Quando um livro encontra seu leitor | Verônica Mambrini | Digestivo Cultural

busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> De vinhos e oficinas literárias
>>> Michael Jackson: a lenda viva
>>> Gente que corre
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Reinaldo Azevedo no Fórum CLP
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Companheiro dileto
>>> O Vendedor de Passados
>>> Eugène Delacroix, um quadro uma revolução
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 21/5/2007
Quando um livro encontra seu leitor
Verônica Mambrini

+ de 2800 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Dois caminhos interessantes se opõem para quem gosta de ler ficção: um é quando a narrativa traz experiências semelhantes às do leitor, que permitem que este se aventure em águas já navegadas, num universo acolhedor e familiar, porém com o sabor de desfrutar das visões de mundo do autor. O outro caminho é aquele que leva a lugares desconhecidos, para terras de costumes estranhos, fatos, seres e situações inimagináveis no cotidiano do leitor.

O último livro de Cíntia Moscovich, Por que sou gorda, mamãe? (Record, 2006, 256 págs.), coube perfeitamente na primeira definição durante minha leitura. Foi um livro que achou sua leitora. A primeira inspiração, abandonada conforme o texto ia ganhando vida própria, foi a Carta ao Pai, de Franz Kafka. A obra do autor alemão é um tremendo desabafo autobiográfico da dolorosa relação do escritor com seu pai - a grandeza das páginas vem igualmente das qualidades literárias, do conteúdo biográfico que ilumina a obra de Kafka e do teor da análise psicológica da relação de pai e filho feita ali. Ao dar vida ao seu livro, criando uma obra antes de tudo literária, Cíntia achou caminhos próprios.

Como mote do livro, subitamente, a narradora se dá conta de que está cerca de 20 quilos mais gorda do que o normal. E, ao começar um regime, ela passa a limpo - no sentido literal da expressão, ao pôr no papel - a relação com a mãe, vinculando o desvio da balança à relação construída sobre a mágoa das duas. Judia, descendente de povos do leste europeu fugidos de guerras, do nazismo, a narradora transmite o prazer de comer que só têm filhos de povos passaram fome. Os pratos judaicos e as descrições de cheiros e sabores permeiam o livro em cada capítulo.

Na minha casa, cresci ouvindo histórias de galinheiros explodidos por bombas, forçando a família a comer frango por semanas. Ou longos períodos em que o que havia era batata - geralmente ensopados feitos com ela. Muitos pratos na casa de minha avó lituana eram feitos com carnes desprezadas pela mesa de classe média brasileira: miúdos, ossos, gordura. Bons, mas que meu paladar de criança estranhava. Anos depois entendi a memória de guerra e miséria histórica encasquetada na genética, que em oposição à fartura do Brasil, virava ceias em época de festas capazes de alimentar um batalhão, duas ou três vezes comida do que o necessário. Minha avó - como as personagens do livro de Cíntia - demonstram amor alimentando. "a cozinha é a matriz do afeto de nossa gente", diz a autora, sobre o povo judeu.

O sobrenome do meio não assino - é um favor que faço aos leitores. Mambrini é mais fácil, possivelmente um tantinho menos marcante, mas mais assimilável. O Vazgauska, tão sonoramente típico e familiar na colônia lituana, embaralha um pouco a leitura desacostumada. Falta-me ser judia, mas o interesse que eu tenho por essa cultura me leva para a outra leitura possível, a que descobre um mundo novo. A relação difícil e torta com a mãe, presente em muitas culturas, atinge o máximo de complexidade e auto-percepção na cultura judaica. Sou óbvia ao relembrar que a fundação da psicanálise, toda calcada na figura da mãe, veio pelas mãos de um judeu?

Na acidez com que Cíntia descreve essa relação de mãe e filha, cheia de conceitos psicanalíticos, há uma bela declaração de amor. Não à mãe, ofuscada por um sentir maior, mas à literatura. A literatura tem o poder de clarear o que esse relacionamento tem de obscuro e de certa forma, é uma chave mágica que permite dar cabo e significado ao regime, que passa a significar se livrar dos excessos, deixar para trás a carga que não presta para nada e que faz mal à saúde do corpo e da alma.

Não só de sentimentos difíceis se constrói o livro. Depois de passado o susto inicial que causa a relação entre vida emocional e peso, explicitada logo de cara (que pode levar o leitor a esperar um quê de Diário de Bridget Jones), fica claro que o assunto não é a busca do mix de beleza irretocável, sucesso profissional, afetivo e sexual. Já casada, a narradora não busca o príncipe encantado, o corpo perfeito, um trabalho de que goste - esse ela já tem, ainda que à revelia do desejo dos pais. E, no caminho desse ajuste com o passado, vem uma das partes mais deliciosas do livro, em que a verve de contista de Cíntia Moscovich ganha terreno.

