Um fim de semana no campo | Fabio Silvestre Cardoso | Digestivo Cultural

busca | avançada
50039 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 23/6/2006
Um fim de semana no campo
Fabio Silvestre Cardoso

+ de 5600 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Sobre o Brasil, é correto afirmar que boa parte dos brasileiros desconhece não só sua história, mas também os elementos e os lugares que fizeram parte dela. Nesse sentido, também é correto afirmar que a novela das 18h, Sinhá Moça, da Rede Globo, tem, como todas os folhetins de época, provocado um enorme interesse pela história da vida privada do século XIX. Esse tipo de ficção, de certa maneira, tem ajudado às pessoas a criar uma imagem a respeito de um período distante do ponto de vista histórico. E o mais curioso é que para muitas pessoas essa idéia só existe nas imagens das novelas e dos seriados. Desse modo, poucos imaginariam que o cenário dessas produções de época não desapareceu por completo. Na verdade, haveria uma surpresa se soubessem que determinados lugares estão mais próximos do que se imagina.

Ancorada na Serra da Mantiqueira, mais precisamente ao sul do Vale do Paraíba, a cidade de Piquete, com seus pouco mais de 18 mil habitantes, conta com uma dessas raridades de época. Essa é a impressão que os visitantes têm ao encontrar na Fazenda Santa Lídia não apenas uma preservação dos artefatos e das construções, mas também de boa parte dos costumes e outras minúcias, como a culinária e o ritmo familiar. O que se transforma em destaque numa época em que os hotéis e pousadas estão cada vez mais requintados e pasteurizados.

Assim, se corre o risco de ser chamado de rústico, o local prima pela manutenção do mesmo estilo arquitetônico e da mesma estrutura informal que tanto caracteriza as cidades do interior. (Para chegar lá, é preciso debelar alguns obstáculos. Se o viajante decidir ir de ônibus, por exemplo, o trajeto recomendado é São Paulo - Lorena - Piquete. Até a Fazenda Sta. Lídia, o ideal é recorrer aos serviços de táxi existentes na rodoviária.) O interesse pelo local, no entanto, permanece graças a duas potencialidades turísticas: a histórica e a ecológica, conforme veremos a seguir - pela ordem.

Turismo Cultural
Quem trouxe a referência da novela originalmente não foi o autor deste texto. Faltou citar a fonte. E lá vai: é Gisele, uma das responsáveis pela recepção dos hóspedes da Fazenda Santa Lídia. É ela quem apresenta o local e conta as principais histórias da Fazenda. Então, sempre de acordo com ela, aqui segue: originalmente, a fazenda pertenceu a Joaquim Vieira Teixeira Pinto, que, por sua vez, era do Partido Conservador da cidade de Lorena, uma das grandes expoentes do café no século XIX. Naquela época, a produção se sustentava não só pelos ganhos do chamado "ouro verde", mas também graças ao trabalho dos escravos. (A propriedade de Joaquim Vieira não fugia à regra.) Assim, para manter os 320 alqueires da fazenda e a produção de café, a Fazenda possuía não só a Casa Grande, mas também a Senzala. Depois da Lei Áurea, em 1888, a produção de café ainda se manteve até 1940, quando passou à criação de gado. Esse foi o outono da propriedade, que pouco a pouco foi reduzindo o seu poderio: dos 320 alqueires restam atualmente 173. E, embora a criação de gado prossiga, ela não faz sombra ao passado.

Do ponto de vista histórico, a Fazenda Sta. Lídia consegue, no entanto, preservar a memória detalhada de um período do qual sobram versões e causos, mas que, ao mesmo tempo, carece de referências físicas e geográficas. Desse modo, para além das suítes e dos quartos para hóspedes, é na Casa Grande que o visitante encontra os elementos, instrumentos e ambientes que envolviam o cenário histórico de um período no Brasil. Móveis, sofás, poltronas e acomodações pertencentes a um período distinto e, ao mesmo tempo, contraditório. De um lado, chama a atenção a elegância e a pujança dos corredores da Casa Grande, todos ele adornados com os quadros e as esculturas de época, reforçando o poder dos senhores do café. Em contrapartida, essa mesma imponência tinha uma mancha, posto que estava ancorada no regime escravocrata. E isso também está demonstrado na Fazenda, um espaço transformado em museu, mas que no passado era local de sofrimento dos escravos: a Senzala. Ali, constam instrumentos que serviam para a tortura, além de uma iconografia considerável sobre a condição dos escravos. Em determinados momentos, os visitantes se recusam a acreditar que ali era um local de tamanho contraste, mas acabam convencidos pelo choque de realismo provocado pelo local.

A visita histórica tem um dos seus pontos mais interessantes quando se chega ao local onde era guardado o café, logo abaixo da habitação da Casa Grande. O tamanho do espaço põe qualquer um a pensar: como é que esse império acabou?

Turismo Ecológico
Não há como não sentir, à primeira impressão, a diferença climática entre a caótica São Paulo - cujo ar, dependendo do dia, torna-se insuportável - e a região onde está situado a Fazenda, ao sul do Vale do Paraíba. Quando a noite chega, o visitante, especialmente se for da capital paulista, há de notar as estrelas do céu. Prosaico? Nada disso. O olhar se transforma num lugar como esse. E o domingo, com tudo isso, torna-se o dia ideal para uma passagem pela Via Sacra, uma trilha dentro das imediações da Fazenda. O caminho é tortuoso e estreito, muito adequado, portanto, ao processo de purificação espiritual, como também para quem busca um desafio de fim de semana.

