Dezembros Selvagens, de Edna O'Brien | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
39219 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 19/2/2004
Dezembros Selvagens, de Edna O'Brien
Ricardo de Mattos

+ de 6800 Acessos

Por vezes arrisco adquirir obras de compositores e escritores desconhecidos por mim. Não é raro entrar na livraria ou na loja de artigos musicais, deparar-me com um nome inédito, folhear ou ouvir trechos das músicas e adquirir o livro ou o CD. Este tipo de aposta é parece revelar uma predisposição ao jogo. Contudo, afirmo que até hoje só tive ganhos. Ocorre ainda eu obter - aqui reunidos o comprar e o ganhar - uma obra alvo de investigação prévia e mínima, insuficiente para a maioria das pessoas. É o caso de Dezembros Selvagens, o segundo livro da escritora irlandesa Edna O'Brien (1.932) lançado no Brasil, primeiro de ficção. O outro foi a biografia de James Joyce e faz parte d'uma coleção de livros com textos sucintos sobre a vida de algumas personalidades, entre as quais Mozart e Santo Agostinho.

O irlandês encontra muito de sua história e de sua mitologia n'este romance. Na primeira metade do século XIX as plantações irlandesas de batata foram devastadas por um fungo e a carestia conseqüente baptizou o período como o da Grande Fome. Informações da época consignam o advento nocturno da praga de ferrugem e é com este facto que O'Brien compara o retorno d'um personagem à comunidade rural de Cloontha. Este esmero não prejudica a leitura pelo alienígena, amparado como está por notas suficientes. Narrativa linear, variando com elegância de coloquialismos à correção, sempre uma exposição competente do íntimo de suas criaturas.

Joseph Brennan é o ápice do triângulo principal de personagens. Filho de uma antiga família do lugarejo montanhês, construiu seu Tir-na-N-og particular e qualquer mudança ou ameaça de alteração aflige-o até a loucura. Toda sua vida, sua fazenda, seus hábitos e até a vida de sua irmã, tudo era organizado da forma mais próxima possível de seu ideal. Para algumas mudanças terem lugar, tornou-se necessário vir alguém de fora, pois os locais não se atreveriam a afrontar Brennan. Até determinado ponto ele tem razão. Quem tem seu locus amoenus, com raízes estendidas pelo tempo, referências, lembranças e sabe valorá-los, incomoda-se com a insensibilidade alheia. Brennan erra primeiro ao encarar como afronta pessoal as mudanças advindas com os novos tempos; segundo, ao ofender-se com tudo feito por seu vizinho Bugler. Terceiro erro, bem ligado ao segundo, interfere na vida exterior aos limites de sua propriedade. É triste constatar que ele poderia manter o estilo de vida com o qual estava habituado se não fosse por estes erros. Desgasta-se em demasia com seu medo, perde a percepção lúcida, emprega tempo e dinheiro com providências inúteis. Enquanto escrevo, lembro do personagem e percebo a acuidade de O'Brien ao imaginá-lo - ou retratá-lo.

Michael Bugler também era natural de Cloontha. Saiu d'esta comunidade para pastorear ovelhas na Austrália, abafando bastante a voz do sangue irlandês. Retornando, porta-se despreocupadamente. Não é proposital nem consciente o desagrado que causa a Brennan. Apenas dedicou anos ao cuidado de carneiros, sem nenhuma atenção para os assuntos genealógicos e consuetudinários. Voltou e não percebeu a importância deles para a comunidade, mormente para seu vizinho e rival. Bugler e Brennan estabelecem no princípio laços de amizade entusiasmada - pessoas de mesmo nível e origem deveriam ser amigas -, mas fracos demais para extinguir uma vendetta e impedir o surgimento de aborrecimentos.

Breege Brennan é peça do acervo pessoal de seu irmão Joseph. Com a chegada de Bugler, inicia-se um previsível e frágil romance e ela mostra não saber como agir. Também tem seu cosmos, inda que subsidiário ao do irmão, e encontra dificuldades para sair desta região íntima. Prova disso vem adiante quando ela engravida e precisa ser internada como histérica. Percebe-se que o sentimento comum aos irmãos é o medo, diferindo a manifestação. Joseph esfalfa-se buscando resguardar-se, Breege permanece inerte. Ele fala e ameaça, ela emudece: ambos temerosos ante o novo que um rejeita e o outro acolhe. Verifica-se a mesma ramificação na veneração pelos mortos. Joseph confere-lhes o tratamento de pais fundadores de sua estirpe; Breege visita o cemitério a fim de conservar a convivência com os entes dilectos.

