Um rio para lavar a dor | Guilherme Conte | Digestivo Cultural

busca | avançada
37883 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> Espírito de porco
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nine Eleven
>>> E a bomba caiu!
>>> Arte é entropia
>>> Impressões sobre São Paulo
Mais Recentes
>>> Zollinger - Atlas de Cirurgia de E. Christopher Ellison, Robert M. Zollinger pela Guanabara Koogan; (2017)
>>> O Hobbit: A batalha dos cinco exercítos : guia ilustrado de Jude Fisher pela WMF Martins Fontes (2014)
>>> Radiografia da Alma de Pe. Hewaldo Trevisan pela Planeta (2010)
>>> Convênios e outros instrumentos de "Administração Consensual"na Gestão Pública do século XXI - Restrições em Ano Eleitoral de Jessé Torres Pereira Junior e Marinês Restelatto Dotti pela Fórum (2010)
>>> Estalos e Rabiscos - Mãos à Obra Literária de Walter Galvani pela Novaprova (2011)
>>> Distrito Federal Paisagem, População e Poder de Marília Peluso e Washington Candido pela Harbra (2006)
>>> Parto de Mim de Vera Pinheiro pela Pallotti (2005)
>>> Deuses americanos de Neil Gaiman pela Intrínseca (2016)
>>> A Ilha dos Prazeres de André Rangel Rios pela Uapê (1996)
>>> A pequena pianista de Jane Hawking pela Única (2017)
>>> Tradição e Novidade na Ciência da Linguagem de Eugenio Coseriu pela Presença- Usp (1980)
>>> Jovens Sem-Terra - Identidade em movimento de Maria Teresa Castelo Branco pela Ufpr (2003)
>>> Os Segredos das Mulheres Inteligentes de Julia Sokol e Steven Carter pela Sextante (2010)
>>> Lettres et Maximes de Épicure pela Librio (2015)
>>> Um Mundo a Construir de Marta Harnecker pela Expressão Popular (2018)
>>> Da RegenciaÀ Queda de Rozas (Rosas)/ Encadernado de Pandiá Calógeras pela Cia. Ed. Nacional (1940)
>>> Psicoterapia y Relaciones Humanas de Carl Rogers e G. Marian Kinget pela Alfaguarra (1971)
>>> O Vinho no Gerúndio de Júlio Anselmo de Sousa Neto pela Gutenberg (2004)
>>> Michel Foucault, Filosofia e Biopolítica de Guilherme Castelo Branco pela Autêntica (2015)
>>> Vidas Provisórias de Edney Silvestre pela Intrínseca (2013)
>>> Introdução À Arqueologia Brasileira: Etnografia e História de Angyone Costa pela Cia. Ed. Nacional (1938)
>>> A Glória de Euclides da Cunha ; Edição Ilustrada/ Brasiliana de Francisco Venancio Filho pela Cia. Ed. Nacional (1940)
>>> A Glória de Euclides da Cunha ; Edição Ilustrada/ Brasiliana de Francisco Venancio Filho pela Cia. Ed. Nacional (1940)
>>> Viñas, Bodegas & Vinos de Argentina de Austral Spectator pela Austral Spectator (2007)
>>> Alexandre, o Conquistador de Airton de Farias pela Prazer de Ler (2013)
>>> A Fiandeira de Ouro de Sonia Junqueira pela Positivo (2008)
>>> Feudalismo de Airton de Farias pela Prazer de Ler (2013)
>>> Alfabeto de Histórias de Gilles Eduar pela Ática (2008)
>>> As Obsessões de um Executivo Extraordinário: as Quatro Disciplinas... de Patrick Lencioni pela Record/ RJ. (2002)
>>> As Obsessões de um Executivo Extraordinário: as Quatro Disciplinas... de Patrick Lencioni pela Record/ RJ. (2002)
>>> As Obsessões de um Executivo Extraordinário: as Quatro Disciplinas... de Patrick Lencioni pela Record/ RJ. (2002)
>>> Marketing Nas Empresas Brasileiras: Organização de Vendas de Joaquim Carlos da Silva pela Record/ RJ.
>>> Dicionário da Língua Portuguesa de Malthus Oliveira de Queiroz pela Sucesso (2014)
>>> Salgueiro 50 Anos de Glória de Haroldo Costa pela Record (2003)
>>> Mitologia Grega de Pierre Grimal pela L&PM (2009)
>>> Além do Bem e do Mal de F. Nietzsche pela Escala (2005)
>>> La Muerte de la Familia de David Cooper pela Paidos (1974)
>>> La Tentation d'Exiter de E. M. Cioran pela Gallimard (1988)
>>> Os Pioneiros - a Saga da Família Kent- Vol. III de John Jakes pela Record/ RJ.
>>> O Conto da Ilha Desconhecida de José Saramago pela Companhia das Letras (2015)
>>> A Vinda da Família Real para o Brasil de Airton de Farias pela Prazer de Ler (2013)
>>> O Quarto Pato de Índigo pela Positivo (2008)
>>> Sociedade do Cansaço de Byung-Chul Han pela Vozes (2015)
>>> O Tempo Escapou do Relógio de Marcos Bagno pela Positivo (2011)
>>> A Sujeição das Mulheres de Stuart Mill pela Escala (2006)
>>> Admirável Ovo Novo de Paulo Venturelli pela Positivo (2011)
>>> Pequenas Confissões de Georgina Martins pela Positivo (2008)
>>> Fantasma Equilibrista de Tânia Alexandre Martinelli pela Positivo (2009)
>>> A História de Cada Um de Juciara Rodrigues pela Scipione (2010)
>>> Exercícios de Admiração de E. M. Cioran pela Rocco (2011)
COLUNAS

