam a existência de Alex.

Sensível à beleza feminina, inicialmente Alex apaixona-se por uma jovem chamada Manoela, que encontra no bar que sempre freqüenta. Após o envolvimento íntimo, decidem morar juntos na casa do escritor.

A reflexão que surge deste momento da vida de Alex é a seguinte: "Não estavam preocupados com documentos ou registros. Viviam como marido e mulher, partilhando intimidades nunca antes divididas com ninguém, com todas as qualidades e defeitos que esse tipo de verdade pode suscitar. E um desses defeitos, como em qualquer relacionamento, era a inevitável aniquilação da personalidade dos dois indivíduos envolvidos, provocando a criação de um terceiro ser formado não necessariamente pelas qualidades dos dois, mas, ao contrário, pela eventual seleção dos piores defeitos de cada um. Alex entendia agora por que os casais recém-casados tinham tendência ao isolamento. Casar, podia constatar, é ver televisão juntos. É não se incomodar com o silêncio entre conversas. É gostar de ficar sozinho, mesmo estando ao lado de alguém. Com uma grande vantagem. Não era preciso um grande esforço de sedução para se conseguir sexo todas as noites."

Dias depois, ao voltar para casa, Alex encontra sua companheira assassinada em sua cama. Acaba por descobrir que seu nome não era Manoela, que ela havia mentido quanto à sua origem e que, além do mais, antes de conhecê-lo, vivia como garota de programa. Esta era a primeira falsa imagem que ludibriou nosso personagem dentro do romance.

Em seguida, apaixona-se pela amiga de Manoela, também garota de programa, que é levada a coabitar com o escritor. Insatisfeito com esta nova relação, encontra-se mergulhado nos braços e entre as pernas de outra mulher. No entanto, acha-se sempre à deriva, insatisfeito. Carrega consigo a idéia de que Manoela seria a verdadeira mulher de sua vida. Mas isto é apenas uma das ilusões que traz consigo. Se tivesse estendido a relação com ela, vivendo o massacrante cotidiano que acusa seus familiares e amigos de viver, com certeza deixaria de amá-la. Como ela desapareceu antes dessa decepção, a imagem que lhe restou foi a da paixão viva que puderam experimentar por curto tempo.

O que Alex procura nas mulheres é o que o artista que ele é também procura: a perfeição de uma imagem ideal, capaz de dar conta de todos os sentimentos e carências que a vida impõe. No entanto, a imagem perfeita que encontra não é real, mas fabricada por um computador: é a mulher ideal que sai da pasta de um produtor e que é colocada na mesa do bar onde estava com seus amigos. Apaixona-se por esta imagem de mulher perfeita, fabricada, comercial, tal qual as mulheres que desfilam diariamente em nossos vídeos e nas revistas femininas, banhadas em luz artificial, corrigidas por programas de computador e que acabam por causar extrema infelicidade em quem procura nessas "bonecas" o ideal de mulher.

Esse ideal, também procurado por milhares de mulheres que se sacrificam diariamente nas academias de ginástica e clínicas de cirurgia estética, não pode ser realizado, pois trata-se de um artifício programado por recursos fotográficos. Um corpo sem emoção, malhado para ser construído e consumido como objeto mercadológico, sem os riscos da emoção que a paixão pode trazer. O status quo agradece a preferência.

Ao fim de sua trajetória, Alex tranca-se com essa imagem no seu apartamento, exilando-se de qualquer contato humano real, mergulhando seus desejos nessa ilusão fabricada. Não lhe resta outra alternativa senão o suicídio, pois longe desta imagem apenas pode encontrar a realidade, com seus defeitos, suas misérias e, mais, seus riscos incontroláveis.

Olhos cor de chuva é um romance que pode ser pensado como uma alegoria da vida urbana que se traça nos nossos tempos, mergulhados que estamos em imagens que consomem nossos desejos e não nos trazem nada mais que uma eterna insatisfação. Triste sina a que se destina a vida urbano-social contemporânea: as pessoas tornaram-se imagens, querem se constituir como imagens e só podem ser consumidas enquanto tal.

Para ir além





Jardel Dias Cavalcanti
Londrina, 5/5/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Oswald de Andrade e o homem cordial de Celso A. Uequed Pitol
02. O começo do fim da hegemonia 'de esquerda' de Julio Daio Borges
03. Luz em agosto de Luiz Rebinski Junior
04. Herzog, Glauber e 'Cobra Verde' de Humberto Pereira da Silva
05. Como se vive uma vida vazia? de Roberta Resende


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti em 2003
01. Felicidade: reflexões de Eduardo Giannetti - 3/2/2003
02. Entrevista com o poeta Augusto de Campos - 24/3/2003
03. John Fante: literatura como heroína e jazz - 21/7/2003
04. Os Dez Grandes Livros - 15/10/2003
05. O Fel da Caricatura: André de Pádua - 3/3/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PETRÓLEO: DESENVOLVIVMENTO OU VASSALAGEM?
MEDEIROS LIMA
ANTUNES
(1960)
R$ 22,18



ALHO SABOR E SAÚDE
MARCIO BONTEMPO
ALAÚDE
(2007)
R$ 8,00



JOÃO E MARIA DA AMAZÔNIA
BOECHAT,MARIA DIVA; GUSMÃO,MARTA - FRANCO
FRANCO
(2015)
R$ 17,00



DO CONFLITO ENTRE O DIREITO À PRODUÇÃO DE PROVAS E O....
ÉDER PEREIRA DE ASSIS
LUMEN JURIS
(2016)
R$ 59,00



MUITOS CAMINHOS, UMA ESTRELA
MARIETA DE MORAES FERREIRA; ALEXANDRE FORTES
PERSEU ABRAMO
(2008)
R$ 33,90



ANTES, O VERÃO
CARLOS HEITOR CONY
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1964)
R$ 10,00



UMA ALTERNATIVA DEMOCRÁTICA PARA A CRISE BRASILEIRA
NOVOS RUMOS
NOVOS RUMOS
R$ 10,00



OS SOFRIMENTOS DO JOVEM WERTHER
JOHANN WOLFGANG VON GOETHE
MEDIAFASHION
(2016)
R$ 24,00



JARDIM DE INVERNO
ZÉLIA GATTAI
RECORD
(1988)
R$ 5,00



OS GUARDIÕES DA PAZ VOL 3 O CAMINHO DAS ESTRELAS STAR TREK A GERAÇÃ...
GENE DEWEESE
PUBLICAÇÕES EUROPA - AMÉRICA
(1993)
R$ 23,33





busca | avançada
49722 visitas/dia
2,6 milhões/mês