Youtube, o mega-saldão de verão | Pilar Fazito | Digestivo Cultural

busca | avançada
68461 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Liberdade Só - A Sombra da Montanha é a Montanha”: A Reflexão de Marisa Nunes na ART LAB Gallery
>>> Evento beneficente celebra as memórias de pais e filhos com menu de Neka M. Barreto e Martin Casilli
>>> Tião Carvalho participa de Terreiros Nômades Encontro com a Comunidade que reúne escola, família e c
>>> Inscrições abertas para 4ª Residência Artística Virtual Compartilhada
>>> Exposição 'Mundo Sensível dos Mitos' abre dia 29 de julho em Porto Alegre
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Marcelo Mirisola e o açougue virtual do Tinder
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
Colunistas
Últimos Posts
>>> A melhor análise da Nucoin (2024)
>>> Dario Amodei da Anthropic no In Good Company
>>> A história do PyTorch
>>> Leif Ove Andsnes na casa de Mozart em Viena
>>> O passado e o futuro da inteligência artificial
>>> Marcio Appel no Stock Pickers (2024)
>>> Jensen Huang aos formandos do Caltech
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
Últimos Posts
>>> Cortando despesas
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A memória vegetal
>>> VergonhaBrasil
>>> Juditha Triumphans, de António Vivaldi
>>> A trilogia Qatsi
>>> A pata da gazela transviada
>>> dinosonic
>>> Entrevista com Claudio Willer
>>> E assim se passaram dez anos...
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> Sermão ao cadáver de Amy
Mais Recentes
>>> Livro Mulheres Dos Anos Dourados de Carla Bassanezi Pinsky pela Contexto (2014)
>>> Liveo Eclipse - Série Crespúslo de Stephenie Meyer pela Intrinseca (2009)
>>> 100 Camisas Que Contam As Historias De Todas As Copas de Marcelo Duarte pela Panda Books (2024)
>>> Speakout Advanced 2nd Edition Students' Book With Dvd-rom And Myenglishlab Access Code Pack de Antonia Clare, Jj Wilson pela Pearson Education (2018)
>>> Traits Writing Student Handbook Grade 4 de Ruth Culham pela Ruth (2024)
>>> Livro Do Queijo de Juliet Harbutt (org. ) pela Globo (2010)
>>> Scooby Doo And The Weird Water Park (scooby-doo 8x8) de Jesse Leon Mccann pela Scholastic Paperbacks (2000)
>>> Spider-man 2: Hurry Up, Spider-man! de Kate Egan pela Festival (2004)
>>> Spider-man 3: Meet The Heroes And Villains (i Can Read: Level 2) de Harry Lime pela Harper Trophy (2024)
>>> Bakugan: Finding Drago de Tracey West pela Scholastic Inc. (2009)
>>> Medicina Integrativa: A Cura Pelo Equilibrio de Lima pela Mg (2024)
>>> Bem-vindo, Doutor: A Construção De Uma Carreira Baseada Em Credibilidade E Confiança de Renato Gregorio pela 62608 (2024)
>>> Problemas Atuais De Bioética de Leocir Pessini pela Edições Loyola (2020)
>>> À Meia Noite Levarei Sua Alma - O Estranho Mundo do Zé do Caixão de Laudo pela Nova Sampa (1995)
>>> Inglês Em Medicina de Vários Autores pela Manole (2024)
>>> Firestone de Roberto, Firestone Tire And Rubber Company Bascchera pela Dezembro Editorial (2024)
>>> Guia Josimar Melo 2004 de Josimar Melo pela Dba Dória Books And Art (2024)
>>> O Que Todo Médico Deve Saber Sobre Impostos, Taxas E Contribuições de Fábio K. Ejchel pela Edgard Blücher (2009)
>>> Compass American Guides: California Wine Country, 5th Edition (full-color Travel Guide) de John Doerper, Constance Jones, Sharron Wood Fodor's pela Compass America Guides (2007)
>>> Professoras Na Cozinha. Pra Você Que Não Tem Tempo Nem Muita Experiencia de Laura De Souza Chaui pela Senac (2024)
>>> The Penguin Good Australian Wine Guide 2007 de Huon Hooke pela Penguin Books Australia (2007)
>>> Guia Ilustrado Zahar: Azeite - Eyewitness Companio de Charles Quest-ritson pela Jorge Zahar (2011)
>>> Vinho Sem Segredos de Patricio Tapia pela Planeta (2024)
>>> Sentidos Do Vinho, Os de Kramer pela Conrad (2024)
>>> Buyer's Guide To New Zealand Wines 2007 de Michael Cooper pela Michael (2024)
COLUNAS

Quinta-feira, 19/4/2007
Youtube, o mega-saldão de verão
Pilar Fazito
+ de 5000 Acessos
+ 2 Comentário(s)

No final da década de 1950, Glauber Rocha lançou a máxima "uma câmera na mão e uma idéia na cabeça". Essa frase influenciou uma geração de novos cineastas e resumiu a tendência que se seguiria não apenas na sétima arte, como também na literatura e na música: o faça-você-mesmo. De lá para cá, com o surgimento e a popularização de novas tecnologias, cada vez menos o artista depende de grandes empresas para apresentar o seu trabalho, sejam elas produtoras de cinema e vídeo, editoras ou gravadoras.

Atualmente, a aparelhagem necessária para se montar em casa uma ilha de edição, um estúdio ou um laboratório de editoração tem um custo mais acessível, e qualquer um que se empenhe consegue conduzir, de forma independente, a produção de um CD, de um curta-metragem ou de um livro.

Mas produção acessível não implica distribuição fácil. Ao contrário, o gargalo da distribuição ainda é o maior desafio das produções independentes de qualquer área. Que o diga Marcelo Gomes, o diretor e roteirista de Cinema, aspirinas e urubus, filme a que se dedicou por dez anos. De prêmio em prêmio, Marcelo viu seu primeiro longa-metragem agradar a muita gente, tanto à crítica quanto ao público. Só não conseguiu agradar aos donos de distribuidoras que não viam ali um grande potencial de retorno, afinal o filme não tinha nada de comercial. E foi precisamente a falta de divulgação e marketing em cima do filme um dos motivos que prejudicaram a escolha para a participação no Oscar deste ano e, conseqüentemente, a garantia de um maior prazo de exibição em salas de cinema de todo o país.

A internet e todas as ferramentas que ela disponibiliza aos internautas vieram num momento propício. Elas funcionam como catalisadores do melhor tipo de propaganda: o boca-a-boca. Por meio dessas novas tecnologias, os internautas também são capazes de interagir com autores de filmes, por exemplo, e definir o rumo da produção. Foi o que aconteceu, recentemente, com Serpentes a bordo, que manteve o nome original devido aos pedidos constantes de quem visitava o site oficial do filme trash-cômico.

Mas a internet é como uma grande loja de pechinchas, com várias bancadas de produtos em liquidação: encontra-se de tudo, desde inutilidades e baranguices a preciosidades em conta. Se por um lado ela ajuda a divulgar trabalhos de toda espécie, por outro, é impossível controlar a variedade de conteúdos que caem na rede. E é justamente essa falta de controle que alimenta as disputas judiciais em torno de direitos autorais e de uso de imagem.

Desde a década passada, assistimos a várias batalhas envolvendo grandes sites de divulgação cultural, como o Napster, o Kazaa e o eDonkey. A bola da vez é o YouTube que, assim como os anteriores, disponibiliza indiscriminadamente vídeos de todas as espécies e procedências.

Recentemente, a imagem do YouTube ficou vinculada ao qüiproquó promovido pela modelo e apresentadora Daniela Cicarelli. Discussões pulularam por todos os lados na tentativa de definir até onde ia a culpa do site que divulgou imagens da ex-Ronaldete participando de uma espécie de "dança do acasalamento" numa praia da Espanha.

Independentemente de afirmações sobre o fomento da pirataria e o duelo com outros gigantes da indústria cultural, esses sites são a oportunidade de artistas menores apresentarem seus trabalhos ao público sem passarem pela seleção extorsiva de muitas empresas. Em outros termos, finalmente o gargalo da distribuição está sendo alargado. Mesmo que seja na marra.