Quarta-feira, 12/10/2005
Um rio para lavar a dor
Guilherme Conte

+ de 7800 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Maria Luísa esbanja talento e versatilidade (Foto: André Gardenberg/Divulgação)

A simples volta de Os Sete Afluentes do Rio Ota aos palcos paulistanos já seria motivo de comemoração. Em meio aos eventos que lembram os 60 anos da bomba atômica sobre Hiroshima, no entanto, a montagem se torna ainda mais oportuna.

Ela é baseada no espetáculo do dramaturgo, diretor e cineasta canadense Robert Lepage, à frente do grupo Ex-Machina, de 1994. Esta versão é dirigida pela ótima Monique Gardenberg e co-dirigida por Michele Matelon. O elenco difere um pouco do que formava o espetáculo em 2003, que contava com Giulia Gam e Beth Goulart.

O rio Ota corta a cidade de Hiroshima e se forma por sete afluentes. No dia 6 de agosto de 1945, as vítimas da bomba corriam a ele para amainar os efeitos das queimaduras. Em algumas horas, estava cheio de corpos.

A partir desta imagem, foram construídas sete histórias, entrelaçadas ora por fortes vínculos, ora por tênues laços. Elas vão desde o campo de concentração de Terezin, em 1943, até a moderna Hiroshima, em 2000.

A peça começa com um soldado americano incumbido de fotografar interiores de casas em Hiroshima, para estudos sobre os efeitos da bomba. Ele, então, apaixona-se por uma hibakusha - uma sobrevivente.

De certa forma, todos os personagens são sobreviventes. Seja da bomba, seja de um campo de concentração, seja da dor ou da própria mediocridade. Em comum, eles fogem da mesma coisa: da solidão. Em Hiroshima ou em Nova York.

Interessante diálogo entre o ocidente e o oriente (Foto: André Gardenberg/Divulgação)

Na união do bom texto, do elenco impecável e de uma direção criativa e inteligente, nasce uma facilidade extrema de transitar entre o riso e o choro. É profundamente emotiva, sem cair no sentimentalismo fácil comum a esse tipo de espetáculo.

Os atores estão afinadíssimos. É um time de respeito, que conta com gente como Caco Ciocler (dos filmes Bicho de Sete Cabeças e Quase Dois Irmãos), Simone Spoladore (do filme Lavoura Arcaica) e Helena Ignez (dos filmes Assalto ao Trem Pagador e O Bandido da Luz Vermelha). Quem rouba a cena, no entanto, é a brilhante Maria Luísa Mendonça, provando que é uma das principais atrizes do teatro brasileiro.

Sua versatilidade enche os olhos, encantando como uma criança que escapa do campo de concentração ou como uma senhora hibakusha no balanço da maturidade. Sem falar nos delicados butôs que desenha com leveza impressionante (ao lado do ótimo Felipe Kannenberg). Saí do teatro apaixonado por ela, em meio a uma platéia que se esvaiu em aplausos.

Boa parte da grandeza do espetáculo se deve à ótima direção de Monique Gardenberg, que também assina Baque, em cartaz no Teatro Vivo até o dia 30. Seu maior mérito está em manter o foco do espetáculo em suas 5 horas de duração (há um intervalo de 25 minutos após 2h30). Não é força de expressão: nem sentimos o tempo passar.