Com a história de sua família, recheada de episódios fantásticos contados pela avó, como o índio que aprendeu iídiche ou a ocasião em que duas tias gordas fizeram rachar um carro sólido como um "tanque de guerra", a autora funda sua própria mitologia, cria sua pequena epopéia judaica. Do Gênese ao livro de Cíntia, os judeus se fixam no mundo pela memória, pelo contar histórias - processo sempre perpassado pela palavra escrita. Não faltam histórias a narrar desse povo supraterritorial: desde a história mil vezes contada de um conhecido meu, judeu, cujo pai contava com orgulho ter escapado de um campo de concentração nazista, se soma a Spielberg e seu A lista de Schindler, passando por uma cinematografia vasta, que inclui epopéias mais universalistas como Sunshine - O despertar de um século, de István Szabó, ao drama edulcorado A vida é bela, de Roberto Begnini.

No fim, pouco importa o que a mãe da narradora tenha feito ou deixado de fazer. O que vale é como isso é contado - e como a narrativa da relação mãe-filha se torna o fio condutor do épico da família. E como num épico, de certa forma a diáspora dos avós se torna a diáspora de um povo em êxodo constante - a autora em êxodo de si mesma, em encontro consigo própria.

Para ir além






Verônica Mambrini
São Paulo, 21/5/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Piada pronta de Luís Fernando Amâncio
02. Como se me fumasse: Mirisola e a literatura do mal de Jardel Dias Cavalcanti
03. Literatura, quatro de julho e pertencimento de Guilherme Carvalhal
04. O titânico Anselm Kiefer no Centre Pompidou de Jardel Dias Cavalcanti
05. A terra da bruma, de Arthur Conan Doyle de Ricardo de Mattos


Mais Verônica Mambrini
Mais Acessadas de Verônica Mambrini em 2007
01. Por onde andam os homens bonitos? - 17/12/2007
02. 453 – São Paulo para gregos e troianos - 29/1/2007
03. A Letras, como ela é? - 19/3/2007
04. Insuportavelmente feliz - 17/9/2007
05. A Arte da Entrevista - 8/10/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
21/5/2007
15h50min
Muito legal, Verônica! Principalmente quando você diz que sua avó e muitas personagens demonstram afeto alimentando. Acho que isso se aplica a muitas outras mulheres e mães - inclusive esta que vos fala. E mostra, também, que, ao contrário do que muitos médicos dizem, há muito mais no peso de cada um do que uma simples relação de calorias ganhas e calorias gastas...
[Leia outros Comentários de Adriana Carvalho]
21/5/2007
16h40min
Faço minhas as palavras da Adriana Carvalho: muito legal, Verônica. Apesar de eu ser um anti-gourmet, entendo (ou acho que entendo) a relação afeto e comida. O Marcelo Spalding, me parece, resenhou esse mesmo livro, há pouco tempo, focando mais o lance tenebroso da relação mãe-filha. Aparentemente há muitos meandros nesse livro; eu me perderia, vou voltar ao meu misto-quente. Abraços!
[Leia outros Comentários de Guga Schultze]
28/5/2007
06h50min
O texto está muito bom e há de encontrar leitores além dos seus naturais. Só uma correçãozinha, pequena mesmo: Kafka foi educado em alemão, escreveu em alemão e tinha muito de alemão, mas era tcheco de nascimento. E, por sinal, era bom demais! Beijo.
[Leia outros Comentários de André]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DECIDA-SE PELO SUCESSO
NOAH ST. JOHN
CULTRIX
(2003)
R$ 29,90



TEEN VILLAGE 1
DAVID SPENCER
MACMILLAN
(2008)
R$ 10,00



DO FUTURO - FATOS, REFLEXÕES, ESTRATÉGIAS
ANTONIO PASQUALI
UNISINOS
(2004)
R$ 7,90



RECIFE DOS HOLANDESES
JULIETA DE GODOY LADEIRA
ÁTICA
(1990)
R$ 4,42



O HÓSPEDE DE DRÁCULA COLEÇÃO MINI BIBLIOTECA
BRAM STOKER
PUBLICAÇÕES EUROPA - AMÉRICA
(1996)
R$ 21,78



O CAVALEIRO DOS SETE REINOS HISTÓRIAS DO MUNDO DE GELO E FOGO
GEORGE R.R. MARTIN
LEYA
(2017)
R$ 42,00



A VERDADEIRA HISTÓRIA DE MARIA MADALENA
DAN BURSTEIN J. DE KEIJZER
EDIOURO
(2006)
R$ 74,00



O LAVATER DAS SENHORAS
EDOUARD HOCQUART
IMPRENSA OFICIAL
(2010)
R$ 31,99



O CANTOR PRISIONEIRO
ROGÉRIO BORGES; ASSIS BRASIL
MODERNA
(2004)
R$ 10,00



JUSTIÇA E COMPORTAMENTOS DE CIDADANIA NAS ORGANIZAÇÕES UMA ABORD
ARMÉNIO REGO
SÍLABO
(2000)
R$ 39,70





busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês