Um raio-x da violência | Fabio Silvestre Cardoso | Digestivo Cultural

busca | avançada
31129 visitas/dia
955 mil/mês
Mais Recentes
>>> Ovos e Coelhos de Chocolate de Todos os Tipos e Origens: Dicas do Pátio Higienópolis para a Páscoa
>>> João Dória doa Salário Para A Casa Hope, amanhã, terça-feira.
>>> Programa esportivo No Mundo da Bola estreia nova edição às segundas na TV Brasil
>>> Stacey Marie Brow é a nova aposta da The Gift Box Editora
>>> Coletivo Desvelo apresenta "Bando!" no Centro Cultural Casarão da Vila Guilherme
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> K 466
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva
>>> No palco da vida, o feitiço do escritor
Colunistas
Últimos Posts
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
Últimos Posts
>>> Nem só de ilusão vive o Cinema
>>> As Expectativas de um Recrutador e um Desempregado
>>> A Independência Angolana além de Pepetela
>>> Porque dizer adeus?
>>> Direções da véspera IV
>>> Direções da véspera IV
>>> A pílula da felicidade
>>> Dispendioso
>>> O mês do Cinemão
>>> O NAVEGANTE DO TEMPO
Blogueiros
Mais Recentes
>>> estar onde eu não estou
>>> Churrascaria Ponteio Grill, 30 anos
>>> Metade da laranja ou tampa da panela?
>>> Encontro com Kurt Cobain
>>> Lula Já É Um Coitado
>>> Literatura pop: um gênero que não existe
>>> A primeira hq de aventura
>>> Professoras, maçãs e outras tentações
>>> Sionismo e resistência palestina
>>> Recordações da casa dos mortos
Mais Recentes
>>> Livro didático teoria e questões do ENEM de Varios autores pela Pearson (2017)
>>> Complicações da Pancreatite Aguda de Cunha, José Eduardo Monteiro da ; Machado, Marcel Cerqueira Cesar pela Federação Brasileira de Gastroenterologia (2011)
>>> Harrison Manual de Medicina de Fauci, Anthony S./ Braunwald, Eugene/ Kasper, Dennis L./ Hauser, Stephen L./ Longo, Dan L./ Jameson pela Artmed (2011)
>>> Medicamentos Biológicos na Prática Médica de Organização: AMB / Interfarma pela Interfarma (2013)
>>> Manual de Gastroenterologia: para Clínicos e Residentes de Docentes e Residentes da Disciplina de Gastroenterologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo - EPM/Unifesp. pela Atheneu (2018)
>>> O Físico de Noah Gordon pela Rocco (1998)
>>> Anjos Rebeldes de Libba Bray pela Rocco (2010)
>>> A Mulher do Apocalipse de Felipe Rinaldo Queiroz de Aquino pela Loyola (1995)
>>> A cura interior de Pe. Haroldo J. Rahm pela Paulinas (1987)
>>> Nós pregamos Cristo crucificado de Raniero Cantalamessa pela Loyola (1996)
>>> Português 9 - Araribá Plus de Vários autores pela Moderna (2014)
>>> Ciências 9 - Araribá Plus de Maíra Rosa Carnevalle pela Moderna (2014)
>>> Geografia 9 - Araribá Plus de Cesar Brumini Dellore pela Moderna (2014)
>>> História 9 de Maria Raquel Apolinário pela Moderna (2014)
>>> Maçonaria e Espiritismo - Encontro e Desencontros - as Relações de Allan Kardec e Léon Denis com a Maçonaria de Armand Lefraise, Eduardo Monteiro Carvalho pela Madras (2007)
>>> Léon Denis e a Maçonaria de Eduardo Carvalho Monteiro pela Madras (2003)
>>> Aspectos jurídicos da internet de Gustavo Testa Corrêa pela Saraiva (2007)
