Google: a ferramenta | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Péricles Cavalcanti - lançamento de SALTANDO COMPASSOS
>>> Espetáculo “Canções Para Pequenos Ouvidos” chega ao Teatro Clara Nunes, em Diadema
>>> (Abre 11/10) Mostra BAÚ DA DGT_curadores Francisco Gaspar,Tuna Dwek, Donny Correia e Diego da Costa
>>> Escrever outros Corpos - Criar outras Margens || BELIZARIO Galeria
>>> SESC 24 DE MAIO RECEBE EVENTO DE LANÇAMENTO DA COLEÇÃO ARQUITETOS DA CIDADE
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Universos paralelos
>>> Deseduquei
>>> Cuidado com a mentira!
>>> E agora? Vai ter pesquisa novamente?
>>> Cabelos brancos
>>> Liberdade
>>> Idênticos
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> perversão sexual
>>> Trailer do Fim do Mundo
>>> Uísque ruim, degustador incompetente
>>> O bom e velho jornalismo de sempre
>>> Apresentação
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Felicidade
>>> Ano novo, vida nova.
Mais Recentes
>>> Marketing Médico - Criando Valor ao Paciente de Renato Gregório pela Doc (2009)
>>> Bango, o Vendedor de Maçãs de Woo-Joo Hong (Autor), Jin-Joo Chae (Autor) pela Ftd (2012)
>>> Falando Com as Estrelas de Juan Arias; Mari Ines Piekas pela Paulinas (2011)
>>> O Livro Completo de Etiqueta de Amy Vanderbilt de Nancy Tuckerman & Namcy Dunnan pela Nova Fronteira (2000)
>>> As Pessoas da Idade Média de Robert Fossier pela Vozes (2018)
>>> Os escorpiões contra o círculo de fogo de Ignácio de Loyola Brandão pela Global (2009)
>>> Revelação Em Preto E Branco. A Imagem Com Qualidade de Millar W. L . Schisler pela Marins Fontes (1995)
>>> O Corpo Fala de Pierre Weil evRoland Tompakow pela Vozes (2000)
>>> Vícios privados , Benefícios Públicos de Eduardo Giannetti da Fonseca pela Companhia das Letras (1993)
>>> Sete Cavalos na Berlinda de Sidónio Muralha (Autor) pela Global (1997)
>>> Outra Vez de Ernesto Che Guevara pela Ediouro (2004)
>>> O mque Esperar do Segundo Ano - de 12va 24 meses de Heidi Murkoff ; Sharon Mazel pela Record (2022)
>>> A revolta dos guarda-chuvas de Eva Furnari; Sidónio Muralha pela Global (1998)
>>> Os Caminhos de Mandela : Lições de vida, amor e coragem de Richard Stengel pela Globo (2010)
>>> Do outro lado do espelho de Lewis Carroll; Tony Ross; Ricardo Gouveia pela Martins Fontes (1997)
>>> Puro de Andrew Miller pela Bertrand Brasil (2013)
>>> Educar sem Violência - criando filhos sem palmadas de Ligia Moreiras Sena / Andréiac C. K. Mortensen pela 7 Mares (2014)
>>> Azul Alentejo de Monica Ali pela Rocco (2007)
>>> Legend: A Verdade se Tornará Lenda de Marie Lu pela Prumo (2012)
>>> Os Desafios da Terapia de Irvin D. Yalon pela Ediouro (2006)
>>> Meu primeiro Maluquinho em quadrinhos de Ziraldo (Autor) pela Globo (2011)
>>> Al - Gharb 1146 de Alberto Xavier pela Bertrand (2006)
>>> Histórias Da Velha Totonia de José Lins do Rego pela Jose Olympio (2010)
>>> O Livro das Princesas de Meg Calbot; Paula Pimenta; Lauren kate pela Galera Record (2015)
>>> Como os médicos pemsam de Jeromev Groopman pela Agir (2008)
COLUNAS >>> Especial Google

Quarta-feira, 22/3/2006
Google: a ferramenta
Jardel Dias Cavalcanti

+ de 3100 Acessos

Sentimos uma vontade terrível de fazer um pudim aqui em casa ontem à noite. Se não o fizéssemos, estaríamos perdidos, nem dormiríamos. Queríamos fazer o pudim e não apenas comê-lo. Se quiséssemos apenas comer o pudim isso se resolveria telefonando para a padaria do próximo quarteirão. Os ingredientes estavam comprados. E a receita? Não conhecíamos. Mas já era bastante tarde para ligar para algum conhecedor dessa apetitosa sobremesa para ele resolver nosso pequeno problema culinário. Minha mãe, que seria a pessoa ideal, dorme cedo (e também acorda cedo). Pensamos em várias pessoas, mas todas fora de cogitação. E a vontade apertava.

Tínhamos que recorrer a alguém e esse alguém, o único no momento que poderia nos acudir, chama-se Google. Ligamos o computador, acessamos a ferramenta de busca e lá estavam enfileiradas mil e uma receitas de pudim, que poderiam ser retiradas dos sites oferecidos. Agora teríamos não só uma, mas variadas receitas deliciosas para serem escolhidas por nós. Dito e feito, o pudim foi artesanalmente feito, com uma receita digna das nossas vovós.

Parece banal o relato acima (relato verdadeiro), mas não é. Porque se você está procurando alguma coisa você poderá achar imediatamente usando esta ferramenta. E isso tem implicações de várias ordens: econômica, sociológica, existencial.