Sabor local
Numa época em que os restaurantes, todos eles, passam por um processo de homogeneização, fazendo com que os temperos percam seus excessos e que até mesmo a feijoada seja light, a comida típica da fazenda também conta com seu sabor e tempero particulares. Que o visitante não espere salada de tomate seco ou petit-gateau. O melhor é esquecer o luxo e apreciar a peculiar carne de panela com arroz, tutu-de-feijão e frango com polenta. E aqui a pimenta deve ser um condimento obrigatório e, não, opcional. Além dessas refeições, cabe destacar o café da tarde. Privilégio inimaginável no dia-a-dia da cidade, este é encontro quase religioso no cotidiano da vida no campo. Na Fazenda, o visitante tem a oportunidade de acompanhar o entardecer com um saboroso bolo de cenoura, acompanhado de um café passado na hora.

Com emoção, Elis Regina cantava: "Eu quero uma casa no campo". Para quem vive em grandes cidades, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, este sonho é, a um só tempo, distante e improvável - afinal, mesmo o lazer hoje tem um caráter de superprodução (basta ver como funcionam os pacotes de viagens das agências). É por isso que a Fazenda Sta. Lídia se torna um lugar tão especial. Pois, se não conta com a infra-estrutura dos Resorts à moda de Campos do Jordão, tem como destaque a preservação saudável da História e de algumas tradições. Isto, sim, é qualidade de vida.

Para ir além
Fazenda Santa Lídia


Fabio Silvestre Cardoso
São Paulo, 23/6/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O artífice do sertão de Celso A. Uequed Pitol
02. O tigre de papel que ruge de Celso A. Uequed Pitol
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. 10. O Gerador de Luz de Heloisa Pait
04. Os Doze Trabalhos de Mónika. 6. Nas Asas da Panair de Heloisa Pait
05. Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá? de Renato Alessandro dos Santos


Mais Fabio Silvestre Cardoso
Mais Acessadas de Fabio Silvestre Cardoso em 2006
01. Orgulho e preconceito, de Jane Austen - 5/5/2006
02. Por que quero sair do Orkut (mas não consigo) - 2/2/2006
03. Desejo de Status - 21/4/2006
04. As crônicas de Ivan Lessa - 30/3/2006
05. Google: aprecie com moderação - 2/3/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/6/2006
08h09min
A historia que cada um conta tem um pouco da hierarquia que sempre dominou a sociedade brasileira. E a novela Sinhá Moça apenas faz este retrato, mas, se observarmos o nosso cotidiano, temos a sensação de que essa hierarquia ainda está plenamente em execução, há brancos ricos ou de posições de poder imaginando que é possivel estabelecer e preservar o pensamento brasileiro, que nasceu na Europa, mas que se consolidou com a luso-tropicalidade de Gilberto Freire, o inventor do Brasil... que, por sua vez, encontrou pela frente o trabalho de Florestan Fernandes, que desconstruiu o pensamento Gilberto-freiriano, e que revelou essa hierarquia de novo, entre o homem branco, a mulher branca, depois o homem negro e, por fim, a mulher negra. Essa historia que passou pela naturalização da sociedade, pela cultura... e, hoje, o que se discute é a política de "afirmação", na busca de novas identidades!
[Leia outros Comentários de Manoel Messias]
11/8/2006
16h52min
Fabio, muito obrigado pela dica. Excelente cobertura, fotos, etc. Precisamos de vez em quando respirar um pouco de ar puro e nada melhor que um local sem celular, notebook, e-mails, trânsito, etc. Podemos encontrar ótimas fazendas também na Serra da Bocaina, entre os estados do Rio e SP. Abraço, Ivo
[Leia outros Comentários de Ivo Samel]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TARDE DEMAIS PARA CHORAR... CEDO DEMAIS PARA MORRER
EDITH PENDLETON
CIRCULO DO LIVRO
R$ 4,70



JORNADA NAS ESTRELAS - OS GUARDIÃES DA PAZ
GENE DEWEESE
ALEPH
(1993)
R$ 20,00



A MEMÓRIA DA TERRA - 43 POEMAS
ANTONIO OZÓRIO LEME DE BARROS
TIKINET
(2012)
R$ 29,75
+ frete grátis



HACIA UNA VIDA PLENA DE SENTIDO
MENAJEM MENEL SCHNEERSON
LEOGRAF & COMPAÑÍA
(1995)
R$ 15,00



PINÓQUIO - CONTOS MÁGICOS - CAPA 3D
DISNEY
MELBOOKS
(2012)
R$ 26,00



THE KING'S TWO BODIES - A STUDY IN MEDIAEVAL POLITICAL THEOLOGY
ERNST H. KANTOROWICZ
PRINCETON PAPERBAKS
(1997)
R$ 19,90



OS LUSÍADAS
CAMÕES
NOVA CULTURAL
R$ 10,00



ELITE DA TROPA
LUIZ EDUARDO SOARES - ANDRÉ BATISTA - RODRIGO
OBJETIVA
(2006)
R$ 10,00



CAÇA SUBMARINA
CLAUDIO GUARDABASSI / WALDIR NACCARATO
MAR AZUL
(1996)
R$ 25,00



INTRODUÇÃO AO TAROT E CABALA
SAMAEL AUN WEOR
AEF
(2015)
R$ 15,00





busca | avançada
50039 visitas/dia
1,2 milhão/mês