>>> Direito Registral Imobiliário de Venício Salles pela Saraiva (2007)
>>> Direito Processual Civil 1. Teoria geral do processo e processo de conhecimento de Erich Bernat Castilhos pela Saraiva (2007)
>>> Direito Civil. Parte geral, obrigações e contratos de Mário Alberto Konrad & Sandra Ligian Nerling Konrad pela Saraiva (2007)
>>> Direito Administrativo de Miguel Horvath Júnior & Miriam Vasconcelos Fiaux Horvath pela Saraiva (2007)
>>> Direito Constitucional de Christiane Vieira Nogueira pela Saraiva (2007)
>>> Espanhol Essencial 4 de Daiene P. S. de Melo pela Santillana (2013)
>>> Direito do Consumidor de Belinda Pereira da Cunha pela Saraiva (2007)
>>> História do Direito de José Fábio Rodrigues Maciel & Renan Aguiar pela Saraiva (2007)
>>> Students for Peace - 4 de Eduardo Amos pela Moderna (2015)
>>> A nova etapa da reforma do Código de Processo Civil volume 3 de Cássio Scarpinella Bueno pela Saraiva (2007)
>>> Inglês - Projeto Radix - 7 de Elizabeth e Maria Lúcia pela Scipione (2013)
>>> Inglês - Projeto Radix - 6 de Elizabeth e Maria Lúcia pela Scipione (2013)
>>> Revista Samuel - Dossiê Pornô sem Tabu - Nº 6 de Vários Autores pela Alameda Casa (2012)
>>> Revista Roadie Crew Nº 146 - Motörhead - Lemmymania de Rodie Crew Editora pela Roadie Crew (2011)
>>> Brasil: Anos 60 - o Cotidiano da História - 8ª Ed. de José Geraldo Couto pela Ática (1995)
>>> Sexo e Reprodução - de Olho na Ciência de Fernando Gewandsznajder pela Ática (1996)
>>> Bíblia Sagrada - Nova Tradução na Linguagem de Hoje de Vários Autores pela Sociedade Bíblica do Brasil (2002)
>>> Horizonte Perdido - 4ª Ed. de James Hilton pela Círculo do Livro (1975)
>>> Meditação Shinsokan é Maravilhosa - 1ª Ed. de Seicho Taniguchi pela Seicho-no-ie (1992)
>>> Case Comigo de John Updike pela Record
>>> Caminho da Paz pela Fé - a Fé na Atualidade - 1ª Ed. de Masanobu Taniguchi pela Seicho-no-ie (2004)
>>> Antologia Novos Poetas - Prêmio Wellington Brandão de Poesia - 1996 de Vários Autores pela Offset São Paulo (1996)
>>> Dicionario Pratico de Biografias - 3 Volumes de Fernando Pires pela Amazonas (1978)
>>> Pelas Portas do Coração - 8ª Ed. de Zíbia Gasparetto / Lucius pela Vida e Consciência
>>> Gravando Vozes do Além - Com Cd - 1ª Ed. de Sonia Rinaldi pela Imag&ação Oficina de Ideias (2005)
>>> O Destino de Lorde Artur Savile - 2ª Ed. de Oscar Wilde / Wilson Garcia (trad e Interp.) pela Eme (1994)
>>> S. O. S. Família - 7ª Ed. de Divaldo P. Franco / Joanna de ângelis / Outros pela Alvorada (1997)
>>> Filho Adotivo - 10ª Edição de Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho / Antônio Carlos pela Petit (1996)
>>> Consciência - 2ª Ed. de Irene Pacheco Machado / Luiz Sérgio pela Da Autora (1989)
>>> Guia Orientativo ao Expositor Espírita - 1ª Ed. de Carlos Eduardo da Silva (área Federativa) pela Feesp (1997)
>>> Quando o Amor Fala Mais Alto de Amilcar del Chiaro Filho pela C. E. Bezerra de Menezes (1993)
>>> Momentos de Decisão - 1ª Ed. de Divaldo P. Franco / Espirito Marco Prisco pela Alvorada (1977)
>>> Assim Vencerás de Francisco Cândido Xavier / Emmanuel pela Ideal (1982)
COLUNAS