Imagine-se a dez anos atrás. Imaginou? Agora imagine-se à meia-noite e meia tentando encontrar um texto sobre, por exemplo, "indústria cultural". O que faria para acessar tal conhecimento? Uma biblioteca? Nesse horário estaria fechada. Um amigo? Quem leria para você por telefone um texto de 20 páginas? Ora, amigos desta natureza não existem mais. Mas você precisa ler um texto com esse conteúdo específico esta noite. Danou-se, meu camarada.

Agora imagine-se hoje, confortavelmente dentro de sua casa, podendo acessar o Google e tendo às mãos não só um, mas vários textos sobre o assunto e mesmo livros completos oferecidos por bibliotecas internacionais. Tudo podendo ser encontrado em razão de minutos graças a uma ferramenta de busca. Você está a salvo. Agradeça a Deus, quer dizer, agradeça ao Google.

Quer ver fotos? Escolha o assunto, o autor das fotos, a época das fotos. Verá. Pois serão localizadas para você pelo Google. Está com algum problema de saúde e quer conhecer melhor as causas da doença que te assola e que tratamentos são indicados? O Google localizará páginas médicas, com resultados de pesquisas sobre a doença e indicações de tratamento. Não era isso que você queria? E não era pra ontem?

O seu tempo aumentou. O acesso às informações, idem. E a velocidade de acesso às informações é que te dá mais tempo. Antes, falo de poucos anos atrás, você teria que correr contra o tempo para saber qualquer coisa, para obter mínimas informações. Isso se traduzia em uma grande despesa em dinheiro: gastos em ônibus, táxi, cópias de xerox, telefonemas para saber onde conseguir a informação.

Hoje, não. Com um provedor razoavelmente barato você pode usar esta ferramenta que te possibilita encontrar sites e mais sites sobre assuntos os mais diversos possíveis. Seu filho quer fazer uma pesquisa? Alguma coisa interessante ele vai encontrar... sem precisar nem sair de casa. Apenas acessando o Google. Você precisa reler uma notícia? Vai encontrá-la acessando o Google. Dados sobre uma empresa? O Google indicará os meios de acesso ao que te interessa.

As implicações que o uso dessa ferramenta têm, que podem até parecer mínimas, são grandes e só podem ser notadas por aqueles que um dia precisaram acessar informações e não tinham em mãos este instrumento de pesquisa.

Que cessem o uso da ferramenta por uma semana apenas e veremos o grau do desespero ao qual seremos jogados. Se bem me lembro, só hoje acessei a ferramenta pelo menos umas vinte vezes. Uma pesquisa sobre a Bauhaus, outra sobre expressionismo, dados sobre um filósofo alemão, uma busca por uma revista de poesia, receita de um assado de carneiro, emblemas imperiais e por aí vai. Estou satisfeito com minhas buscas. Não precisei me deslocar para uma biblioteca pública (embora, por vezes, isso seja muito prazeiroso) e não precisei telefonar para consultar um especialista em heráldica.

A pesquisa no Google me ofereceu desde informações sobre sites como também imagens que eu precisava acessar. Sem o Google eu teria que achar uma biblioteca especializada, o que não é fácil, copiar páginas de livros caríssimos, copiar fotos coloridas que também são caríssimas, e num tempo que me comeria pelo menos três dias, atrasando outras coisas que eu precisava fazer num prazo determinado.

Estamos num tempo privilegiado. Há informações de qualidade sendo distribuídas numa velocidade assustadora e podendo ser encontradas através de ferramentas desenvolvidas para acelerar o seu acesso através do uso na internet. Se estas informações estão sendo aproveitadas ou não é uma outra questão. A liberdade de acesso a elas é garantida, ainda, numa facilidade mágica. Um dia saberemos o grau da sabedoria que o povo do presente aproveitou via internet. Talvez uma consulta ao Google nos indique o local onde o resultado de uma pesquisa sobre os usos da sabedoria virtual está sendo divulgada...


Jardel Dias Cavalcanti
Londrina, 22/3/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O humor no divã de Freud de Carina Destempero
02. A Pixar e Toy Story 3 de David Donato


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti em 2006
01. Guimarães Rosa: linguagem como invenção - 12/4/2006
02. Orkut, ame-o ou deixe-o - 27/1/2006
03. Bienal 2006: fracasso da anti-arte engajada - 24/11/2006
04. Renato Russo: arte e vida - 26/7/2006
05. Eleições: democracia como um falso slogan - 25/9/2006


Mais Especial Google
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Um Deus Passeando pela Brisa da Tarde
Mário de Carvalho
Companhia das Letras
(2006)



Gestos de Equilíbrio
Tarthang Tulku
pensamento
(1997)



Enciclopédia Olímpica Brasileira
Varios Autores
Mp
(2015)



Goosebumps - Acampamento Fantasma
R. L. Stine
Fundamento
(2006)



The Third Man and the Fallen Idol
Graham Greene
Penguin Books
(1977)



Os Sujeitos no Universo da Escola -
Verónica Edwards
Ática
(1997)



O Anel de Policrates e Outras Historias (favor Ler a Descrição)
Vários Autores
Cered Objetivo
(2014)



O Efeito Vinculante na Jurisdição Constitucional - Confira!
Roger Stiefelmann Leal
Saraiva
(2006)



Real Talk Series
Wise Up
Wise Up
(2015)



Bertolt Brecht - Teatro Hoje
Paolo Chiarini
Civilização Brasileira
(1967)





busca | avançada
74501 visitas/dia
2,0 milhão/mês