O uso de projeções e recursos audiovisuais (também presente, mas sem tanto acerto, em Baque) enriquece a montagem e cria um interessante diálogo. A trilha sonora é muito boa e dá atualidade à montagem. Destaque também aos belos cenários de Hélio Eichbauer, aos figurinos de Marcelo Pies e ao trabalho corporal de Márcia Rubim e Dani Hu.

Mais que uma reflexão sobre a guerra e o trauma da dor e da violência, Os Sete Afluentes do Rio Ota é um belíssimo mosaico da segunda metade do século XX. Um espetáculo inesquecível.

Para ir além
Os Sete Afluentes do Rio Ota - SESC Pinheiros - R. Pais Leme, 195 - Pinheiros - (11) 3095-9400 - Sábado, 20h; domingo, 18h - R$ 30,00 - Até 06/11.

Aldeotas: Camilo assina poesia de rara sensibilidade (Foto: Divulgação)

O mundo num pedaço de terra

O retorno, depois de um grande afastamento, é difícil. O confronto de nossas lembranças com a realidade é inevitável. Mudanças, ausências, saudade. A infância, resguardada no pedestal da memória, desce à dureza do curso da vida.

É deste embate que nasce Aldeotas, de Gero Camilo. Ele também estrela o espetáculo, ao lado de Marat Descartes. A direção fica a cargo da talentosa Cristiane Paoli Quito.

A memória de Levi (Camilo), desde que era um pequeno garoto em Coti das Fuças, é reconstruída no palco. Do quintal nasciam grandes aventuras com o amigo Elias (Descartes). Num piscar de olhos, o cajueiro virava um disco voador.

O trabalho dos atores e a direção, aparentemente imperceptível, são impressionantes: no palco, um tapete e algumas folhas de papel. Dali nascem banhos de açude, namoros, prostíbulos, tertúlias e brigas ao pé da cozinha.

A peça é uma grande poesia, tecida com sensibilidade e pureza, que leva a um riso fácil. O texto de Camilo revela um olhar atento aos mínimos detalhes e uma memória repleta de belas imagens.

Sua riqueza, no entanto, está em não cair na idealização gratuita. Ao mesmo tempo em que o resgate de sua infância traz uma boa dose de afeto e saudade, fica transparente uma sociedade difícil e repressora, com raízes no machismo e no preconceito. Os contornos da memória se ancoram em rara lucidez.

É um belo mergulho na infância, tempo em que as preocupações resumiam-se a qual seria a brincadeira do dia seguinte. Crescer é muito difícil, lembrar mais ainda. O jovem Levi, em suas pequenas grandes aventuras, nos mostra o quão importante é sonhar.

Para ir além
Aldeotas - Teatro Augusta - R. Augusta, 943 - Cerqueira César - (11) 3151-2464 - Quarta e quinta, 21h - R$ 20,00 - Até 27/10.

Notas

* Ano que vem se completam 100 anos de morte do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen (1828-1906). E as comemorações já começaram: o SESC Anchieta traz a montagem de O Pequeno Eyolf (R. Dr. Vila Nova, 245 / sexta e sábado, 21h; domingo, 19h / R$ 20,00 / Até 06/11), inédita no Brasil. A direção fica por conta do competente Paulo de Moraes, o cérebro por trás da Cia. Armazém de Teatro, de Curitiba (a criação mais recente do grupo, A Caminho de Casa, está em cartaz no SESC Belenzinho, de sexta a domingo, até 13/11). Além dela, diversas palestras e leituras dramáticas estão programadas, como Solness, o Construtor (direção de Mário Bortolotto, 13/10) e O Inimigo do Povo (sob a batuta de Sérgio Ferrara, 27/10). Vale ficar ligado na programação do SESC.

* No Casarão do Belvedere (R. Pedroso, 267, Bela Vista / (11) 3842-5522 / todos os espetáculos custam R$ 10,00) está rolando a mostra da Cia. Os Fofos Encenam, até o fim do mês. É uma boa oportunidade para conhecer o trabalho deste grupo, jovem mas de uma maturidade notável. Além da ótima Assombrações do Recife Velho, que segue em cartaz de quinta a domingo (21h), também são apresentadas Deus sabia de tudo e não fez nada, de Newton Moreno (sextas, 24h), e A mulher do trem, de Maurice Hennequin e George Mitchell (sábados, 15h30). Preste atenção nos textos do pernambucano Moreno (da maravilhosa Agreste), um dos principais autores da nova dramaturgia brasileira.