Quinta-feira, 19/1/2006
Um raio-x da violência
Fabio Silvestre Cardoso

+ de 2000 Acessos

As notícias sobre crimes nos jornais e na TV causam desconforto na população, e surpreendem até mesmo os mais calejados com o chamado mundo-cão (repórteres, apresentadores de TV dos programas sensacionalistas e também policiais civis e militares). Só neste mês de janeiro, na semana em que escrevo esta coluna, os jornais destacam: a tentativa frustrada de resgate de presos no presídio de segurança máxima de Presidente Bernardes (foram apreendidos mísseis e armas de grosso calibre); uma série de atentados às bases da Polícia Militar em São Paulo (foram feitos inúmeros disparos em direção às cabines); sem mencionar a prisão dos envolvidos no caso do incêndio a um ônibus no Rio de Janeiro. Como se vê, a gravidade dos crimes já não pode mais ser medida segundo o mais estarrecedor. Em verdade, as atrocidades até mesmo se igualam pelos requintes de crueldade, seja pelo número de mortos, seja pela "modalidade" de crime escolhido. Para entender a lógica dos assassinatos, o jornalista Bruno Paes Manso assina O Homem X (Record, 2005, 364 págs.), livro-reportagem que busca trazer à luz a alma do assassino em São Paulo.

O fato de ser um livro-reportagem (cujo título é uma alusão à série X-Men, graças ao depoimento de um entrevistado) pode fazer com que os leitores imaginem um texto mais enviesado e estilístico, uma vez que está livre das amarras dos manuais de redação dos jornais, abrindo, assim, espaço para uma verve literária. De fato, muitos jornalistas enveredam por esse caminho, talvez mais atraente, porém quase sempre subjetivo e repleto de imperfeições conceituais que, grosso modo, são esquecidas pelos críticos porque a forma de contar a história é bonita. Para o bem ou para o mal, Bruno Paes Manso manda o novo-jornalismo às favas. Faz, antes, um trabalho árduo de pesquisa e apuração que dá conta do tema de maneira fora do comum. Nesse caso, há de se levar em conta o fato de o autor utilizar como metodologia de pesquisa jornalística os parâmetros da academia. O resultado, assim, é um ensaio acadêmico com tema de relevância geral e com linguagem acessível.

Desde o início, o autor apresenta para o leitor qual é o tema de sua pesquisa, mas não pára por aí. Uma vez relatado o objetivo a ser alcançado, Paes Manso sai à cata dos elementos necessários para transformar a idéia em texto; a intenção em conclusão; o abstrato em real. Desse modo, os números, que, na maioria das vezes, funcionam mais como peça decorativa do que documento ilustrativa são interpretados de maneira a evidenciar a gravidade de alguns casos, assim como o absurdo de outros. Boa parte dos leitores se surpreende ao descobrir que a violência, em determinadas áreas da cidade, está de igual para igual com algumas regiões dos Estados Unidos. Da mesma maneira, os índices nas regiões mais calamitosas, como Parelheiros, atinge a incrível marca de 106 mortos para cada 100 mil habitantes.

Além dos números, o jornalista calibra a reportagem com o relato dos principais personagens do livro: os próprios assassinos. Para isso, Paes Manso quebra o protocolo e vai encontrá-los. Aqui, provavelmente, o código de ética jornalístico provavelmente diria que o repórter foi imprudente ao se expor. Em outro momento, não só o código de ética, mas a patrulha do jornalismo politicamente correto também diria que Paes Manso errou ao manter o nome dos envolvidos em sigilo, respeitando o desejo de sua fonte. Nos dois casos, muito embora o autor tenha plena consciência disso, é como se seu trabalho respondesse: "a teoria, na prática, é outra".

Jornalismo de interpretação
Entre todas as virtudes, a que mais se destaca é a aposta interpretativa feita por Bruno Paes Manso. Graças a seu respaldo intelectual, o jornalista é capaz de desvendar as falácias elementares que constituem o discurso raso da maioria dos formadores de opinião e também da sociologia pseudo-humanista, aquela que formula a intelligentsia das ONGs e dos grupos de direitos humanos. Em outras palavras, Paes Manso analisa os crimes para além de querer justificar a intenção dos assassinos, mas não cessa de buscar as causas que direcionam as pessoas a cometerem tais crimes.

É o que se observa o autor quando analisa o argumento de alguns assassinos quando estes tentam explicar a razão de seus crimes. No caso, alguns entrevistados alegam que, na primeira vez, matam num ato impensado, como se não tivessem premeditado a ação. Daí, o argumento fácil de muitos analistas é o de minimizar esses crimes, como se fossem de menor gabarito. Paes Manso descarta esse argumento. "O sujeito não mataria simplesmente porque estava bêbado, por não ser civilizado e não conter seus impulsos, mas porque acredita que matar faz parte das regras do jogo e lhe traz benefícios, crença que o leva a tomar decisões incompreensíveis para quem observa de fora. (...) é forte a cultura da justiça privada".