Nesse sentido, o YouTube vem se tornando uma ferramenta imprescindível para pequenos cineastas, atores desconhecidos, produtores, roteiristas, editores e toda uma gama de profissionais que não esperam mais o reconhecimento de uma grande empresa para bancar suas idéias. O site é hoje uma espécie de vitrine para os seus trabalhos. Virou espaço de troca de idéias e informações. Virou lugar de difusão independente. E em meio a muito vídeo tosco, inútil e bobagens caseiras, é possível descobrir talentos dignos de atenção e apoio.

Não é justo que essa função do YouTube seja desprezada em função dos problemas de cessão de direitos autorais e de uso da imagem. Essas questões não aparecem apenas na internet. Vale lembrar que, vira-e-mexe, alguma publicação é acusada de plágio ou de difamação, o que obriga as editoras, muitas vezes, a recolherem das prateleiras volumes já impressos.

O artista independente ainda não se apoderou de todo o potencial do YouTube e de outras ferramentas da internet, talvez, por não conhecê-lo. As grandes empresas, entretanto, já têm idéia disso e fazem o possível para não perder ainda mais o seu terreno. Problemas de direitos autorais, uso de imagem e pirataria são o de menos. O que realmente ameaça a hegemonia dessas empresas é a democratização do acesso aos bens culturais e artísticos e a redução dos custos implícitos nessa democratização. A Cicarelli que me desculpe, mas: que venha o mega-saldão de verão!


Pilar Fazito
São Paulo, 19/4/2007

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Fake news, passado e futuro de Luís Fernando Amâncio
02. Blogues: uma (não tão) breve história (III) de Ram Rajagopal


Mais Pilar Fazito
Mais Acessadas de Pilar Fazito em 2007
01. Ferreira Gullar em dose única - 29/10/2007
02. Auto-ajuda e auto-engano - 30/7/2007
03. Literatura, cinema e adaptações - 23/5/2007
04. Curso superior de auto-ajuda empresarial - 10/9/2007
05. Revisitar-se ou não, eis a questão - 9/7/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
18/4/2007
11h41min
Ainda entorpecido pela pancada recebida via decreto presidencial de consignação dos canais digitais às mesmas detentoras atuais do sistema analógico de transmissão de TV, o que na prática significa o fim da democratização da distribuição de conteúdo digital no país, leio seu artigo no Digest com alegria e inspiração. Alegria por ver aqui discutido um assunto que me interessa como editor de vídeo; inspiração por ter percebido, ao lê-lo, que é possível unir teatro com vídeo e internet, resultando em vídeo formatado pelo usuário-espectador durante a etapa de captação de imagens... algo genial!!! Quem sabe seja essa uma saída para os webdesigners da antiga, atuais editores de vídeo digital...
[Leia outros Comentários de Marcelo Zanzotti]
20/4/2007
12h22min
Com tanta corrupção no mundo real (Bingos, mensalão, CPI´s, etc), os politicos tentam desviar a atenção com esse assunto, vamos abrir o olho...
[Leia outros Comentários de Katia Kamiko]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Trapo
Cristóvão Tezza
Record
(2018)



-30
Donald Harstad
Le Cherche Midi
(1996)



General Chemistry
Linus Pauling
Dover
(1988)



The Maine Woods
Henry D. Thoreau
Yale University Press
(2009)



Metodologia de Projetos: uma Ferramenta de Planejamento
Heloísa Lück
Vozes
(2003)



O Herdeiro das Sombras
Sinval Medina
Mandarim
(2001)



Livro Cabeça de Vento
Meg Cabot Natalie Gerhardt
Galera Record
(2010)



Atlas Mundial - Meu Grande Livro de Perguntas
Yoyo Books
Yoyo Books
(2020)



Seu Dinheiro, Sua Decisão! 7º Ano
Silvia Azevedo
Harbra
(2018)



Reflexos do baile
Antonio callado
Paz e terra





busca | avançada
68461 visitas/dia
2,1 milhões/mês