* Um dos clássicos do dramaturgo Bertolt Brecht, A Alma Boa de Setsuan (1941) recebe boa leitura pela Cia. Teatro do Incêndio, dirigida por Marcelo Marcus Fonseca, no Teatro Arthur Azevedo (Av. Paes de Barros, 955 - Mooca / Sexta e sábado, 21h; domingo, 19h / R$ 10,00 / (11) 6605-8007 / Até 13/11). É interessante notar a atualidade do texto, ainda mais em tempos de mensalão. O bom elenco é o carro-chefe da montagem. Destaque para a bela Camila Turim, que esbanja talento alternando-se na pele da prostituta Shen Te e de seu rico e inescrupuloso primo.

* Os interessados em teatro têm uma boa fonte de consulta: a Enciclopédia de Teatro do Itaú Cultural. Com 650 verbetes divididos entre "Personalidades", "Companhias e Grupos" e "Espetáculos", faz um bom apanhado da produção brasileira desde 1938. A coordenação é da pesquisadora Johana Albuquerque. Fácil, simples, rápido e grátis.


Guilherme Conte
São Paulo, 12/10/2005


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A barata na cozinha de Luís Fernando Amâncio
02. Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão de Luís Fernando Amâncio
03. Nós, os afogados, de Carsten Jensen de Ricardo de Mattos
04. Regras de civilidade (ou de civilização) de Julio Daio Borges
05. Monticelli e a pintura Provençal no Oitocentos de Humberto Pereira da Silva


Mais Guilherme Conte
Mais Acessadas de Guilherme Conte em 2005
01. Fantasmas do antigo Recife - 31/8/2005
02. Um rio para lavar a dor - 12/10/2005
03. Crônicas de solidão urbana - 30/6/2005
04. Sobre o gênio que é Harold Pinter - 26/10/2005
05. Rindo de nossa própria miséria - 21/9/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
13/10/2005
22h28min
O texto expressa com simplicidade o teor do grande espetaculo. E' uma oportunidade para conhecer a peça, já que ao tirar o extrato da minha conta conferi que não tenho grana pra bancar o espetaculo... Obrigado.
[Leia outros Comentários de Patricia Lara]
16/10/2005
01h58min
belíssima crítica, mais uma vez... abraço!
[Leia outros Comentários de André Cintra]
19/10/2005
14h56min
Rapaz, queria saber sua opinião sobre o uso de legendas na peça (ao menos na temporada passada havia esse recurso). Será que o texto não poderia ser todo em português?
[Leia outros Comentários de Damasceno]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




BRINCANDO COM FOGO
GORDON RANSAY
BEST SELLER
(2010)
R$ 30,00



METODOLOGIA PARTICIPATIVA: UMA INTRODUÇÃO A 29 INSTRUMENTOS
MARKUS BROSE
TOMO EDITORIAL
(2010)
R$ 47,00



DICIONÁRIO BÁSICO ESCOLAR DE FILOSOFIA - 1ª ED. - MAIS DE 360 VERBETES
MARLY N. PERES
GLOBAL
(2013)
R$ 49,95



DOUBLE TAKE: AN FBI THRILLER FIRST TIME IN PAPERBACK
CATHERINE COULTER
BERKLEY
(2008)
R$ 31,28



CONSTRUÇÃO DA INTELIGÊNCIA PELA CRIANÇA
MARIA DA GLÓRIA SEBER
SCIPIONE
(1995)
R$ 10,00



PROCESSO PENAL - PERGUNTAS E RESPOSTAS
CAPEZ FERNANDO
SARAIVA
(2008)
R$ 26,28



FESTA NO CEU
MATEUS RIOS; MARIA VIANA
POSITIVO LIVROS
(2013)
R$ 25,00



DIREITO CONSTITUCIONAL DESCOMPLICADO
VICENTE PAULO . MARCELO ALEXANDRINO
METODO
(2009)
R$ 50,00



CASA DE BONECAS
HENRIK IBSEN
NOVA CULTURAL
(2003)
R$ 26,91
+ frete grátis



A ESCOLA EM CUBA - IMPRESSÕES DE UMA EDUCADORA BRASILEIRA
TANIA ZAGURY
BRASILIENSE
(1988)
R$ 11,49





busca | avançada
37883 visitas/dia
1,3 milhão/mês