De fato, essa cultura da justiça privada, segundo o autor, é, num primeiro momento, fomentada pelas organizações criminosas, mas o motor dos assassinatos prossegue independente das bancas ou das máfias, pelo menos em São Paulo. E isso está indicado nos dados (novamente as estatísticas) apresentados na reportagem. Segundo consta, a maioria dos homicídios tem como principal causa um problema pessoal, e não uma questão ligada ao pagamento de dívidas ou a guerras de gangues, como ocorre no Rio de Janeiro.

A comparação com o Rio de Janeiro, aliás, é precisa, conforme mostra o autor, para não só acentuar as diferenças como também para entender a complexa engrenagem do crime. Tomando como base os primórdios da violência no país, ainda no século XX, Paes Manso explica como o crime evoluiu de um modus operandi mais amador, quase ingênuo, numa época em que se matava por crimes ligados à honra (lembrar da história de Euclides da Cunha e seu algoz, Dilermando) a um período em que a vida está tão banalizada que a chacina se justifica simplesmente pelo seu custo benefício.

Homem X é um livro que tinha tudo para ser mais uma tese repleta com os clichês da academia e o discurso dos Direitos Humanos sobre a violência. Felizmente, não é. A obra dá um panorama ímpar e completo do atual estado de coisas da criminalidade - dos assassinatos, sobretudo - na cidade de São Paulo. Uma reportagem para ler com atenção e sem medo.

Para ir além






Fabio Silvestre Cardoso
São Paulo, 19/1/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O papel aceita tudo de Jardel Dias Cavalcanti
02. Cães, a fúria da pintura de Egas Francisco de Jardel Dias Cavalcanti
03. Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia de Renato Alessandro dos Santos
04. Noel Rosa de Fabio Gomes
05. Como uma Resenha de 'Como um Romance' de Duanne Ribeiro


Mais Fabio Silvestre Cardoso
Mais Acessadas de Fabio Silvestre Cardoso em 2006
01. Orgulho e preconceito, de Jane Austen - 5/5/2006
02. Por que quero sair do Orkut (mas não consigo) - 2/2/2006
03. Desejo de Status - 21/4/2006
04. As crônicas de Ivan Lessa - 30/3/2006
05. Google: aprecie com moderação - 2/3/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DIGA NÃO À VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES ...
MARIA CONCEIÇÃO O. COSTA (COORD.)
DO AUTOR
(2012)
R$ 10,00



A MUSICA DO SILENCIO
PATRICK ROTHFUSS; VERA RIBEIRO
ARQUEIRO
(2014)
R$ 10,00



FELICIDADE CRÔNICA 14 ED. (6161)
MARTHA MEDEIROS
L&PM
(2016)
R$ 14,00



DIMENSÕES DA CRIATIVIDADE (1831)
MARGARET A. BODEN (ORG.)
ARTMED
(1999)
R$ 32,00



QUEM MATAR NA HORA DA CRISE?
LOPES, ARTUR
EDITORA ÉVORA
(2011)
R$ 74,90



O DESAFIO DA GUERRA: DOIS SÉCULOS DE GUERRA (1740 - 1974)
GASTON BOUTHOUL E RENÉ CARRÉRE
BIBLIEX
(1979)
R$ 25,00



CURAI ENFERMOS E EXPULSAI DEMÔNIOS
T. L. OSBORN
R. R. SOARES
(1980)
R$ 54,00



LEUCEMIA
LUANA LENZI, FERNANDA S. TONIN UND GLEDSON PICHARSKI
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 167,00



BOAS LEMBRANÇAS PARA RECORDAR
GINA ZANINI
INVERSO
(2018)
R$ 40,00



O CÉU É UM ESPELHO LÁ LONGE - COLEÇÃO ERA OUTRA VEZ
GUILHERME CUNHA PINTO
ATUAL
(1988)
R$ 14,50





busca | avançada
31129 visitas/dia
955 mil/mês