O'Brien foi muito cuidadosa ao não deixar o sentimento demonstrado por Joseph em relação a Breege decair a um caso vulgar de ciúme incestuoso. Basta volver ao apego dele por suas coisas. Como irmão mais velho, imaginava caber a ele a escolha de um noivo para sua irmã e adequado aos seus próprios ideais, ou seja, alguém que não interferisse nos seus planos e hábitos. O filho de Breege poderia sair ao pai, indiferente às tradições e cismar com alterações. Poderia atrapalhar os planos post mortem de Brennan. Atente-se a este trecho: "Joseph se segurou no portão porque precisava, seu mundo estava escapando dele, se o que ouvira era verdade. (...) O pensamento de que ela podia ter se entregado, que o sangue de Bugler pudesse estar misturado ao deles o enlouqueceu ...".

Merecem atenção os personagens secundários. Até a primeira metade do romance eles aparecem regularmente, sendo posteriormente esquecidos. Cada um renderia ao menos um conto. Caco Velho, o homem deformado dedicado a epigramas. As irmãs Rita e Reena, cuja subsistência depende da utilização do sexo para coagir, ameaçar ou processar os homens conforme o caso e a necessidade. O juiz que preside a primeira lide entre Bugler e Brennan e os advogados na condução das demais disputas.

Para ir além






Ricardo de Mattos
Taubaté, 19/2/2004


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia de Renato Alessandro dos Santos
02. Os Doze Trabalhos de Mónika. 7. Um Senador de Heloisa Pait
03. O Mito da Eleição de Marilia Mota Silva
04. Os bastidores de Psicose de Gian Danton
05. A feira ao longe de Elisa Andrade Buzzo


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2004
01. A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón - 9/9/2004
02. Equador, de Miguel Sousa Tavares - 29/7/2004
03. O Livro das Cortesãs, de Susan Griffin - 4/3/2004
04. História e Lenda dos Templários - 1/4/2004
05. O Livro Impresso e O Livro Virtual - 26/8/2004


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TESTES DE Q. I - PARA AUTO - AVALIAÇÃO
ALFRED W. MUNZERT
EDIOURO
(1977)
R$ 15,00



BRAZILIAN JOURNALISM RESEARCH VOLUME 3 - 2007
SBPJOR
SBPJOR
(2007)
R$ 11,00



EVANGELHO ETERNO E ORAÇÕES PRODIGIOSAS
OSVALDO POLIDORO
SÃO PAULO
(2015)
R$ 5,50



O SERDESPANTO
VICENTE FRANZ CECIM
ÍMAN EDIÇÕES
(2001)
R$ 29,70



REVOLUÇÕES CIENTÍFICAS
ISAAC EPSTEIN
ÁTICA
(1988)
R$ 10,00



LENIN ON THE REVOLUTIONARY PROLETARIAN PARTY OF A NEW TYPE
LENIN
FOREIGN LANGUAGES PRESS
(1960)
R$ 110,00



O MOVIMENTO ROMÂNTICO
ALAIN DE BOTTON
ROCCO
(1998)
R$ 20,00



TURISMO E HOSPITALIDADE NO SÉCULO XXI
A. LOCKWOOD E S. MEDLIK
MANOLE
(2003)
R$ 18,00



TERRORISTA BRASILEIRO
SAMUEL FORTE
NOVO SÉCULO
(2002)
R$ 10,00



ASPECTOS DA CRENOTERAPIA NA EUROPA E NO BRASIL - CAPA DURA - ILUSTRADO
ANTONIO DE OLIVEIRA FABRINO (AUTOGRAFADO)
IMPRENSA OFICIAL
(1950)
R$ 25,00





busca | avançada
39219 visitas/dia
1,2 milhão/mês